Editora JBC relançará o mangá Hellsing

hellsing relançamentoMais um relançamento no ano da JBC.

A editora JBC acaba de anunciar o seu 22º lançamento de 2015. Na verdade, trata-se de mais um relançamento (o segundo, ao lado de Chobits). É Hellsing, mangá de Hirano Kouta, que já foi publicado no Brasil em 2008 em formato meio-tanko e rendendo 20 volumes. A nova versão deve seguir o original, contando com 10 volumes encadernados e formato “padrão” dos relançamentos, com papel offset. No Japão, a revista Young King Ours da editora Shonen Gahosha foi a responsável pela publicação original em 1997. O lançamento da nova versão já deve ser em Junho.

Vampiros existem. É dever da Hellsing, uma organização patrocinada pelo governo britânico, esconder esse fato assustador e proteger a população que nem imagina tal falto. Juntamente com o seu próprio exército pessoal, Hellsing também tem algumas armas secretas. Alucard, um vampiro incrivelmente poderoso, tem sido controlado pela Hellsing há anos. Embora ele não goste de ser um servo da família Hellsing, ele certamente aproveita seu trabalho como exterminador de vampiros. Seras é um vampiro incipiente e uma antiga policial. Embora relutante em abraçar seu novo cargo, ela ainda é um membro valioso da organização. Integra Hellsing, a atual líder, geralmente é plenamente capaz de cumprir o seu dever, mas ultimamente, a atividade dos vampiros tem estado em ascensão. Infelizmente, a causa é mais alarmante do que qualquer coisa que ela poderia ter imaginado. Um grupo que durante muito tempo foi dado como morto, foi conspirando em segredo para mergulhar a Inglaterra, e talvez o mundo inteiro, em uma guerra.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post

Há 40 comentários

      1. Avatar

        @sennaffogo, JBC sempre tem.
        Eu já tive de Doubt, e atualmente tenho Zetsuen, Steins e o “Kit Sailor Moon SS + Sailor V”.
        Vou fazer Chobits e Zetman, e agora o Hellsing.

        Responder
      2. Avatar

        @sennaffogo, sei lá, não lembro de nenhuma série que não teve assinatura. Até séries de 3 volumes como Prophecy e Steins;Gate tiveram.
        Eu diria que é 100% de certeza.

        Responder
      3. Avatar

        Desde a criação da JBC????? O_O
        Você só pode estar brincando, ou então eu era cego… ou então eu sou D.M…. não é possível. Desde Samurai X, Sakura, Angel Sanctuary… todos eles tinham assinatura??? O_o

        Responder
      4. Avatar

        Ah bom meu amigo @sennaffogo, mas ai tu está falando de mangás de 2004, quando eles custavam R$ 5,00, eram meio tanko e não valia a pena assinar.
        Aquilo não existe mais, esquece aquele universo, não é referencia para nada no mercado atual.
        Nos últimos 3 ou 4 anos, qual série da JBC não teve assinatura?

        Responder
      5. Avatar

        @haag, ah bem, pensei que eu estava com sintomas de demência…xD
        Tá certo então, universo esquecido. =)
        Mas realmente eu não sabia que já nos últimos 3 ou 4 anos, ela tinha assinatura para quase todas as séries, achei que isto começou de 2 anos para cá, ou começou a partir da vinda do Cassius para a editora…
        Bem, no caso, Hellsing não vou comprar, mas fiquei pensando na assinatura em relação ao Zetman…

        Responder
      6. Avatar

        @sennaffogo, entrei em contato com a JBC sobre a assinatura de Zetman, parece que eles vão abrir dois modelos: do 1 ao 20 ou do 1 ao 10 (pra depois abrir do 11 ao 20).
        Eu vou pegar a segunda opção, do 1 ao 10, parcelado em 3x fica tranquilo.

        Responder
      7. Avatar

        Valeu @haag, excelente iniciativa da JBC. Aliás, praticamente perfeita. Para quem pode, assina logo tudo, para quem não pode, metade. Mas o mangá ser finalizado e ter exatos 20 volumes ajudaram muito nesta composição também. Aliás, acho que ela deveria ter feito uma assinatura de 10 volumes para Nanatsu também, mesmo que já tivesse 12 volumes lançados…
        @haag, a assinatura de 1 ao 10 vai custar 157,50, correto?
        A do 1 ao 20 é bem pesada mesmo… mas corre-se o risco de depois pegar a do 11 ao 20 um pouco mais cara proporcionalmente, não??

        Responder
      8. Avatar

        @sennaffogo, o valor vai ser esse provavelmente (17,50 x 10 – 10%).
        Sobre do 11 ao 20 ser mais cara, eu duvido. A JBC não tem o costume de aumentar o preço de seus mangás durante a publicação, é só ver Kenshin que durou 28 volumes com o mesmo preço.
        As poucas que sofrem aumento são as séries que encostam no hiato, e ai precisam de renegociação, como foi o caso de Freezing.
        Então acho muito dificil essa mudança do preço, acho até que o valor caro de Zetman já foi até pensando nisso.

        Sobre Nanatsu, não vejo muita utilidade desse pacote de 1 ao 10, pois a série tem 12, esses dois volumes que ficariam fora custariam apenas R$ 23,22, não é uma grande economia.
        Mas YuYu poderia ter do 1 ao 10 e não teve, esse seria uma economia boa.

        Responder
      9. Avatar

        “Sobre do 11 ao 20 ser mais cara, eu duvido. A JBC não tem o costume de aumentar o preço de seus mangás durante a publicação, é só ver Kenshin que durou 28 volumes com o mesmo preço.” -> @haag, Kenshin era relançamento, para mim a comparação não vale, mas ok, vamos aguardar e ver se você de fato tem razão (quero acreditar que sim). =)

        Os 2 volumes de Nanatsu que ficariam de fora se juntariam numa assinatura futura aos que já estão sendo lançados, simples assim.

        Responder
      10. Avatar

        Mas a questão é que mangás em hiato não ganham assinatura.
        É só ver Blue Exorcit, Fairy Tail, CDZ Gaiden e Freezing, nenhum deles tem mais assinatura disponível.
        O Nanatsu vai ter apenas até o 12, mesmo já tendo o 13 no Japão. Acredito que isso seja porque o contrato só tem os 12 primeiros (que tinham sido lançados na época).
        A mesma coisa vai acontecer com o Terra Formars.

        Responder
    1. Avatar

      Eu tendo a achar que ela vai trazer GUNNM novamente uma hora ou outra… mais cedo ou mais tarde virá. E é nesta hora que vou me arrepender de ter adquirido a edição antiga em 2012/2013…
      Já o Last Order, acho difícil… o autor está problemático com sua obra ultimamente, não?

      Responder
  1. Avatar

    Que isso cara, não acredito!!! FINALMENTE, sonhava com esse anúncio desde que comecei a colecionar mangás, incrível, que ano é esse minha gente! Que loucura

    Responder
  2. Avatar

    O mangá de Hellsing já era ‘meio assim assim’, e em meio-tanko já foi mais p*taria ainda… eu acho que só agora com este relançamento é que teremos uma edição decente. A edição meio-tanko de Hellsing, além de cara, estava longe de ser boa…

    Responder
      1. Avatar

        Eu imagino… eu tenho medo por conta disto em relação ao meu FMA, que nem foi completado ainda, mas a edição de FMA é mais padrão e normal. o Hellsing meio-tanko da JBC é que foi bizarro mesmo… foi uma curva bem negativa fora do trilho.

        Responder
    1. Avatar

      A série mesmo não é lá essas coisas, mas com certeza deve ficar melhor em tamanho maior e papel mais claro.
      Mas dessa vez eu passo.

      Responder
      1. Avatar

        Nem digo pela história em si, digo mais porque o autor diversas vezes demorou mais de um ou dois meses para soltar capítulos de 8/10 páginas, muitos dos quais tinham vários quadros só com nanquim… E aí o mangá já teve menos páginas do que o normal, e ainda chegou aqui em meio-tanko com os mangás em formato tankohon já praticamente consolidados??

        Responder
    1. Avatar

      Sério que não gostou do anime? Creio que não tenha visto a nova versão, Hellsing Ultimate, totalmente fiel ao mangá, remasterizado, apenas 10 capítulos, de 1h cada, traços e gráficos excelentes que dão uma aula aos animes atuais, se bem que temos que levar em consideração a periodicidade de cada um.

      Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *