Review – O novo mundo de ‘Naruto – Road to Ninja’

headerVocê pode ter o que sempre quis, mesmo sendo uma ilusão.

Filmes de animes de sucesso não são nenhuma novidade, ainda mais os shounens de longa duração que aproveitam as telonas para aumentar o dinheiro lucrado em cima da marca. Na sua grande maioria são histórias paralelas à original e que não se encaixam de maneira nenhuma na cronologia, então podem muito bem ser classificados como fillers gigantes, salvas algumas exceções. Com isso muita porcaria já foi feita e deveriam ser esquecidas – até hoje lembro de um filme de Dragon Ball Z que o inimigo era um Namekuseijin e que acaba sendo derrotado por causa de um assovio do Gohan.

Naruto Road To Ninja (2)Veio então as noticias sobre o nono filme de Naruto (o sexto da fase Shippuuden) e parecia até ser uma historia interessante, com personagens mudando totalmente de personalidade e situações divertidas. Parecia que os produtores tinham achado um fanfic na internet com uma quantidade absurda de fanservice e decidiram animar pra ver no que dava. E bem… pra falar a verdade eu só fui me interessar porque vi a Hinata ter finalmente atitude e ir pra cima do Naruto. Mas e aí? Vale a pena ficar parado na tela por 109 minutos? Bom…

A história

Dezesseis anos atrás, um homem mascarado ataca a vila usando um demônio poderoso chamado Kyuubi e apenas um homem foi capaz de detê-lo: Namikaze Minato, o quarto Hokage. Minato e sua esposa Uzumaki Kushina se sacrificam para salvar a vila e acabam selando o monstro em Naruto, seu filho recém-nascido.

Naruto Road To Ninja (13)Anos depois o homem mascarado volta a ameaçar a vila com a Akatsuki… Mas esperem! Estranhamente todos os membros da Akatsuki estão incluídos nessa, até mesmo aqueles que morreram dentro da realidade que conhecemos. Após detê-los, Naruto vê seus amigos sendo parabenizados por seus pais e acaba se sentindo muito sozinho, chegando até mesmo a se irritar pelo sacrifício dos seus pais. Mais tarde Madara aparece na frente de Naruto e Sakura e lança um ataque: o ‘Tsukyomi Limitado’. Sem perceber, os dois acabaram de entrar em uma realidade diferente daquela que eles conheciam, nela os pais da garota se sacrificaram e se tornaram heróis, enquanto os do garoto ainda estão vivos.

Naruto Road To Ninja (1)Considerações Técnicas

Com animação do estúdio Pierrot (o mesmo responsável pela série de TV), direção de Hayato Date, roteiros de Yuka Miyata (os mesmos de Naruto Shippuuden) e com história original do próprio criador da série – Masashi Kishimoto – o filme Road to Ninja foi um dos mais aguardados pelos fãs da franquia pela presença do autor em sua ideia principal. Depois das primeiras imagens da produção então, a curiosidade só aumentou.

Naruto Road To Ninja (15)Podemos ver que não temos nada de espetacular na história. É basicamente só uma viagem paralela a outro universo e que o plano do Madara não faz sentido nenhum (o que também não é novidade nenhuma). Mas ainda assim ela chega a ser interessante pelo fato que ficamos curiosos para ver como cada personagem vai ser retratado nesse novo universo e como Naruto e Sakura acabam reagindo a essas mudanças. E isso funcionou muito bem. Toda a primeira parte do filme me divertiu bastante e me deixava curioso para saber quem ia aparecer em seguida ou o que ia acontecer com aqueles “novos” personagens. Só que voltamos a lembrar que isso é um filme de um anime shounen, então tem que ter a porrada e um vilão malvadão… Aí o resultado já sabemos: outra metade do filme com porradaria e a história sem se desenvolver como poderia pela limitação de tempo.

Naruto Road To Ninja (9)O filme tem uma ótima liga para lhe manter preso querendo saber o rumo que os “novos personagens” tomam em comparação com o que conhecemos. A ideia é ótima. A animação começa a retratar como o Naruto reagiria a presença dos pais – tendo pela primeira vez uma família – e em como isso influencia em sua mente, em como ele queria que aquela realidade fosse a verdadeira. Ele poderia muito bem conviver com tudo aquilo e com a presença daqueles que ele nunca teve. Enquanto isso, Sakura começa a perceber tudo o que perdeu e fica com medo de ficar ali para sempre. Existe uma relação e uma analogia muito bonita com a diferença dos dois personagens nesse momento. Como será que a vida de ambos seria, de fato, se ela fosse assim desde o início?

Naruto Road To Ninja (16)Chegamos então em uma cena chave em que os dois tentam conversar sobre isso, com toda uma cena mostrando sutilmente a Sakura nas sombras e o Naruto na luz. Uma direção de cena elogiável e que lhe faz perceber que, de fato, aquilo é um filme e não apenas um filler jogado no meio da série de TV. Porém quando essa cena tão boa acontece…

EXPLOSÃO! Essa explosão marca o fim do plot, o fim do filme e qualquer coisa que possa agradar aqueles que foram amarrados pelo drama apresentado entre os personagens. Claramente pela falta de tempo para os produtores, quase tudo sobre o universo alternativo já não importa mais e “vamos focar na porrada”. Lutas, que por sinal, não chegam a ser empolgantes ou bem trabalhadas. As cenas de ação faltam “brilho” e aquele charme do que esperamos de coisas do gênero.

Naruto Road To Ninja (7)A animação chegou a me decepcionar em alguns momentos. Não possui nada de especial em relação ao anime, só está um pouco acima da média e nem parece ser a de um filme. Nada chegou a me impressionar, algumas vezes o traço de alguns personagens ficavam sem consistência e as lutas só fluíam bem, sem comprometer. O destaque novamente vai para a direção da primeira metade do longa que conseguiu transmitir muito bem todas as sensações dos personagens, divertir nas cenas descontraídas e contrastar bem as realidades alteradas de Naruto e Sakura.

Naruto Road To Ninja (3)Eu poderia dizer que o desenvolvimento dos personagens chega a ser nulo, já que o foco acaba sendo somente no Naruto e Sakura e que tal desenvolvimento não pode ser refletido em nenhum lugar, já que a história do filme não é canônica e nem ao menos se encaixaria em alguma situação da série. Mesmo assim devo dizer que adorei as novas personalidades de todos que foram apresentados, sendo que os meus preferidos sem duvida foram o Neji e a Hinata. Também é muito bom ver como o Naruto e Sakura acabam se relacionando com a situação dos seus parentes. É emocionante ver a família garoto ali, tão vivos. Em alguns momentos você como expectador ache válido o pensamento do Naruto em não achar tão ruim ficar por ali. Ele não mereceria esse presente? É uma pena pensar que todo esse desenvolvimento dos dois acaba não significando nada…

Naruto Road To Ninja (19)Comentários Gerais

Esse é o melhor filme de Naruto que eu já vi. Apesar dos problemas isso é algo que não pode ser negado. (Não que isso seja lá grande coisa, claro.)  Novamente vale citar que a primeira metade do filme é ótima e que com certeza aqueles que são fãs da franquia vão amar a forma como todos os personagens são apresentados. É tudo tão divertido, empolgante e de certa forma “confortante”. É uma pena que todo universo alternativo e seus personagens acabam ficando com tão pouco espaço e até mesmo sendo jogados de lado para mostrar uma ação e lutas que não conseguem empolgar.

Naruto Road To Ninja (11)No fim acabei saindo com um gosto amargo na boca. Queria muito ver mais da família do Naruto. Queria ver muito mais da relação dos dois com os novos amigos e suas personalidades diferentes. Queria que pelo menos algo dessa experiência tivesse alguma relevância para Naruto e Sakura em sua linha temporal original. No final acaba passando o sentimento de que não importa a existência desse filme – como todo filler. Fica a dúvida: será que todo filme de battle shounen tenha necessariamente que pender para o lado comercial? Não poderíamos ter algo mais elaborado e profundo dentro das condições de seus personagens? Provavelmente o resultado seria muito melhor, mas os fãs populares poderiam não ter o mesmo pensamento.

Naruto Road To Ninja (14)

por Luk

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post