JBC publicará o mangá que adapta ‘Kimi no na Wa’, de Makoto Shinkai

Série é concluída em 3 volumes.

Parece que Makoto Shinkai não é só da NewPOP. A Editora JBC surpreendeu e anunciou o lançamento do mangá que adapta o filme ‘Kimi no na Wa’, maior sucesso do Japão nos últimos tempos. A série é adaptada por Ranmaru Kotone, a mesma responsável pelos mangás de Blood-C no Brasil. A série foi publicada na revista Comic Alive, e teve 3 volumes compilados entre 2016 e 2017.

Produzido pelo CoMix Wave FilmsKimi ni Na wa. é um longa com direção de Makoto Shinkai que começou a ser exibido nos cinemas japoneses em julho de 2016. O longa ainda conta com o character design de Tanaka Masayoshi (ano hana.) e a trilha sonora conduzida pela banda RADWIMPS. O filme tem aproximadamente 1h50m de duração.

Mitsuha é uma estudante do ensino médio que vive em uma cidade rural aninhada nas montanhas. Seu pai é o prefeito e não está em casa frequentemente, então ela mora com sua irmãzinha e sua avó. Mitsuha tem uma personalidade honesta, mas ela não gosta dos costumes do santuário de Xintoísmo de sua família, nem gosta de seu pai participando de uma campanha eleitoral. Ela lamenta viver em uma cidade rural confinada, e anseia para o maravilhoso estilo de vida de viver em Tóquio. Taki é um estudante do ensino médio que vive no centro de Tóquio. Ele passa tempo com seus amigos, trabalha em meio período em um restaurante italiano, e está interessado em arquitetura e artes plásticas. Um dia, Mitsuha tem um sonho onde ela é uma jovem da cidade. Taki também tem um sonho onde ele é um estudante do ensino médio em uma cidade nas montanhas que nunca foi. Qual será o segredo de seus sonhos?

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Micael Okamura

    Compra garantida.

    • Micael Okamura

      E as músicas deste filme são lindas, principalmente “Zen Zen Zense”:
      “Yatto me o samashita kai
      Sore nanoni naze me mo awase ya shinaindai?
      “Osoi yo” to okuru kimi
      Kore demo yareru dake tobashitekintanda yo
      Kokoro ga karada o oikoshitekitanda yo
      Kimi no kami ya hitomi dake de mune ga itai yo
      Onaji toki o suikonde hanashitakunai yo
      Haruka mukashi kara shiru sono koe ni
      Umarete hajimete nani o ieba ii?
      Kimi no zen zen zensei kara boku wa
      Kimi o sagashihajimeta yo
      Sono bukiccho na waraikata o megakete yattekitanda yo
      Kimi ga zenzen zenbu nakunatte chirijiri ni nattatte
      Mou mayowanai mata ichi kara sagashihajimeru sa
      Mushiro zero kara mata uchuu o hajimetemiyou ka”

      • Tsukami

        Realmente.
        Kimi no Na Wa é sem dúvida uma obra de arte e possui uma das trilhas sonoras mais cativantes que eu já vi em um filme de anime. (“Kataware Doki” e a citada “Zen Zen Zense” são minhas preferidas).
        Só foi uma pena ele não ter vindo pros cinemas brasileiros, teria sido uma experiência fantástica ver ele nas telonas.

    • Juliana Sales

      Eu gosto muitíssimo de 5 centímetros por segundo. Uma linda obra do estilo “slice of life” do grandioso Makoto.
      Túmulo dos Vagalumes e Gen Pés Descalços são coisas que me fazem chorar em posição fetal. T.T

  • Marcos Correia

    Bacana! Compra certa!