Novos mangás dos autores de Vampire Princess Miyu e GTO

Narumi Kakinouchi e Toru Fujisawa, respectivamente autores de Vampire Princess Miyu e de GTO em novos trabalhos na Dengeki Comics Japan.

Podem começar a comemorar. Dois mangakas bem renomados no Japão começarão novas séries na revista japonesa (óbvio) Dengeki Comics Japan (da ASCII Media Works) na edição de dezembro, que deve sair no dia 25 de novembro. Os nomes a primeiro momento podem parecer estranhos, mas as séries de ambos são bem conhecidas por aqui. A primeira é Narumi Kakinouchi, autora do mangá de Vampire Princess Miyu, título que já teve o anime por aqui de forma “escondida” em meados dos anos 2000 em DVD’s de bancas de jornal. O outro é Toru Fujisawa, autor de GTO, título muito conhecido por aqui e que é pedido aos montes pelos otakus brasileiros (inclusive por mim) para as editoras brasileiras. A fonte é do ótimo site françês Manga News.

Narumi Kakinouchi começará uma série chamada Fairy Jewel (malditas fadas, estão em todos os lugares!) que contará a história de de uma fada que se apaixona por um ser humano e que tem o desejo de se tornar uma como sua paixão. Para isso ela terá que fazer uma série de provas e conseguir a pontuação máxima de 100 pontos para ter seu desejo realizado. A autora que trabalha ao lado de seu marido Toshiki Hirano, ainda possui duas séries em andamento. A primeira é um spin-off shoujo de Vampire Princess Miyu publicado na revista Flex Comics da Softbank e que se concluirá em dezembro. A outra é Yakushiji Ryōko no Kaiki Jikenbo (conhecido por aqui como Ryoko’s Cases File) que conta com 11 volumes e está em andamento na revista seinen da Kodansha, a Afternoon.

Toru Fujisawa entrará como roteirista da nova série Shibuya Hachiko Mae ~Another Side~. Os desenhos ficarão por conta de um ex-assiste seu, Akitsugu Suimoto que também trabalhou com ele em GTO – 14 Shonen Days (série que terminou recentemente e que está sendo publicado nos Estados Unidos pela editora Vertical). A história de Hachiko será focada na história de Ryoichi Aoyama, o segurança número 1 de cabarés de Shibuya. O mangá mostrará a vida do “herói” durante as noites da cidade. A obra será baseada em uma novel de Ryo Aoki, que também supervisionará o projeto. Vale lembrar que Toru também finalizou outra série recentemente na revista Super Jump chamada de Soul Messenger.

O que esperar das séries? Bem, a primeira é a que pode ser mais “estranha” a primeira vista mas que deve render alguns leitores fiéis por lá (acho difícil esse tipo de série fazer um grande sucesso por aqui). Narumi Kakinouchi sabe como criar todo um clima “sobrenatural” como vimos em Vampire Princess Miyu ou no próprio Ryoko’s Cases (que vale a conferida, ótima série). Embora criar esse “clima” com fadas não deva lá ser a coisa mais fácil. Não conheço a fundo a autora (só o próprio Vampire Princess e Ryoko) mas deve ser curioso ver alguém que trabalha com vampiros e casos de terror começar um mangá “fofinho”. Já a nova obra de Fujisawa não parece que vai decepcionar os fãs do autor. Um mangá sobre um segurança de cabarés? É tudo que ele sabe fazer de melhor! Muita ação, diversão garantida e com certeza leitores loucos pra colocar as mãos nos primeiros capítulos traduzidos volumes quando saírem aqui.

Agora eu me pergunto: onde está GTO nas bancas brasileiras? E o próprio Vampire Princess Miyu? É, não existem respostas, eu sei. Vamos ter que esperar muito e mais um pouquinho. Enquanto isso, vamos ao mercado americano para saciar nossa sede não é?

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Se não tivesse avisado que os desenhos não eram do Fujiwara, juro que eu não perceberia…

  • Oh, que legal. o Traço da Narumi Kakinouchi continua com o mesmo feeling e isso me gusta hehehe. Gostei da premissa, pode ser que a história dela seja interessante. E o chara de Shibuya Hachiko Mae ~Another Side~ tá bem estiloso ein, gostei.

    E ambos trabalham juntos no spin-off shoujo de VPM e no New Vampire Princess Miyu. Wah, seria um sonho ver esses mangá sendo lançado aqui, mas…mas… 😀 😀 😀

  • gustavo n mendes

    cara eu tambem me pergunto onde esta o manga GTO lançam tantos titulos desconhecidos q acabam fazendo sucesso (ou nao)
    GTO é desconhecido aqui mas concerteza faria muito sucesso eu achei esses dias em um sebo 4 mangas ediçao definitiva de GTO em ingles por R$45 mas acho que tem mais volumes porque o normal é 25 volumes por isso nem comprei

  • Rozeex

    Eu vi GTO mais não compraria o mangá se chegasse as bancas.

    • Z

      Só pq vc ñ sabe o quão superior é o mangá em relação ao anime… eu ainda queria ler o “young gto” já que depois que foi licenciado acabou bem difícil achar algum translator mesma coisa o 14 days =/ eu ainda acho que o 14 days deve receber um anime se conseguir vender bem o mangá (que ñ deve ser difícil)

      • Rozeex

        Z é aquele caso de ler/assistir vários mangás pela net e terem alguns títulos que você não pagaria nem um centavo para ter, GTO é assim, para mim é regular e só.

      • VIctor

        Não vi GTO ainda. Mas estou lendo o Shonan Junai Gumi.
        Velho esse manga é muito foda!!! Vi os OVAs mas eles não chegam nem aos pés do mangá. É hilário demais o que Ryuji e o Eikichi fazem.

  • Com certeza lerei essa próxima obra do Toru Fujisawa. A arte aparentemente está bem estilosa mesmo, adorei.

  • Não tenho costume de ler mangás, então só conheço o anime de GTO que achei muito bom por sinal, claro que tem uma má direção aqui e ali, mas todo episódio consegue ser hilariante e vários deles passam as reflexões muito bem (as pseudo-reflexões também). Se a nova obra não ganhar futuramente uma adaptação para anime, tomará que agrade aos fans do mangá, se ganhar uma adpt. anime torço para que agrade a nós todos.