Mitos em Séries #01 – Os Shinigamis

Estreando nova coluna sobre mitos, lendas e folclore japonês, e, em especial, suas relações em animes e mangás.

Especialmente nesse post, farei um pequeno apanhado, falando de um modo geral da mitologia japonesa, e como foi dada a criação do mundo a partir desta, que é de onde provém grande parte dos seres fantásticos de suas lendas.

O que se conhece a respeito da mitologia japonesa é encontrado em dois livros, o Kojiki e o Nihonshoki, que foram apresentados de maneira escrita pela primeira vez no início do século VIII, embora seu conteúdo fosse transmitido oralmente até então.

Nestes livros conta-se que no início a Terra e o Céu não eram separados, assim como o Yin e o Yang (aquele famoso símbolo “preto e branco”) também não estavam divididos. Então, os princípios masculino e feminino criaram uma massa com limites definidos, contendo embriões, da qual, após nascer, a arte mais clara tornou-se o céu, enquanto a mais escura tornou-se a terra. Depois disso foram formando-se os primeiros deuses, inclusive Izanagi e Izanami, que desceram à Terra e tiveram oito filhos, os quais se tornaram as ilhas do Japão. O casal também quis criar alguém para ser Senhor do Universo, então geraram a deusa do sol, Amaterasu, e depois o deus da lua, Tsukuyomi, para ser o consorte desta.

Introdução

Apesar do grande número de deuses japoneses, em sua cultura popular são os seres fantásticos que tem a maior significação. Começaremos pelo Shinigami (traduzindo ao pé da letra seria “deus da morte” ou “espírito da morte”), cujo trabalho é levar a alma daqueles que morreram para o outro mundo, sendo equivalente à figura da Morte conhecida no Brasil, presente também no universo infantil como em gibis da Turma da Mônica, por exemplo.

Em algumas culturas os shinigamis são popularmente conhecidos como os “ceifeiros”, mas em um aspecto geral, todos possuem a mesma definição. Porém, no Japão o folclore que envolve tais seres é considerado relativamente recente, sendo até mesmo difícil encontrar um material relacionado ao assunto. Na verdade a probabilidade maior é que tal “mito” tenha surgido exportado da cultura ocidental e adaptado para a oriental das mais diversas formas.

No universo dos animes e mangás existem inúmeras referências ao tema, e todas absurdamente diferentes umas das outras, justificando o que foi dito anteriormente. Por isso pegarei apenas alguns, mais famosos, para dar o exemplo.

PODEREMOS TER SPOILERS SOBRE AS SÉRIES CITADAS

Death Note

Como muitos já conhecem, em Death Note temos alguns shinigamis, cada um com seu caderno da morte, no qual escreve o nome da pessoa que deve morrer. Entre os quatro que mais aparecem na história, o mais destacado é o Ryuk.

Ryuk foge da regra principal dos shinigamis, pois busca diversão ao invés de querer cumprir seu trabalho, indo de encontro à imagem original de que esses seres são desprovidos de emoção, sendo justamente essa motivação que o faz derrubar um caderno da morte no mundo humano para ver quem o pegaria. Mesmo que Light seja o personagem principal, e o autor da maioria das mortes, é inegável que sem a participação de Ryuk, querendo se divertir, querendo conhecer o lado mais obscuro dos seres humanos, isso não teria acontecido. É claro que o próprio shinigami também carrega inúmeras fraquezas, dentre as quais a que mais lhe deixa vulnerável é a necessidade de comer maçã, o que faz com que fique de ponta cabeça, e seja completamente controlado por Light em algumas ocasiões. Apesar disso, o shinigami não é nem um pouco misericordioso ao tirar a vida do garoto quando acha que ele já perdeu e está tentando desesperadamente se salvar.

Remu, a shinigami que entrega o caderno para Misa Amane, é um pouco mais neutro e impassível com suas ações, desde que a vida de Misa não esteja em jogo. Essa shinigami acaba tendo um lado mais humano que os demais, e acaba sacrificando-se para proteger a proprietária do caderno. Além dos dois, outros dois shinigamis têm um papel de certo destaque na história: Jealous, que se apaixonou por Misa, por isso matou quem a assassinaria no mundo humano, o que acabou por matá-lo; e Sidoh, shinigami de quem Ryuk pegou o caderno, que vai à Terra para recuperá-lo.

Bleach

Em Bleach temos shinigamis executando tarefas mais próximas do que sua origem explica, pois têm o dever de purificar almas perturbadas para que possam ter seu descanso eterno. Se forem espíritos que apenas tenham algum assunto pendente, podem ajudá-los a resolver seus problemas antes de enviá-los ou apenas enviá-los para seu “destino final”. Porém, quando são espíritos já corrompidos, perdem a consciência de quem são e adquirem uma forma mais grotesca e poderosa, chamada Hollow, é dever dos shinigamis enfrenta-los a fim de derrotá-los, para que assim sejam purificados e “façam a passagem”.

Uma característica dos shinigamis de Bleach é todos se vestem da mesma forma, com um quimono negro, uma faixa branca na cintura e sandálias de couro, além de portarem espadas chamadas Zanpakutou, sendo que este difere de força, tamanho e tipo, de acordo com o shinigami.

Soul Eater

Criador de Death City, cidade onde se desenrola Soul Eater, o artesão Shinigami-Sama não condiz absolutamente em nada com os outros shinigamis citados. É um personagem um tanto quanto bizarro, que mais parece uma mistura de lençol voador e de Jack, do filme “O Estranho Mundo de Jack”. Apesar dessa faceta, que pode ser bem assustadora, ele tem um modo muito engraçado de falar, com muitas piadas, o que o torna um personagem muito cativante.

Shinigami no Ballad

A shinigami Momo tem a cruel tarefa de matar pessoas. Porém, pelo seu jeito de ser, preocupa-se com os seres humanos e as consequências que a morte de cada pessoa pode provocar, tornando-se ainda mais sentimental devido ao modo rabugento de seu companheiro de trabalho, o gato Daniel. Neste anime, embora o tema central seja a shinigami, esta só serve como uma ponte entre as histórias, pois cada episódio não tem ligação com o anterior. Mas, devido justamente a Momo e a Daniel, o anime torna-se cativante, mostrando que nem todos os shinigamis são felizes com seu trabalho.

Yu Yu Hakusho

Em Yu Yu Hakusho, Botan é a shinigami de maior destaque, que recepciona Yusuke quando este morre num acidente, informa a ele que isso não era para ter ocorrido, explica o que deve fazer para que seja possível ressuscitar e serve como guia para ele até o final da história. Apesar de trabalhar de guia espiritual, o desenvolve de maneira alegre e sorridente, chegando às vezes a ser até ingênua, mas é o que lhe garante grande carisma.

Yami no Matsuei

Nesse anime, os shinigamis são seres que morreram, mas que permaneceram na Terra para investigar as mortes não naturais. Devem trabalhar sempre em duplas, não envelhecem e se curam muito rapidamente. A dupla principal da história é composta por Tsuzuki Asato, um shinigami muito fácil de manipular, com um apetite incontrolável, e que tem o poder de convocar shikigamis (animais místicos), e Hisoka Kurosaki, recém-tornado shinigami, pois morreu há pouco tempo, muito sério e arrogante, mas que esconde grande poder. Ambos respondem ao Juouhcho, departamento onde as almas são julgadas para saber qual será seu destino.

Full Moon wo Sagashite

Os shinigamis Takuto e Meroko têm a função de preparar Mitsuki, a personagem principal, para a sua morte, programada para dali um ano, de modo que esta não se recuse a ir com eles para o além. Inicialmente, os seres humanos não podem ver os shinigamis, mas Mitsuki consegue, e essa interação com eles faz com que se afeiçoem a ela, principalmente Takuto. Ambos têm poderes, e ajudam com que a garota corra atrás de seu grande sonho de ser cantora nesse ano que lhe resta, além de poderem se transmutar em um gato (Takuto) e coelho (Meroko) para poder acompanhar Mitsuki.

Assim se encerra o primeiro post dessa nova sessão do ChuNan. Espero que tenham gostado e espero opiniões sobre outros tipos de seres que habitam o folclore e as lendas japonesas, assim como o universo dos animes.

por Cesar

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Rafa_Killers

    Post muito bom!
    Fiquei ansioso para ler os proximos posts e saber mais sobre a mitologia japonesa 🙂

    Só aconselho a focar mais na explicação desses seres da Mitologia e tals… deixar os animes meio q em “segundo plano”(apesar de ser muito interessante tb falar do animes).

    • nyan

      Também concordo com o (a) Rafa_Killers em alguns pontos.
      Vocês estão de parabéns com essa nova coluna! *-*
      Muito ansiosa pelos próximos posts 😉

      • bruh.

        Acho que ele não abordou muito o tema na área mitoloica em si e partiu pros animes pq, como ele mesmo disse, shiniamis são um assunto recente, com poucas informações.
        Mas concordo no enfoque que deveria deixar os animes pra segundo plano.
        Adorei a coluna de qualquer forma. Sempre bom saber mais sobre o que gostamos e expandir as áreas de interesse =D
        Desejo uma boa sorte pra coluna. XD

      • Roger

        Concordo que deva dar mais importância à mitologia de modo que essa seja o foco do post e não tanto os animes que, diga-se de passagem, são fantáticos.

        No mais, um post muito interessante. Parabéns. Aguardo pelos próximos.

  • Seiji

    OLha, gostei do post ^^ Ficou bem interessante e agradável de se ler e o tema até q é bem frequente nos animes. Gostei das informações. Continue assim XD

  • Muito boa a nova coluna, eu sempre quis ler mais sobre as influencias da mitologia niponica nos animes/mangás e de cara o primeiro post foi sobre shinigamis, um dos seres que mais aparecem e que mais despertam curiosidades.

    Recomendo falarem também sobre os Youkais e sobre Corvos. (?)
    Sim, os corvos aparecem inexplicavelmente em dezenas de mangás, só os que eu lembro agora: Naruto (Itachi), Nura no Mago (karasu tengu), Bakuman (Crown do Eiji), Air Gear (Ikki) entre outros.

    Mudando de assunto, eu gostei mesmo dessa nova coluna como eu ja havia dito, espero que o redator não suma como aconteceu com as colunas ToC, Ranking Oricon e Semanada.

    • Relaxe, não pretendo sumir não. rs
      Sobre os corvos, se não me engano, o nome do mito é realmente Karasu Tengu, como em Mago. Mas se eventualmente eu for escrever sobre ele, procurarei mais informações à respeito.

  • Fala sobre a kyubi q é bem comun também nos animes sendo q é visto em naruto, pokemon,digimon…

    alem do mai, otimo post tão de parabéns,quero ver as proximas postagem.

  • Biel-Kun

    Gostei bastante dessa coluna *—-* , espero o próximo!

  • muito bom!! ^^ amo mitologia e sempre se aprende mais qndo se misturado em algo q se gosta, animês! x)
    parabéns

  • Muito boa a idéia, como sempre Chunan inovando *-*
    Gostei da forma com que o texto foi escrito, sem tantas delongas, que podem deixar o leitor cansado e para alguns que estão começando, meio perdidos com expressões difíceis e frases filosóficas. Nada como um simples linguajar informal 🙂
    E a respeito de falarem mais dos animes em relação ao próprio fato da cultura, acho certo fazerem essa pequena “review” falando como o assunto é abordado no anime, talvez cativem mais pessoas a assistí-los, por exemplo.

  • RAEL

    Dica para o próximo post:Nekomata.

    • RAEL

      E gostei muito dessa nova coluna.

      • Luanbastian

        E todos os youkais

  • é legal ver que por ser um mito os shinigamis sao vistos de formas muitos diferentes . um exemplo disso é o shinigami sama e os de bleach XD

  • otima coluna nova bem legal mesmo um bom geito de entender mais da cultura japonesa

  • renan18

    Por favor, aprofundem um pouco mais sobre os deuses citados nas técnicas do Sharingan e nos caminhos da dor( que também são citados no golpe do Shaka o cavaleiro de virgem dos Cavaleiros do Zodíaco, circulo das seis existências)

    obrigado desde já…

    ^^

  • Vão ter que contar a história de Naruto toda se quiserem falar dos deuses

  • okumurapedro

    muito bom esse post!!!

  • Valéria

    Cara, o ChuNan cheio de cultura ‘geral’ (que não anime, mangá) do Japão ficou muito bom. Quer dizer, ficou melhor, bons os posts sempre foram.
    E, putz, mitologia é o que mais me fascina em todas as culturas, claro que a do Japão também. Ainda mais se você relacionar tudo isso com o mundo otaku, só fica mais interessanteo/

    Parabéns, César, pelo post. Eu achei bem explicado, mas sucinto, fácil de ler e a proposta em si é interessante, então, pra mim, tem tudo pra dar certo. Boa sorte, cara.
    E parabéns, Dih, pelas colunas novas do blog. E que venham mais novidades (e não seria mal se as antigas voltassem… saudades das semanadas da Hakeru-chan).

    E seria legal se o próximo post fosse sobre yokais, já que tem demônio sobrando nos mangás da vida.

    o/

  • Achei muuuito interessante essa nova coluna :3 Sempre tive muita curiosidade sobre a cultura japonesa, e fiquei muito feliz de ver isso aqui.
    Concordo com a opinião do Rafa_Killers sobre focar mais na cultura e deixar os animes em segundo plano… Mas mesmo assim achei excelente.
    Parabéns! Espero ansiosa pelos próximos posts dessa coluna :3

  • Luanbastian

    Excelente post Dih!

    A galera tava perguntando… A capa do Kuroshitsuji é igual dos dois lados?
    Eu comprei e a capa é diferente, mas não igual a Japa. Tem uma sinopse do volume, enquanto na nihonga tem uma espécie de freetalk. Esse freetalk foi movido pro interior da capa no final do volume. Tem as páginas coloridas, tem uma segunda capa com o mesmo Sebastian da capa principal, só que com uma roupa diferente servindo vodka. O glossário tem tudo o que você imagina em fontes super bonitas.

    Acho que a capa da panini ficou mais bonita que a japonesa!

  • Rhada (@RhadaElric)

    Pow, eu queria ver aquele, que até citam em Fullmetal Alchemist. ao ver um daqueles caras que também tiveram a alma na armadura.
    Se não me engano é um cara que sai a noite estripando mulheres indefesas, levando a alma, uma coisa assim 😀

  • WJ

    Gostei. Eu queria que o próximo fosse sobre kitsune!

  • Eduardo

    Cadê o Susano ai?

    • Não citei o Susano para não alongar demais essa parte de explicação. Por isso coloquei apenas o básico mesmo.

  • Mugi-chin

    Belo post! Uma ótima idéia falar sobre o folclore japonês, sou mais um que concorda com o Rafa_Killers.
    Quanto às sugestões, posso citar aos montes. Temos o já citado Karasu Tengu, a Kudakitsune, os youkais, os shikigamis, kappas, bakeneko, e uma outa infinidade de seres.
    xxxHolic tem como pano de fundo de sua trama diversos seres folclóricos, é uma boa leitura pra quem gosta desse tema.

  • Rayovac

    Incrivel, agora entendo ainda mais sobre shinigami que tanto aparecem nos animes, eu tinha uma noção basica mas com essa explicação tudo ficou claro hsuashusahus

    Muito legal a matéria parabéns, espero que continuem postando coisas relacionadas ao japão, e principalmente animes e mangas como é o caso aqui… hehe parabéns!

    Rayovac!

  • Léo

    Bom post e muito esclarecedor em algumas coisas, em breve espero ansioso pra saber sobre yokais, deuses e tudo mais!
    É sempre bom saber de onde vem e o que significam essas “criaturas” que acompanhamos diariamente em nossos animes e mangás!

  • Leandro-sama

    Gostei muito dessa coluna! realmente existem algumas criaturas da mitologia japonesa que muita gente não conhece. Eu gostaria tambem de ler aqui mais sobre os deuses japoneses

  • Amei o post até Yami no matsuei apareceu… Só senti falta do Grell, do Willian e do Undertaker de Kuroshitsuji =/

  • Nossa…gostei muitããão dessa coluna…
    Se eu nao me engano vc falou de Izanami e Izanagi….E os outros filhos deles….cujo aparece no anime Naruto exceto os 8 filhos…
    A panini até colocou essa lenda de Izanami e Izanagi no manha só que la conta que um desses dois morreu-nao me lembro agora- ai o outro foi a um rio lavou os olhos e deu origem a Tsukyomi e Amaterasu ..Lavou o Nariz e deu Origem a Susanno..Bem legal…

  • Cadê os shinigamis de Kuroshitsuji???? Yami no Matsuei nem é tão conhecido e foi citado (não que eu não tenha adorado!), injustiça, é impossível esquecer de Kushitsuji!!!!!!

    • Então, Juliana_Sebby, acontece o seguinte: eu até soube que têm shinigamis em Kuroshitsuji, mas eu nunca vi o anime ou li i mangá, e as informações que encontrei foram muito poucas e desencontradas. Por isso, para não fazer de qualquer jeito, e possivelmente com informações errôneas, preferi não colocar sobre Kuroshitsuji…

  • Paulo

    O texto ficou bom, mas como já disseram, creio que seria melhor deixar a parte dos animes em segundo plano e se focar mais na mitologia em si. De qualquer maneira alguns temas relativos ao folclore japonês que gostariam que fossem abordados são o mito Karasu Tengu, os youkais e os shikigamis.

  • Gostei do post, a não ser da parte dos spoilers, em death Note principalmente, os spoilers, digamos “mais pesados” eram desnecessários, citar como se deu o fim do anime e falar exatamente o que aconteceu com Remu e alguns dos shinigamis não era necessário pra passar a ideia proposta, enfim, evitar mais os spoilers seria ótimo, ainda mais quando não forem necessários, fora isso foi legal ler…

  • Greg Furtado

    Os Ceifeiros no japão matam, retiram a alma(que nem no dead like me) ou só as conduzem como a botam?

    • Teoricamente, apenas conduzem. Mas, em alguns animes é mostrado o próprio shinigami matando seu “alvo”, para então conduzí-lo.

  • Gostei muito !!!!

  • Thlybabe

    Adorei o post! Só percebi um erro… A shinigami Remu, é FÊMEA.

    • Bem reparado, Thlybabe, obrigado pelo toque! 😛
      Nem reparei que tinha me referido a ela como macho no texto xD