Expresso Doramas – Primeiras Impressões #001

expressoprimeiras1Três novos doramas chegando ao Chuva de Nanquim.

Depois de muito tempo sem assistir doramas, resolvi pegar o finzinho das minhas férias para começar três séries que foram lançadas esse ano. Todas elas têm uma dose de romance, mas são diferentes quanto aos temas. Tenho certeza que alguma se encaixará nos gostos de cada um que ler esse post.

The Time We Were Not In LoveThe Time I’ve Loved You

Nome alternativo: The Time We Were Not In Love, 7000 Days
Emisorra: SBS
Episódios: 16
Gênero: Romance, comédia
Ano: 2015
Episódios assistidos: 1, 2, 3 e 4
Stream online: AQUI

Sinopse: Choi Won é “o cara perfeito” – de boa aparência, alto e em forma com uma personalidade amigável. Embora ele seja muito popular com as mulheres, ele não pode ter um bom relacionamento por causa de sua amiga, HaNa. Uma comédia romântica sobre um homem e uma mulher que foram melhores amigos por 20 anos (7000 dias). Eles estão prestes a fazer 34 anos e fazem um pacto para se casar antes dos 35, e competir entre si em uma corrida ao altar enquanto “ajudam” a eliminar potenciais pretendentes. É então que eles percebem que estão constantemente insatisfeitos com namorados e namoradas de cada um, porque eles realmente se amaram todo esse tempo.

Comentários: Para quem quer uma comédia romântica divertida. Por mais que seja um clichê bem usado, confesso que essa é a primeira vez que assisto um dorama coreano com amigos de infância como foco principal. Primeiramente fui comprada pela sinopse e pelos atores bonitos, mas esses dois primeiros episódios foram o suficiente para me deliciar com a comédia e com a personalidade dos protagonistas. HaNa é uma personagem de muito carisma que se dedica ao seu trabalho como gerente de marketing em uma empresa de sapatos e, apesar de ser bem séria com seu trabalho, não deixa de ter aquele seu lado mais infantil, que aparece principalmente ao lado de Choi Won; HaNa é uma protagonista forte, que não foge dos problemas mesmo quando esses parecem não ter fim e confesso que me animo ainda mais em continuar a assistir a série por causa dela. Choi Won trabalha como comissário de bordo em um aeroporto e ao contrário de HaNa, ele tenta agir de um jeito mais “cool”, sendo bem reservado e sério; Won desde o primeiro episódio mostra ter todo um cuidado com HaNa, mas sem deixar ela perceber, ainda mais quando assume o papel do amigo que diz “eu te avisei”. Se fosse colocar um defeito, seria a trilha sonora, ela não é ruim e nos momentos em que aparece consegue ser certeira, mas é tão tímida que não faria mal abusar dos efeitos sonoros mais um pouco.


Hello MonsterHello Monster

Nome alternativo: I Remember You
Emisorra: KBS2
Episódios: 16
Gênero: Romance, mistério, thriller
Ano: 2015
Episódios assistidos: 1 e 2
Stream online: AQUI

Sinopse: Um thriller romântico que envolve uma misteriosa dupla que brigam e discutem frequentemente, mas acabam desenvolvendo sentimentos um pelo outro. Uma história de amor complicada entre um investigador criminal que usa seu olho afiado para analisar cenas de crimes, e uma policial investigadora que lhe persegue a anos. Os dois resolvem casos de criminalidade juntos enquanto continuam escondendo o verdadeiro coração de cada um, passando pela relação de amor e ódio e cura no processo.

Comentários: Para quem quer algo cujo foco não seja só o romance. Se fosse julgar Hello Monster apenas pelo primeiro episódio, poderia usar a expressão “wow” para descrever o que achei do mesmo. Mas no geral não foi assim. O começo mostrou um potencial enorme, um clima de suspense carregado, um protagonista com um passado intrigante e uma trilha sonora bem caprichada, constantemente presente. Aí veio o segundo episódio. Se mostrou mais fraco, e ao contrário do anterior que me deixou vidrada no que estava assistindo, foi quase sonolento, com poucos momentos “wow”. O que me desagradou no dorama foi a protagonista feminina e pela primeira vez não me importaria se um romance não se desenvolvesse. Porém a história não deixa de ser interessante e mostra que não é um romance “água com açúcar”, há um plot e tenho esperanças de que ele seja muito bem trabalhado, ainda mais pelo “clima” da série me lembrar tanto Elementary – não pelos personagens em si, mas pela visão que o dorama proporciona ao telespectador.


My Love Eun Dong PosterMy Love Eun Dong

Nome alternativo: Beloved Eun Dong
Emisorra: JTBC
Episódios: 16 – Concluído
Gênero: Romance, drama
Ano: 2015
Episódios assistidos: 1 e 2
Stream online: AQUI

Sinopse: O ator Ji Eun Ho contrata a ghostwriter Seo Jung Eun para escrever sua autobiografia em 2015. Eun Ho é tenso, irritado e difícil de trabalhar, mas Jung Eun acha seu trabalho fascinante porque Eun Ho afirma que ele começou a agir não porque queria se tornar uma estrela, mas porque pensou estar no centro das atenções iria ajudá-lo a encontrar seu primeiro amor, Ji Eun Dong. A complicada história romântica de Eun Ho e Eun Dong já dura duas décadas, e ele está convencido de que ele nunca mais poderá amar mais ninguém. Como Jung Eun o ajuda a lembrar Eun Dong e por que ele a perdeu, Eun Ho olha para trás em suas memórias da garota, desde que se conheceram em 1995, quando ele tinha apenas dezessete anos.

Comentários: Para quem quer uma história mais dramática. É quase uma especialidade de doramas coreanos usarem atores diferentes – ou até os mesmos, como é o caso de The Time I’ve Loved You – para atuarem passagens diferentes da vida dos personagens, tanto em forma de deja vu quanto em ordem cronológica. My Love Eun Dong no primeiro episódio representa a infância dos protagonistas, que apesar de em algumas horas ter aquele clima mais “pesado” consegue ser bem fofinho, e no segundo, a parte em que ambos estão entrando em suas fases adultas. Gostei do plot em si e pretendo continuar assistindo, porém tenho minhas inseguranças com a série, como por exemplo, o fato de alguns acontecimentos serem muito repentinos, alguns até exagerados, e com falta de explicação. Ainda tenho um medo “bônus” que seria de acontecer o mesmo de I Miss You, uma série extremamente dramática no começo, carregada de um potencial tremendo para o gênero, mas que depois da primeira metade foi só decepção devido as ações dos personagens, principalmente da protagonista. Investindo com um pé atrás e sem expectativas.


Se fosse colocar em ordem qual mais gostei, The Time I’ve Loved You ganharia disparado dos outros. Acredito que para quem curte shoujos e ainda não entrou nessa vida de doramas ou simplesmente quer algo mais relaxante, esse seria o recomendado, ainda mais pela história me lembrar muito os romances dos mangás, onde a maior diferença seria o fato dos personagens terem 34 anos – 34 anos na série e eles não perceberam que se gostam, caramba. Hello Monster e My Love Eun Dong são mais sérios, com a diferença de que o segundo puxa mais o lado do drama para o romance em si e o primeiro para a vida do protagonista. Me arriscaria ao dizer que estou curtindo o bastante para pensar em resenhas futuras, porém quando se trata de doramas tenho a necessidade de terminar para dar meu veredito final. Quem sabe mais para frente?

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Torcendo pra galera perder o preconceito e tentar umzinho, é uma série como qualquer outra só que com final, ao contrário dessas coisas americanas de 10 temporadas que ainda correm risco de serem canceladas. *sigh*

    • Bobby Kim

      Também estou torcendo para q as pessoas deem uma chancezinha, eu, por exemplo, era um manezão q não assistia doramas pq achava viadagem, mas então eu assisti meu primeiro e fiquei viciado, e agora se não estou vendo doramas, ou estou decidindo qual da minha lista assistir, ou estou ouvindo kpop huehuehue

  • tiago

    Já viu Koizora?

  • Ane

    Ai, lá vou eu voltar a ver dorama.. Gostei do primeiro. Alguém sabe sites que comentem/resenham de doramas, btw? Ou de downloads?

  • Eu adoro a Ha Ji Won (The Time I’ve Loved You) depois de ter visto Secret Garden (meu drama preferido), Seo In Guk (Hello Monster) por causa de Reply 1997 e Kin Sarang (My Love Eundong) também por causa de Secret Garden.

    Os 3 me interessaram por esses atores. Eu estava vendo Producer, que é bem gostosinho de ver, mas tem horas meio monótonas, perdi um pouco do interesse.

  • Tchello

    Faz uma resenha sobre Oh My Ghostess. Um dos melhores doramas de 2015 até agora!

  • Bobby Kim

    Estou acompanhando dois desses três: The I’ve Loved You estou acompanhando pq é o remake de um dorama Taiwanês, que é um dos meus favoritos. To gostando da adaptação até agora, um dos melhores q estou acompanhando mas, até o momento, acho a versão original (Taiwanesa) melhor. E I Remember You eu comecei a acompanhar pelo cast e sinopse mesmo, e me arrisco a dizer q esse é o meu preferido de 2015, até agora, pois apesar de ser meio novo (tenho 15 anos) eu realmente gosto de qualquer coisa q trate de assuntos um pouco mais sérios, e pra mim I Remember You está fazendo um ótimo trabalho nesse quesito, espero q não ocorra nada q me decepcione. My Love Eun Dong eu nem sequer coloquei na minha lista, provavelmente vai entrar agora mas vou demorar para assistir, pois um Drama muito dramático (WTF!?) não faz meu tipo.

  • Lu

    Super apoio as dicas. Sou fã de animes e doramas, gostei de cederem um espaço aqui para falar de doramas. Hello Monster é uma ótima dica (:

  • Denise

    Preciso de tempo pra ver todos da minha lista
    The Time We Were Not In Love, a Ha Na me irrita com o pianista, mas vou terminar de ver pq estou em amores pelo Choi S2 e quero ver a versão taiwandesa
    I remember you, confesso que comecei a ver pela Jang Na Ra, não é do meu estilo favorito de doramas mas gostei bastante, só preciso terminar de ver.
    My Love Eun Dong ainda não vi mas está nos planos
    Um que eu estou vendo é Oh My Ghostess, e olha comecei e me encantei, não esperava tanto dele que estou até surpresa pq to amando a história