Dicas de importação de mangás #01

Não sabe que mangás comprar lá fora e quer uma ajuda? Quer conhecer um pouco mais dos mangás americanos que foram e estão sendo lançados? Aqui tem o que você procura!

Nova seção estreiando aqui no ChuNan!! A partir de hoje, daremos dicas de mangás para serem importados! Seja pelo preço que é mais em conta, ou por ser um mangá que não saiu aqui, ou por ter tido um formato diferenciado. Daremos três dicas de mangás por post, com os dados técnicos sobre ele, uma pequena review e rápidos comentários sobre a série e a qualidade física do mangá, bem como qualquer outra informação pertinente. Também vai ter um link para a “cestinha”, onde você vai poder visualizar no Book Depository os volumes da série que recomendamos! Se você não sabe ainda como comprar no BD, confira aqui. Vamos começar então!

Gunslinger Girl

Dados técnicos:

Editora: Seven Seas
Preço:  $16.99
Tamanho:  12,7 x 18,1 cm
Volumes:  3, em andamento.
Formato: Omnibus 3 em 1 até o volume dois, e posteriores omnibus 2 em 1.
Páginas coloridas: Não.

Cesta de compras

Gunslinger Girl se passa na itália, onde existe um setor de assistência social do governo que acolhe crianças que passaram por experiências traumáticas e perderam suas famílias, tendo sequelas tanto psicológicas quanto físicas. Bom, mas nem tudo é o que parece, pois na verdade essa agência de assistência social é somente uma faixada para algo muito maior e obscuro. Na realidade eles são agentes anti-terroristas do governo e utilizam essas crianças como experimento em um projeto para criar ciborgues altamente capacitados para combater os terroristas. Porém, mesmo com o corpo modificado e tendo suas memórias alteradas, essas crianças ainda tem sentimentos, elas se sentem felizes, tristes, continuam sendo humanos apesar de tudo. E vamos vendo como os agentes que treinam as crianças também se importam com elas apesar de tudo, eles passam a ser uma família. O que acaba por gerar diversos problemas no decorrer da história.  Essa série faz um ótimo balanço entre ação e drama.
Gunslinger Girl começou a ser publicado pela ADV Manga porém a editora fechou e a série ficou incompleta até somente o volume 6. No japão conta atualmente com 13 volumes, ainda em andamento. Mas no início desse ano a editora Seven Seas resgatou o mangá e está publicando em formato omnibus, atualmente no oitavo volume original (terceiro compilado).
Apesar de estar recomendando – afinal eu também estou comprando – não posso deixar de dizer que a editora Seven Seas, aos meus olhos, não parece estar nos seus melhores momentos. O mercado lá está bastante acirrado e parece que as demais editoras estão tirando seu espaço. Não vou mentir que se a editora quebrar eu não ficarei surpreso, lógico que não quero que isso aconteça, mas achei que eu devia dar o toque. O motivo para eu pensar assim é pelas estratégias que a editora atualmente adota, como lançar praticamente todos seus mangás em formato omnibus, cancelar sua linha de light novels, economizar nas páginas coloridas, etc. Mas mesmo com esse suposto risco ainda acho que vale a pena, o mangá agora está entrando numa parte inédita para os que assistiram o anime e está muito legal, esse com certeza é um mangá que deve ser checado por todos que gostam de uma trama profunda envolta de ação e drama. A qualidade física é bem padrão, nada acima do normal.

Bokurano, Ours

Dados técnicos:

Editora:  VIZ
Preço:  $12.99
Tamanho:  15,7 x 20,8 cm
Volumes:  4, em andamento
Formato:  Tankobon.
Páginas coloridas: Não.

Cesta de compras

Durante o verão, 15 crianças brincavam numa praia, lá eles encontram um misterioso homem que os convida a “jogar um jogo” que consistia em eles pilotarem um robô gigante e lutar contra a invasão alienígena. Tudo parecia muito divertido até eles descobrirem que na verdade isso não é um jogo, mas a realidade. Agora as 15 crianças precisam juntas derrotar os outros robôs gigantes que estão invadindo a terra. Porém, esse robô que eles pilotam não consegue se mover sozinho, para isso ele usa um combustível: a vida do piloto. A cada batalha uma das crianças é sorteada e ela se torna o piloto. Sabendo que irá morrer, você lutaria entregando sua vida para salvar o mundo?
Bokurano à primeira vista pode parecer clichê, crianças que lutam para salvar o mundo. Porém o modo como a série utiliza esse clichê é espetacular. O jeito com que os personagens lidam com a morte te faz parar e começar a refletir, e quando certas coisas na série são reveladas começamos a sentir um certo desespero misturado a uma grande confusão, eu não sei o que faria se estivesse no lugar deles… Certamente um das melhores séries de mecha que já vi. Mas não vou adentrar demais nisso aqui pois o intuito dessa seção não é fazer review, risos.
A qualidade física do mangá está acima das publicações americanas tradicionais, afinal, está saindo pelo selo adulto da VIZ, o Signature. As folhas são um pouco superiores às normais, assim como a capa, além de possuir orelhas. E é bom aproveitar que só saíram 4 volumes e pegar as próximas pre-orders (25% de desconto).

Azumanga Daioh

Dados técnicos:

Editora:  Yen Press
Preço:  $24.99
Tamanho:  14,7 x 20,8 cm
Volumes:  1, finalizado.
Formato:  Omnibus 4 em 1.
Páginas coloridas: Sim.

Cesta de compras

Azumanga Daioh é simples, como muitos já estão acostumados, conta o dia a dia de um grupo de amigos, nas mais engraçadas e absurdas situações. Já vi gente dizendo que não achou graça nessa série, mas particularmente me fez gargalhar em alguns momentos. Quem gosta de slice of life, mangás de tirinhas e, claro, uma ótima comédia, esse é um mangá obrigátorio.
Azumanga também foi publicado inicialmente pela ADV Manga e posteriormente republicado pela Yen Press, dessa vez em um volume único compilando os quatro originais – deixando o preço muito mais em conta. Para quem tem medo de que o mangá se quebre ao meio na lombada, eu tenho a edição e posso afirmar que isso não acontece. Ao contrário dos mangás daqui, lá eles usam um material digno. O volume também é recheado de páginas coloridas, a edição ficou realmente muito bonita.
Espero que tenham gostado das dicas, e não se esqueçam de clicar no banner do Book Depository ao lado antes de comprar!

Para finalizar, uma galeria com imagens dos mangás:

por Trunqs

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Quase já não compro mangás por aqui, imagine importado, infelizmente no momento é impossível para eu comprar mangás importados. Também tem o fato de que eu não sei inglês. É sempre bom ficar por dentro dessas noticias, quem sabe num futuro próximo eu possa comprar mangás importados.

  • Mari

    Eu sei que a qualidade, comparada com o brasileiro é muito melhor, mas mesmo assim eu não gostei muito doa preços, prefiro comprar aqui mesmo…
    Mas acho interessante esse tipo de post para saber sobre novas séries e cobrar de nossas editoras =)

    • Uma vantagem que tenho visto lá fora é que SEMPRE tem algum tipo de desconto, mesmo que pequeno.
      E no caso do Book Depository, sempre tem os cupons de 10% de desconto, mais as promoções comemorativas com mais 10% de desconto. Além disso, cadastrem lá e coloquem tudo que quiserem para compra imediata na wishlist. Além de poder marcar para avisar de queda de preço, de tempos em tempos eles oferecem 10% de desconto para sua lista.

      O atendimento lá é bastante bom.
      Durante a greve dos correios aqui eu estava preocupado com um mangá que estava MUITO atrasado e quase que eles me enviaram outro, eu que tive que insistir para eles esperarem. LOL

  • Bem legal as dicas XD
    Realmente existem vários mangás que ainda não estão disponíveis no mercado brasileiro, mas não me importo com isso, pois faz pouco tempo que comecei a colecionar, então, ainda possuo muitas opções, além do que, muitos dizem, eu não sou tão chato com a qualidade dos mangás da jbc suhusahsuahusahus

    • hehehe então somo iguais
      tambem não sou tão chato assim, acho q minhas maiores reclamaçoes mesmo, ja nen é tanta culpa da editora, tipo paginas amassadas ou rasgadas T—T
      Ah, ainda não concordo com terem tirado o Aye do Happy T—T

      • Pois é, as vezes o pessoal exagera nas reclamações 😛
        Mas páginas rasgadas já é zuera, sorte que (ainda) não aconteceu comigo XD

  • Pedro Chiesi

    Comentário fora do contexto: O site fica perfeito para ler no tablet

  • Mauricio

    Pra quem gosta de ficção científica, recomendo 2001 Nights e Two Faces of Tomorrow, com desenhos do Yoshinobu Hoshino. São volumes com qualidade muito acima do que temos aqui, e mangas que nunca virão pra cá.
    Valem cada centavo de dólar gasto.

  • Otimo post, vou ler com calma e começar a comprar alguns mangás fora do Brasil.
    Parabéns a parceria de vcs com a Mangá Mania, espero que renda bons frutos!
    Meninos do Chunan, cade os posts sobre checklists? to sentindo falta :/

    • Dih

      Devem sair no fim de semana. O problema é que estou na última semana da faculdade e o TCC anda ocupando um pouco minha vida. Mas prometo que até lá estará tudo regularizado. 🙂

  • Shi

    Gostei muito do post, parabéns!
    Vai ser muito útil pra mim que sou colecionador. Ainda mais porque não sei por quais títulos começar. :p
    Só pra ter uma ideia, de quanto em quanto tempo você vai fazer um novo post de dicas assim? Pois foi ficar ligado. ^^
    Forte abraço!

    Ah, uma dica: Seria interessante se você comentasse sobre Pokémon Adventures (Special), foi o primeiro mangá que eu comprei na BD e gostei muito.

    • Não tenho certeza da periodicidade do post, algo meio semanal talvez. xD (Tenho que cuidar pra não se esgotar as recomendações, risos)

      Sobre Pokemon, eu comprei o meu recentemente, em breve devo indicá-lo aqui. /o/

  • katai

    Segue uma pequena comparação entre o nacional e o importado:

    Lá os mangás têm uma gramatura maior e impressão melhor:
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/DSC04185.jpg
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/02-1.jpg
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/03-1.jpg

    O papel de qualidade evita problemas comuns aqui, como ver o verso da folha e eventuais amassados:
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/04-1.jpg

    Além disso, aparentemente o mangás lá fora mantém dimensões iguais (não sei se são todos, pelo menos os que eu tenho aqui). Mesmo sendo de diferentes editoras:
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/05-1.jpg

    Enquanto no Brasil:
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/06.jpg

    E o que mais sinto falta atualmente (páginas coloridas):
    http://i187.photobucket.com/albums/x33/stoolen/IMG004.jpg

    De qualquer forma, os mangás lá fora custam o dobro, mas valem o que se paga.

    • Mauricio

      Putz! Essa diferença de tamanho é mesmo bizarra, mas acontece também com os volumes japoneses (talvez não com a regularidade que acontece aqui, mas tem tb).
      Eu ando com um problema sério de armazenamento dos mangas justamente por conta disso.
      Por isso, preferiria os volumes padronizados como esses que você citou.

      • Os mangás são mais gordinhos porque usam papéis melhores tanto no miolo quanto nas capas.
        Mas quanto aos tamanho iguais, tal informação não procede, é apenas uma coincidência dos mangás do katai.
        Lá foram os tamanhos também variam bastante, como podem ver nessas imagens:

        http://i42.tinypic.com/zxwbw9.jpg
        http://i44.tinypic.com/11ce6iq.jpg

      • Mauricio

        Que pena… Vou ter que continuar tentando encaixar as coisas aqui do jeito que der…

  • Quero importar mas minha
    mae nao tem cartão internacional (e eu so tenho 15 anos cry)
    qdo ela fazer vou importar kuroshitsuji, Mahou shojo madoka magica
    e alguns yaoi *—-*

    • Procure um amigo que, ou tenha paypal, ou tenha um cartão habilitado para compra internacional.

      • O problema e que nao tenho amigos com cartão de crédito internacional
        ou conta no paypal, e o povo desconhecido q vende creditos
        no paypal cobra R$2,20 por dollar, e como vou comprar vários
        meu dinheiro nao vai dar ;(

      • Mauricio

        Será que hoje em dia é tão difícil ter cartão internacional?
        A maioria dos bancos anda dando cartão de crédito a rodo por aí…
        Dê um toque pra sua mãe. Pode ser que ela consiga o cartão internacional só de fazer o pedido pra operadora do cartão dela.

      • Tenta fazer um cartão Saraiva.
        É como um cartão de crédito pré-pago, e serve para fazer compra internacional.

    • vá em uma casa de câmbio e adquira um cartão de débito internacional, o famoso VTM (Visa Travel Money).

      eu comprei o meu na Confidence quando viajei da última vez, muito fácil e prático,sem surpresas na fatura

      http://www.confidencecambio.com.br/produtos_travel_card.php

  • Roger

    E como funciona a conversão de dólar para o real?

    • Convertendo ué.
      O preço convertido é fechado pela cotação da hora da compra.

      Eu só acho que tem que ficar atento para cartão de crédito que seja descontado depois, pois vai descontar o valor fechado pelo site, mas convertido para a cotação na hora da cobrança do banco, creio eu.

    • le_ikari

      Comprando pelo Paypal, o valor é convertido no ato da compra para real e vai vir na fatura do cartão o valor em reais mesmo. O bom é que você tem controle do quanto gasta.
      O valor da conversão é o da cotação atual + uma porcentagem do Paypal (da última vez que fiz os cálculos, dava uns R$0.07 a mais em relação ao dólar comercial, mas não lembro a porcentagem exata).

      Já por compras usando o cartão mesmo, a fatura virá em dólar que será convertido pra reais apenas na data de fechamento do cartão. Agora mesmo estou torcendo pro dólar cair até o dia 20, porque comprei um punhado de BD/DVDs e fui pego de surpresa por essa subida do dólar. =/

      Aqui, além da conversão, no momento de pagar a fatura tem uma taxinha de, se não me engano, 6.4% referente a compras no exterior.

      • Roger

        Opa, valeu galera, tiraram minha dúvida!!! Acho que em janeiro faço um cartão internacional e começo as compras. Fim de ano é tenso…
        Gunslinger Girl e Bokurano realmente me interessaram.

        No mais ótimo post, espero anciosamente pelo próximo!!!

  • Victor

    Seção bem interessante, mesmo. Me interessei mais por Bokurano, sendo que eu já tinha lido sobre esse antes.
    Aliás, Trunqs, era você que tinha começado a comprar os omnibus de Fullmetal Alchemist? Ficou sabendo que a terceira edição foi a última? D: Eu comprei o primeiro, mas fui trollado com isso.

  • Victor

    Ah, tem algum problema comprar boxes de mangá no Book Depository (como aquele de FMA)? Me refiro a algum problema envolvendo o envio para o Brasil.
    Tudo indica que não, mas qualquer cuidado é pouco…

    • Void

      Problema nenhum, comprei essa box de FMA em 22 de dezembro, chegou aqui 15 de janeiro. São os 27 volumes da série + a novel.
      Tirando que paguei 160 dólares com um desconto do BD, ai saiu até mais barato do que comprar aqui no brasil no formato ridiculo meio-tanko.

  • Compro bastante coisa no BookDepository, principalmente relacionada a RPG, mas também peguei um boxed set do Song of Fire and Ice a preço de banana por lá, todos os livros já lançados, saíram pelo o preço do primeiro livro aqui no Brasil.

    Quanto aos mangás, apesar da qualidade do produto americano ser extremamente superior a brasileira, eu fico com os títulos daqui, meu orçamento para mangá é limitado e os que são disponibilizados nas bancas já devoram ele, também não existe nenhum título que seja publicado só por lá que eu queira muito, só alguns japoneses e nesse caso, fico com o eBay.

  • Atualmente o único mangá que compro no Brasil é o Kaichou wa Maid Sama. De resto, tudo na BookDepository, que além de excelente em desconto, nao tem frete.

  • Alguém aki nao vende créditos no paypal não?
    se não vender mto mais caro q ele está eu compro ate 80 dólares

  • le_ikari

    Eu comprei o Azumanga Onmibus da ADV uns anos atrás, bem divertido (como esperado) e o tamanho dele é um monstro! =D

    Só que, comparando esse da Yen, eu não lembro do meu de ter páginas coloridas (e ele tá emprestado há meses para o meu irmão, então não dá pra eu confirmar agora)…

    A propósito, vou dar uma olhada nesses lances de proxy, valeu! =]

  • Rayovac

    nunca comprei nada de manga importado… acho que vou começar e experimentar essa técnica =)

    Rayovac!

  • RafaelaSG

    O 1º mangá que comprei pelo BD chegou ontem. Comprei o segundo volume do mangá Seven Days e chegou embaladinho e bonitinho *.*

    Estou pensando em comprar mais mangás. O próximo que quero comprar é Yotsuba&!

    • Você conseguiu comprar o volume 1 de Seven Days? o.o Qnd fui comprar estava esgotado já..

      • RafaelaSG

        Cara eu ganhei ele numa promoção do @Blymeyaoi hahahaha

        Nem gosto muito de Yaoi…nem sei pq participei da promoção…ganhei, adorei o mangá e encomendei o segundo logo que acabei o primeiro (ainda tava na pré-venda) e já estou procurando outros no estilo pra ler.

        Parece que tenho uma raridade em mãos (o preço dele usado na Amazon ta U$100) que loucura

  • Se os mangas nacionais continuarem decepcionando, essa vai ser a alternativa….

  • Alice

    Esse post vem como uma boa ajuda para comprar mangás importados, sério muitos otakus querem comprar mas como começar?Sério o problema as vezes é o frete e o imposto e tals , assim complica, mas com uma ajuda de blogs, facilita!

  • lavtz

    olá,eu gostaria de recomendar os 6 volume do manga akira que tem uma qualidade incrivel,na parte 2 das dicas,e o akira club tb,e queria saber se vou ser taxado caso compre o Fullmetal Alchemist Box Set: 1-27,e que ele e meio grande então tenho medo de ser taxado.

    • Mauricio

      Não tem essa de ser taxado. Sendo livro ou revista, não paga imposto. O que pode ficar caro, dependendo do peso, é o frete.

  • gabrinius

    faltô Yotsuba