Review – O terror de Higanbana no Saku Yoru ni

Depois de conhecer a história da Marie, você vai achar sua vida perfeita.

Higanbana no Saku Yoru ni (“Na noite em que os lírios vermelhos florescem”) é o mais novo projeto de Ryukishi07, famoso por suas obras Higurashi no Naku Koro ni e Umineko no Naku Koro ni. Porém, apesar do nome semelhante, esse novo projeto não tem envolvimento com a cronologia When They Cry (Higurashi e Umineko) – pelo menos por enquanto, pois sabemos como o Ryukishi é.
No Japão é muito comum existirem os famosos “sete mistérios escolares”, ou seja, lendas sobrenaturais que todas as escolas possuem. É nesse plano que acontece Higanbana. Porém, nessa escola existe um oitavo mistério, que é a primeira história que nos é apresentada. Como assim primeira história? Bem, essa série é muito recente, mas pelo que pude entender serão várias histórias que se passam nessa escola, acho que cada uma contará um dos mistérios, tendo protagonistas diferentes. O mangá é um shounen (apesar de não parecer)  que começou a ser serializado na Monthly Dragon Age em maio de 2010 e por enquanto possui somente três volumes. Existe também uma adaptação (ou seria o projeto original?) para visual novel. A primeira história é a da Marie, que será o foco desse review.

A história

Marie Moriya é uma solitária e tímida garota que estuda numa escola qualquer do Japão. Mas ela é uma garota de muito pouca sorte, Marie sofre de bullying de todos os seus colegas. Nos dias de limpeza jogam panos molhados na cara dela e a deixam sozinha para limpar a sala toda, a humilham constantemente, até mesmo agressões físicas como perfurar a mão da garota com algum objeto. Marie guarda tudo isso para si, quando um mundo está contra você é complicado tirar forças de algum lugar para seguir em frente. É nesse momento que aparece o novo professor da turma da Marie, o Kanamori. Ele começa a proteger a garota e defendê-la de seus colegas de classe, é a partir daí que a vida da pobre Marie começa a mudar. Mas espere, não se engane. Esse mangá não é um shoujo onde começará uma ‘linda’ relação entre aluno e professor, agora é onde realmente começa o inferno. Kanamori é bastante popular entre os alunos e até entre os próprios professores, tem uma boa fama na escola mas na verdade ele é uma pessoa perversa, maligna, inescrupulosa, e coloque todos os piores adjetivos que você puder pensar pois não posso descer o nível das palavras aqui. Esse maldito professor vê a situação em que Marie se encontra e se aproveita disso para fazer coisas piores ainda, ele passa a abusar física, moral e sexualmente da pobre menina. Marie só quer que isso termine… Quer pôr um fim nessa situação, ela está num beco sem saída. Ela então começa a ter alguns pensamentos ruins, e eu não a culpo por isso. Marie conhece uma boneca na enfermaria que é um dos sete mistérios da escola, essa boneca é a Higanbana, e dizem que à noite ela toma vida e começa a dançar, e que também se você rezar para a Higanbana ela pode realizar o seu desejo. É quando Marie, com seu conturbado coração, deseja que todos os seus colegas e seu professor parem de fazer coisas ruins com ela… E que eles morram.

É nesse cenário que surge o oitavo mistério da escola: o Mesomeso-san (“meso” seria uma onomatopéia para choro). Esse novo mistério diz que se você for no antigo prédio da escola, no banheiro feminino, escutará o choro de alguém que vai te perguntar “Você ouviria a minha lamentável história?” e se você responder que sim a porta do banheiro se abre e você é morto. Esse mistério surge justamente por causa da Marie, pois é nesse lugar onde o professor (se é que posso chamá-lo assim) Kanamori abusa da garota, e depois disso ela fica lá chorando, sozinha. E é por esse novo mistério ter surgido que Higanbana assume sua forma “humana” e entra em contato com Marie, agora a história começa a utilizar seus elementos sobrenaturais.

Higanbana diz que alguém precisa se tornar o youkai Mesomeso-san, ela de maneira nada sutil tenta convencer Marie a se tornar esse oitavo mistério da escola, pois assim Marie poderia se vingar de todos que a fizeram sofrer. A partir de agora, a Marie vai aceitar se tornar o youkai do oitavo mistério? Será que ela vai ter determinação para se vingar dessas pessoas e será que vai conseguir? Quem quiser saber essas respostas, basta começar a ler o mangá!

Considerações Gerais

Higanbana é um mangá pesado. Essa é a primeira coisa que posso dizer, o intuito dele é te chocar. Não existe nada explícito no mangá, obviamente, porém o traço do Ichirou Tsunohazu consegue fazer você se sentir mal quase a ponto de querer virar logo a página (mas não é algo que chega a ser gore). As cenas da Marie sendo abusada são horríveis, causam um grande desconforto, e ver o pedoteacher se dando bem é de deixar qualquer um muito irritado. Claro que isso não é um ponto negativo, pois para um autor conseguir te fazer sentir isso não é simples. E isso também não é gratuito, a ideia é justamente te passar esses sentimentos fortes, para você torcer para que a Marie consiga passar por tudo o que está acontecendo. Mas apesar disso, tenho que dizer que em algumas cenas o autor podia ter se controlado um pouco na hora de desenhar, algumas partes podem soar mais como fanservice (o que não faz sentido) do que ter o intuito de chocar. Por causa do estilo do traço, muitas vezes você tem a impressão de estar lendo um hentai bastante grotesco, mas de certa forma isso ajuda a passar o clima tenebroso que o mangá possui.

O suspense que a série passa também é ótimo, você fica apreensivo para saber o que vai acontecer, como por exemplo na cena em que o pedoteacher está no banheiro com a Marie e ele escuta passos e vozes, haviam alguns alunos investigando os boatos do Mesomeso-san, não tenho como dizer o quanto torci pra que descobrissem eles lá, mas posso contar que o maldito acabou triunfando e conseguiu escapar sem ser descoberto. Não quero dar spoilers grandes nesse post, mas vou adiantar uma coisa: Marie vai se vingar. Até onde eu já li do mangá não mostrou como ela vai fazer isso, mas estou confiante que o Kanamori vai se f* no final (com o perdão da palavra).

Quanto aos personagens, temos apenas três. Marie, a infortunada protagonista que sofre nas mãos de praticamente todos os personagens do mangá, ela é tímida e não consegue se erguer contra as coisas que sofre – também pudera, ninguém conseguiria sozinho na situação dela. Temos também o Kanamori, ou pedoteacher, que é o maldito que se aproveitou da Marie e, sério, eu tentei não colocar spoilers aqui, ele ainda vai chegar a níveis muito piores do que eu já descrevi – se é que isso é possível. E por fim a própria Higanbana, que é um dos mistérios da escola: a boneca da enfermaria que dança. Ela se personifica numa forma humana para entrar em contato com a Marie, posso dizer que ela é bastante sádica. Num primeiro momento pode parecer que a Higanbana está tentando ajudar a Marie, mas vemos que ela só quer se divertir naquela situação, às custas do sofrimento da outra garota para no final devorar sua alma. Lembrando que Higanbana é uma série sobrenatural, ou seja, temos youkais, espíritos e coisas assim. Acredito que só tenha faltado eles mostrarem a família da Marie, como ela lidava com essas coisas em frente aos seus parentes, será que na casa dela ela não teria ninguém para recorrer também? Apesar de que talvez não haja muito espaço – tempo – para isso.

Para finalizar, se você procura uma série com terror, psicodelismo, suspense, se está precisando extrapolar um pouco sua raiva, então leia Higanbana! Não recomendo se você não se dá bem com cenas muito fortes, não são coisas como cabeças sendo cortadas ao meio, mas a violência que Higanbana contém eu considero mais forte do que isso, pelo contexto das situações.  Você encontrará mais novidades sobre esse mangá no site do Scarlet Rose. Para quem lê em inglês, ele já está disponível até o capítulo 8, que é onde termina o arco da Marie, em breve sairá o capítulo 9 onde começará o próximo. Para quem já conhece Higurashi/Umineko, pelo que parece não haverá um reset do tempo para recontar essa mesma história. O próximo arco será com um outro protagonista que provavelmente também vai se encontrar com a Higanbana.

por Trunks

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • gabriel pereira pinto

    bem achei interessante
    vou dar uma lida
    até pq é um “descendente” higurashi que é mt foda *o*

  • #FIRST!!!!1ºo/
    Historia do jeito que gosto
    Quando sai no Burasiru?

  • Boa recomendação.
    Eu leio alguns mangás bem podres (para alguns), mas todos realistas e pé no chão (tá, tirando um). Algo assim nesse nível de sobrenatural, que seja realmente pesado, nem consigo me lembrar.
    Darei uma olhada, parece ser bom.

  • Luk

    Vou dar uma procurada depois, nunca tinha ouvido falar @.@

  • Tsukasa_kun

    A algum tempo atrás eu tinha começado a ler este manga, não lembro se cheguei mais do que o volume 2 ou 3, estava dificil de encontra-lo na epoca.. considero um manga um pouco pesado, porem não o acho tão pesado quanto classificado no review.. pretendo continuar a ler o manga para saber o que acontece no final, pois realmente espero que o pedoteacher se de mal no final,.

  • Sheol Halerquinade

    Você é doido, que mangá tenso. Sinto vontade de ler, mais eu confesso que tenho medo, fiquei com medo mesmo, nem ligo de admitir. Se fosse feito um filme baseando-se nesse mangá, eu NUNCA que assistiria.

    Mas olha, vou esperar chegar amanhã, quando for de tarde (medo de ler a noite) dou uma olhada no primeiro capítulo.

    Mas esse mangá é surreal demais, essa menina, se existe uma pessoa que passa pelas mesmas coisas (eu acho MUITO difícil), tem que procurar ajuda. Jesus Cristo. o_o

  • Free

    Eu n achei no scalet hose o manga para eu baixar.
    Estou muito interessado em ler o manga

  • Vou ler já que é do mestre Ryukishi07.
    Devo dizer que adorei a review ela foi escrita de forma que quando eu estava lendo eu conseguise me consentrar inteiramente na review, E como sempre eu agradeço por fazer recomendação de algo que eu desconheço.

  • Lippe

    Curti muito esse, ótima recomendação! Que venha o anime /o/

  • Kah1Sakura

    Nossa essa review me deu uma vontade de ler esse mangá *–*
    Que pena ainda não tem traduzido em português….

    Que venha o anime /o/ (2)