Ranking Oricon de Vendas de Mangás: 29 de Dezembro a 4 de Janeiro

oricon 29 a 4Alguém desbanca os piratas um dia?

E o ranking da Oricon continua! Depois de uma pequena trollada com a última edição dele, dessa vez o post sai dentro dos conformes e lhes apresenta os mangás mais vendidos da última semana no Japão.

Os mangás grifados em amarelo são os comercializados no Brasil. A fileira “Vendas Total” contabiliza a soma das semanas que o mangá já se encontra no ranking.

chunan 29-4Dessa vez os mangás da Jump ganham a “semana cheia” e mostram porque ela é a revista mais popular do Japão. One Piece com suas absurdas quase 2400 cópias em 2 semanas é seguido pelo único mangá da Square que se destaca de verdade no mercado hoje, Black Butler.

Haikyuu 14Em terceiro, Haikyuu vende quantias incríveis pra um título de só 14 volumes e já supera o sucesso recente de Kuroko no Basket, por exemplo. Assassination continua vendendo muito bem (e a tendência é que aumente com sua série também) e Titãs passa de um milhão e quinhentas de vendas.

Um destaque em especial para Tokyo Ghoul. Muito se cogitava se a segunda “fase” do mangá conseguiria manter as vendas do anterior, mas ele parece ir muito bem e obrigado. Enquanto isso, outro hype, Nanatsu no Taizai, continua se dando bem e volta a colocar todos os seus 12 volumes na lista. One-Punch Man é mais um que continua crescendo em um ritmo incrível o seu número de vendas.

Mas já que estamos falando de números, não poderíamos deixar de citar como Aoharaido foi beneficiado pelo anime. O crescimento de vendas foi muito significativo, fazendo o volume 12 da série já chegue na marca de 750 mil unidades. Com o final do mangá já anunciado, é bem provável que as vendas continuem nesse nível e que ele ainda não consiga ultrapassar Kimi ni Todoke em vendas únicas, apesar de já ter sido o shoujo mais vendido do último ano. (E ninguém consegue alcançar Nana, no fim das contas.)

Koe no Katachi 7Agora olhando um pouquinho para a metade de baixo da tabela, temos algumas surpresinhas. As principais provavelmente são o volume final de Koe no Katachi ultrapassando as 220 mil cópias (um ótimo número para o mangá), Akame Ga Kill comprovando o seu boost como dissemos no post anterior, e MPD Psycho marcando presença com um de seus últimos volumes (e que sabe-se lá se um dia poderemos ver por aqui).

Além disso, é incrível reparar que o volume 75 de One Piece volta a aparecer na lista mesmo 18 semanas depois do lançamento. Ninguém consegue desbancar a série, literalmente. Falando em “esquecidos”, temos Genshiken Nidaime aparecendo por lá com uma vendagem razoável e sem a menor previsão para dar as caras no Brasil pela JBC, mesmo depois dela ter publicado a primeira série.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post

Há 22 comentários

  1. Avatar

    Comentando novamente: Fico feliz mesmo que Akame esteja vendendo. É um título que, como falei anteriormente, é meio complicado de se lidar: em algumas coisas ela prefere ser original (como no quesito de ser uma história infeliz onde todo mundo morre, não existe esperança, o mata-mata é geral e o conceito básico de bem e mal é inexistente; ponto pra Akame), mas em outras prefere ser “mais do mesmo”, um é um anime shonen genérico e clichê (com o harém e o ecchi, e a comédia exagerada meio que estraga o clima sombrio de matanças, mas logo me lembro que é um shonen, não um seinen).
    E novamente critico o anime, pois realmente foi uma adaptação bem fraca. Compreendo, repito, COMPREENDO, que o anime foi feito mais para divulgar o mangá, e que com certeza muita gente conheceu Akame ga Kill por ele, mas para nós que já acompanhamos o mangá, meio que foi uma decepção. Claro que vai ter quem vai gostar, entendo, mas pelo menos na minha opinião, podia ser melhor. Eu acho que o anime devia de ter 12 episódios. Aí numa temporada seguinte, desse ano pelo menos, lançassem mais 12 episódios. Para dar mais tempo pro mangá se distanciar, ainda mais agora que o mangá anunciou o arco final, daria para ter todo o mangá no anime.
    E sobre o mangá, com o anúncio do arco final, estou com altas expectativas. Realmente muita coisa interessante aconteceu, e aliás, eu fiquei pensando em uma coisa: E se o autor resolver fazer o final ser o mesmo do anime? Claro que isso deixaria o anime mais lógico ainda, mas mesmo assim meio que acho uma sacanagem o que fizeram com a Akame no final, MAS A OPINIÃO É MINHA E SEI QUE SE OLHARMOS POR UM PONTO FOI A ÚNICA SOLUÇÃO ENCONTRADA.
    Este é meu ponto de vista, e de novo peço a compreensão, qualquer problema sobre meu comentário podem falar mas sempre respeitando a opinião.

    Responder
    1. Dih

      Cara, da mesma forma que você tem o direito de dar sua opinião, os outros tem o direito de darem a opinião contrária e rebaterem a sua. Faz parte de qualquer fórum ou site. Sempre funciona assim. Não vai ser soltando um comentário inteiro em Caps Lock que vai resolver alguma coisa.

      Responder
      1. Avatar

        Sim, eu entendo, mas aqui não tem negrito nem Itálico nem sublinhado. Como quer que eu destaque? Não tem outro jeito. Foi só um apelo de de compreensão.

        Responder
        1. Dih

          Ok, mas falando 10 linhas da mesma coisa, com Caps Lock, não vai ser apelo de compreensão, só vai parecer que você quer chamar a atenção sem necessidade. Enfim, espero que o assunto se encerre. Se a pessoa não se utiliza de má educação, ela tem todo o direito de concordar ou não com seu comentário e de debater.

          Responder
          1. Avatar

            Pois era isso que eu queria dizer, poder debater sem vir querendo impor opinião ou sendo mal educado. Mas neste caso, é melhor encerrar mesmo o assunto, foi bom conversar com voc~e Dih.

  2. Avatar

    Assassination Classroom vendeu mais que Ataque dos Titãs nessa semana e com uma boa diferença. One Piece esta isolado nas vendas, eu não conheço a obra em qualquer de suas expressões, mas uma pergunta pra quem acompanha, esse número elevado justifica a grande diferença de vendas para os outros mangás?

    De toda lista de mangás, só estou acompanhando Ataque dos Titãs e Assassination lançados no Brasil. Isso me faz lembrar que ainda não achei a 3° edição do Assassination, acho que perdi =/.

    Responder
      1. Avatar

        Bom, isso é bem relativo, já que varia de gosto pra gosto, mas em suma: One Piece é um típico battle shounen. Não dá pra esperar histórias profundas ou dramas complexos, mas o carisma dos personagens, o ritmo do enredo e todo o universo se passa a história é bastante rico. De fato o fator carisma é bem forte aqui, algo a nível Dragon Ball.

        Responder
  3. Avatar

    ataque dos titans esta caindo de qualidade pois o atuou preferiu deixar de lado os titans e focar um pouco na politica mas acredito que agora começará a revelar alguns segredos e poderá voltar a vender come antes

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *