Editora Nova Sampa publicará mangá Kyou Kara Hitman

A volta de Marcelo Del Greco e não, não é Reborn!

O período sem Marcelo Del Greco não foi muito longo. O ex-editor chefe da editora JBC assume “um novo desafio” na editora Nova Sampa. Para quem não está lembrando da editora, é o antigo lar do nosso amigo Del Greco, onde ele comandou na década de 90 a extinta revista Herói. Além disso, ela também foi a responsável por publicar os mangás de Lobo Solitário e Crying Freeman – ambos cancelados e relançados mais tarde pela Panini – e algumas obras bem bacanudas nacionais e de outros lugares do mundo (eles publicaram Recruta Zero, então tá ótimo). Atualmente ela é conhecida somente por publicar somente revistas de crochê, bordado e tudo que o otaku eu sei que adora fazer na hora vaga.

Pois bem, foi revelado nessa quinta feira (5), durante o primeiro dia de Anime Friends, que Marcelo Del Greco está voltando para a editora para comandar uma linha de mangás. Pra começar, a escolha foi no mínimo curiosa. O seinen Kyou Kara Hitman é o primeiro título da Nova Sampa, e conta atualmente com 20 volumes e ainda está em andamento! A história gira em torno de Tokichi, um legítimo perdedor durante o dia e um autêntico assassino de aluguel durante a noite. O autor é Mutou Hiroshi, que publica o mangá desde 2005 na revista Manga Goraku, bem “alternativa” e voltada para um público um pouco mais “maduro”. Digamos que lembra bastante o que a editora publicou aqui anos atrás com o próprio Lobo Solitário…

Sinceramente, não sei muito bem o que esperar desse lançamento, e muito menos da editora. É um título, no mínimo, ousado para uma editora que está fora do mercado há tanto tempo e que não tem trabalhado com esse público alvo também. Vamos ver o que vai sair daí. Marcelo Del Greco disse também que outros títulos deverão ser anunciados em um futuro não tão longínquo, além de ter falado algumas coisas desnecessárias sobre mangás das concorrentes durante sua “palestra”, mas isso não vem ao caso.

Ainda não se tem data de lançamento, formato ou nada do tipo, mas não duvido de aparecer nas bancas até o fim do ano e com um formato bem semelhante do que já encontramos no mercado com a própria JBC e Panini. Querendo ou não, o editor aprendeu muito em sua “estadia” no lar de Sakura e definitivamente essa “nova fase” pode consagrá-lo, ou não. Stay tunned.

Agradecimentos ao meu amigo Régis que esteve no evento e nos cedeu as informações como um legítimo informante do Chuva de Nanquim.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Asevedo

    Ainda bem que não gastei meu dinheiro indo para o Anime Friends por motivos que todos conhecem, mas essa falta de ética dele é marcante.

  • Cara, esse mercado BR tem algum problema “mental” né? Aqui é assim, ou é mainstream demais, ou é underground demais, tipo esse ai…

    Bem, esperando os reviews dos blogs, pq se depender de mim, nem compro esse mangá ai.

    • tb nao, parece uma verdadeira bosta nunca ouvi falar

      • Não ter ouvido falar, não faz do mangá algo ruim. Procure um scan, leia e tire suas conclusões, talvez possa se surpreender.

      • Katsura

        O OkumuraPedro é assim mesmo.
        Chamou Ano hana de bosta, chamou lucky star de lixo vendo só 1 episódio. E acha que tudo que tem romance é shoujo.

      • Jonatan

        Comprei, li, e adorei! O Formato ta otimo, nao é versão “picoteada”, ta inteiro e tem cerca de 210 paginas. É do tipo que vc começa a ler e só para quando acaba o mangá, ficando logo ansioso pela proxima edição. Recomendo!

      • Victor Magela

        Ah,o mangá não é ruim,eu coleciono.

  • Kamal

    Procuro respeitar o MDG pelo passado dele, mas de uns tempos pra cá ele vem cometendo e falando muita besteira. O cara fala que One Piece não vende, mas até onde sei é um grande sucesso, basta ver o número de assinaturas. Ai o cara muda de editora e me aparece com um mangá seinen com mais de 20 volumes? WTF! Vejo o mangá com bons olhos mas acredito que seinen não tem tanto espaço ainda, e um mangá tão longo em uma editora novata neste mercado, aposto que muitos assim como eu ficarão com um pé atrás de comprar e não poder completar por cancelamentos ou outros problemas. Apesar disso tudo, desejo sorte (e mais profissionalismo) a ele a a editora.

  • Likou

    eu achei interessante, mangá seinen tá em falta no mercado. Se o formato e o preço forem bons eu compro. E se a história me interessar, eu continuo.

    • Até pode estar em falta, mas títulos bem mais legais pra se trazer, e até que tem mais chance do pessoal comprar, tipo Ichi the Killer.

      • 2dxd

        Po, quando eu li a sinopse na hora pensei em Ichi XD, esse eu compraria de olhos fechados

  • Nova Sampa e MDG de volta ao mercado de mangás? Esse mangá não me interessou muito, mas quem sabe vem algo mais interessante.

  • Giovanna

    Assustador começar um mangá de mais de 20 volumes publicado por uma editora q há tempos não lançava nada do gênero, e já tem no histórico dois títulos cancelados…

  • Bom;
    a editora como dito não aparenta tal experiência, tanto que poucos a conhece, e não tem uma boa visão do público alvo, tanto que a história e o mangá aparentam ter algo mais que alternativo.
    Tudo o que se pode dizer é que pode haver a possibilidade da editora cumprir sua promessa de publicação, mas também pode haver alguma falha que acabe não ocorrendo isso, e dentre disso não acho que a influência da “trajetória” de Marcelo Del Greco influencie nisso.

  • Ryogachan_Michelangelo

    Se fosse pra publicar um mangá de “assassinos” e etc…Achava que poderiam arriscar com um Jormungand, por exemplo, que teve a primeira temporada recentemente finalizada(e continua em outubro). Seria um mangá já completo no Japão e que teve(vai ter) divulgação “gratuita. Agora arriscar em um mangá longo e desconhecido, numa editora “nova” é complicado…Como posso confiar que não vão cancelar por baixas vendas?

    • Marcos B.

      concordo planamente em trazer Jormungand.. arriscado pra qualquer um comprar esse manga “longo” com o risco de ser cancelado e o nosso dinheiro ser jogado fora..

  • O Marcelo passou tanto tempo só ouvindo coisas desncessárias naquele Facebook, que se eu fosse ele, também iria a forra falando o que me desse na teia. rs
    Bem, não irei atrás do título, mas se eu ver na banca, eu compro.
    Acho que a editora não tará nada pop, até pq o Marcelo fez isso durante MUITOS anos e tal. Irei ficar no aguardo de novidades. 😀

    • firedarsh

      o problema é que o MDG não é a editora, embora ele acredite ser.
      se ele tivesse feito um trabalho decente na JBC ele não teria tido que ouvir pelo facebook, e mais se ele não usasse o facebook dele para assuntos da editora ele não teria tido problemas.

      Em resumo ele plantou o que colheu e não aprendeu a lição

  • MateusFSP

    Se querem trazer um Seinen underground tragam Wakusei no Samidare(Lucifer And The Biscuit Hammer) -qqq
    Não me interessei, nem comprarei. não compraria nem que eu pudesse, minha mãe já está me chantageando dizendo que vai queimar meus mangás se eu trazer outro, pois é, minha coleção de One Piece está em risco.
    Mas, tomara que a editora se dê bem nesse ramo, aí teremos mais umas opções.
    Boa sorte pra Nova Sampa e um pouco de ‘habilidade’ pro Del Greco.

  • Rosario

    Mais uma editora no pedaço!
    Ótima notícia!
    Quando sair a primeira edição, comprarei…
    É bom o pessoal parar de cornetar e começar a ajudar, quem sabe o nível dos mangás brasileiros aumentem e os preços baixem…

    • Nope, para isso teríamos que fazer o pessoal fora do nicho comprar também.

  • Lawliet

    Seria bom se eles trouxessem Bartender é mt bom o mangá

  • Parece um título interessante. Mangás seinens são bem-vindos nessa enxurrada de títulos juvenis, porém não sei se me arriscarei a comprar e ter o título cancelado depois.

    O certo seria a editora e o MDG terem começado com títulos curtos, de no máximo 5 volumes.

  • achei interessante a sinopse e fui procurar o manga nos sites de mangá em ingles e pelo visto eles so traduziram 18 capitulos até o momento,mas pelo que li do primeiro volume,considero um dos tipos de mangá que eu gosto de ler,também concordo com os comentários acima que seria legal trazer títulos como jormungand e bartender,entretanto admito que o publico voltado para esses titulos ainda é baixo,assim um titulo com 20 volumes tem a possibilidade de ser cancelada,mas veremos,é um novo desafio para Marcelo Del Greco e tomara que faça um bom trabalho,para que os leitores fiquem satisfeitos.

  • valkiriapura33

    Gostei dessa parte ” …editora Nova Sampa…Atualmente ela é conhecida somente por publicar somente revistas de crochê, bordado e tudo que o otaku eu sei que adora fazer na hora vaga.”
    Tsc… ótimo!
    de fato uma jogada ousada e deve dizer muito bem planejada, sério, mais títulos assim fazem uma falta e uma diferença, e como não conheço o título pode até instigar mais a ler.
    O anúncio é só parte né, aí começa as expeculações sobre a arte, qualidade interna, arte da capa, traduçao, edição, tipo de papel e mais n. coisas.
    Se vou investir?Talvez.. é díficil apostar num azarão( bem..nem tanto pq o DelGreco não é um desconhecido, mas..) em uma corrida( tipo pode ser muito bom, mas tb pode ser…… desastroso!).

  • Gatts

    Ao mesmo tempo que acho bom, acho ruim. Para o mercado em geral isso é bom, eu temo mais é pela editora, pois não sei se isso irá acabar dando certo, e título cancelado é mais fracasso para o mercado de quadrinhos no Brasil.

    Mas a escolha de títulos que são desconhecidos tem muito interferência do Editor, ou seja, esse o MdG deve ter influenciado na escolha. Resta saber as informações técnicas como qualidade e preço, e se é bom mesmo.

    “Não me interessa e nem vou comprar” Por favor, não baixem o nível já baixo do otaku brasileiro, pelo menos leiam antes de dizer uma coisa dessas. Digam que não se interessaram em um primeiro momento, ou que pensaram em comprar depois que lerem, ou que não tem mais dinheiro mesmo, então não vai dar. Mas dispensar a oportunidade de ler uma história só passando os olhos é só burrice. Acorda minha gente.

  • Seme possessivo

    Publicar logo de saída um seinen com 20 volumes é tipo aquela guria do vídeo que coloca uma bola no chão e em seguida pula nela. Tá pedindo prá dar com o queixo no piso. As outras editoras, que já tem lá quem confie em seu trabalho não tão fazendo esses movimentos bruscos.

  • Kalmin Al Rolá

    Marcelo tá de parabens pela ousadia é um titulo desconhecido mas muito bom, maduro e visando um publico com KI acima dos habituais otaCUs.
    Desejo toda sorte e que o titulo venda muito eu com ctz irei comprar!
    A galera que vive reclamando da mesmice, mangas modinhas ou falta de mangas adultos e mais undergrounds é HORA DE APOIAR e COMPRAR!!

  • Katsura

    A definição perfeita pra essa situação seria a do gato de schrodinger.

  • bigluiz

    Seinen é sempre bem vindo, quando lançar compro o primeiro volume e se for bom continuo, a galera tinha que pelo dar uma chance e não ficar de mimimim, chega de shounen e shoujo, já tem titulos de mais.
    E na próxima tragam Heat

  • Kalmin Al Rolá

    Vish boa pedida hein Heat ou Strain seria sensancional!
    Vamos la Marcelo, traga titulos realmente bons!
    Chega de bruxinha que voa ou moleque piratinha tá na hora de ter mangá pra alguem com mais de 15…20 anos nas costas = )

  • Fernando

    Ahh eu queria que vcs falassem das fofoquinhas que o MDG falou no AF

    • Giovanna

      Né? Ele fez de propósito, mencionou mas não contou, haha

  • Pingback: Marcelo Del Greco de volta pela editora Nova Sampa com Kyou Kara Hitman |()

  • Isso me lembra a Savannah que começou lindamente e morreu na praia, sem avisar ninguém…

    • Eleandril

      Não da pra comparar uma editora que existe a décadas como a Nova Sampa, que inclusive é pioneira no ramo dos mangás, com uma editora de fundo de quintal como a Savannah.

  • Roger

    Movimento arriscado este de chegar com um seinen que é praticamente desconhecido do público brasileiro, pelo menos eu não conheço, principalmente quando já temos o recém lançado Monster ela Panini e logo teremos 20th Century Boys. Não tenho nada contra o lançamento e gosto bastante de seinen e acho que quanto mais diversificado seja nosso mercado, melhor. Mas que é uma escolha arriscada, meu caros, isso é.

  • Rayovac

    Bom acho fantastico quanto mais editoras melhor, a questão é…. da pra confiar que esse titulo não vai ser cancelado no meio? (Eu quero comprar esse manga só pra dar uma força pra editora, afinal ela pode vir a ficar grande, mas o que me garante que eles não vão cancelar o titulo…)

    A sim outra coisa interessante, acho que agora que temos várias editoras com pequenos números de mangas eu acho que da pra fazer uma checklist só com esses mangas ai, sei lá, a checklist sempre me ajudou a compra meus mangas, pois vem com as datas de lançamento e tals… Sei lá, eu queria muito que vocês valorizassem também essas pequenas editoras além de que iria ajudar a mim e a todos os otakus daqui hehe (só uma sugestão claro…)

    Rayovac!

  • Precisamos de Vinland, Ooku, Shigurui, Sun Ken Rock, Kokou no Hito e Cesare. Vai por mim.

  • Eleandril

    Nova Sampa foi pioneira com os mangás. E a versão de Crying Freeman que saiu por eles, não tinha censura, diferente da versão da Panini, toda censurada nas melhores partes. O único problema da Nova Sampa, é que na época os mangás ainda estavam dando os primeiros passos aqui no Brasil, e a iniciativa não vingou, tanto que muito material bom acabou ficando incompleto. Mas que é uma editora de respeito, a Nova Sampa é. E quanto mais editoras trabalhando com mangás, melhor pra todo mundo, e melhor pro mercado. Apesar de não ter interesse nesse título, eu desejo sucesso pra iniciativa.

  • Lobo Solitário havia sido publicado nos anos pela Cedibra, que seguia o estilo da publicação americana.

  • Ronaldo

    É a qualidade horrível que todos já conhecem da JBC, só que piorada. Passo longe dessa porcaria!

  • Doraemon Skywalker

    Fico imaginando se esse “novo desafio” seria destruir os sonhos dos otakus trazendo mangás que eles sonham em uma qualidade jamais vista!! MDG e qualidade em mangá só se encaixam quando ligados por algum advérbio de negação.

  • Pingback: Editora Nova Sampa lançará o mangá Yakuza Girl | ChuNan! – Chuva de Nanquim()

  • Pingback: Japan News Plantão. Nova editora | dollarspodcast()

  • Leonardo O.Lopes

    Comprei Hoje Hitman somente pela capa, numa banca aqui em Porto Alegre depois que li achei Fantástico o modo que o Inaba acaba sendo obrigado a virar um HITMAN . esse e um Mangá que recomendo e vou continuar comprando.

    E a questão da qualidade do Mangá ta num nível igual ou ate melhor que a panini …