Eu Recomendo #19 – Animes do Animax (Parte 2)

animax2E é hora de relembrar um pouco mais!

Eu prometi e aqui estamos! Depois do sucesso da primeira parte do post, eis a segunda dos animes do Animax. Se você não viu a primeira parte, não perca tempo e clique no banner abaixo!

animes do animax eu recomendo header

Foi muito bom dividir todas as sensações com vocês dessas séries que marcaram uma fase da minha vida e da de muitos de vocês também. Assim como na primeira parte, nessa não temos nenhuma franquia grande como Hunter x Hunter, Fullmetal Alchemist e etc. Eu sei que MUITA coisa boa ficou de fora da lista. MUITA mesmo. Mas espero que entendam que se dependesse de mim rolaria especial do Animax o ano inteiro. Foi um canal realmente importante pra mim por apresentar muitas coisas que eu jamais pensei que poderia assistir. Hoje temos a facilidade de encontrar tudo a todo momento, mas nem sempre foi assim.

A ideia é justamente indicar séries esquecidas, que provavelmente vimos em horários variados e descobrimos nossa paixão por determinados estilos. Espero que aproveitem tanto essa lista quanto a anterior, e fiquem tranquilos: Não vai parar por aqui. Fiquem de olho.


hacksign.HACK//SIGN

Gênero: Aventura, Fantasia, Sci-Fi, Mistério
Ano de Produção: 2002

Número de Episódios: 26
Estúdio: Bee Train
Anime Original

No ano de 2005, um vírus de computador chamado Pluto Kiss acaba desligando e restringindo completamente a internet. Em 2007, após uma extensa rescisão de rede, um jogo de RPG on-line (MMORPG) chamado The World é criado e lançado. Tsukasa de repente desperta e encontra-se no The World, sendo capaz de sentir, cheirar, tocar, ver e ouvir tudo como se estivesse realmente lá. Ele tenta desconectar do jogo, mas não consegue fazê-lo. Sendo incapaz de lembrar o que aconteceu antes dele despertar, ele vagueia por aí sem rumo para encontrar respostas. Enquanto isso, os moderadores do sistema, os Cavaleiros Escarlate, suspeitam que ele esteja trabalhando com hackers, por causa de um personagem com cara de gato com quem ele foi visto. Tsukasa encontra um objeto mágico, que lhe concede o poder de usar os temerosos Guardian, que irá protegê-lo de qualquer dano. Para o espanto de Tsukasa esse guardião não só pode facilmente derrotar personagens dos jogadores no jogo, mas na verdade pode ferir gravemente jogadores do mundo real. Em sua busca pela verdade, Tsukasa encontra o apoio amigável de Mimiru, o sábio, o paternal Bear, a manipuladora BT, o sem escrúpulos Sora, o divertido Crim, e a misteriosa Subaru, líder dos Cavaleiros Escarlate. Quando um item mítico chamado Chave do Crepúsculo acaba por ser menos de um mito, Tsukasa, perguntas em quem ele pode realmente confiar, e que o poder de superar as limitações do sistema do mundo, na verdade, implica.

Antes de Sword Art Online, Accel World e qualquer outro anime do gênero, tivemos .Hack//SIGN, e meus amigos, esse anime é incrível. Lento no começo, bem lento, e é o que faz muitas pessoas desistirem. Mas a história, o desenvolvimento, e todo o mundo formado na história desse anime com certeza te conquistam. Não é a toa que foi uma das franquias de games mais famosas na época do PlayStation 2, e rendeu diversos animes e mangás. O Animax ainda exibiu outro anime da série, o .hack//DUSK, mas SIGN é o que realmente merece estar nessa lista. Ah, isso sem falar na trilha sonora magnífica. Mais que recomendado.


fumoffuFULL METAL PANIC? FUMOFFU

Gênero: Ação, Comédia, Escolar
Ano de Produção: 2003

Número de Episódios: 12
Estúdio: Kyoto Animation
Baseado na Light Novel

Ele está de volta às aulas causando o caso com Chidori Kaname e seu colega aguerrido Sagara Sousuke quando encontram mais desventuras dentro e fora do Colégio Jindai High School. Mas quando Kaname tem algum problema sério, Sousuke usa o disfarce de Bonta-kun – um mascote chutando bunda com a arma em punho. E enquanto ele se esforça para continuar a viver como um adolescente normal, Sousuke também tem de lidar com a proteção de seu oficial superior Teresa Testarossa, que decidiu tirar férias da Mithril e passar um tempo como como sua colega de classe e de Kaname.

A adaptação do Kyoto Animation para Fumoffu é o que podemos chamar de “incrível”. E olha, essa é a melhor série de Full Metal Panic na opinião de muitos fãs! Eu dei tanta risada assistindo isso na época do Animax que eu re-assisti algumas vezes depois nos fansubs da vida (até porque é praticamente impossível achar esse material dublado por aí hoje em dia). Fiquei bem triste nestes dias com o anúncio de uma nova produção animada da franquia porque percebemos que a recepção ficou bem aquém do que esperava pra um anime que já foi exibido no Brasil. Tá certo que não era TV aberta e nem nada, mas Full Metal Panic merece todo e qualquer fã do mundo!


basiliskBASILISK

Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Romance
Ano de Produção: 2005

Número de Episódios: 24
Estúdio: Gonzo
Anime Original

Kouga e Iga eram clãs ninja lutavam por 400 anos. Gennosuke, dos Kouga, e Oboro, dos Iga, se amavam e prometeram quebrar esse vínculo amaldiçoado. No entanto, eles estavam destinados a matar um ao outro. No ano 19 da Era Keichou (1614 D.C.), Ieyasu, de 73 anos de idade, queria saber qual dos irmãos ele deveria escolher como sucessor, Takechiyo ou Kunichiyo. Takechiyo era o mais velho, porém era estúpido, enquanto seu irmão mais novo Kunichiyo era inteligente. A fim de escolher o sucessor, Ieyasu decidiu fazer Kouga e Iga lutarem entre si. Ambos os clãs escolheriam dez dos seus melhores ninjas para lutar. Se os ninjas de Kouga sobrevivessem, Kunichiyo sucederia o Shogun. Por outro lado, Takechiyo iria se tornar o próximo Shogun se os ninjas de Iga fossem vitoriosos. Porque Hattori Hanzou o primeiro fez-los a alcançar uma trégua, eles não tinham tido uma luta aparente durante anos. Portanto, quando a trégua foi quebrada, eles foram para as lutas como se fossem cães de caça desencadeada. A única arma que eles usam eram seus próprios corpos. Eles tinham habilidades especiais que os homens dificilmente poderia imaginar. Por Hattori Hanzo ter feito eles alcançarem uma trégua, eles não tinham tido uma luta durante anos. Portanto, quando a trégua foi quebrada, eles começaram a lutar como descontrolados cães de caça. A única arma que eles usam eram seus próprios corpos, com habilidades especiais que os homens dificilmente poderiam imaginar. Agora as batalhas entre os vinte ninjas, com velhos, jovens, homens e mulheres começaram. Eles aprimoraram a maioria de suas habilidades especiais para lutar. Durante as duras batalhas eles foram mortos um por um. Que irá ganhar, Kouga ou Iga? Quem no mundo iria sobreviver? Então, o que será do amor de Gennosuke e Oboro, que foram separados pela guerra.

Você é daqueles que falam que “Naruto não são ninjas de verdade”? Bem, então Basilisk é o anime pra você. É sangue jorrando pela tela a cada episódio e uma história baseada em um famoso conto japonês entre os clãs Kouga e Iga. E Basilisk é incrível. Foi um dos animes mais comentados de sua época e não é pra menos. A produção foi incrível e o anime não te deixa sair de frente da tela enquanto não ver todos os episódios, praticamente. Lembro da dublagem de Basilisk e era ótima, uma das melhores do canal. Aliás, muita coisa do Animax tinha uma dublagem invejável (apesar de muita coisa ruim também). Não é difícil encontrar a série com qualidade Blu-Ray por aí e vai ver muito a pena caso a consiga. Tem também o mangá que a Panini lançou que é incrivelmente bom.


scryedsCRYEd

Gênero: Ação, Aventura, Sci-Fi
Ano de Produção: 2001

Número de Episódios: 26
Estúdio: Sunrise
Anime Original

Em um futuro próximo, um fenômeno inexplicável ocorreu em uma ilha distante chamada The Lost Grounds, dando origem a uma nova espécie de humanos. Estes seres humanos evoluídos, chamados Alter, podem manipular a matéria e transformar ela em formas únicas. Nesta ilha remota, aqueles que nasceram dentro de uma cidade protegida são cidadãos, enquanto todos nascidos fora são considerados fora da lei e vivem esquecidos. Em uma tentativa de manter a paz, a força policial HOLD, juntamente com um esquadrão militar de alter-nativo capturam perigosos usuários e oferecem-lhes uma escolha… junte-se sagrado ou seja preso. Depois da captura de um jovem chamado Kazuma, várias questões começam a surgir. Será que realmente estão interessados no bem de todos, ou se há algum outro motivo por trás de suas ações?

Eu já falei aqui diversas vezes o quanto eu amo esse anime. sCRYEd era tudo que eu queria ver na época em que eu vi. Era porrada, super poderes, personagens extremamente cool e… gente, é sCRYEd, eu não sei como falar mal, exceto pelo fato dele acabar. Amava a dublagem dessa coisa e amava mais ainda a música de abertura (e agradecia todos os dias pelo Animax ter mantido a original). Geralmente é o anime que eu revejo todos os anos e não é a toa que está na minha lista de 10 animes favoritos que já citei aqui no Chuva de Nanquim mesmo. Acho que todo amante de animes de ação e ficção deveriam assistir isso porque ele é simplesmente intenso e empolgante a cada segundo!


gankutsuouGANKUTSUOU – O CONDE DE MONTE CRISTO

Gênero: Drama, Suspense, Mistério
Ano de Produção: 2004

Número de Episódios: 24
Estúdio: Gonzo
Anime Original

Albert era um garoto que tinha nascido em uma família nobre de Paris. Ele fez uma viagem à lua com Franz para escapar de suas vidas tediosas. Na Lua, ele conheceu um milionário autointitulado Conde de Monte Cristo. O Conde viveu uma vida esplendorosa em um hotel rico, cercado de belas mulheres, que esperavam por ele, e por fortes homens, que faziam sua guarda. Albert ficou fascinado com o Conde, já que este parecia saber tudo, e os dois se tornaram amigos. Albert, eventualmente, convidou o conde para visitá-lo em Paris. O passado do conde ressurge lentamente, para o maior desgosto de todos os envolvidos.

O Conde de Monte Cristo já era nome suficiente pra me fazer querer assistir esse anime. Primeiro porque eu adorava o filme e segundo porque eu assistia os comerciais do canal e tinha a impressão que todas aquelas cores e cenários malucos do anime estavam fazendo algum ritual para me seduzir ao horário de exibição. Resultado: assisti o anime inteiro e amei do começo ao fim. Mais um da série “fui obrigado a assistir anos mais tarde em Blu-ray” porque a qualidade pede e clama por isso. Toda a vivacidade das cores, da produção e da animação são tão intensas que fica impossível não se apaixonar pela história nesse clima europeu. Aliás, fico bem surpreso com essa adaptação tendo em vista que conseguiram transpassar toda a história com uma técnica bem improvável em um anime. Não sei qual foi a reação do público na época de sua produção, mas merecia todo o destaque possível.


nadesicoMARTIAN SUCCESSOR NADESICO

Gênero: Ação, Comédia, Romance, Mecha
Ano de Produção: 1996

Número de Episódios: 26
Estúdio: Xebec
Anime Original

Os aliens têm destruído nossa base em Marte, dizimado nossas frotas espaciais, e agora, apenas um navio permanece entre a Terra e a aniquilação total! Desgostoso com a incompetência dos militares da Terra, o fabricante independente Nergal tem construído seu próprio Cruzador Espacial de Batalha. Mas, devido à falta de soldados treinados, eles tiveram de montar a equipe mais estranha possível paralançar em órbita. Com um cozinheiro que também é um piloto e a filha de um almirante no comando, a nova nave estelar é o veículo de combate mais formidável já concebido. Mas antes que ele possa ver a ação contra os invasores Jovian, a tripulação deve ganhar a sua primeira vitória contra sua própria espécie como eles lutar contra uma tentativa impiedosa por militares da Terra para aproveitar o Nadesico! Prepare-se para a aventura espacial mais selvagem de sempre na série nova e surpreendente que foi eleito o “Show Melhor Anime de Todos os Tempos” por fãs de animação japonesa, Martian Successor Nadesico!

Tudo que eu disse sobre sCRYEd pode ser colocado aqui também pra Nadesico. Foi um dos meus animes favoritos do Animax e se tornou um dos meus animes favoritos de todos os tempos. O conheci em uma revista de anime da década de 00 (alguma entre as milhões que existiam), consegui assistir alguns episódios em VHS (!!!!) e depois senti uma felicidade tão grande em poder ver tudo no Animax que vocês não tem noção! A química entre o casal principal, toda a história espacial que foi se formando e principalmente porque nesse anime você consegue sentir de tudo! Se emociona, dá risada, fica com raiva, apreensivo, tenso… Nadesico é um dos animes que olho e penso em dar razão pra galera que diz “não se fazem mais animes como antigamente”. Nunca mais vi UM anime com esse feeling. E isso faz tanta falta. De qualquer forma, a internet tá aí. Não percam tempo e vejam essa obra prima (podem passar longe do filme).


bokuranoBOKURANO

Gênero: Drama, Psicológico, Sci-Fi, Mecha
Ano de Produção: 2007

Número de Episódios: 24
Estúdio: Gonzo
Baseado no mangá

Durante um período de férias de verão, um grupo de 15 crianças descobriu um misterioso homem vivendo em uma caverna litoral, junto com seus aparelhos de alta tecnologia. O homem alegou ser um desenvolvedor de jogos, tendo criado um jogo com 15 robôs gigantes que defendem a Terra de invasores alienígenas e pediu para que essas crianças testassem o jogo para ele. As crianças ficaram felizes no início, mas logo eles começaram a achar o jogo horrível, não só por causa de seu realismo, mas por ter acontecido a primeira fatalidade entre eles logo após a primeira vitória. Pior ainda, eles não tinham idéia de como parar ou sair do jogo.

Um dos animes mais underrated de todos os tempos. Junto com o mangá. Bokurano é sensacional, profundo e extremamente pesado. Não é um anime pra qualquer um. Não no sentido de “não é inteligente pra entender essa série”, mas sim por ser tão pesado emocionalmente falando. Logo nos primeiros episódios do anime você se sente mal com todos os acontecimentos e essa sensação só vai piorando com o tempo. Se você gosta de séries como Evangelion, que realmente queiram mexer com o seu psicológico, temos aqui uma opção perfeita para a sua próxima maratona. Gostaria muito que o mangá um dia viesse para cá, mas com um traço tão datado fica difícil. E olha que a L&PM publicou recentemente um one-shot do autor.


hellgirlHELL GIRL

Gênero: Horror, Mistério, Psicológico, Drama
Ano de Produção: 2005

Número de Episódios: 26 + 26 + 26
Estúdio: Studio DEEN
Anime Original

“Você guarda rancor de alguém? Quer se vingar da pessoa que destruiu sua vida? Ouvi falar de um site que só pode ser acessado à meia-noite, e se você escrever o nome da pessoa odiada lá, ela é mandada para o inferno”. Enma Ai é uma jovem garota de cabelos negros e sem expressão facial, ela é encarregada de fazer as vinganças das pessoas que acessam o site citado (O Jigoku Tsuushin, ou “Correspondência do Inferno”) junto com seus três fiéis ajudantes: Ichimoku Ren, Hone Onna e Wanyuudo. Mas as coisas não são tão simples assim, pois quando uma vingança é feita, dois túmulos são abertos. Ou seja, quando você faz a vingança a pessoa que você colocou o nome no site irá imediatamente para o inferno, mas você que fez o pedido também irá para lá quando morrer.

Esse foi um dos animes que mais me surpreendeu quando foi anunciado pelo Animax, quase na fase “final” do canal. Eu já havia assistido o mesmo pela internet na época, mas fui conferir novamente porque sabia de toda a qualidade da série. Não me arrependi. Até hoje acho Jigoku Shoujo (que levou o nome de Hell Girl aqui) um dos melhores animes e histórias no sentido de “lições de moral” e coisas do tipo. Enma é uma personagem que te deixa intrigado do começo ao fim e todos os casos colocados no anime fazem você se questionar entre certo e errado, sobre a atitude da pessoa e se você já passou por uma situação parecida. O Animax só exibiu a primeira das 3 temporadas do anime, que são extremamente incríveis. Fica a recomendação já que é bem fácil de encontrar por aí.


twelveTWELVE KINGDOM

Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Histórico
Ano de Produção: 2002

Número de Episódios: 45
Estúdio: Pierrot
Baseado em Livros

Nakajima Youko é a presidente da classe e uma estudante honrada. Em casa, ela é uma boa filha, sempre obediente a seus pais. Ela agrada a todos ao seu redor a ponto de ignorar a si mesma, devido à sua falta de confiança. Ela tem pesadelos diários e uma cor de cabelo original que causam algum atrito em casa e desconfiança na escola. Em um dia como qualquer outro na escola, um homem estranho chamado Keiki aparece diante dela. Ele se ajoelha e jura lealdade a ela, prometendo protegê-la e nunca sair do seu lado. Depois disso eles são perseguidos e atacados por bestas demoníacas. Nestes acontecimentos dois de seus colegas de classe, infelizmente, estãono lugar errado na hora errada. Para escapar do ataque, Keiki os transporta para o seu mundo. Infelizmente, durante a viagem são emboscados e acabam separados um do outro. Agora eles têm que aprender a sobreviver em uma nova terra, com magia, espadas, bestas demoníacas e imortais.

Esse foi o anime mais underrated que eu vi do Animax. E fiquei muito surpreso em ver que era uma das séries com maiores notas no aniDB, por exemplo, e com melhor recepção pelos críticos afora. Baseado em livros extremamente bem falados no Japão, Twelve Kingdom apresentou um anime de fantasia que dá inveja para muitos. E não estou falando da boca pra fora. Talvez hoje as técnicas de animação pareçam ultrapassadas e feias, mas toda a história bem amarrada, a relação dos personagens, a luta pelos ideias. É de dar inveja. E o melhor de tudo: temos uma protagonista feminina tão forte, mas tão forte, que é impossível não se apaixonar e torcer para ela a cada episódio! Não cheguei a assistir esse anime depois da fase Animax, mas é um dos que sempre recomendo quando me pedem dicas de animes de fantasia. Tá aí a minha oportunidade de fazer isso abertamente aqui no Chuva de Nanquim.


nodameNODAME CANTABILE

Gênero: Romance, Comédia, Musical
Ano de Produção: 2007

Número de Episódios: 23 + 11 + 11+ OVA
Estúdio: J.C.Staff
Baseado no mangá

Chiaki Shinichi é um talentoso e arrogante estudante de música, um gênio que toca piano e violino mas que tem como sonho ser um maestro como seu antigo tutor, o famoso Maestro Sebastiano Vieira. Ele claramente tem a capacidade de ir para a Europa melhorar suas habilidades como músico e se desenvolver como maestro, mas ele não consegue sair do Japão por causa de um trauma de infânciadurante uma viagem de avião que o impede de viajar no mesmo. Chiaki acaba descontando toda a sua frustação em seu professor e logo depois acaba tomando um fora da sua namorada. Totalmente bêbado, ele acaba dormindo na frente de seu apartamento e é encontrado pela sua vizinha, Megumi Noda ou “Nodame”. Chiaki acorda com o som do piano sendo tocado pela garota, mas tem um choque ao ver que um som tão belo saía de uma montanha de lixo.Ela realmente não limpava seu apartamento, chegando a ter um cogumelo saindo das suas roupas sujas. Depois de algumas cenas hilárias no apartamento da garota, Chiaki acaba sendo enviado para a sala de um professor que só ensina fracassados e nessa sala ele reencontra Nodame e a partir desse momento seus caminhos se cruzam de forma mais intensa (e cômica). Ela acaba se apaixonando por Chiaki e ele acaba deixando ela se aproximar por causa da habilidade fora do comum dela no piano, que lhe convinha. O problema é que essa conveniência começa a se tornar algo diferente do que era esperado…

Pode parecer ironia, mas vou encerrar esse “remember” do Animax com um dos últimos animes a estrear no canal. Nodame Cantabile foi exibido em um horário ingrato (bem cedo, por volta das 6 da manhã) e sem praticamente nenhum alarde. Tanto que poucos sabiam que a série de fato havia passado lá em 2011, não sendo transferida para o Sony Spin da vida posteriormente (diferente de Fullmetal Alchemist Brotherhood que ainda foi parar na grade do canal). Eu nem preciso falar muito de Nodame Cantabile. Até hoje é uma das melhores histórias de romance, comédia e música que você poderá assistir. Diria, inclusive, que funciona milhões de vezes melhor que no mangá (que também é ótimo) e que a autora merece todo o amor do mundo por ter criado essa série. Nodame é um dos animes que mais esperava no Brasil pela possibilidade do mangá chegar aqui um dia. Não rolou. Nem deve rolar. Mas saber que essa excelente obra ainda pode alcançar muitos outros fãs é o que me faz querer recomendá-la mais e mais.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • milenart

    Uma pena q não teve Planet Survival na lista, era um dos meus favoritos na época…acho q o Kaoru foi meu primeiro husbando da vida.
    Q nostalgiado animax, adorava Twelve Kingdom(ainda lembro da musiquinha da chamada q fazia parecer q o anime era d terror X’D fiquei triste no ultimo episódio prq queria mais ;-;), Hell Girl e Getbackers. Triste q Nodame passava em horários bem ruins na época q passou, consegui assistir já q era bem na hora q tomava café da manhã, mas houve vários q não tiveram tanta sorte ;-; Lembro q minha mãe adorava a Nodame e falava como ela era meio maluquinha XD

    • Gabriela Bassi

      Super concordo sobre Planet Survival, era um dos poucos desenhos que, como criança, tentava entender a história e me apegava aos personagens (Luna e Kaoru eram os melhores :D). Então, acredito que ele vá aparecer na próxima parte desse “Eu Recomendo”. GetBackers eu também amava, e o Nodame sempre ouvi falar bem, mas eu mesmo não imaginava que ele já tinha passado pelo Animax, uau.

    • Né, Planet Survival é demais! Foi o anime que, juntamente com Twin Spica, me abriu os olhos pra ver que não existiam só animes de ação (nunca fui lá tão fã deles…). Merecia mt um lugar na lista!

      • milenart

        Nossa, verdade esqueci d Twin Spica. Amava muito esse anime, deu até vontade d reassistir.

  • Tomaz

    Esse post só trouxe angustia e saudade daquela época pqp
    Vou rever agora Basilisk e Hack pq são fodaas demais
    O unico que eu procurei ver depois do fim do canal foi Mushishi, só eu que gostava?

    • Dih

      Mushishi era sensacional. Se tivesse uma terceira lista, com certeza ele entraria.

    • Gabriela Bassi

      Poxa, Mushishi é muito bom! E olha que só descobri ele pelo Animax mesmo, porque ele passava logo após de Death Note (se me lembro bem…) e eu assistia vez ou outra pq gostava muito da música de abertura. E agora tem até mais temporadas <3

      • Eu adorava Mushishi. Tem agora no Netflix, mas esses novos episódios não tem, sei lá, o “tcham” do original.

    • Joãosuke Higashikata

      Mushishi melhor anime

  • “Não rolou. Nem deve rolar. Mas saber que essa excelente obra ainda pode alcançar muitos outros fãs é o que me faz querer recomendá-la mais e mais.”

    Não é nem que eu já nao soubesse, mas não é nada legal ler que o mangá de Nodame Cantabile não deve vir ao Brasil.

    —-
    Bokurano eu ainda acredito, são poucos volumes e tal. Acho que é um mangá que a Newpop ou mesmo a JBC poderia arriscar em um futuro não tão distante.
    —-
    Como comentaram ali em cima, faltou Planet Survival. Mas nem sei em que canal esse animê passou….

    • milenart

      Passava no Animax mesmo.

  • Nodame é espetacular. É um anime que eu não dava nada quando surgiu no Animax, mas como acordava cedo obrigatoriamente todos os dias, um dia resolvi arriscar, e me apaixonei já na abertura.

    Faltou o incrível, épico, supremo DIGI CHARAT NYO!, do comecinho do Animax, lá por 2006-07. Acompanhava as maratonas matutinas de sábado só pra rir muito desse anime fantástico.

    • Flynn

      Nossa, Di Gi Charat Nyo era demais, ahauhauaha! Rio só de lembrar daquele humor totalmente sem noção. Os personagens eram demais e a dublagem também era muito boa. Adorava assistir aquilo de manhã nas férias.

      Outros do Broccoli que eu gostava eram Pita Ten, que era mais comédia romântica, e Galaxy Angel, que também tinha episódios muito nonsense (e que a segunda e terceira temporada passaram corridas de tarde, nem reprisaram, ao contrário da primeira que ficou séculos repetindo).

  • Ed

    Senti falta de Black Jack e Planet Survival, mas ainda é uma ótima lista. Vou até baixar alguns aqui pelo bem da nostalgia.

  • Nossa que nostalgia em ver isso, muito bom. Gostaria de ver um sobre a saudosa Locomotion que merece também, já que o Animax foi o sucessor desse grande canal.

  • Chegou em boa hora esse “Eu Recomendo” pois antes de acessar o ChuNan, assisti ao trailer DUBLADO de Nanatsu no Taizai e achei a INCRÍVEL.
    O Animax era uma benção, e novamente afirmo que a época em que tínhamos muitos animes DUBLADOS era incrível! As pessoas aqui sempre são chatas e reclamam das pessoas que gostam de dublagem, e eu acho que elas tem amnésia e se esquecem dessa boa época que era o Animax e o Locomotion, e a TV Manchete. Todos eles igualmente fodas.
    Aliás,sou meio suspeito em dizer, mas os dois melhores animes do Animax em minha opinião sempre serão Death Note e Fullmetal Alchemist.

    • Não acredito que o Animax supere em dublagem a Manchete, ou mesmo a Locomotion, já que nesta época, a coisa já estava industrial demais…

      “mas os dois melhores animes do Animax em minha opinião sempre serão Death Note e Fullmetal Alchemist.” -> hahaha, que coisa… independentemente da dublagem pt-br, justamente estes 3 são os melhores animes que já vi até hoje.

  • Filipe

    Hoje em dia, temos que nos contentar com dublagem nível Naruto. Detesto Robson Kumode como dublador, principalmente

  • Esse “Eu Recomendo” chegou em boa hora. Antes de acessar o ChuNan, assisti ao trailer dublado de Nanatsu no Taizai, e ele está INCRÍVEL. E isso me fez lembra da época do Animax, do Locomotion e da TV Manchete, todos igualmente incríveis, e exibindo animes DUBLADOS. Realmente não dá pra negar que mesmo os que dizem que legendas são melhores, a época desses 3 canais era incrível, e eu realmente espero que um dia a dublagem de animes volte a ser valorizada no Brasil, pois canais como o Animax nunca mais voltaram (mas quem sabe um dia volte, é só ter esperança).
    Todos os animes da lista são INCRÍVEIS, mas sou meio suspeito em dizer que os meus favoritos do Animax eram Death Note e Fullmetal Alchemist.
    Parabéns ao ChuNan por realizar mais um trabalho FANTÁSTICO.

    • Me lembro de assistir Nodame Cantabile no Animax, pois eu acordava bem cedo, umas 5 da manhã, e pegava sempre o final do The Twelve Kingdons. e em seguida passava Bleach. Depois Nodame e por último, meu favorito, Fullmetal Alchemist Brotherhood. Eu realmente curti o anime, mas acredito que ele tenha sido o responsável por eu ter me decepcionado com Shigatsu wa Kimi no Uso, pois eu realmente cometi o erro de ter ido ver o Shigatsu com a ideia de “um novo Nodame” na cabeça. 🙁

  • fas um especial com a Locomotion também que foi o canal que passava animes antes da sony comprar ele e se tornar o Animax

    So nele ele passou Ghost in the Shell, Comboy Bebop,Those Who Hunt Elves e tambem foi ele que originalmente passou primeiro tanto Lain quanto Nadesico

  • Itachi Uchiha

    Faltou o anime Mythical Sleuth Loki (Matantei Loki Ragnarok), que na minha opinião foi um dos melhores animes que assisti no Animax. Todos devem se lembrar.

    • milenart

      Verdade, era muito bom.

  • samurandre

    otimo post MASSSS…o filme de nadesico tambem é muito bom , pô!!!!

  • Lucas Uhnurg

    Faltou Crayon Sinh Chan! Quem via animax com certeza via Crayon Shin Chan! E quando eu vi Bokurano nem fazia ideia de que seria daquele jeito, fui todo inocente assistir, para ver minha inocência, pensei que veria um anime tipo digimon, no qual seria criancinha escolhidas para salvar o mundo, foi um choque quando fui assistindo. Este anime não é de Deus, anime mais pesado e uma carga negativa que eu já vi em toda minha vida.

    • milenart

      minha casa era obrigatório td mundo se reunir d manhã e assistir Crayon Shin Chan enquanto tomava café. Minha mãe amava XD

      • Flynn

        Minha mãe também amava Shin-chan, vive lembrando do anime até hoje!

  • O Honesto

    Era um bom canal esse e a seleção de títulos de canal era muito bom, pena que ás coisas boas costumam terminar em um piscar de olhos e dessa parte, junto com a segunda, só não ví um desses animes no canal. Mas é aquilo né ? Assim como a boa qualidade dos animes antigos e as boas dublagens, esses tempos não voltam. Nunca me esqueço de OSTs como as de Saber Marionete J, Nadesico, Last Exile, poxa as OSTs que tocavam nos animes agradavam até a minha empregada. E é de canais como esses e títulos como esses que torna irracional alguém dizer que anime não presta, mesmo que não os assista mais atualmente. Não sei para vocês, mas para mim os animes grandes sempre serão aqueles com traços mais antigos típicos das décadas de 80 e 90, aqueles que realmente ficam na memória, e pena que a nova geração não está conseguindo nem ofuscar o brilho dos mais antigos e porque não dizer desmotivar mesmo. E ainda acho que se os animes tivessem mantido essa qualidade de antigamente, ainda poderiam estar aparecendo em peso na Tv. Ótima matéria.

    • “para mim os animes grandes sempre serão aqueles com traços mais antigos típicos das décadas de 80 e 90, aqueles que realmente ficam na memória, e pena que a nova geração não está conseguindo nem ofuscar o brilho dos mais antigos” -> concordo plenamente. Acho que até 2009/2010 muitos animes bons/ótimos/excelentes surgiram, e eu poderia citar vários aqui, o problema está nesta década que estamos vivenciando…

      • O Honesto

        E alguns nem mesmo admitem a crise criativa no setor. Na verdade acho que as coisas começaram a piorar, por coincidência ou não, com a chegada dos animes em HD no Japão, com a famosa frase “trocando qualidade de conteúdo, por qualidade de imagem”, afinal aquele antigo traço forte que os animes mais antigos tinham já eram bem feitos e se havia algum problema na época, deveria ser pelo péssimo sinal que a Tv tinha. Sem nenhum exagero, mas antigamente até quando tinha cliché no anime a frequência não era tão exagerada quanto hoje, mesmo no Love Hina seria considerado “light” hoje em comparação ao ecchi hoje, as OSTs eram melhores, e os animes pareciam ter sido criados com bem mais carinho e cuidado.

      • @O Honesto… pow mano, tu me deixaste sem palavras… pois… como poderia eu pensar que alguém que não conheço teria uma opinião tão uníssona com a minha?? Não tenho palavras porque não tenho mais o que dizer, seu comentário disse tudo, concordo inteiramente com suas últimas colocações. Parabéns mano, ‘falou pouco e disse tudo’. =D

  • “Se você gosta de séries como Evangelion, que realmente queiram mexer com o seu psicológico (…)” -> bem… eu não sei dizer se gosto de séries como EVA, mas sou eclético, então estou dentro para ver Bokurano, que aliás já o tenho e assistirei um dia, mas se a série for bastante parecida com EVA, eu tô fora!
    E outra, muita gente fala de EVA como uma série que ‘mexe’ com seu psicológico, mas… foi apenas eu que não senti nada disto assistindo EVA??

    Olhando para esta lista, para mim a coisa ficou parecida com a parte 1, só que desta vez não teve sequer 1 anime que eu tenha assistido. Apesar disto tenho todos, e um dia pretendo vê-los, com certeza. Esta lista é boa para talvez reforçar uma mudanças na minha fila de animes…xD
    Ótimo post @Dih!

    • O Honesto

      Te aconselho a dar uma conferida em praticamente todos que estão na lista. Acho que o único dessa lista que não vi na Animax da parte 1 e 2 foi Lain e o Nodame Cantabile. Veja sem receio e sobre os animes que eu comentei sobre as OSTs aconselho mais ainda, principalmente o Nadesiko.

      Estimo que você deva ser um pouco mais exigente em qualidade de conteúdo, então pode procurar, nem que seja pela Wikipédia a lista do Animax e do Locomotion que você encontrará verdadeiros tesouros dos animes por ela, afinal hoje tá difícil filtrar algo bom das estreias e as que estão mais chamando atenção há alguns anos são mais as continuações. Ah e outra dica que o meu amigo me deu há alguns anos e é boa; se liga em animes que vem de jogos dos X-Boxes e dos Playstations da vida como Devil May Cry e Bayonetta, por exemplo, assim você tem como dar um up nessa sua lista.

      • @O Honesto, nem precisava aconselhar. =D
        Como eu disse, tenho todos os animes desta lista, e imagina-se que tendo tudo, eu os tenho para assistir, né? Mas valeu o incentivo. o/
        Assistirei todos se o tempo me permitir, e ele vai! xD

        Hahaha, e se eu te disser que por causa de um amigo meu eu já passei por esta lista do Animax?? xD. Pois é, coincidência pouca é bobagem…rs

        Na verdade, na verdade… a maioria das pessoas diz justamente o contrário. O meu velho conhecido (e de muita gente) @Kyon_45, que postou lá em cima, acha o anime de Devil May Cry uma coisa bem ruim… especialmente na parte de animação. E assim segue a opinião de muita gente. Já no meu caso não, gostei bastante de Devil May Cry, em especial da abertura que é… fodástica! E ponto!! Aliás, vou até procurar esta música para colocá-la como toque de celular… acho válido e muito digno! XD
        Já Bayonetta, bem antes de estrear eu já sabia que iria pegá-lo! Agora o negócio é assisti-lo!!

      • O Honesto

        @sennaffogo, na verdade eu costumo falar de animes que vem de certos jogos porque diminuem aqueles clichés excessivos, e para agente que curte o game então, é um prato cheio.

        Sobre a Animax foi ela que me fez procurar animes diversos pela internet, eu lembro até que apesar de não ser tão bom assim, o primeiro anime que ví nela foi aquele Digi Charat Nyo! ( que eu não aconselho ) e tem um que eu procuro até hoje a versão dublada para reassistir que é o Super Milk-Chan Show!, que eu morria de rir e o melhor é que o anime era de comédia e não era ecchi ou cheio de clichés e eu ria litros. Mesmo a CN o máximo que me fez foi ver um ou outro ep de Pokemon e ver aquele Ranma 1/2, do mais, os animes que lá via, eu só via lá naquela época. Espero que se divirta como eu me diverti com os animes da Animax, e acho que será ótimo você assistir, e para enriquecer a experiência tenta achar as versões dubladas que passavam no canal.

        Sobre a música, fico feliz que você também goste tanto dela, mas o meu toque do celular é uma OST do Super Mario 64, e sendo mais específico do estágio do lago com um monstro que parece o Lúgia ( porém que eu suspeito que tenha sido criado antes do Lúgia ), e sobre as OSTs, preste atenção nas que saíram nos desenhos da Animax, que tinham OSTs que me prendiam e me faziam sempre ver a abertura e o encerramento e ás vezes ver repetidamente o mesmo episódio por causa de alguma música no meio do mesmo. Se não me engano o nome das OSTs de Nadesiko são Watashi Rashiku e Anata Ichiban ni Naritai, e só apareceram durante um único episódio e não são musicas de abertura, nem de encerramento.

        Boa sorte cara.

      • @O Honesto, mesmo assim. Tem vários jogos que são adaptados e para a maioria das opiniões que escuto por aí, não ficam bons não…
        Não é querer puxar sardinha, mas um dos poucos que ouvi falarem bem nos últimos tempos foi o Shingeki no Bahamut.

        Hahaha, eu também espero me divertir como todo mundo que assistiu o Animax se divertiu. Só não vou de fato assistir todos nas versões dubladas porque também não acho as dublagens do Animax tão boa como a maioria das pessoas. E peguei 2 animes ‘mainstream’ para testar isto, então… nada de dublagem do Animax se tiver legendado.

        “o meu toque do celular é uma OST do Super Mario 64, e sendo mais específico do estágio do lago com um monstro que parece o Lúgia (porém que eu suspeito que tenha sido criado antes do Lúgia)” -> ache o nome da música porque apesar de ter jogado bastante este fantástico jogo mesmo não tendo N64, não consigo me lembrar da música…
        E valeu pelas indicações, quando eu assisto os animes, eu fico de olho nas músicas, tantos nas aberturas e encerramentos quanto nas BGM’s e Insert Songs.

      • O Honesto

        A música é Dire, Dire Docks desse estágio aqui ( https://www.youtube.com/watch?v=y04DBLimGbs ).

        Sobre as dublagens, as dos desenhos mais novos são mais fracas mesmo, porém as dos animes mais antigos dublados no canal ainda são boas, eu pelo menos achei as dublagens de animes como Saber Marionette e Nadesico perfeitas e inesquecíveis ao nível Dragon Ball Z ou Yu Yu Hakusho, porém as dublagens de animes como Bleach e Death Note, que já são mais “recentes”, não achei tão boas assim, por exemplo. E uma coisa que não contam é que parte do cartel da Animax que tem dublagem boa, foram as que o canal herdou da Locomotion, ou seja, os mais antigos tem uma dublagem melhor.

        Sobre animes provindos de jogos, acho que o problema é que normalmente os mesmos não costumam chegar aos pés da grandeza dos jogos, mas até divertem ás vezes, agora um bom exemplo de uma ótima adaptação, são os OVAs e o filme de Final Fantasy 7, porém éo que eu disse; ao menos nesses animes a possibilidade de encher de clichés diminui.

  • charlie brown

    “fronteira sem lei” era massa também…

  • Josino

    Era muito gostoso assistir Ran the Samurai Girl dublado

  • OTOLIAS

    Que saudade da época que eu podia chegar em casa e assistir animes dublados, gostaria até de saber o que ocasionou o termino do canal. Eu pessoalmente falando estava num momento em que eu nao tinha mais tempo para assistir televisão (faculdade, trabalho…) e so tarde da noite eu dava uma paradinha pra ver alguma coisa.Tenho a impressão também de que foi antes da maior popularização ta TV paga também.

  • Linniker

    Uau! Encontrei seus posts (parte 1 e 2) por acaso no Facebook, veja só. E bateu uma nostalgia do caramba!
    Lembro de quando meu pai assinou a SKY e eu demorei pra descobrir o Animax – quando descobri, meus olhos brilharam, porque a maioria dos animes que eles passavam eu só conhecia pelas revistas que comprava em mercados haha
    Senti falta de Mushishi e Planet Survival na lista, mas com certeza muitos aí eram bons!

  • Stefano Cattaneo

    diego, queria saber se vc pode me ajudar… estou tentando encontrar um anime que assisti nesse epoca de 2002 2004, nao tenho certeza. achava que tinha visto no animax, mas pesquisei todos os animes do canal e nao consegui achar o que estava procurando. o anime era de luta (meio que uma ideia parecida com dbz) e eu lembro apenas de um episodio em que estavam lutando e um dos personagens usou uma especie de corrente de bolas de ferro ou aco (do tamanho de bolas de boliche) que ficavam flutuando em volta do personagem presas em forma de corrente! um deles usou um poder em que controlava a gravidade e prendeu o outro no chao com isso. desculpe nao estar ajudando muito, mas espero que vc possa saber melhor. obrigado