‘Hal’ e ‘Last Notes’: Panini publicará dois novos mangás shoujo no Brasil

Os fãs da demografia agradecem.

Parece que a Panini não abandonou os shoujo. Depois do término de Aoharaido, é hora de dois novos títulos entrarem nas bancas pela editora.

O primeiro deles é ‘Hal’, mangá de Umi Ayase lançado em simultâneo com um filme animado de mesmo nome (que teve o character design de Io Sakisaka). O título é um volume único. Originalmente foi publicada em 2013 na revista Betsuma Two, da Shueisha.

O coração de Kurumi está estilhaçado após a morte de seu namorado Hal em um terrivel acidente de avião. Ela não consegue mais ter forças para continuar vivendo sua vida sem seu amado e acaba desistindo do mundo. Mas a família, junto com um brilhante cientista chegam a conclusão que apenas uma terapia nada convencional poderia ajuda-la: a robô terapia. Eles transformam a aparência do robô QO1 em algo extremamente humano e o enviam para tomar conta da casa e da garota. Com o tempo, a ligação entre os dois vai ficando cada vez mais forte e aos poucos o passado do casal é revelado, mostrando que nem tudo são flores.

O outro anúncio é ‘Last Notes’, de autoria de Kanoko Sakurakoji (a mesma de Black Bird, também já publicado por aqui pela autora). A série é composta de 3 volumes e também foi publicada em 2013, mas na revista Betsucomi, da editora Shogakukan.

Haru e Aki são donos de uma loja de aparência velha e não muito comum. Ela vende apenas uma coisa: um tipo especial de incenso que, quando queimado, permite ao usuário ver e falar com o espírito da pessoa morta que aparece na fumaça. Cada cliente tem um motivo diferente para chamar os mortos, e como eles usam esta oportunidade incomum só diz respeito a eles…

Breve mais informações.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Marcos Correia

    Compra certa. Oneshot e uma série de 3 volumes é bem a minha cara.