Review – Deadman Wonderland, de Kataoka e Kondou: Volume 1 (Panini)

deadmanwonderlandmangaUm protagonista que vai fazer você tampar os tímpanos.

Depois de muita espera finalmente chegaram às bancas do Brasil pela editora Panini o aguardado sucesso de Deadman Wonderland. Publicado desde 2007 na revista Shonen Ace e com o término no volume 13 no ano de 2013, o mangá é de autoria de uma dupla já conhecida do público brasileiro: Jinsei Kataoka nos roteiros e Kazuma Kondou nos desenhos, a mesma dupla do mangá Eureka Seven, já publicado aqui no Brasil também.

Porém, mesmo com o mangá sendo um sucesso na internet através dos scanlators, muitos nunca realmente se interessaram pelo título e não sabem bem do que se trata. Impulsionado por um anime de 2011 que divide opiniões (os que gostam de muito sangue jorrando e os que preferem uma boa história), Deadman Wonderland chega com credenciais ao país tentando provar que ação, drama, psicológico e uma trama bem elaborada podem fazer parte de um mesmo título. Mas será que isso realmente é possível?

1A história

Deadman Wonderland conta a história de um garoto comum chamado Ganta Igarashi. Estudante de 14 anos como qualquer outro e morador de uma cidade de Nagano futurista, Ganta está prestes a visitar sua terra natal, Tóquio, em uma excursão da escola junto com seus amigos. Porém ele não parece tão empolgado assim, contando apenas com a presença de seus amigos para se animar. A viajem os levará para um parque de diversões chamado Deadman Wonderland, que é um pouco diferente dos parques que conhecemos por aí. Lá prisioneiros são os funcionários e trabalham para diminuir suas penas e sentenças.

2O que Ganta não contava é que um acontecimento fatídico fosse acontecer e um estranho ser vestido de vermelho fosse aparecer flutuando no andar de sua sala de aula. Em questão de instantes, o “Homem de Vermelho” faz um massacre horrível e mata todos os alunos da sala… menos Ganta, que recebe uma estranha pedra implantada em seu peito sem deixar cicatrizes. Por ser o único sobrevivente, Ganta acaba sendo acusado do assassinato de seus amigos e condenado à pena de morte à ser cumprida onde nossa história começou: na Deadman Wonderland.

5Lá dentro, o garoto percebe que nem tudo era o que realmente parecia, e ele terá que lutar pela sua sobrevivência. Isso mesmo, lutar. Mesmo com a pena de morte, Ganta poderá sobreviver à menos que mantenha sua “coleira” alimentada por um “Candy”, espécie de doce que lhe dá o direito de continuar vivendo antes dos 3 dias, tempo limite para a explosão do equipamento e da sua cabeça junto.

Mas ele não estará sozinho. Dentro da prisão ele encontra a estranha garota de cabelos brancos Shiro, que diz ser sua amiga e começa a proteger o garoto em diversas situações. Além disso, Ganta perceberá que a pedra que o Homem de Vermelho havia colocado em seu peito era muito mais do que um simples “golpe”, lhe dando poderes estrondosos que deverão ser dominados com o tempo. Ele agora terá que se tornar parte do circo dos horrores da Deadman Wonderland e se arriscar em desafios e lutas perigosas que ele jamais imaginaria para poder conseguir os candys e manter-se vivo. De quebra, tentar provar sua inocência com um diretor penitenciário louco no seu pé. Vida fácil a do garoto, não?

4Considerações Técnicas

Sejamos rápidos sobre a versão da Panini: eficiente. Acabamento comum da editora, capas iguais às originais, um logotipo mais bonito que o americano e uma tradução mais uma vez bem feita pela Drik Sada. O que vejo alguns questionando por aí é a tal da adaptação da editora. O vocabulário de Deadman Wonderland muitas vezes é recheado de gírias e palavrões à torto e direita, próprio do mangá. A Panini deu uma maneirada em muitos pontos em relação a isso, mas isso não fez com que a série ficasse descaracterizada. Os personagens continuam dando a entender seus modos grosseiros ou “coitadinhos” perfeitamente. Meus amigos, que tipo de mídia hoje não “suaviza” expressões nas adaptações? É algo totalmente comum.

Pode-se reclamar? Claro, a vontade. Mas não acho que tenha comprometido o mangá. Não houveram expressões inventadas como na JBC e quem acompanha Black Lagoon ou MPD Psycho pela editora sabem que ela não tem problemas em adaptar títulos “fortes”. Na minha avaliação, foi coerente e não comprometeu. Também vale dizer que no final do volume existem alguns extras como tirinhas e curiosidades da prisão da história, uma espécie de roteiro. Além da capa interna colorida que é sempre o grande charme da editora.

3Agora quanto a história. Deadman Wonderland é um mangá muito bom! Muito “hypado”, mas mesmo assim muito bom! Para quem já leu o mangá na internet sabe que esse primeiro volume foi apenas uma introdução à história e como o diretor da prisão diz no final do volume “Bem vindo à verdadeira Deadman Wonderland” que chegará a partir do volume 2.

O roteiro que parece um mix de Battle Royalle com Elfen Lied é muito bem amarrado, e a dupla de autores tem a chance de mostrar suas habilidades que ficaram reprimidas na adaptação do mangá de Eureka Seven. Os desenhos são claros e ajudam a entender perfeitamente as situações, além de personagens que à todo instante conseguem demonstrar todo o sentimento da cena que se encontram. E tudo isso sem apelar para o fanservice pornográfico, o que já conta muitos pontos comigo.

8Aliás, os personagens são o grande charme desse mangá. Esqueça o anime se você o viu! Ganta não é aquele garotinho irritante e chorão durante a série inteira. No mangá é possível ver claramente o crescimento do personagem em relação à situação que ele se encontra. Não há como julgar um garoto de 14 anos de “chato” sendo que ele está preso em um verdadeiro circo dos horrores com um bando de lunáticos dispostos à matar todo mundo. Se alguém encontrar um garoto de 14 anos que agiria normalmente nessa situação, CORRA! Mas ele vai aos poucos se adaptando à situação e percebendo que deve usar seu poder para dar a volta em toda essa situação. É algo muito nítido com o passar do tempo.

Da mesma forma que os personagens ao redor dele também vão se revelando ótimos no quesito “psicológico”. Shiro é uma garota totalmente misteriosa e que não dá pra dizer muito sem estragar a história. Da mesma forma que o “amigo” Yo também tem todo um pano de fundo para cobrir suas atitudes mesquinhas e interesseiras com Ganta. Como disse antes, os autores sabem explorar muito bem todo o lado “humano” dos personagens. Lembrando sempre que eles estão dentro de uma prisão, prestes à serem mortos e todos movidos por algum motivo. Não é um “vou lutar pra salvar a Terra porque sou legal”. É um “eu preciso sobreviver e isso aqui não é brincadeira”.

9Comentários gerais

Não espere por personagens carismáticos em Deadman Wonderland. Pelo contrário. Em alguns momentos a série pode apresentar situações que te fará ter pena, raiva e compaixão de alguns personagens. E isso é um grande ponto positivo do mangá. Deadman Wonderland tenta passar para seu leitor todo o sofrimento dos prisioneiros de uma forma fria, regada a violência e com cenas para quem tem estômago. Não é um mangá para todos. É forte e usa desse artifício para prender os leitores.

Se você não se incomodar com isso, vá em frente. Deadman não é a última bolacha do pacote e como é um mangá em andamento pode queimar nossa língua à qualquer momento. Mas garanto que diversão você terá por muito tempo. Como falei, esqueça o anime e veja o mangá como uma nova série. Existem outros personagens, outras situações, todas servindo de complemento para o ótimo roteiro da série que se estende até hoje. Leitura recomendada para os fãs de um bom shounen “que lembra um seinen”. Existe sim muito “hype” da série, como já falei. Mas desde quando isso é motivo para não ler algo? O que faz sucesso também pode ser bom.

10E vocês? Prontos para fazerem uma visita ao circo dos horrores?

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Infelizmente so assisti ao anime, e posso dizer que gostei, e não vejo a hora de comprar o mangá!

    Deadman é MUITO FODA! Completamente o estilo que mais curto em um mangá, sou simplesmente fascinado por esses “shounen que lembra seinen”.

    Essa (ótima, como sempre) review so me deixou ainda mais com vontade de comprar.

    Vida longa a Deadman e é claro, ao Chuva de Nanquim o/

  • Pingback: Anikenkai - Anime Kenkyuukai()

  • lucas

    quando o anime DW ia começar a ser exibido, fui procurar algum resumo da serie pra ver se valia a pena acompanhar..
    comecei a ler o manga e viciei, gostei da historia, dos personagens, dos traços, da Shiro XD..
    muito bom, pena que o anime nao foi tao bom assim.
    com certeza comprarei…

  • Ricardo FH

    Apesar de já ter comprado, ainda não pude ler, mas pelo que vi no anime, é certeza de ser muito bom, e ouço sempre que o manga é bem melhor.
    Como foi falado no review, os autores exploram bastante o lado psicológico humano, e é a mesma coisa no Eureka SeveN, aliás, recomendo muito, um dos melhores animes que já assisti.
    (obs: o manga do Eureka SeveN é baseado no anime, e não o contrário como normalmente, e não é grande coisa, pois tenho todos os 6 volumes e posso afirmar, pois muitas coisas foram mudadas, inclusive o final, que no manga é bem fraco, portanto nem perca seu tempo lendo o manga, a não ser que seja fã, assista logo o anime que é maravilhoso, tem 50 episódios no total)

  • Gugaa

    Olha, por enquanto só vi o anime da série, mas mesmo assim achei muito bom!
    Até hoje não comprei nenhum mangá, estou pensando sériamente em fazer desse o meu primeiro xD – e essa sua review me deixou com mais vontade ainda de comprar :B

  • Dando um ctrl+c ctrl+v no q eu acabei de escrever no VQ.

    Sendo sincero, odiei essa porcaria de anime(apenas assistir o anime, e nao tenho a minima vontade de ler o manga). Desculpe aos q gostaram, mas o personagem principal é um lixo, um extremo pobre coitado é muito monotono e chato essa praga do Ganta ficar chorando pelos cantos pela injustiça q ele sofreu. No lugar onde a historia se passa tem uma luta ate a morte q ninguem morre, a fala serio ne?! Eu nao sabia q o cara q queria matar ele acaba virando o treinador dele(o corvo), sinceramente, vc esta na prisao amigo, esta treinando o cara pq? Compaixao?

    “Acho legal que exista um personagem normal no meio de tanta loucura.” a trama se passa numa prisao q so tem condenados no corredor da morte, uma pessoa normal num lugar desse é muito irritante.

    Minha opiniao é simples: Personagem principal lixo e sem personalidade=anime/manga lixo.

    Oq eu sinti desse anime é q o autor procurou uma desculpa para mostrar muito sangue e uma injustiça colossal, nao vejo nada de concreto no q eu vi.

    Aos q gostam, mais uma vez me desculpe, é opiniao pessoal.

    • PS: q pais é esse q deixa um de menor numa prisao normal? Cade a Fundaçao Casa do Japao? kkkkkkkkkkkkk

      • Mas até aonde eu saiba, no Japão, quando a criança faz 14 ela já se torna responsavel pelos seus atos ‘-‘!

      • kkkkkkkkkkkkk
        nao sabia, bem q poderia ser assim aki no Brasil.

      • Ricardo FH

        Também não sabia desse fato não, mas concordo plenamente, aqui deveria ser a mesma coisa, pois alguém de 14 anos sabe muito bem o que faz. E apesar de algumas coisas não fazerem sentido, acho muito bom esse manga/anime.
        Agora alguém me diga, como naquela prova, acho que era “Dog race show”, se não me engano, naquela parte do final, onde quem caísse ia parar nos espinhos, aquele cara valentão que parece com o Balrog do Street Fighter caiu e sobreviveu com alguns arranhões?
        E pelo que li até agora (um pouco mais da metade), cadê os palavrões? Essa foi uma das coisas que me fez continuar assistindo o anime, apesar de colocarem um Piii por cima, aliás esse foi o melhor primeiro episódio de anime que já vi. Assim que terminei coloquei o segundo para assistir.
        Mas como você disse, e eu digo sempre, as opiniões divergem.

    • HSKAJINO

      Bem… como foi dito: O anime é um lixo!
      Luciano, recomendo vc ler o mangá pq eles fizeram a maior merda que existe numa adaptação: tirar personagens! A mãe do Ganta é um dos personagens mais importantes da série. Vc é um bom analisador de roteiros, pq viu sem se tocar de um dos maiores erros da adapatação

      Outro erro é essa “suavização” do anime… no mangá um monte de gente morre e q se foda, tá morto! Achei ridiculo aquele ending que aparece as fotos dos amigos mortos do Ganta, eles não são personagens importantes no mangá em nenhum instante, não precisam criar vinculos emocionais com eles

      Tem um monte de coisas pessimas no anime, não é a toa que não fez muito sucesso. gostei desse review pq apresenta um fato muito importante: o anime foi uma adapatação muito fraca! Enfiaram um mangá bem “non mainstream” (lembrando o termo usado em Bakuman) num formato comercial, ai tiveram q cortar um monte de coisa. O mais estranho é q no Japão oq se corta não faz sentido nenhum, fico a violencia extrema, tiraram as mortes, ficaram os personagens dementes, tiraram os personagens importantes… é ao lixo que se pode fazer em uma adaptação em poucos detalhes…

      DROPEI o anime no Cap 6! Só vi a cena final do ultimo pra ter ctz onde acabou o anime, pra ver se valia a pena ver um pouco mais… não valia.
      Enquanto o mangá da sempre na minha lista do mangafox, li qs todo uns 3 meses antes de anunciar o anime, tinha achado ótimo, e agora na parte final tá melhor ainda.

      O mangá tb tem seus defeitos, eu acho que o mangá é muito “planejado”, o que torna uns fatos que a gente acha irrelevantes no começo serem importantes no final, os personagens não tão carismáticos são trabalhados além da conta (vc espera 1 mês pra ler um mangá e só tem a história de um cara que vc tá pouco se lixando é algo irritante) algumas coisas mais pesadas da parte psicologica são simplificadas d+ (pra shounen entender e se achar lendo um seinen….), ele não apela do ecchi, mas apela pro gore (mais ainda na saga seguinte ao anime), alias… eu sabia até onde ia o anime pq tiraram um pesonagem importante dessa saga…

    • “Eu nao sabia q o cara q queria matar ele acaba virando o treinador dele(o corvo), sinceramente, vc esta na prisao amigo, esta treinando o cara pq? Compaixao?”
      Muitos dos personagens que estão presos acabam criando uma certa relação(compaixão) entre eles próprios devido a condição pela qual foram postos ali(a grande parte está ali injustamente). Portanto é “normal” que alguns deles se tornem amigos

      “No lugar onde a historia se passa tem uma luta ate a morte q ninguem morre, a fala serio ne?”
      A luta não é necessariamente até morte, o lutador escolhe entre incapacitar o oponente ou matá-lo ….

      Acho que essa seria vai além de tudo que você comentou… mas está é apenas a minha opinião

  • Comprei o mangá, e não me arrependo !

  • A primeira vez que ouvi falar de Deadman foi no Anime Blade, pois sempre leia aquelas notícias “rapidinhas”. Me interessei logo de cara. Um título com cara de ser bem maduro, hm hm.

    Cheguei a baixar o Anime completo e já que o mangá parece ser tão bom assim, vou ver logo o anime (Já com a expectativa de ler algo melhor mais tarde). Não vi ainda porque tô meio sem tempo…

    Com relação ao mangá, pretendo comprar e acompanhar, mesmo não sendo muito fã de comprar mangás em publicação; Primeiro, porque a distribuição setorizada faz com que demore muito pra chegar em Recife. Segundo, porque nunca tenho dinheiro e fico “atrasando” a coleção; Terceiro, por medo de ser cancelado, tanto no Brasil como no Japão =( Mas vou apostar minhas fichas nesse título! Fica meio chato completar coleções depois de muuuito tempo; Fica difícil pra achar volumes, todo mundo já leu o final e fica com a língua coçando pra soltar spoiler pra você, etc. etc. etc.

    Fora que, não tinha costume de comprar mangás de outras editoras que não a JBC. Quanta inocência a minha! Peguei Astral Project depois de me interessar (Lendo o Checklist aqui no ChuNan) e me surpreendi com a qualidade. Não que eu vá deixar de comprar da JBC… Eles têm muito o que melhorar, mas sei lá. É díficil largar velhos hábitos. Meu primeiro mangá na vida foi Sakura #01; É basicamente uma vida toda comprando deles. (E agora vai ter republicação de Sakura, TODOS COMEMORA)

    Mas já tô saindo do assunto do post, né? Então. A resenha está maravilhosamente bem escrita, como já é de praxe do ChuNan. Amo todas as matérias, leio tudo! (Só tenho preguiça de comentar, hehe) Me convenceu! (Já queria comprar Deadman faz tempo, mas agora é oficial. Mais um pra minha coleção!)

    Continuem assim e até a próxima :3

    • Ah sim, esqueci de dizer. Uma frase fundamental da resenha e que eu não poderia deixar de copiar aqui é: “E tudo isso sem apelar para o fanservice pornográfico, o que já conta muitos pontos comigo.”

      Concordo demais com isso. Deuses! Como tá difícil achar uma obra “decente” esses tempos. Tudo bem, sempre vai haver algum tipo de fanservice, é normal! Mas nos últimos tempos, a maioria dos animes/mangás que vejo saindo não tem história nenhuma: Só pretextos para colocar os personagens em situações apelativas. Caraca. As pessoas têm que separar isso melhor… Deixar essas coisas mais abusadas restritas aos gêneros ecchi/hentai…

      Podem me chamar de moralista, do que for, mas penso dessa forma. E mais um ponto para me fazer querer ler Deadman LOGO. Pode até ser que mude no decorrer da história, mas espero sinceramente que não.

      • Concordo com o que você disse ultimamente são poucos os animes que não tem esse maldito fanservise, mas não podemos deixar de dizer que o mangà de Deadman Wordeland è cheio de sangue que as veses è sò fanservise.
        Otima review, Mangà Tambem è muito bom

  • UOU!! Muito bom o review, já estava interessada em comprar esse manga (por que vivia vendo o nome do anime nos fansubs, mas nunca assisti), ainda não chegou as bancas convecionais da minha cidade, então vou ter que ir até uma loja de quadrinhos. Depois que eu li esse post com certeza irei comprar.

  • Pingback: Mangá: Deadman Wonderland vol. 1, o último lançamento da Panini « Video Quest()

  • Free

    Voces podiam fazer UM GANCHO com esse post para um possivel um top 5 dos personagems mais COITADINHOS como o shinji, o Naruto e Etc!

  • Luiz Gustavo

    Eu não me arrependo de ter comprado o mangá, e o anime achei ótimo (principalmente à abertura).

  • Rafa

    “tempo limite para a explosão do equipamento e da sua cabeça junto.”

    Só um errinho ai na review, que no caso, a coleira não explode e sim vai jogando veneno na corrente sanguínea. Por isso eles precisam do “candy”, que é um antidoto para o veneno.

    Mas a review ficou muito boa! Deadman é foda demais, tenho orgulho de acompanha-lo desde o começo.
    Só fiquei triste que nessa versão da panini eles deram uma zuada na musica do woodpecker(pica-pau). Quiseram fazer rima e estragaram com a musica, mas blz.. resto está perfeito.

  • 36420508

    uou!!!!! esse vai quebrar meu bolso mas eu não posso deixar de comprar… fuuu é muito massa… esse manga xDDDD!!!!

    Rayovac!

  • MugiBoy

    eu li todo esse manga pela net ele é muito bom mesmo já tenho até o meu aki na minha estante otima tradução e adaptação!!
    Review Nota 10!!

  • O mangá foi muito bem adaptado pela panini, como dito acima “A Panini deu uma maneirada” mais isso não deixou o mangá em um nivel inferior, continua muito bom
    Nota 10 pra Review

  • OMG… ainda n chegô em SSA… /TODOS CHORA
    mimimi :C
    *soh consegui comprar NHK hj…atrasadíssimmooo

  • William95_lol

    Ficou muito bom o post =D – Estou na espero pelo OVA agora XD – Provavelmente este mangá estará na minha estante XP

    Flwss õ/

  • Pessoal do Chuva de Naquim, sei que minha reposta tem nada a ver com seu post, mais poderia me dizer se vai ter 3 temporada de steins gate ou vai ser cancelada? porque o ep 23 foi fodasticooo.

    Thx

    • Steins;Gate termina semana que vem, com 24 episódios ao todo.

  • Gugaa

    Opaaaa, comprei elee hjee 😀
    dei sorte que era o ultimo que tinha lá na bookstore :3
    Não me arrependo nem ferrando!! primeiro mangá de muitos que comprarei 😀

  • “A Panini deu uma maneirada em muitos pontos em relação a isso, mas isso não fez com que a série ficasse descaracterizada.”
    Olha, não sei, mas se fosse por parte da JBC, com certeza teria muito mais pessoas chiando por aí. Tenho certeza que rola uma certa tendência da maioria das pessoas que colecionam mangás para o lado da Panini, mas nesses casos eu acho meio errado dizer que não atrapalhou o mangá, só pela admiração que se tem com a editora. Como eu disse, tenho CERTEZA que se fosse pelo lado da JBC, a crítica seria diferente, mesmo que jurem de pé junto que não.

    “Meus amigos, que tipo de mídia hoje não “suaviza” expressões nas adaptações? É algo totalmente comum.”

    Ser comum não quer dizer que seja aceitável. Acho que suavizar descaracteriza sim uma obra. E como citado, se não suavizaram antes como em Black Lagoon que tem um texto bem ofensivo, por que fazer isso agora? Uma pena, mas creio que temos que começar a criticar a panini também, mesmo que nossa admiração por suas edições caprichadas fale mais alto.

    No mais, ótima resenha! Assisti o anime e não me empolgou. Talvez eu dê uma chance ao mangá, apesar de ter odiado o trabalho da dupla de mangakás em Eureka Seven.

    • HSKAJINO

      cara… eu tinha lido o mangá um pouco antes de sair o anime. Não aguentei ver o anime, dropei com um pouco de dó pq adoro o mangá

      dei minha analise do pq o anime ser tão ruim mais acima, (resposta ao Luciano) é bom dar uma lida pra ver se vc concorda, tô respondendo aqui teu comentário pq é minha critica do anime é praticamente oq vc disse: os prbs com adaptações

      é claro que nas devidas proporções! no anime vc pode mudar tudo, no mangá vc só pode mudar o texto (e censurar algumas paginas….)

      O post é bem direto no que ele propõe: leiam o mangá, o anime foi uma merda! Mas como também é um review, eu acho que ele mudou o foco ao não apresentar os motivos de pq o mangá é melhor que o anime

      E concordo com o Free! xD
      Top 5 pros coitadinhos (e coitadinhas… claro) dos animes, já que a pouco tempo veio dos buchas!

      • Free

        ashaqshAHSahsahshaSHAhs Alguem comcorda comigo OH YEAH!
        CAMPANHA = TOP 5 PROS COITADINHOS E COITADINHAS VAI CHUNAN
        Obs : Quem comcorda com a ideia posta seu comentario com a frase assima

  • Nossa, eu acho que vou ler, eu detestei os três primeiros episódios do anime, mas como você acaba de dizer que o mangá é bem melhor creio que lerei pela internet *no money*
    Adoro seus reviews são completos e muito críticos é maravilhoso ter acesso a eles! Li outros dos seus reviews e acabei vendo animes realmente maravilhosos que eu não julgaria como tal, mas valeu a pena!
    Obrigada e Bye Bye

  • Thoty

    O anime o Ganta só chora ,quase parei de assistir por causa disso.
    Se o manga for diferente até vale compra.

  • Danilo

    Primeiramente, muito bom review, Dih! Seu site já está nos meus favs. ^^
    Então, pra falar a verdade eu nunca gostei de ler mangás =D, anime então,pra mim, só Samurai Champloo…
    Há algum tempo conheci Bakuman que diga-se de passagem é um ótimo anime. Trabalho em uma banca de jornal, e desde que começou a chegar o mangá (Bakuman) que está na segunda edição, eu os tenho. Já vai fazer um mês que o mangá DW está nas bancas, eu não o conhecia, então fui ao titio google pra saber mais. Gostei bastante do anime, vi todos os ep. e já tenho o mangá ^^. Informações adicionais existentes no mangá fazem a diferença na hora da compra, acho que quem é fã do anime não se arrependerá se comprar o mesmo. Espero viver pra completar o Bakuman e o DW KKKKKK’.
    No mais, nada mais.
    Tchau =)

  • Pingback: Deadman Wonderland – Editora Panini |()

  • Olá, só passei aqui para dizer que graças a esse post, eu comprei o manga e digo com gosto que eu adorei! Sério, adorei tanto que baixei todo o resto da história e digo que chorei com por causa da Shiro e concordo com o que disse sobre esta ser uma história para quem tem estômago forte. Obrigada pela dica. ^v^

  • Pingback: Checklist – Muita zona na Panini em Outubro/Novembro | Chuva de nanquim()

  • Pingback: Mangá: Deadman Wonderland vol. 1, o último lançamento da Panini - Video Quest - Anime - Mangá - Vlog()

  • tiago

    Infelizmente o mangá está com muitas edições raras junto de Blood lad. Dropei por não poder continuar a coleção.

  • ” Se alguém encontrar um garoto de 14 anos que agiria normalmente nessa situação, CORRA!” Neste exato momento me lembrei de Killua do Hunter x Hunter.
    Gostei muito do texto,mesmo acompanhando o anime em seu lançamento não tive muito interesse em começar a ler o manga,porém após ler seu texto acabei mudando um pouco de ideia sobre o conceito de Deadman,sempre achei o protagonista um saco,e como você mesmo disse no manga as coisas são diferentes,talvez que vá dar uma olhada e se eu realmente viciar,irei te culpar xD … mesmo assim obrigado pelo trabalho =] espero que continue assim (õ VAI CHUNAN õ/)