Mangá Sankarea chega ao Brasil pela editora Panini

sankareamangaA zumbi waifu chega ao nosso país.

E mais uma vez nossa amiga Liga HQ revela um lançamento “sem querer” com sua pré-venda. O mangá da vez é Sankarea, de Hattori Mitsuru. Publicado desde 2009 na Bessatsu Shounen Magazine (a mesma de Shingeki no Kyojin) a obra conta até o momento com 9 volumes e está em andamento sem previsão de término. Em 2012 o mangá ganhou uma adaptação animada pelo estúdio DEEN com 12 episódios. A obra chega ao Brasil pela editora Panini e deve chegar nas bancas nos próximos meses.

A história de Sankarea acontece em torno do jovem Furuya, um garoto obcecado com zumbis! Seu maior sonho, vejam só: beijar uma garota zumbi. Por um acaso do destino, enquanto traçava um de seus planos malucos, Furuya acaba conhecendo a jovem Rea, uma bela jovem que guarda uma vida extremamente sofrida em seus ombros. Juntos eles tentam reviver um gato que morreu em um acidente e o resultado é inesperado. Pouco tempo depois Furuya descobre que Rea quer se livrar de todas as suas responsabilidades mortais e se tornar uma zumbi – resumindo, a garota busca o suicídio. Qual será o resultado do encontro entre esses dois?

Agradecimentos ao leitor “Careca” pela dica

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Careca

    de nada!!

  • Attilio Sousa

    Hahaha, também vi.

  • Vou comprar

  • Vou esperar as vendas, por mais que ama Sankarea, não acho seguro comprar agora (até pq nem tenho grana de qualquer forma).

  • Tinha que ser pela Panini? #chatiado =/

    • Sennaffogo

      @Gabriel, pois é……¬¬
      Eu gostei bastante da premissa de Sankarea e do teste que fiz com o anime….. mas pela Panini, as chances de compra atualmente são nulas. Acredito que um monte de gente deva estar se lamentando igualmente.

      • Também não irei comprar o mangá (no máximo os primeiros volumes para troca), eu gostei do anime e gostaria do mangá na minha estante mas ele ainda esta em publicação no japão, e já tive varias decepções com a editora, eu não arriscarei =/

      • Careca

        acho dificil ser cancelado, pq ele é muito mais popular do que Karin, e esse foi até o fim…

    • Melhor panini do que NewPop, pois pelo menos na panini não tem erros ortográficos

      • Keima

        NewPop é do capeta XDD
        Agora, prefiro pela Panini do que pela JBC… Sabe como é, minha carteira ja ta sobrecarregada sustentando a JBC (Rosario+Vampire; Love Hina; Ao no Exorcist; Mirai Nikki… ‘sa porra não para de lançar mangás que eu quero ler) T.T
        Panini ao menos espero um preço menor, mesmo que a qualidade caia proporcionalmente u.u

      • Sennaffogo

        É por estes 2 últimos comentários que o mangá no Brasil ainda tem esta qualidade podre……¬¬
        Realmente nem todo mundo no Brasil é

        • Qualidade é sinônimo de papel sulfite? Baste isso para você dizer que um mangá tem “qualidade”?

          Eu comprei o Street Fighter da NewPop. Queria ver algum blog fazendo um review dele, porque está podre (eu me candidato a escrever um guest post se alguém quiser). Páginas mal cortadas, balões mal montados, erros ortográficos e gramaticais. Mas é sulfite, então tem qualidade!

          Nenhuma editora é perfeita, mas a NewPop é a única que conseguiu, recentemente, me decepcionar tanto com um mangá.

      • Sennaffogo

        *complementando*
        Realmente nem todo mundo no Brasil é colecionador mesmo……u.u

        • *complementando*
          Eu sou um colecionador. Esse ano devo chegar a 2000 mangás, ontem mesmo passei em duas revistarias para fazer compras.

      • Sennaffogo

        @Fábio Mexicano, nunca disse que apenas papel OFF-SET bastava pra dizer que um mangá tem qualidade, mas que isto ajuda, ajuda sim, e muito! Mas não é tudo, fato.
        Se você é colecionador e está satisfeito com esta qualidade ridícula, é um problema somente seu. Eu também sou colecionador, mas não estou satisfeito, já dei várias chances comprando mangás mais pra ajudar a causa do que por gostar da história e não melhorou, por isto agora boicoto e não compro. E quando compro algo, podes ter certeza que não é a este preço (ladrão) de capa.

        • Eu não disse que estou satisfeito, disse que a NewPop é, hoje, a pior editora. Tem só o papel branquinho a seu favor.

          Mas eu compro de todas as editoras, até da NewPop, porque não é como se eu fosse ganhar algo não comprando.

      • Sennaffogo

        É porque pra ter mangá assim, me pareceu que estás satisfeito…..
        Eu ganho algo não comprando, então, pra comprar um mangá que considero de baixa qualidade a um alto preço, prefiro não comprar e economizar de várias formas tomando tal decisão.

        • Agora fiquei curioso, você compra algum mangá? Tem algo nacional que considere padrão de qualidade mínima? Todos os mangás que comprei, de todas as editoras, têm muito o que poderia melhorar. Alguns são melhores, outros piores, outros terríveis… mas se eu gosto e quero ter, que escolha tenho senão comprar? Reclamações trazem algum resultado. Deixar de comprar, supondo que alguém consiga transformar isso em um movimento, deve conseguir cancelamentos.

      • A JBC, pra ficar pau a pau (ui) com a Panini, precisa trazer ou Sket Dance, ou Gintama ou MAGI

      • Sennaffogo

        @Fábio Mexicano, “que escolha tenho senão comprar?” -> como eu disse antes, tens 3 opções:
        1 – Comprar porque gosta e continuar reclamando para ver se melhora. (é o seu caso, ainda.)
        2 – Comprar para ajudar a causa porque gosta de mangá, só para ver se melhora. E continuar reclamando.
        3 – Depois de passar pela opção 2, comprar aleatoriamente ou não comprar, mesmo gostando de mangá, por simplesmente acreditar que seu esforço de compra não está ajudando a melhorar em nada a qualidade dos mangás.

        “Deixar de comprar, supondo que alguém consiga transformar isso em um movimento, deve conseguir cancelamentos.” -> é o legítimo pensamento das editoras em geral. Deveras lamentável…
        Mas no caso da Panini, já dei várias chances à editora. Ela não pode reclamar, e já me deu vários motivos para eu não mais arriscar comprar um mangá em andamento. Desde apoiar a volta de Éden e Peach Girl a comprar Kekkaishi só pra ajudar a causa. Uma hora meu bolso (que já é bem pequeno) e minha paciência com a editora se esgotaram. Air Gear e Kekkaishi foram as últimas chances que dei à Panini, não compro mais nada dela (exceto mangás que ela finalize), por mais que eu goste de/do mangá. Simples assim. Minha opinião, minha escolha, minha decisão.

        Bem, mas já que eu disse que compro alguma coisa da Panini, sim, vou matar sua curiosidade. Já deixei implícito que não sou colecionador de banca, logo, não acompanho os mangás mensalmente, compro de vez em quando, aleatoriamente.
        Comprando/Tentando comprar: NHK ni Youkoso, Bleach, Homunculus, Air Gear e Kekkaishi. Naruto eu tenho alguns volumes mas não conto….
        Querendo comprar: As Estrelas Cantam e Monster.
        Tem outros vários que eu gostaria de colecionar, mas mesmo depois de anos no mercado, continua faltando apreço, respeito e responsabilidade da editora para com seus colecionadores, logo, não me arriscarei mais a pegar qualquer título que ela não finalizar. Azar o meu? Sim. Meu pouco e suadíssimo dinheiro, minha paciência, minha decisão.
        Fora o fato de que muitos primeiros volumes estão esgotados porque tem muita gente comprando só pra revender a preços altíssimos depois. Virou um mercado paralelo isto, o que também é deveras lamentável…..

        • Achei que seu problema fosse mais com a qualidade do material, não com a política comercial da editora. Faz muito sentido. Se tem uma editora que fico com pé atrás quando ela lança algo, com medo de que possa ser cancelado, é a Panini. E com material de qualidade ou não cancelamento é sempre uma experiência horrível para um colecionador. Como colecionador, concordo totalmente com você.

          Nesse caso talvez eu seja mais otimista? Mais imprudente? Não sei. Mas eu compro. Estou puto com Kekkaishi, que não só coleciono, eu gosto de Kekkaishi (olha meu avatar no FB). Estou aguardando um posicionamento da editora que foi prometido para esse ano. E não sei se conseguirei continuar otimista caso a resposta seja negativa. Air Gear acaba de sair o volume 20, está devagar mas acredito que não esteja sob (muito) risco ainda.

          Algo que você tocou por alto mas não desenvolveu e que eu acho importante dizer: a questão de comprar para “ajudar” a editora, e também “entendermos o lado” da editora. Bom, eu entendo a editora. Se eu lançasse um produto também pensaria em retirá-lo do mercado caso não vendesse o suficiente para dar retorno financeiro. Mas eu não sou a editora, então não tenho obrigação nenhuma de não me irritar com isso. Eu não ajudo empresas, eu compro seus produtos quando me interessam. A editora que me entenda, que entenda os seus consumidores, lance produtos que irão vender e faça as devidas campanhas para garantir as vendas. Porque essa obrigação é dela, não minha. Não nossa.

          Eu compro sim, compro muito, mas compartilhamos da mesma revolta.

      • Sennaffogo

        @Fábio Mexicano,
        “Achei que seu problema fosse mais com a qualidade do material, não com a política comercial da editora” -> eu li duas vezes pra não falar besteira. Você colocou o “MAIS” ali, aí eu entendi direitinho que você entendeu que meus problemas são com ambos(qualidade material e política comercial), mas a política comercial é mais complicada de engolir no meu caso. Como tu disseste, é exatamente isto: “com material de qualidade ou não, cancelamento é sempre uma experiência horrível para um colecionador.”. Você tem noção de quanta gente deu nova chance à Panini com relação a isto depois de Éden/Peach Girl?? Éden que por sinal é um mangá (bem) superior em termos de história (na minha opinião) a mais de 70% de todos os mangás que a editora já lançou…..

        Eu diria mais otimista e imprudente ao mesmo tempo, mas o risco é seu e somente seu. No meu caso, meu bolso é apertado, então não posso me dar ao luxo de simplesmente comprar tudo que quero (apesar de gostar de mangá por natureza), ainda mais da forma usual como um colecionador de banca faz. Eu também gosto de Kekkaishi, mas não iria comprá-lo agora, só comecei a comprá-lo logo exatamente pelo risco que havia de ser cancelado. Você ainda acredita mesmo que a editora não cancelou o mangá? Realmente você é muito otimista. =)
        Se você está muito puto com Kekkaishi, pense no quão puto estou com a situação de Homunculus(que só falta 1 mísero volume)…..
        E o pesar que tenho sobre Kekkaishi, é o mesmo que tenho com relação a Air Gear. Parece que o título deu uma estabilizada, mas veremos até quando…. já que nos encontramos ainda praticamente na metade da série.

        Eu entendo o lado financeiro da editora, só que aqui não há profissionalismo quando se trata de ser transparente, os números de venda por aqui são mais secretos do que arquivos sobre tortura da ditadura militar…….¬¬
        Logo, menos crédito ainda eu dou à Panini. E não, eu nunca disse “ajudar” a editora, e sim ajudar a causa. É bem diferente, apesar de o dinheiro cair na conta da editora. Quando digo ‘ajudar a causa’ falo em relação a fazer o que fiz com Kekkaishi, e até mesmo com Air Gear, começar a comprar para dar uma força nas vendas do título para que o mesmo não seja cancelado, afinal, são obras que eu gosto, queria comprar, mas não neste exato momento. Entendeste? Porque sei que tem bastante gente que compra ambas as obras, e como colecionador, sei o quanto seria ruim para estas pessoas que tais obras fossem canceladas, inclusive pra mim que tinha a intenção de colecioná-las. Ajudar a causa significa ajudar a editora somente de maneira indireta, porque o que na verdade eu faço é para ajudar o título em si a se manter sendo publicado e ajudar as pessoas que também o colecionam, assim como a mim mesmo.

        • Eu não tenho noção de quanta gente deu nova chance à Panini depois de Éden e Peach Girl, mas eu sei que eu fui uma dessas pessoas. Tive que terminar de ler as duas séries pela internet, ambas são muito boas, e ainda não me conformo com minhas coleções incompletas. Um amigo meu (então colecionador de quadrinhos de heróis DC) que não gostava, não gosta e nunca gostou de mangás e outras japonices comprava Éden e dizia que era muito bom. Fico triste como colecionador e como divulgador dos quadrinhos japoneses (o que é para meu próprio benefício como colecionador também).

          Historicamente sempre comprei mais JBC do que Panini, sempre tive dinheiro mais ou menos contado (as vezes negativo…), então quando do lançamento de novos títulos é óbvio que eu hesitava em comprar se fosse Panini. Hoje felizmente atingi um patamar financeiro razoável que me permite comprar tudo o que me interessa, por isso compro, mesmo sendo Panini. O que está longe de significar que eu tenha perdoado a editora. Ela ainda tem um longo caminho para isso e o primeiro passo será a continuidade de Kekkaishi. Vamos ver. Tento me manter otimista.

  • Jonas

    Quem goste me desculpe mas com tanta coisa melhor pra trazer enfim…

    • Koyuki

      A escolha deve ser pra dar uma variedade de produtos, e não por ser melhor ou pior. Nem todo mundo tem o mesmo gosto, enquanto muitos comemoraram a chega de Shingeki, vários outros devem ter feito este mesmo comentário que você fez.

      • Sennaffogo

        @Koyuki, exactly that! o/
        Ai ai, a diversidade de gôstos e toda esta discussão a respeito é muito interessante nos seres humanos…..=)

  • Jonas

    Eu não entendo por que as editoras não lançam uma linha cassica assim poderiam lança mangas como hokuto no ken, jojo bizarre,Patlabor,drifiting classroom assim as pessoinhas nao reclamariam do traço datado mas que tem boas historias alias alguns muito melhores do que vemos hoje em dia,zumbis vampiros já deu né..

    • JMB

      Se alguma editora publicasse Drifting Classroom por aqui seria um sonho virando realidade

    • diegopkm10

      Tenho, que concordar com voce afinal tem muitos mangas bom, mais tem que lembrar pois estao trocando um mangá seinen com outro seinen e temos otimos mangas seinen como The world god knows (kami nomi zo shiru senkai) que é uma otima historia mais fazer o que ne.

      • Sennaffogo

        @diegopkm10, pow cara, é sério que achas Kami Nomi um anime/mangá seinen??…… seria tenso se isto fosse verdade….

    • Ja pode esquecer Jojo por parte da JBC,l embro que um cara de um grupo de jojo no facebook perguntou ao Cassius Madauar se teria chance, ele deixou bem claro que não. Pelos motivos mais babacas possíveis e o pior o anime fez um puta sucesso ano passado. Mas pra investir em cavaleiros não perde tempo.

      • Sennaffogo

        @Ken-Oh, o problema é que, o anime fez um puta sucesso aonde?? Por onde passou??? Será mesmo?
        Bem, mesmo que o fandom de JoJo’s tenha aumentado por aqui com o anime, não tem sequer como IMAGINAR, não estou dizendo nem comparar diretamente, estou dizendo IMAGINAR fazer comparações do fandom de CDZ com o fandom de JoJo’s. E Lost Canvas deu mais um up na galera. O problema é que muitos continuam comprando qualquer coisa que lançam de CDZ, enquanto que JoJo’s não tem a mínima penetração no mercado, já que não temos nada dele lançado por aqui, assim como o próprio Hokutão(xD).
        A editora precisaria apostar alto neste tipo de título, o que ela não quer fazer. É só vermos como foi lançado os 2 ou 3 volumes de Golgo 13…..

      • Japas exigem que se for publicar 1 parte, publique todas, e isso é algo arriscado, trazer algo de 70 volumes? Se um dia os japas aceitarem liberar só a parte 1 para testar, ai sim terá negociação.

      • Sennaffogo

        @Eduardo, você está generalizando ou falando especificamente de JoJo’s? Não ficou muito claro para mim sua posição.

  • biazacha

    Beleza tem quem goste mas…. sério mesmo? Com tantos títulos como Jojo’s, Magi, Assassination – fora os shoujos que desde Kimi ni nunca mais surgiu algo realmente relevante.

    Acho que o mercado aqui tá saturando de vampiros/ zumbis/ jogos de morte/ similares.

    • maguscaio

      Concordo plenamente kekkaishi cade? ainda acho que a panini ao inves de ficar lançando um monte titulos devereria relançar seus titulos antigos como berserk , claymore, ouran ,bleach e outros sei que nao é facil mais…

    • Sankarea está claramente entrando para substituir Karin, que foi até o final sem sobressaltos, sinal de que vendeu bem.

    • Juliana

      Bom, shoujo ainda é uma coisa complicada no Brasil. Estou esperando com ansiedade Ao Haru Ride. E tenho certeza que eles não estão colocando esse título à toa, provavelmente tem público.

      • Nossa, eu também adoraria que saísse por aqui Ao Haru Ride… *–*

    • Matheus.

      Concordo! Na boa, chega de zumbis & peitos, editoras!!! Queremos algo que preste, que valha gastar os suados R$11,90 mesmo e não jogar no lixo com histórias repetitivas e broxantes[Leu uma? Leu todas.]…

      • Te garanto que essa é diferente. Não há apocalipse zumbi. É um garoto que ressuscita seu gato com uma fórmula para criar zumbis que ele encontrou e uma garota rica mas oprimida em casa que acaba fugindo e morrendo tragicamente – e lógico, vira zumbi em seguida.

        As questões levantadas aqui não são o que a humanidade pode fazer para sobreviver, mas como uma única pessoa, transformada em zumbi, pode continuar sendo uma pessoa normal enquanto retarda o processo de apodrecimento dos tecidos e evita sucumbir à fome irracional por carne humana.

        Tem zumbi, mas está muito longe de ser uma tradicional história de zumbis. O que não quer dizer que seja melhor ou pior, mas afasta o seu argumento “leu um, leu todos”.

      • Sennaffogo

        @Fábio Mexicano, neste caso concordo totalmente com você.
        @Matheus, você precisava ter se informado melhor, pois falou uma completa besteira acerca de Sankarea. Como bem disse o Fábio Mexicano, esta obra não tem rigorosamente NADA a ver com Walking Dead ou HOTD, é algo bem diferente.

      • Matheus.

        Ok, eu fiz uma generalização injusta,
        pode até ser diferente mas esse lance de repetidos lançamentos, um atrás do outro, de histórias de zumbis[e similares.] é revoltante. Dá impressão que os próprios consumidores são, de fato, zumbis porque só querem comprar uma coisa, não há variedade. A história pode até mudar mas sempre tem o mesmo elemento: Zumbis e similares. Enfim, não estou falando que a história é ruim [afinal, não a li.] e eu até curto “I’m Hero” bastante, só estou demonstrando minha insatisfação em relação a “saturação” de zumbis, vampiros e similares das editoras[até livros de zumbis vem pipocando por ae, não é só HQs e mangás].

        • Então, mas Sankarea não é, de verdade, uma história de zumbi. Troque “garota vira zumbi” por “garota tem doença terminal”. Grosso modo, é esse o clima da série. E mais uma vez, veio na onda de Karin, que certamente fez sucesso independente de nós gostarmos ou não (eu comprei e gostei). É um romance sobrenatural por outro romance sobrenatural, então, sim, estão lançando um atrás do outro mas é justamente porque vende. Mesma coisa que a JBC vem fazendo com histórias de suspense/terror com a sequência Another, O Senhor dos Espinhos e Jogo do Rei. É um atrás do outro, do mesmo gênero, porque tem público consolidado.

      • Sennaffogo

        É Fábio Mexicano, tu disseste tudo, mas só tem uma coisa que não concordo contigo: “Mesma coisa que a JBC vem fazendo com histórias de suspense/terror com a sequência Another, O Senhor dos Espinhos e Jogo do Rei. É um atrás do outro, do mesmo gênero, porque tem público consolidado.” -> na verdade esta coisa do público consolidado acredito que você tenha falado generalizando, e de maneira bem superficial né? Porque se não for isto, discordo plenamente. Falo isto por mim e por outras pessoas que conheço. No meu caso, eu quero comprar ‘O Senhor dos Espinhos’ e talvez, TALVEZ, ‘Ousama-game’, mas não penso em comprar Another de jeito nenhum, e olha que gosto do anime, assim como o acho muito bom…..

        • Naturalmente falo em relação aos gêneros. Quem conhece uma obra de um gênero e gosta, e compra, tende a comprar outras do mesmo gênero quando tiver a oportunidade. Lógico que não se aplica a todo mundo, é apenas uma tendência estatística. Não necessariamente todos irão comprar tudo de um gênero porque gostaram de uma obra, mas é uma boa aposta para as editoras (bem melhor do que lançar títulos desconhecidos de gêneros totalmente aleatórios). Eu no lugar delas faria o mesmo.

  • MCoelho

    Acho que tem gente que nunca percebeu como publicar Jojo é difícil. Enfim
    Não me interesso por Sankarea, queria um milagre para ver Nougami Neuro ou Akame ga Kill ser publicado.

    • maguscaio

      torcer para o milagre nao acontecer na panini pq ai poder ser cancelado

    • Jonas

      Desculpe mas acho que voce se baseá isso pelo extenso numero de volumes mas o que dizer de One Piece72 , Naruto 67 e Bleach 62

      • Sennaffogo

        @Jonas, você só pode estar de sacanagem querendo comparar Naruto, OP e qualquer outro shounen genérico dos anos 2000 com JoJo’s, né? O_o

      • Jonas

        Eu me refiro pela extensidade,eu sou alucinado por jojo e não procuro scans contado com a sorte de um dia vir pra cá ,alias sera que as editoras pesquisam antes de trazer títulos novos, creio que site como o chuva e outros seriam para eles otimas fontes de pesquisa.

  • nyappy

    Nossa, velho, Sankarea? Eu sei que tem quem goste, mas com certeza não é o meu gosto!
    Com tantos outros títulos que eu considero melhores fico até triste com esse. Assisti o anime e por pouco não dropei.
    Fico feliz com que tenha gostado da notícia, mas também fico triste com quem gostaria de ter um mangá com menos fanservice escancarado, bem como uma premissa e personagens melhores.
    Mas pelo menos temos Vinland Saga o/

  • Esta foi uma boa notícia, talvez a melhor da semana. Espero poder comprar em breve.

  • No caso de publicarem Jojo’s eles poderiam fazer um teste e lançarem o primeiro arco, são 5 volumes e também, é um arco meio que fechado, ai se funcionar lançarem os outros.Bom, se isso acontecesse eu compraria certamente =)

  • Fabio Gesse

    Eu assisti o começo do anime e dropei. Pelo menos uma folguinha pro meu bolso, já que eu não comprarei… Pra pegar um mangá de menos de 10 volumes publicados que trouxesse Haikyuu ou Assassination Classroom… Ou melhor… Magi!

  • Realmente, só rindo dos comentários.

    • Jonas

      Oh grande sábio nos ilumine com seu brilho tu que despreza os comentários alheios faça um melhor e mude minha vida.

      • Ainda não binguei para comentar a sério.

  • Acho que Sankarea está perto do fim, acompanho a história e não sei mais por onde enrolar muito antes do fim. É uma história muito boa, eu vou comprar (e até paro de ler online).

  • Marcos Correia

    Queria muito que a Panini esclarecesse qual o critério que ela usa para lançar um manga. Pesquisa de opinião? Imposição da editora original? Compra por pacote? Sorteio? Chutômetro?

    • O critério foi substituir Karin. Uma comédia romântica sobrenatural acabou, estão lançando outra.

    • MCoelho

      Eles usam o seu gosto como critério. O que você gosta nunca será lançado e aqueles que você não gosta serão lançados.
      Até agora tenho nada a reclamar.

      • tiago

        Uhahhahahhahahah. Rindo rios e rios da resposta do Mcoelho para o Fábio. Boa resposta Mcoelho.

        Foi uma boa decisão da panini. Lançar uma comédia romântica de monstro no lugar de outra… E tem muitas pessoas que desejam comprar Sankarea.

        Eu até gosto de Sankarea e parei no epi 5, porque o anime me dá um clima pesado em certos momentos e o pai da garota é o demo em pessoa e tarado ( -_- ).

        Mcoelho o anime tem final alternativo ou ficou em aberto?

        E o anime me dava até calafrios levando a história pra um lado dark… A impressão que tenho é de que o final vai ser tragédia, coisa que me desanima.

        Mesmo odiando a panini ao extremo por causa de Otomen, Éden e outros. Ela esse ano está me deixando louco com as novidades. Um gender bender (Fullmoon) e agora Sankarea,

        Que venha mais mangás diferentes dos Narutos da vida…

        E que venha mais Shoujos, Gender Bender, ação, etc…

        • Achei que a resposta do MCoelho tinha sido para o Marcos, até porque eu disse o mesmo que você, entrou no lugar de Karin, que deve ter vendido bem.

          Sobre Sankarea, ele é um pouco pesado mesmo e em vários momentos eu tive impressão que o final não poderia ser senão tragédia, mas depois do último grande arco acho que o autor puxou a história de volta para a possibilidade de um final feliz. Não sei se isso é bom, Sankarea como tragédia seria uma excelente história, mas tem a questão do público-alvo também, imagino que tragédias não sejam consideradas bons finais para comédias românticas adolescentes (Karin eu quase achei que seria tragédia também nos volumes que antecederam o final). O anime é mais pesado que o mangá e tem um final aberto e muito melancólico.

      • MCoelho

        Não leio o mangá, mas lembro que depois dos OVAs dava para começar a ler o mangá.

      • @Tiago: Faz um tempinho que não leio Sankarea, mas deram uma abertura para um final feliz, duvido que acabe em tragédia. Mas mesmo assim a série realmente tem uns elementos dark e uns momentos bem tensos.

      • Marcos Correia

        Lamento desapontá-lo, mas a Panini lança muita coisa que eu gosto.
        Fiz uma pergunta sobre qual seria o critério da editora para escolha dos mangas, não sobre este manga em específico.
        Se tem gente que compra os mangas em número suficiente para manter a publicação, então o critério funciona.
        Mas como já tivemos “n” casos de mangas cancelados por “baixa vendagem”, fico em dúvida se o critério de escolha é realmente pautado em alguma informação sobre o público alvo.
        Até porque, os números de vendagem no Brasil parecem ser coisa mais secreta que documentos diplomáticos.

      • Sennaffogo

        Achei a trollagem do MCoelho desnecessária e não vi nenhuma graça, mas enfim…. @Marcos Correia, “os números de vendagem no Brasil parecem ser coisa mais secreta que documentos diplomáticos”, PARECE??? O.o Parece não, SÃO mais secretos, com certeza. As editoras brasileiras não são exemplos de profissionalismo neste quesito….

  • Carai assim vo ficar mais pobre do que ja so O.o!!

  • Só digo que é hora de arrumar um emprego melhor :V

  • Vai vender. É de zumbi, e coisa de zumbi vende.

  • Se esse cara quer conhecer zunbis, vá pro The Walking Dead ou para o HOTD! kkkkk
    De zueira, esse é um dos mangás que terei de riscar da lista de mangás que duvido que sejam publicados no Brasil:
    Yuru Yuri
    Nyan Koi
    Working!!
    Servant x Service
    Sekirei

    • X

      Nyan Koi desista! A autora ficou doente ou algo do tipo e nem no Japão está em andamento atualmente(e isso já faz uns anos).

      • Por isso ele está na lista de mangás que nunca virão para o Brasil! Presta atenção!

  • Diego Britto

    Tanta coisa melhor pra se trazer… aff!

  • substituíram karin bem rápido…
    falta a editora se pronunciar sobre os shoujos p substituir black bird.

    Gostei do anúncio.. Não leio o mangá online, mas é um título que já tinha me interessado antes..só n li por falta de tempo

    • Julia

      Pra substituir black bird colocaram full moon (q é meio randomico), quando full moon acabar eles devem anunciar algum shoujo conhecido, torcendo por lovecom, tonari no kaibutsu-kun, inu x boku ss, etc…

  • walisson alexandre

    não e um Ecchi apelativo,tem um bom roteiro,so espero que não copie o modelo de capa americana e sim a original.

  • Pingback: Sankarea é o novo mangá da Panini no Brasil | Supernovo.net()

  • X

    Eu comprarei! Gosto de Sankarea…É uma obra com uma história legal e curto bastante a arte. Além do fato de parecer que não irá se estender por muito tempo o que é uma boa.

    Acho curioso ver sempre a mesma choradeira por Magi, kuroko no basket, Jojo e afins…Nosso mercado já é saturado de shounens infinitos e ainda assim o povo sempre pede por mais(não estou questionando aqui qualidade das obras citadas como exemplo somente o número de volumes “infinitos” das mesmas). Sem perceber que talvez tais obras infinitas que já existem em nosso mercado sejam o maior motivo para que obras menores sejam canceladas com a desculpa de baixas vendas(desculpa mequetrefe e irritante para o público mas que não deixa de ser aceitável quando analisamos que o poder aquisitivo do fandom, na sua maioria estudante sem uma renda fixa ou que se tem renda é voltada justamente para os estudos e outras coisas mais importantes, é baixo para um hobby tão caro).

  • Babi Yurie

    Magi e KNB que é bom não vem. Comprarei pq eu curti o anime… Mas há mangas melhores para trazer.

  • Aewwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww!!!!!!! Me amarro em sankarea, tanto o anime quanto no mangá. Quem quiser curtir, o mangá tá no capítulo 46 e lançou até o volume 9.

  • Geane

    eu so queria que este mangá ja tivesse acabado–‘

  • Kojiro

    Otimo, um alívio pro meu bolso, já que não vou comprar isso mesmo. Já to com mtos gastos.

  • E Magi nada…

    • Geane

      eu nao gosto de magi meu interesse é zero mas cara pelo que falam é só questão de tempo esse mangá vir pro brasil!o povo clama por ele(nao sei pq–‘)mas é só aguardar!

      • Shingeki que é ruim veio mais rápido que Magi, que é bom!
        Não entendo essas editoras hoje em dia

  • ..enfim…Minha grana sera poupada.. :p

  • Jonatas Forevamente

    yay,zumbis e pedofilia no brazil

    • Geane

      pedofilia?

      • Geane

        ah é,tinha esquecido do traste do pai dela–‘

  • Mais um título sem muita popularidade mesmo com a animação, que vem pro Brasil pela panini pra sair Bimestral, ser publicado lentamente quase parando pra ser cancelado no meio do caminho, se fosse pelo menos pela JBC sairia mensal e não corria risco nenhum de ser cancelado.

    • Quanta popularidade tinha Karin? Foi lançado bimestralmente até o fim e agora está sendo substituído por um título semelhante. Sinal de que deu certo, e não uma premonição do apocalipse como você supõe.

  • Fabio

    Sem palavras para essas que, quando é anunciado o lançamento um mangá novo, vêm aqui falar mal do mangá só porque vai ser lançado esse mangá e não o que eles querem. Povo egoísta, ignorante, sem noção!
    Estou há anos esperando Sankarea, será muito bem-vindo! =)