Checklist – Panini com 12 títulos nas bancas em Novembro

Nada de novidades no penúltimo mês do ano. E D.Gray-Man entra em hiato.

Finalmente chegamos! Checklist de novembro da Panini no ar trazendo poucas novidades e mantendo 12 títulos nas bancas. Temos mais One Piece, 20th Century, Beel, Dragon Ball, shoujos e finalmente o volume de D.Gray-Man que nos deixa encostados com o Japão. De resto, nenhuma grande novidade. A única ausência da lista é Zone-00, mas vale lembrar que o mangá está muito próximo da publicação japonesa, então deveremos ter um espaçamento maior e provavelmente negociação de contrato. Ah, e o mesmo vale para Blood Lad. Claymore só no próximo mês, bem como Morango 100% e o último volume de Alliance Cross. Agora chega de papo e vamos para os lançamentos do próximo mês da nossa titia italiana.

One Piece 10 de Eiichiro Oda

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 68 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 208 páginas

Preço: R$ 10,90

E chegamos na incrível marca de 10 volumes de One Piece! Essa coisa parece coelho se multiplicando na prateleira. Parece que foi ontem que voltei a colecionar o mangá por essas bandas. Enfim, a batalha contra Arlong é uma das que o pessoal fã do título mais adora. E realmente é muito boa. Aliás, para quem está acompanhando “todas as formas possíveis” de One Piece, é engraçado ver como o mangá mudou entre Arlong, CP9 e a atual fase de Punk Hazard no Japão. Acho que para a grande maioria não dá pra negar que CP9 é um dos pontos altos do mangá. E que venha mais e mais One Piece pra gente!

20th Century Boys 2 de Naoki Urasawa

Periodicidade: Bimestral – Concluído com 22 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 216 páginas

Preço: R$ 10,90

E chegamos ao segundo volume de mais uma obra de Naoki Urasawa no Brasil. 20th Century Boys é elogios pra todos os lados. Mesmo o público que não conhecia o mangá parece ter se empolgado com o mistério do “Amigo” e envolvido na leitura do título mais que excelente que a Panini trouxe para o Brasil. São 22 volumes, muita espera, mas podem ter certeza que vai valer muito a pena do começo ao fim! E você? Já sabe quem é o “Amigo”? Está disposto a ajudar Kenji nessa?

Beelzebub 2 de Ryuhei Tamura

Periodicidade: Bimestral – Em andamento com 17 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 200 páginas

Preço: R$ 10,90

E o meu xodó chega ao segundo volume das divertidas aventuras de Oga e Beel. Eu não sei vocês, mas mesmo já conhecendo Beel eu não consigo ficar sem rir no decorrer dos volumes. Há quem não sinta a mesma sensação, mas pra mim não há nada melhor na série do que essa falta de pretensão. Enfim, alguns ainda estão com dúvidas sobre a periodicidade, mas já confirmei com a editora e ela é realmente bimestral. Vai demorar um pouquinho pra alcançar o Japão, mas seu bolso agradece.

D.Gray-Man 23 de Katsura Hoshino

Periodicidade: Trimestral – Em andamento no Japão com 23 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

E chegamos ao último volume de D.Gray-Man disponível no Japão. O mangá agora encosta nos originais e não tem previsão para retorno por essas bandas (aliás, nem no Japão há previsão para o volume 24 ainda). Para quem acompanha a série sabe que será angustiante ficar sem saber o que acontecerá com o Allen depois do final do último volume. O mangá parece se encaminhar para o final mas ao mesmo tempo parece estar cheio de perguntas a serem respondidas ainda. Vamos ver o que a tia Hoshino apronta para nós.

Deadman Wonderland 8 de Jinsei Kataoka e Kazuma Kondou

Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 12 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13 x 18 cm, 176 páginas

Preço: R$ 10,90

Outro que vai quase encostando nos japoneses é Deadman Wonderland. O volume 8 sai agora em novembro por aqui enquanto no outro lado do mundo já estamos no volume 11. Provavelmente no final do ano que vem estaremos pareados com os olhinhos puxados. A galera parece estar curtindo muito essa fase “pós-anime” do mangá e vendo a diferença entre as obras (e porque muitos fãs criticaram a adaptação como um todo). Ainda é cedo para pensar em um substituto da série, mas se quiserem já podem dar seus palpites.

Dragon Ball 7 de Akira Toriyama

Periodicidade: Mensal – Concluído com 42 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

General Blue finalmente! Um dos personagens mais engraçados e um dos que mais me fizeram rir quando eu era criança e assistia o anime no SBT (sou velho gente, desculpa). Adoro todo o arco da luta do Goku contra a Red Ribbon. Tudo! Ah, vocês sabem que Dragon Ball é meu mangá favorito e eu uso esse espaço só pra babar ovo pro titio Toriyama. Enfim, 7º volume e uma longa estrada até os 42… Ainda bem que ESSE é mensal. Imagina aguentar tanto tempo assim pra ter a coleção completa?

Kekkaishi 18 de Yellow Tanabe

Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 35 volumes (Distribuição setorizada)

Formato:13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

Eu posso saber por que você aí não começou a ler Kekkaishi ainda? O volume 17 me deixou de queixo caído, e olha que eu já li esse mangá em outra oportunidade. É tudo muito lindo, tudo muito bem construído, tudo fugindo do gênero “clichê” do shounen. Com certeza Kekkaishi é uma obra muito mal aproveitada no Brasil, que merecia ter um espaço ainda maior do que tem. Felizmente agora passamos da metade dos volumes lançados até o momento. Vamos ter paciência e torcer para que tudo vá bem até o final da publicação. Força Karasumori! Força kekkaishis!

Kimi ni Todoke 10 de Karuho Shiina

Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 15 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

Passa volume, passa mais volume, passam ainda mais volumes e Kimi ni Todoke continua sendo aquele mangá que você tem que tomar cuidado pra não pegar diabetes lendo. Eu amo esse mangá, mas sinceramente algumas vezes ele até extrapola nessa dose de fofura. Mas claro que esse é o “ponto forte” da obra e o que fez ela continuar sendo esse sucesso enorme pelo mundo e se tornando o shoujo mais vendido do momento no Japão. Será que Sawako e Kazehaya VÃO ou não vão?

Mad Love Chase 2 de Kazusa Takashima

Periodicidade: Bimestral – Concluído com 5 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13 x 18 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

Bem, até o fim dessa semana deve sair um review de Mad Love Chase, aquele shoujo que na verdade parece um shounen, que lembra um shounen ai e no final é só um mangá bem gostoso de se ler. E o melhor é o fato do título ser bem curtinho e, inclusive o primeiro volume pode ser lido como uma história fechada, para que você conheça mais da obra e veja se ela te agrada ou não. Alguns dizem que dependendo do sucesso deste mangá a Panini pode se interessar em publicar yaois dessa autora. Quem sabe? A possibilidade existe.

Naruto Pocket 30 de Masashi Kishimoto

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 62 volumes (Distribuição setorizada)

Formato:11,4 x 17,7 cm, 192 páginas

Preço: R$ 9,50

E está chegada a hora de resgatar o Gaara. De novo. Pelo menos pra quem já leu isso na edição normal de Naruto. E como eu não tenho muito que falar aqui dessa edição, irei aproveitar o espaço para curiosidades: Você sabia que na Espanha, Naruto é publicado duas vezes e em dois idiomas? Isso mesmo, em espanhol nativo e em catalão, a “segunda língua” do país e dominante de parte do país. Lá não é como no Brasil que, apesar de ter expressões diferentes em várias regiões do país nós conseguimos entender um ao outro. É Naruto no mundo globalizado!

O Mito de Arata 8 de Yuu Watase

Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 16 volumes (Distribuição setorizada)

Formato:13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,90

E chegamos na metade de O Mito de Arata. Pelo menos na metade do que existe disponível. Esse é outro mangá que me agrada muito pela sua simplicidade e a forma como a história se desenvolve naturalmente. E o melhor é que agora Yuu Watase acabou sua outra publicação (a continuação de Fushigi Yuugi) e poderá se dedicar mais ao seu mangá na Shounen Sunday – e que alguns apontam como próximo do final também. Não vejo muitas pessoas se manifestando sobre o título. Gostaria de ver quem está acompanhando.

As Estrelas Cantam 10 de Natsuki Takaya

Periodicidade: Trimestral – Completo no Japão com 11 volumes (Distribuição setorizada)

Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas

Preço: R$ 10,50

E chegamos ao penúltimo volume de As Estrelas Cantam, mangá da mesma autora de Fruits Basket mas que parece ter passado meio despercebido por aqui. Tanto que não é lá um dos melhores em vendas da editora… O volume 10 chega agora em novembro e o volume final tem previsão para fevereiro, aproximadamente. Esse é um dos shoujos da editora que acabam no próximo ano e que devem dar lugar para novos investimentos no gênero. Apostas? Eu quero Strobe Edge!

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post