Hall da fama #05: O cientista louco Okabe Rintarou

EL PSY CONGROO! Hall da fama 05 com o grande cientista louco do ano, Okabe Rintarou! Prontos?

Para começar, uma palavrinha aos leitores. Imagino que deu para notar uma certa mudança de escrita entre os textos do Hall da Fama 03 e 04. Pessoalmente não me sinto insatisfeita com nenhum deles (é claro que sempre há o que melhorar), mas sinto que ainda estou ajustando meu estilo de escrita. Em todo caso, peço que avisem quando notarem alguma mudança muito brusca. Obrigada!

Ah sim, me desculpem pelo pequeno atraso… Não deve se repetir, já que logo estarei de férias. =D Bem, agora, podemos começar.

(Spoilers de Steins;Gate neste post; restritos ao anime, sem conteúdo específico da Visual Novel.)

Enfim, falando um pouquinho do ano de 2011 que já está para acabar; pessoalmente, fiquei muito satisfeita com boa parte do que assisti. O engraçado é que a maior parte das séries que curti foram as mais inesperadas (Tiger & Bunny e Madoka, por exemplo) enquanto várias das minhas apostas falharam miseravelmente no meu gosto (Blood-C, [C]). Maaas, teve uma aposta em que, bem em seu começo, eu colocava certa fé (embora de uma forma meio cega) e acabou dando certo mesmo: Steins;Gate. A série cheia de viagens no tempo, referências científicas e uns bons elementos otaku não foi exatamente o que eu esperava, mas teve um desenvolvimento coerente e é uma série que recomendo fortemente. E aqui temos outra série que dependeu muito de seu protagonista para ter um bom impacto, e Okabe Rintarou teve personalidade o suficiente para cativar o público.

Okabe Rintarou – que também se intitula Hououin Kyouma e é apelidado carinhosamente pela amiga de infãncia Mayuri como Okarin – é o tipo de personagem que a princípio parece cheio de fanfarronice mas não consegue cumprir nada grandioso – afinal aquele laboratório de Gadgets do Futuro poderia ser simplesmente definido como “paradão” – ; age como se fosse um grande gênio perseguido por grupos malignos visando a dominação mundial. Até que, do nada, uma grande descoberta: uma das bugigangas do laboratório, um microondas, ao sincronizar-se com um celular consegue enviar mensagens de texto ao passado. Enfim, motivos concretos para ser considerado um gênio alvo de perseguições?

A verdade é que, no começo da série, algumas ideias passaram pela minha cabeça: de que toda essa perseguição seria fruto de pura paranoia do Okabe, ou que de alguma forma ele estivesse lutando com uma possível “versão própria” do futuro. É, eu sei que sou ruim para teorizar… Mas pelo clima de suspense que a série criou em seu primeiro episódio, algo mais tenso e dramático era o que eu esperava. Só que a série prosseguiu em um ritmo mais morno e encontrou alguns momentos de forte impacto.

Na primeira metade do anime, Okabe é apresentado justamente com a atitude de expressar-se como um verdadeiro cientista louco, conversando sozinho ao celular, usando expressões malucas para causar impacto, falando de forma exagerada e discutindo muito com a jovem cientista Makise Kurisu – seu par romântico inegável; é possivel ainda notar uma certa gentileza em seus atos em relação às outras pessoas, mas isso fica um pouco mascarado pela fachada de extravagante. Mas a principal questão é que pouco a pouco, conforme os mistérios acerca da SERN e das mensagens enviadas ao passado vão se mostrando perigosos, dá para notar sua fachada de confiança e controle sendo perturbada. E agora vem o melhor, o episódio 12.

Sim, aquele fatídico episódio 12, quando a série vira de ponta-cabeça com a morte da Mayuri pela Kiryu Moeka, revelada agente da SERN. A partir daí, pode-se notar um desenvolvimento do Okabe que é bem interessante; não excepcional, mas ainda assim suficiente para prender a atenção.

Com a morte da Mayuri, Okabe finalmente descobre os reais perigos de toda a sua pesquisa, e não conseguir salvá-la por sucessivas vezes vai guiando-o a um certo desespero; porém, acho que a série peca um pouco justamente para não expressar mais intensamente esse desespero. Afinal, ele falhou diversas e diversas vezes em salvar a amiga de infância da morte. Há outro ponto que é digno de nota, que é o flashback aprofundando a relação dos dois e demonstrando a motivação dele em agir como um cientista louco; no final das contas, é algo que ele encena para a proteção do fragilizado psicológico de Mayuri e uma forma de transmitir confiança a ela, e acabou tornando-se um hábito de comportamento.

E não nos esqueçamos do par romântico que é importantíssima na série: Makise Kurisu. Diria que ela foi a tsundere mais simpática do ano, e sua relação cheia de discussões com nosso querido Okarin só poderia ter dado em ótimos alívios cômicos e num romance que mostrou força e muita alegria para os shippers no final da série. E a reviravolta no episódio 22 que colocou Okabe entre a cruz e a espada, tendo que escolher por Mayuri e deixar Kurisu morrer esfaqueada, como no começo da série, fechando o ciclo de acontecimentos? Este foi o momento em que a perturbação do cientista teve mais impacto. E quando ele descobre que tem uma chance de salvar Kurisu, e para isso volta ao momento fatídico da morte da jovem gênia com um plano cheio de sua extravagância de cientista louco de volta? O final de Steins;Gate pode ter sido previsível e não tão impactante quanto o episódio 22, mas foi agradável ver aquela “antiga” personalidade do protagonista a toda.

Por fim, Okabe Rintarou é um dos protagonistas mais marcantes do ano, cheio de um temperamento que não se vê em personagens de muitos animes. Poderia ter sido desenvolvido melhor? Um pouco. Mas ainda assim, é a presença dele que faz de Steins;Gate uma experiência em sci-fi fácil de simpatizar e, no geral, muito proveitosa – apesar de alternar entre “altos e baixos” de empolgação.

E é mais uma semana de Hall da Fama. Espero que tenham gostado, em todo caso sintam-se livres para dizer o que acharam. E até a próxima!

por Mary

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Cara nem saiu das fraldas inda e já tá engatinhando na calçada da fama?!

    Mas essa fujoshis são mesmo umas mãezonas!

  • Zuperman

    Ótima escolha! De personagens deste ano, o nosso HOUOUIM KYOUMA foi um dos melhores! Texto muito legal, curti mesmo. Continue melhorando assim! o/

  • Carlos

    Muito bom esse hall concordo com quaze tudo.

    “porém, acho que a série peca um pouco justamente para não expressar mais intensamente esse desespero”
    Poderia explicar melhor oque vc quer dizer ?
    Ao meu ver foi bem expressado, quero dizer vc esperava q fosse um drama total estilo ano hana ?

    • Na minha opinião, foi muito choro e pouca ação dele.
      Para um cientista louco ele fez pouca loucura, sempre levado pela mão pelos outros quantos esperneava pelo chão.

      • Satella

        No meu ponto de vista teve muita ação e desespero sim!!!!!! Como ele poderia expressar melhor????? Pra mim foi muito impactante ele voltar várias vezes no tempo sem encontrar a solução para que a amiga n~ão morresse!!!

      • Carlos

        Concordo um pouco coma parte de que ele fez pouca coisa, porem tem o fato de que ele era do “cientista louco” da boca pra fora, + concordo que ele podia ter feito algo a mais para tentar salvar ela, porem quando paro para pensar oque ele poderia ter feito ? trancar a garota em um quarto de manicombio para ela não morrer = em premonição ?…. é uma possibilidade…

      • Alan

        Mas ele não é um cientista “louco” de fato, como foi dito no texto, ele criou essa fachada pra ajudar Mayuri. Também acho que a parte drama do anime foi bem medida, e que se fosse mais que aquilo não seria tão boa. Ótimo texto, ironicamente terminei de ver a série hoje, bem legal ter encontrado esse hall da fama aqui!!

      • ele era + louco que cientista… acho que nem dá pra dizer que era realmente cientista, tlvz um “visionário”… o que explica mto bem o pq dele não criar mtas saídas diferentes e sempre insistir na mesma “o telefone micro ondas”

        sinceramente não achei que faltou drama ou ação hora nenhuma…
        fora isso, ótima coluna!
        El Psy Congroo

  • Concordo com tudo que você falou. Muitos falam que Madoka foi o melhor do ano, mas tenho minhas dúvidas entre Steins;Gate e Madoka… Mas os dois foram ótimos

    • achei madoka muito bom tbm… mas sem duvida de sombras Steins;Gate foi mto mais impactante e divertido (pelo menos pra mim)

  • WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    ainda nem li, mas….CADÊ O OKARIN E A KURISU SE BEIJANDO? Vou matar você Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaary T_T

    huehuehueehuehuehuehuhu promete que quando ler, dou uma opinião mais centrada. q

    • Alan

      Google => Você quis dizer: Christina

  • Anônimo

    EL PSY CONGROO

  • Tá muito Jbox isso aqui, era melhor antigamente. Ficou mainstream perdeu o encanto.

    • Acredito pelo que eu to vendo que Hall da fama vai trazer mais aqueles fãs que não tem argumentos para concordar e discordar do post da redatora e ficam apenas repetindo frases de efeito do personagem escolhido para representar o Hall da semana. Resumindo, eles simplesmente curti e deixam algo qualquer de comentário tipo “Okarin é mesmo o melhor protagonista” “EL PSY CONGROO”. Mas cade os motivos dele ser o melhor protagonista? Ai a coisa fica completamente sem graça, mas de boa, cada um comenta como quer.

      E desde que você me recomendou o forum do subete animes estou por lá todo momento, inclusive já deixei alguns comentários lá… Acho que já conversei contigo por lá. Valeu pela recomendação!

  • thoty

    Esse merece….
    O cara é sinistro !!!!!!!!!!

    • thoty

      Esse que tinha que ganhar como anime do ano, ñ essa Madoka dos infernos ( opinião minha )

      • põe mais uma opinião no pote brow! Steins;gate FTW!

  • Excelente artigo.
    Realmente 2011 foi cheio de surpresas e decepções….., felizmente mais boas do que ruins.

  • Satella

    Concordo com o Thoty que esse foi o melhor anime do ano sem dúvidas!!!
    É um dos melhores animes que já assisti e o Okarin é um personagem que marcou muito. Mesmo a Mary dizendo,que ele poderia ser melhor desenvolvido, pra mim ele foi perfeito e cresceu muito durante a série. No início ele era um personagem que nos divertia e após o capítulo 12 mostrou seu lado sério e que passava confiança, além é claro de sempre demonstar seu carisma!!

  • alien pervertido do espaço

    Adorei, mto mto bom o/
    Merece estar no hall da fama sim e com todo louvor! Um dos poucos animes que me deixava ansioso para o próximo episódio e, msm Madoka sendo a revelação do ano para muitos, ainda prefiro SG =).

  • kyohei

    Não achei que Steins;Gate merece ser chamado de O MELHOR, muito menos segundo melhor, é um anime bom, mas a concorrência deste ano é forte demais para ele. Fate/Zero, Madoka, Ano Hana, e outros(?) com certeza o superam, mas ainda sim ele é ótimo…
    Nosso querido mad scientist foi sim um personagem de destaque que talvez possa entrar em um hall da fama.

  • Melhor protagonista, ou melhor protagonista?
    .
    .
    .
    Melhor protagonista.
    El Psy Congroo

    • Representa bem os protagonistas de animes, isso não podemos negar.
      Chorão e gosta de um trap.

  • Nataly Fahr

    É um personagem interessante, mas, não é muito “humano”, porque vamos ser sinceros, quem já não teria enlouquecido de vez depois de ver uma pessoa morrer várias, várias, várias e várias vezes?

    • O desejo de salvar a amiga é mais forte do que o desespero de ver ela morrer varias vezes. É isso que eu penso que o Okarin sentia, mas em alguns momentos ele entrou sim em desespero e nesse desespero também tinha envolvido o sentimento de fracasso, por não conseguir salvar ela depois de tentar varias e varias vezes. Mas no final acabou salvando (o que era de se esperar).

      • thoty

        Tem um ep que ele fala sobre isso….
        sensacional o ep….

      • Serio? Eu nem me lembro do episódio, mas que bom.

      • Carlos

        tenho uma Poema q representa bem isso.

        Na primeira vez, eu me esforço para lutar
        contra a tragédia inevitável.
        Na segunda vez, eu fico aborrecido
        em relação a tragédia inevitável.
        Na terceira vez, aborrecimento se torna dor.
        Mas ná sétima vez, isso se torna uma falsa comédia.
        – Frederica Bernkastel

        Pra quem conhece higurashi é uma das frases que aparecem no começo do jogo 6 Tsumihoroboshi-hen
        quem vio o anime conhece a historia da rika e como ela perde suas emoçoes do memso jeito,e esse verso representa bem isso.

        Quando algo acontece varias vezes uma mesma coisa é basicamente é isos que acontece chega uma hora que vc não se importa mais, vc perde sua “habilidade” de sentir pena, dor , odio, aborrecimento, se torna algo natural, vira routina.

      • Nataly Fahr

        Pode ser, mas não consigo acreditar que exista uma pessoa no mundo que consiga ter a mesma força de vontade.

    • é anime né……….tudo é meio forçado e louco.

  • Carlos

    Ele concerteza foi o melhor personagem do ano!
    foi merecerido, parabéns pelo post, muito bom!
    tem que fazer um hall da fama com Kamina, esse é o “cara”.

  • Acaba que o personagem Kotetsu, conseguiu se mostrar um personagem melhor ainda que o Okarin. Mas o Okarin certamente é um dos personagens masculinos destaques do ano. Encontrar bons protagonistas do sexo masculino é complicado e não é sempre que tem, mas esse ano apareceram alguns realmente bons.

    Eu entendo aquela apatia do Okarin, como a melhor representação possível de tudo que ele já tinha passado até aquele momento. Mas faltou algo que coroasse ele realmente como melhor protagonista do ano. Faltou mais background, coisa que o Kotetsu tem. E o Okarin da visual novel também tem, mas que por uma linha de pensamento em relação a forma de levar o anime de Steins;Gate, resolveram riscar fora. Okarin tinha tudo pra ser um puta personagem controverso, mas acabou ficando apenas como um personagem bonzinho e sem muito fundo. Agora pensem, se só com a cama exterior ele já encanta tanta gente, imagina se mostrassem tudo dele?

    Em alguns episódios até mostrou um pouco mais a fundo, como os da reta final, mas poderiam ter explorado mais durante todo o percusso. Mas continuo amando o Okarin <33

    • Janjão

      Quem é esse Kotetsu? A forma como você falou me deixou muito interessado, pois eu sinto essa carência de personagens masculinos interessantes. Amo personagens principais que coloquem a série nas costas, e o Okarin comanda o anime muito bem.

      Não acho o Okarin genial, como muitos comentam. Pra mim não chega nem perto da inteligencia da Kurisu, por exemplo… Mas ele está longe de ser bobo, e tem com ele o maior carisma entre os personagens principais deste ano, na minha opinião. Você vê que o anime é totalmente refém dele. Coloca qualquér outro no lugar dele que não dá certo, pois ele é uma pessoa a qual as pessoas querem ficar perto, e sem ele os outros personagens possívelmente não teriam ligação e a história não teria como se desenvolver.

      Além disso, o Okarin é a prova viva (tá, viva não, animada. rs) que um personagem não precisa exatamente ter uma aparencia boa para ser interessante. Ele não faz o tipo bishounen, não tem um cabelo arrumadinho e moderno, não tem um rostinho bonito e de garoto. Mas fez muito mais sucesso que outros personagens, que, apesar de interessantes, caem nessa descrição. Espero que ele revolucione e traga uma nova leva… Seria muito bom ter mais personagens como ele.

      • Kotetsu = Protagonista de Tiger & Bunny

        Para mim melhor personagem masculino e protagonista do ano (inclua mulheres protagonistas tb). Gosto mto de Steins;Gate mas esse sem Okarin continuaria sendo um ótimo anime, mas Tiger & Bunny sem Kotetsu não seria um bom anime.

  • 0,000000000000001

    Acho como uma das qualidades do Okarin como ele aceita todos e atraem ao seu redor durante a serie.Outra coisa que e importante comentar que Kurisu foi a pessoa que serviu de suporte podem assim amenizar tudo o que acontecia.Obrigado por mais um Hall da fama.

  • Bruno

    achei um anime excelente, nao sou muito exigente e talz, por isso quase todos me agradam, mas esse foi realmente excepcional!. OKARINNNNNNNNNNNNNNNNNNN!!!!!!!!!!!!!

  • Além de ser um ótimo personagem, ainda ganhou a voz do meu dublador preferido, Miyano Mamoru. Ficou perfeito.

  • kcarlosss@hotmail.com

    Essa é a escolha do Steins Gate! Na minha opinião esse anime salvou o ano meu preferido desse ano.

  • Nunca vi Steins Gate ;(
    ja ouvi falar q e muito bom, to so esperando
    tempo pra vê-lo

  • Alice

    Olha muito boa escolha para o hall da fama!Sério quem viu sabe que o Okabe é uma figuraça e que a princípio pode parecer mais um leso que outra coisa…. mas é bem mais profundo do que se pensa, sério Steins;gate é uma das melhores coisas de 2011, e quem já tá esperando pelo filme?Sei que não sou a única.XD

  • Se o Kotetsu fosse um cientista louco, seria o Okarin.
    Se o Okarin fosse um Next, seria o Kotetsu. XD (Tiger & Bunny, pra quem não viu.)
    Isso de que pra um cientistia louco ele fez pouca loucura, sei lá, tava óbvio que ele não era cientista louco porcaria nenhuma, era só um nerd otaku metido a paranóico e todo coração-mole.
    Mas a dublagem do Mamoru Miyano foi excelente, ajudou muito a dar corpo ao personagem. Foi a primeira light novel que pensei em ler, e um dos únicos casais principais que shippei de verdade desde o primeiro momento.
    Apesar do happy ending meio ‘vamos fazer pra não deixar as pessoas tristes’, a cena dele conversando com ele mesmo pra mim fez o último episódio valer a pena.
    Detalhe que os animes Madoka e Steins tem o mesmo roteirista né, o safadinho do Gen Urobuchi, que adora torturar personagens fazendo eles verem pessoas queridas morrerem várias vezes.
    Se Phanton tiver isso também, vou começar a achar que ele é um verdadeiro psicopata.
    E só pra não perder a chance, ‘el psy congroo’!

  • Leandro

    Okarin foi um ótimo personagem e mereceu ganhar o destaque. De fato, de cientista louco, ele não tinha nada, era excêntrico. O Okarin se auto-intitulava de cientista louco mais por fanfarronice do que por mérito;o D-mail foi descoberto por acaso em um dos muitos experimentos numerados que ele e o Darou construíram. E não seria nenhuma injustiça incluir o parceiro do Okabe como destaque masculino. As pegadinhas que ele fazia com a Mayuri em relação as palavras de duplo sentido foram sensacionais!

  • KPadua

    Makise Kurisu. Diria que ela foi a tsundere mais simpática do ano? E a Misaka de To aru ? Algo esta errado … deve ser alguma conspiração de SERN !

  • Eu achei sensacional a escolha tem mto protagonista q sao mto bonzinhos e fazem de tudo pelos amigos como o Okarin, mas acabam se tornando chatos e irritantes a maioria deles, mas isso nao aconteceu com o Okabe e foi o q mais me agradou so comentei agora pq fui terminar so agora de ver maldito trabalho xD

    parabens pelo texto

  • Rafael Sartori

    EL PSY CONGROO …

  • Anderson

    Steins;Gate foi um ótimo anime, mas eu acho que ficaria melhor se ele tivesse acabado no epi 22.
    Aquele final pareceu meio forçado pra mim…

  • 009

    Mais uma atuação maravilhosa de Miyano Mamoru! *-*
    O personagem não seria o mesmo se não fosse ele!
    El… Psy… Congroo.

  • Okabe, isso sim é um protagonista FODA. serio uns dos melhores que já vi muito loko mesmo. achei que exploraram o sofrimento dele sim quando a mayuri morre tipo eu sofri junto com ele kkkkkkk muito envolvente o anime e o okarin é o grande responsavel por isso, muita carisma em um persongem !