Pokémon Adventures: Black & White chega ao Brasil pela Panini

pokemonbwMangá marca a chegada de Pokémon Adventures ao país.

A Panini literalmente pegou muita gente de surpresa hoje com o anúncio de Pokémon Adventures. O mangá é mais um para o catálogo da editora. Mas vamos por partes. A editora confirmou que Black & White será publicado ainda no primeiro semestre. Na euforia do anúncio, muitos entenderam que os mangás anteriores já estavam confirmados, mas ainda não é assim. Em uma negociação que envolveu a Nintendo, a Shogakukan (editora do mangá) e a própria Panini, Pokémon Adventures terá suas sagas anteriores publicadas dependendo do desempenho de Black & White. Ou seja, Red, Blue, Gold e todas as outras sagas dependerão de BW para chegarem ao país.

Muitas pessoas também não entenderam o que aconteceu em relação a numeração, mas vamos explicar. Pokémon Adventures é publicado no Japão de maneira “corrente”, ou seja, sem divisão de sagas. Isso não acontece nos Estados Unidos pela VIZ. Os mangás de Black & White recebem uma nova numeração, desde o 1, por não terem nada de relação aos mangás anteriores. Esse será o mesmo formato adotado pela Panini no Brasil. No momento BW possui 8 volumes encadernados, ainda em publicação e serão publicados no Brasil bimestralmente (vale a nota que o volume 1 possui menos páginas do que os demais, mas não se trata de um meio-tanko).

special bwPokémon Adventures é publicado na revista Corocoro Comics desde 1997 e possui design Mato e Yamamoto Satoshi, além da história original da própria Nintendo e de Kusaka Hidenori.

Como dito anteriormente, o mangá chega ainda no primeiro semestre. Fiquem ligados pois em breve deveremos ter mais novidades sobre a série.

Agradecimentos aos dados de publicação ao amigo @lmalafaia

Dih

Dih

Criador do Chuva de Nanquim. Paulista, 30 anos, editor de mangás da Panini Planet/Manga, designer gráfico e apaixonado por futebol e NBA.

Related Post

Há 46 comentários

    1. Avatar

      O que tem de chato quem quer os nomes originais?

      Sei que não daria certo, pois já nos acostumamos com os americanos.
      Mas fora isso, não te nada que motive usarmos os nomes americanos em vez dos japoneses. Pra mim, Hitokage ou Charmander dão no mesmo, à primeira vista, na nossa língua, não sabe o que quer dizer.

      Como somos tão criativos, pegamos os nomes dos outros, né? Porque não criamos os nossos próprios*? Na língua original, provavelmente soam engraçado, seria como aqui usarmos “Fogarto” (Fogo + Lagarto) e “Chamandra” (Chamuscar + Salamandra).

      No anime, por exemplo, para nós não faria diferença usar Ash ou Satoshi, nenhum dos nomes é comum aqui, se colocassem um nome comum no Brasil, eu até entenderia.

      *Exceções como “Bulbasuro” e “Magicarpa”, adaptações inteligentes da Mastersound na 1ª temporada.

      Responder
      1. Avatar

        Entendo o que você quer dizer, mas é justamente por isso que você disse, já estamos acostumados com os nomes americanos.
        “‘Poderíamos’ ter inventado novos nomes para os pokémons ‘brasileiros’?” Sim. “‘Poderíamos’ ter usado os nomes originais em japonês ao invés de usar os americanos?” Sim. Mas não foi isso que aconteceu. Fato é que a grande maioria ou nem conhece os nomes em japonês ou mesmo que conheça se acostumou com os nomes americanos de tal maneira que é como se eles “estivessem” em português. Assim como usamos palavras em inglês no dia-a-dia quase que sem perceber, como se fizessem parte do vocabulário português (principalmente na informática).
        Se alguém que não conhecesse Pokémon (alienado) fosse começar a ler/assistir/jogar do zero, poderia muito bem aprender e se acostumar com os nomes em japonês.
        Não é que alguns não tenham aprendido primeiro os nomes em japonês, mas como eu (e você também) já disse, a grande maioria está acostumado de tal maneira com os nomes americanos, que mudá-los seria como se alguém tivesse ido ao cartório e alterado o nome de todos (ou quase todos) os pokémons.

        Responder
  1. Avatar

    Essa me pegou de surpresa mesmo. Se a saga RSE vier pra cá, talvez eu a compre. Essa que vai vir me parece interessante, mas nada demais visto os outros anúncios recentes, já a saga do Red não me cria nenhum interesse. Bem, pelo menos é uma boa notícia para os fãs da franquia.

    Responder
  2. Avatar

    naaaaaaaaaaaao entendi!esse bw faz parte desse pokeadven ou nao??nao saquei!e pq sera q vao começar por ele???ps:nao entendo naaaada do mangá em questão,so assistia pokémon normal na record,kkkkk

    Responder
  3. Avatar

    Esse vai ser um título para pegar a molecada. Achei sensacional a escolha e acredito que irá criar um novo publico para a editora, mesmo que seja arriscada em alguns pontos quem não arrisca não petisca.

    Responder
    1. Avatar

      Não só entre a molecada. O público dos jogos é bem mais velho, embora o anime seja mais direcionado as crianças mesmo. O mangá vai atrair tanto os fãs mais velhos quanto um público infantil (vale também ressaltar que o mangá é bem menos infantilizado que o anime).

      Responder
      1. Avatar

        Esse mangá foi feito originalmente para a molecada (mesmo que o fandom dos jogos negue de pés juntos) mas aqui ele vai vir pra pegar o público mais velho mesmo. Pokémon já não é mais um nome tão popular entre as crianças de hoje (aqui no Brasil), e digo isso pois trabalho com crianças.

        Responder
  4. Avatar

    Esse vem pra estante!! Antes tarde do que nunca né ? Já era pra ter vindo na epoca de ouro de Pokémon.
    Ps: Uma duvida sobre outra editora: Alguém sabe algo sobre Gurren Lagann ? A nova sampa vai lançar a 5 quando ?

    Responder
  5. Avatar

    Não conheço esse, mas vou dar uma conferida.Se viesse o Red,Blue, Green e Yellow eu comprava sem pensar duas vezes…MASSSS vamos ficar no aguardo 😀

    Responder
  6. Avatar

    Agora eu não entendi nada, a Beth Kodama disse isto há pouco no Facebook dela: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=785315558145218&set=a.326149724061806.89299.100000003421072&type=1

    “4) Pokémon Black&White, formato 13,7×20, completo em 4 volumes, bimestral (não tenho 100% moran… digo, certeza). Essa saga faz parte da série Pokémon Adventures. O primeiro volume terá cerca de 100 páginas e custará menos, mas os demais 3 volumes serão gordinhos com cerca de 200 páginas. Sem data de lançamento definida, provavelmente no começo do segundo semestre.”

    Como assim, completo com 4 volumes? Tudo bem que ela disse “não tenho 100% de certeza”, mas é estranho… O_o

    Responder
    1. Avatar

      Oi, Rick, sou o Bruno Zago, editor da Panini. Vou te explicar.

      Lá no Japão, Pokémon Adventures é uma série longa que abrange todos os games da Nintendo. Os números 43, 44, 45 e 46 dessa série (a Pokémon Adventures) abrange os games Pokémon Black/White, e as primeiras edições são referentes a Red/Blue/Green, daí por diante.

      Aqui no Brasil, tal como nos EUA, essa série será dividida em várias, com numeração própria cada uma, ou seja, vamos lançar Pokémon Black/White dos números 1 a 4, que fecham uma saga (sendo que o original é Pokémon Adventures 43 a 46). Se lançarmos Pokémon Gold/Silver, por exemplo, recomeçamos a contagem do 1, ou seja, cada jogo da Nintendo terá a numeração começando do 1 e terminando exatamente no encerramento original japonês da saga. No mangá japonês, a cada novo começo de saga (novamente dizendo, cada saga abrange um jogo) tem troca de personagens, inserção de novos pokémon, uma nova história, etc.

      Portanto, Pokémon Black/White é uma saga completa em 4 edições. Se ela der certo no Brasil, lançaremos as demais sagas referentes aos outros jogos, como Red/Green.

      Entendeu?

      Responder
      1. Dih

        Bruno, acho que muitas dúvidas se devem ao fato desse mangá já ter saído as edições 47, 48, 49 e 50 no Japão, e as 4 também serem do universo de BW (e ainda estar em andamento). Ou seja, ela está “completa” ou “em andamento”?

        (E obrigado por marcar presença aqui no Chuva de Nanquim!)

        Responder
      2. Avatar

        Bruno, obrigado pela mensagem – e me desculpe, meu texto ficou meio ambíguo. O Dih questionou mais precisamente do que eu rs.

        Essa é também a minha dúvida, visto que ao final do volume 46 (o quarto), a saga de BW em Pokémon Adventures ainda não terá acabado…

        Um link bom para ter noção disso tá aqui – http://bulbapedia.bulbagarden.net/wiki/List_of_rounds_in_the_tenth_chapter_of_Pok%C3%A9mon_Adventures

        Dá para saber quantos capítulos tem em cada versão do volume – a original japonesa, a meio-tanko da VIZ e até a versão francesa da Kurokawa (todas com quantidades diferentes de capítulos entre si, e nenhuma estando completa ao final do quarto volume)…

        Ponderando pela versão japonesa – que presumo, será a base para quantidade de capítulos da versão Panini, visto que foi essa edição a mostrada na Fest Comix, e também pelo que Beth disse sobre o primeiro volume ser mais fino – , o volume 4 termina no Capítulo 28 (na contagem geral, 488). Mas ainda tem mais um bom tanto de capítulos correspondentes a BW depois desse…

        Daí a minha dúvida sobre essa questão de “BW ser uma série completa em 4 volumes”, conforme dito por Beth. Em todo caso, agradeço mesmo pela atenção!

        Responder
      3. Avatar

        Pois é, é que nós, da redação, recebemos apenas as primeiras quatro edições, estamos aguardando o envio das outras. Como será um título bimestral, até lançarmos o quarto volume o restante da saga terá chegado. E tomara que saia logo a conclusão, para não entrarmos em hiato.

        Eu conhecia esse link da Bulbapedia, entro nesse site quase todo dia, para pegar umas estratégias pra jogatina em Pokémon X! A gente joga, estão pensando o quê?

        Responder
      4. Avatar

        Agradeço novamente os esclarecimentos, Bruno! Agora sim entendi.

        Sucesso para vocês da Panini com Pokémon Adventures BW (e, ainda que eu não vá colecionar, com as outras anunciadas também)!

        Responder
    2. Avatar

      Pelo que parece, até o Dih está com dúvida em relação a isso.
      Aproveitando, alguém aí sabe quando vai ser lançado Kuroko e Assassination? Será no mês de Julho, no evento Anime Friends?

      Responder
  7. Avatar

    aff véi na minha humilde opinião o BW é o pior ¬¬
    mas fazer oq neh, temos q pegar, ops, comprar pra poder os fodões do RG e GS chegarem aqi XD

    Responder
  8. Avatar

    Boa Bruno! Ótimo ter gente que joga na redação. Como vão ficar as traduções dos golpes? Igual nos games, ou vcs vão traduzir? Nomes de badges também?

    Responder
      1. Avatar

        Os nomes serão traduzidos e fieis ao card game, a Nintendo não aprovou deixar em inglês. Claro que também vamos manter nomes usados no animê. Basicamente tudo será traduzido, menos os nomes dos personagens.

        Vou deixar meu Friend Code em um comentário resposta mais acima.

        Responder
  9. Avatar

    Fiquei felizão quando descobri que iam publicar Pokemon aqui, “finalmente vou comprar mangá ao invés de só ficar lendo online” pensei, mas pow…..black and white? Eu doido pra ler desde o primeiro e eles me vem com essa ideia de lançar a ÚLTIMA saga? Ainda mais em um mangá feito pokemon que ta sempre traçando paralelos com os arcos anteriores

    Responder
  10. Pingback: The Conductor e Defense Devil, novos mangás da editora Panini | ChuNan! - Chuva de Nanquim

  11. Pingback: Checklist – Panini: Junho de 2014 | ChuNan! - Chuva de Nanquim

  12. Avatar

    dei uma olhada agora no bulbapédia, lá tem a lista de volumes do black/white, que vai até o 51, tem até a capa, ou seja, deve ter sido finalizado no Japão.diz no bulbapedia que: the ninth and last volume in the Black & White (o nono e último volume do Black & White) espero ter ajudado.

    Responder

Deixe uma resposta para Zuado Pela Vida Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *