Confira quais os próximos lançamentos da editora NewPOP

newpopCorpse Party Musume e novos volumes de Gate 7 e Hetalia em pauta.

Os próximos meses da NewPOP prometem ser movimentados se depender do catálogo da editora. Séries retornando e outras estreias, além de anúncios já realizados. Pra você não ficar perdido, preparamos uma explicação rápida dos títulos já disponíveis pela editora nesses meses, incluindo um apanhado do que foi lançado em abril. Confira abaixo a lista e se atualizar com suas coleções. Periodicidade não é o forte da editora, então não adianta perguntar se os lançamentos são mensais, bimestrais ou etc. O jeito é esperar.

Street Fighter Alpha KOnSTREET FIGHTER ALPHA 2 e K-ON! COLÉGIO

Dois lançamentos de abril – ambos já estavam disponíveis no Fest Comix, em São Paulo – que já se encontram nas bancas. Street Fighter Alpha chega ao seu final em sua segunda edição. O primeiro volume havia sido lançado no final do ano passado. Já K-On! Colégio é o último spin-off da série das garotas que bebem chá – isso se não contarmos com K-On! Anthology. Street Fighter Alpha tem o valor de capa de R$19,90. Já K-On! segue o preço padrão da série de R$16,90.

Hetalia GateNOVOS VOLUMES DE HETALIA E GATE 7

Pra quem achava que eles não voltavam… voltaram. O quarto volume de Hetalia Axis Power e o terceiro de Gate 7 estão saindo do forno e devem chegar já no final de maio nas bancas e lojas especializadas. Hetalia não tínhamos notícias desde Junho do ano passado. O mangá se encontra no volume 6 no Japão e no Brasil o volume 4 continua com o preço de R$19,90. Já Gate 7 não era publicado desde outubro de 2013, mas no Japão o mangá se encontra no volume 4 e paralisado a mais de 1 ano na revista Square. Por aqui, o terceiro volume também segue o preço padrão de R$12,90.

Corpse Party MusumeLANÇAMENTO DE CORPSE PARTY: MUSUME

Pense em um título inesperado. Esse de longe é Corpse Party: Musume, um dos spinoffs da franquia Corpse Party que chega agora no final de maio pela NewPOP. O mangá é no mínimo polêmico. Impróprio para menores, o título é uma mistura de terror, gore com uma grande dose de sacanagem e garotinhas que parecem ter 10 anos de idade nas imagens (pra quem não conhece o mangá, uma jogada no Google Images deve responder melhor essa questão). Coisas do Japão, como vocês já sabem. A editora ainda não se pronunciou se publicar Musume significa a vinda de Blood Covered (a saga principal, 10 volumes) para o Brasil. Mas claro que as chances aumentam.

Corpse Party: Musume conta com 3 volumes encadernados no total. É de autoria de Kedouin Makoto com arte de Orie Mika. O preço segue sendo de R$12,00.

OUTROS TÍTULOS

Além dos lançamentos citados acima, a NewPOP ainda conta com os já anunciados Loveless (que deve sair em Junho) e Puella Magi Oriko Magica (spinoff de Madoka Magica, ainda sem data de lançamento confirmada). Outro título que anda tendo algum destaque na página do Facebook da editora é Helena, mangá nacional produzido pelo Studio Seasons e que foi anunciado há alguns anos atrás pela NewPOP. Pela intensidade nas divulgações, suponhamos que o título também deva ter um lançamento em breve. Assim que soubermos de alguma novidade, repassaremos para vocês.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • gabrielin

    a new pop não ia publicar usagi drop?

    • Dih

      Sim, mas ainda não confirmaram nada sobre data de lançamento.

    • Acho melhor começarmos a cobrar dela, nem que seja pelo facebook, se não Usagi não sai nunca :/

  • Mangá Nacional?!?! Opaaaa!

    Alguém tem link com essa novidade ai mais detalhada?

    • Ianne

      Serve o da site das autoras? Tem algumas informações sobre os personagens, amostras… mas nada relacionado a data de lançamento, quantidade de paginas,quantidade de volumes(Eu acho que só deve ser 2 volumes no máximo) e também mostra outros projetos em andamento do studio seasons. Gostei muito o trabalho que fizeram em zucker, sinceramente eu nunca adivinharia que tinha sido feito no brasil.

      • Ianne
      • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

        Adorei e o trabalho dessas artistas sao bem estilos nanquin vamos dizer assim,e estilo soujo,o carinho e as caracteristicas no qual elas tratam os desenhos da para perceber que teve forte influencia oriental principalmente do genero shoujo.

      • Boa! Valew!
        “Meninas” muito simpáticas!

        No Facebook do Studio seasons tem umas imagens de Helena. Qualidade garantida. Parace ser um mangá “de época”.

        Verei uma novela?

  • Eu vi a adaptação pra anime de corpse party e já achei mega desnecessário imagina esse mangá… peitos+gore… parece um high school of dead com garotas do fundamental.

    • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

      Sem conta que a maioria dessas garotas são moe.Na minha opnião isso e um tiro no pé,porque nenhum editora até entao troxe gore para o pais,acho que isso é um tiro no pé.

  • Adriano Ribeiro

    Achei uma boa aposta, afinal é algo meio inedito no Brasil, e tem muita gente que curte esse estilo mais gore, inclusive eu, se der certo tomara q traga a série principal e obras mais undergrounds e adultas, porque mangá vai muito alem de shounens e seinens da vida aí, quanto mais variedade melhor 🙂

    • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

      Será que vai ter aceitação?Porque esse manga é bem polemico.

  • Eu não acredito que a NewPop escolheu publicar Musume do que Blood Covered. Eu sinceramente espero que eles publiquem Blood Covered independente das vendas desse lixo que é Musume.

    • Mike

      /2… Blood Covered!

    • Mike Cross

      Bem, eu não conheço a série. Há muita diferença entre a Musume e a Blood Covered? Talvez a New Pop tenha trazido este spin-off primeiro pra ser “boi de piranha” e ver sua recepção.

      • MCoelho

        Blood Covered é a adaptação fiel do jogo original do PSP, que é por sinal uma ótima história de terror. Musume é o spin-off que sem os personagens seria uma abominação independente. Se você se interessa na série, tenta jogar o jogo pelo PSP ou emulador, se não, leia Blood Covered.
        Book of Shadows é a sequência do primeiro jogo e tem seu mangá separado de Blood Covered mas não sei muito sobre o mangá.

      • Sennaffogo

        @Mike Cross, talvez esta sua afirmativa seja realmente o ‘fato’. É uma grande possibilidade mesmo. Vamos esperar para ver.

  • E Usagi Drop, nada.,
    Parabéns, NewPop. Parabéns…

  • Homura-Chan

    Obrigado Kami-Sama por trazer Gate 7 de volta…
    VEM PRA MIM LINDURA !!!!!!!!! kkkk

  • Gate 7 ♥ finalmente

  • Sennaffogo

    Me deixa intrigado o fato da NewPOP estar publicando Gate7, e não a JBC. Não que isto seja ruim, é apenas uma opinião…

    Já com relação ao Musume, como disse o @Dih, “coisas do Japão, como vocês já sabem…”. É, fato. E olha que tem público para isto. Será que dá para considerar este mangá como um dos supra-sumos do lolicon?? Pelas imagens que se vê Google afora, é, dá sim……¬¬
    Pra mim Corpse Party Musume é um lançamento deveras lamentável…..

    • J.JD

      Mas a NewPop já vem publicando Clamp no Brasil há um bom tempo, não sei porque a surpresa.
      Eu gosto da ideia de ter mais de uma editora no Brasil cuidando de Clamp.

    • Eu acho que a JBC deve ter perdido os direitos de publicar os mangás da CLAMP no Brasil… Ou a NewPop também fez um contrato com a CLAMP.

      • Sennaffogo

        Mas não era a JBC que tinha um contrato vitalício com a editora da CLAMP?? O.o
        Bem, fato é que talvez este seja o mangá da CLAMP que saiu com a maior qualidade até hoje, ou estou errado?
        Sakura relançamento não conta…..¬¬

        • Dih

          A própria JBC desmentiu várias vezes isso de contrato vitalício com o CLAMP, até porque existem coisas das velhinhas que é da Kodansha, outras da Shueisha e assim vai.

      • Sennaffogo

        Huummm, ok @Dih, valeu pela info. Nunca vi nenhuma notícia a respeito.
        Se tem duas editoras, aí realmente é mais viável outra editora “roubar” os títulos da CLAMP da JBC.

      • Cara, deve ser uma teta só, as nossas queridas velhinhas tem trabalhos publicados em pelo menos três editoras diferentes: Kodansha, Shueisha e Kadokawa Shoten! Que confusão de direitos!
        Se engana quem acha que elas são uma única editora, que vi muitos acharem isso! Elas são apenas mulheres mangakás!

      • Sennaffogo

        @Mi Ka DXD, mas eu nunca achei que elas não fossem mais do que mangakas, só não sabia mesmo que elas publicavam em mais de uma editora. Até porque o caso de X é extremamente traumático para muitas pessoas…

    • Hawk

      Claro que é sua opinião, mas não acho que é um lançamento lamentável, como você disse.
      Tem alguns elementos que podem afastar algumas pessoas, mas também tem outros que podem atrair, como por exemplo o gore.
      Acho interessante a NewPOP lançar esse tipo de título, algo fora dos moldes convencionais, e serve também pra abranger mais ainda o mercado nacional.

      • Sennaffogo

        Tem uma CACETADA de coisas fora dos moldes convencionais que ela poderia lançar…… isto aí não é um argumento forte para este tipo de lançamento.
        Mas concordo, vai atrair gente, seja pelo gore, pelas lolis, ou por ambos, mas…. na boa, lolis com 2 melancias embaixo do pescoço não agradam a muitos de nós, mas vai agradar a alguns……u_u….. feliz ou infelizmente.

      • Mike Cross

        Não digo ser lamentável por justamente não conhecer a serie pra julgar. O ponto em questão é que envolve Lolicon, e sabemos muito bem que este é um gênero que envolve muita polêmica.

        “na boa, lolis com 2 melancias embaixo do pescoço não agradam a muitos de nós, mas vai agradar a alguns.”

        Sennaffogo, posso dizer com certeza: o cenário é exatamente o oposto! Adoradores de Lolis comem uma boa fatia do mercado de mangás. Por aqui não é uma diferença tão drástica, mas aínda assim é um gênero super visado (questões éticas e morais vendidas separadamente).

      • Sennaffogo

        @Mike Cross, não é só por envolver lolis em si, mas por elas serem super desenvolvidas também (¬¬), entre outros fatores que você pode visualizar apenas dando uma passada no Google Imagens, como bem sugeriu o @Dih.
        E com relação a sua certeza, no Japão sim, concordei plenamente com isto. Meu 1º post no tópico dizia:
        ““coisas do Japão, como vocês já sabem…”. É, fato. E olha que tem público para isto. Será que dá para considerar este mangá como um dos supra-sumos do lolicon?? Pelas imagens que se vê Google afora, é, dá sim……¬¬”

      • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

        Entendam alguma coisa nao existe contrato vitalicio com editora algum do planeta,porque se fosse assim como que a Panine Italiana publicaria um manga na Italia que aqui no Brasil é publicado pela JBC?So pra dar um exemplo temos Soul Eter que praticamente na europa toda e a Panine que mantem os direitos sobre a obra.No Estados Unidos inclusive a Panine que licencia o anime,em parceria com viz midia.

    • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

      Não e por nada não,mas prefiro new Pop do que a JBC,ate porque a mesma vem fazendo um otimo trabalho com K-on ao londo desses ultimos 4 anos e arisco dizer que New PoP esta muito melhor que a JBC,embora ate um tempo atras preferiria JBC do que a NewPop.

      • Sennaffogo

        @Jfurt, não faz sentido a comparação de licenciamentos em país X e país Y, porque estamos falando de Clamp-Brasil e Clamp-Japão, não estamos falando e nem comparando com editoras de outros países.

        Ah sim, muitos falam que a qualidade e custo-benefício da New POP são os melhores do mercado nacional atualmente. Eu particularmente, independente da qualidade, acho que os preços deles são caros. O próprio K-ON! que o diga.

  • Felicidade mesmo é ter Hetalia 4 esse mês <3

    • Wieder

      Concordo. Achei que não veria mais países personificados nas bancas. Deus abençoe a Pasta.

  • Hebert

    Alguém ai sabe o que houve com a Nova Sampa pra ter parado de publicar Gurren Lagann ?

    • Mike Cross

      Talvez eles estejam dando um tempo na publicação, já que só foram feitos 9 volumes até hoje.

      • Hebert

        Mas o mangá acabou na 10 cara, e 6 mangás de diferença não é algo para hiato. Isso tá com cheiro de cancelamento…

      • João Gabriel ”jfurt” Freire Furtado da Silva

        Cancelamento?Seria muita burrice vei cancelar um manga faltando um fasciculo pra finalizar.Creio que estao dando uma respirada ja que as publicações da nova Sampa nao se restrigem a mangas somente,eles publicam um monte de revistas para o publico femenino e dona de casa.Sem contar que falta dois fasciculos pra terminarem o H-manga Nightmare marker,que ja tem uns meses que nao sai o 4, 5 e o 6,levando em conta que este ultimo so conta com 6 volumes

      • Sennaffogo

        @Jfurt, não seja por isto, de burrice as editoras brasileiras entendem bem….. está aí a Panini que não nos deixa mentir….¬¬
        Agora, Nightmare Maker?? Nunca ouvi falar…… tá vendo só, estou defasado quanto a isto. kkkkkkk

      • Guilherme Lima

        Na página da N.Sampa no facebook eles deram algumas explicações… a de Gurren Lagann, por exemplo, o mangá está em processo de renovação de contrato, inclusive Ikkitousen tbm; na mesma página eles tranquilizam os leitores dizendo para ficarem tranquilos. Não lembro ao certo mas parece que voltam agora em junho, junto com o mangá Drift…

      • Sennaffogo

        Está aí uma outra coisa que me intriga: os contratos das editoras brasileiras, em especial os da Nova Sampa. Como um mangá que tem quase 30 volumes tem um contrato que tem que ser renovado a cada 3 volumes?? Fora as bases contratuais em si, ao que parece os japas estão cada vez mais burocráticos para renovarem os contratos, porque a demora nestas renovações é gigantesca!
        Old Boy é finalizado, tem 8 volumes e acho que teve que ser renovado também após o volume 4…… comofas? O_o
        Será que fazem isto porque aqui é o país da balbúrdia? É… deve ser…¬¬

      • Guilherme Lima

        Senaffogo… É realmente esquisito a forma que as editoras brasileiras fazem licenciamento de certos títulos. Ao meu ver… isso demonstra claramente que se a obra não obtiver retorno os caras nem vão atrás da renovação e ela será cancelada; ou talvez seja o fato da editora não ter poder para licenciar a obra completa de uma só vez, dessa forma ela licencia 4 vol., espera seu retorno aí vai lá licencia + 4 e assim por diante =S

  • Corpse Party: Musume vai ser o melhor mangá já lançado no Brasil. Eu ainda nem acredito que ele realmente vai sair aqui.

    Como fã da série de Corpse Party, seria legal se eles lançassem os outros mangás dele por aqui. Apesar de ter mais interesse no Another Child, o Blood Covered seria uma boa também.

    Mas é realmente estranho o fato deles estarem lançando logo o Musume, a “ovelha negra” da família.
    Bem, acho que eu tenho que agradecer a NewPop por tal ato divino, tá aí algo que nunca havia nem sonhado que iria acontecer.

    Já estou jogando todo o meu dinheiro no monitor.

    • Haha, depois de ver a capa concordo com sua última frase.

  • milenart

    YAY!! Hetalia e Gate 7 voltaram!! o/ UHUUUUU!!!!
    …depois d ver umas imagens no google acho q passarei longe desse Corpse Party Musume…até curto gore, mas o excesso d ******* e lolis me afasta….ñ li/assiti nenhuma das mídias da franquia além do jogo, ia ver o mini OVA, mas meu irmão me alertou d ñ assistir prq…é cês sabem…mas se eles trouxerem o Blood Covered, talvez eu compre, vi umas imgens e parece interessante.

  • z3rg

    “O mangá é no mínimo polêmico. Impróprio para menores, o título é uma mistura de terror, gore com uma grande dose de sacanagem e garotinhas que parecem ter 10 anos de idade nas imagens”
    Esse é o poder do character design de mangás, fazendo donas de 17 anos virarem lolis com peitos grandes, não gosto muito porque elas são lolis falsas =X
    A mais nova que está viva ali no grupo é a a Yuka que tem 14 anos, resto é tudo 17. Isso me faz lembrar que muita gente não sabe que o Gon de Hunter X Hunter é só 1 ano mais novo que o Yusuke de Yu Yu Hakusho que tem 14.
    Character design sempre faz isso com os personagens e muita gente acaba não se importando muito, até em Battle Royale onde o grupo é mais novo que as donas de Corpse Party ninguém se importou muito por causa que o character design é mais “real”(apesar de ter muita apelação com o Kiriyama).

    • Polêmico nada… é que a maior parte não tem coragem de dizer… mas eu quero ver peitos e carnificina junto… então com certeza comprarei… o único ponto negativo é a periodicidade da New Pop, mangá com 3 volumes e conclusão em 2 anos…

      • Sennaffogo

        @Shinigami-sama, huahuahuaua, eu ri muito….
        Sobre o que tu disseste “eu quero ver peitos e carnificina junto”, talvez isto não seja exatamente o maior problema, pois se pararmos pra pensar, outras obras focam isto ou algo que caminha para este lado, como HOTD por exemplo….. o problema-mor talvez seja: isto precisa aparecer junto com lolis??….. Acho que não…..¬¬
        Minha opinião acerca da obra já foi dada, mas ok, se isto te agrada, quem sou eu para dizer “não compre”, vai na fé, boas compras. =)

  • Flávio

    Hetalia e Gate7!Sensacional!
    A distribuição deles é muito boa. (chega no interior paulista!) Um diferencial indubitável. Só sinto falta de seinen real, como Homunculus e Berserk. Mas é compreensível o lançamento de obras devotadas a sado-erotismo adolescente, travestidas de uma suposta “maturidade”. Há toda uma demografia hormonal, que cede ao apelo.

    • Pois é, morar no interior paulista é duro (Lins) xD
      Até lá na minha cidade do Rio Grande do Sul que se chamava Uruguaiana os mangás chegavam em fase 1…
      Pensava que ia ser a mesma coisa aqui em SP já que é o maior estado do Brasil mas fiquei bem enganado LOL

      • Sennaffogo

        Acho que vocês estão chorando de barriga cheia, queria ver se morassem no Norte do país ou pior ainda, se morassem no interior da maioria dos estados de Norte e Nordeste…..
        Nem na capital de SP ou RJ tem mangá em todas as bancas.

    • Flávio

      Pois é, acontece dessas coisas. 🙂 Pode ser o melhor título, se a editora não distribui… é desanimador ter coleções “banguelas”.

      • Sennaffogo

        O pior atualmente é que mesmo com um preço abusivo, a tiragem está tão baixa que você facilmente não consegue muitos dos mangás que talvez você quisesse colecionar. Mesmo com as lojas virtuais, as editoras ainda não aprenderam a trabalhar com mangás após 15 anos. Nem é preciso queimar muito a ‘mufa’ para ter uma ou duas boas ideias, mas é foda, as editoras brasileiras, assim como os brasileiros em geral têm um olho maior do que cabe na cara, aí fica realmente difícil colocar boas ideias em prática.
        Ou seja, hoje em dia se você não comprar o seu mangá a preço de capa logo que ele sai ou em lojas virtuais quando tem, ou em pré-venda, sua chance de conseguir algum mangá depois que ele sai das bancas é quase nula…

    • Flávio

      Concordo, amigo!:)

  • Lucas

    Dih, sei que é off-topic, mas teve checklist da panini mês passado? É que eu fui na banca hoje e já tinha chegado op 27. Eu acho que vocês não foram atrás e botaram, não foi…?

  • Desse ai só compro o Street Fighter. Ia da uma chance pra esse Corpse Party, mas como a galera já marretou ai vou deixar passar. Só acho estranho pois a New Pop lança uns títulos um tanto, como posso dizer, “diferentes”.

    Acho que tava na hora dela aposta em algo mais popular ou pelo menos arrisca com algo que todo mundo pede, tipo Hokuto no Ken por exemplo. Se bem que a periodicidade da New Pop me preocupa.