Live-action de Fullmetal Alchemist será lançado em 2017

Notícias-FMALiveElenco-HeaderConfira elenco, direção e mais informações do filme.

A Warner Brothers anunciou oficialmente nesta terça-feira a produção do filme live-action de Fullmetal Alchemist, baseado no mangá de Hiromu Arakawa. O filme está programado para estrear no Japão no inverno de 2017.

As filmagens estão programadas para começar no início de junho na Itália e terminar no Japão na metade de agosto deste ano.

A direção do filme é de Fumihiko Sori (Ashita no Joe, Ping Pong). Sobre a adaptação do material o diretor disse: “Eu quero criar um estilo que siga o mangá original, o tanto quanto for possível. O elenco é inteiramente japonês, mas o fundo cultural é a Europa. No entanto, é um estilo que não representa uma raça ou país específico”.

Ryosuke Yamada, do popular grupo Hey!Say!JUMP, foi confirmado no papel do protagonista Edward Elric. Tsubasa Honda (Aoharaido) como Winry Rockbell e Dean Fujioka (Happy Marriage!?) como Roy Mustang. Os demais atores do elenco são:

  • Fumiyo Kohinata (Prophecy) como General Hakuro;
  • Ryuta Sato (Tokyo Tribe) como Maes Hughes;
  • Misako Renbutsu (Kimi ni Todoke) como Riza Hawkeye;
  • Natsuna Watanabe (Gantz) como Maria Ross;
  • Natsuki Harada (Ichijiku no Mori) como Gracia Hughes;
  • Yo Oizumi (I Am a Hero) como Shou Tucker;
  • Jun Kunimura (Chihayafuru) como Doutor Marco;
  • Yasuko Matsuyuki (At Home) como Luxúria;
  • Kanata Hongo (Shingeki no Kyojin) como Inveja;
  • Shinji Uchiyama (Gokusen) como Gula;
  • Kenjiro Ishimaru (Kamen Rider Den-O) como Padre Cornello.

Sentiu falta de alguém na lista? Sim? O outro protagonista, Alphonse Elric, não terá detalhes revelados sobre como será apresentado, mas o diretor declara que os fãs ficarão satisfeitos com o resultado.

O mangá teve duas adaptações em anime, a primeira série teve 51 episódios e foi exibida entre outubro de 2003 e outubro de 2004 e teve uma história diferente do mangá. A segunda série, fiel ao mangá, teve 64 episódios exibidos entre abril de 2009 e julho de 2010 com o título Fullmetal Alchemist: Brotherhood.

Ele foi serializado entre 2001 a 2010 na Shounen Gangan, da Square Enix, com 27 volumes. O mangá de Hiromu Arakawa é considerado uma das obras mais emblemáticas nas últimas décadas. No Brasil o mangá foi publicado pela JBC entre fevereiro de 2007 e abril de 2011 e teve sua republicação anunciada em março deste ano.

Ainda crianças, Edward e Alphonse Elric perderam sua mãe. Os irmãos, então, decidem usar seus conhecidos para tentar quebrar o maior tabu da Alquimia: a transmutação humana. Mas a tentativa dá errado. Ed perde seu braço direito e sua perna esquerda. Já Al perde seu corpo por inteiro e só não desaparece de vez por que seu irmão conseguiu fixar sua alma em uma armadura de metal. É a lei máxima da Alquimia, a “Lei da Troca Equivalente”.

Assim começa a saga dos irmãos Elric. Agora usando automails, próteses mecânicas implantadas no lugar dos membros perdidos, Ed parte ao lado de Al em busca da lendária Pedra Filosofal, a qual, reza a lenda, amplia os poderes de um Alquimista. O objetivo da dupla de irmãos é usar a Pedra Filosofal para recuperar os seus corpos. Porém, eles não são os únicos interessados no lendário artefato. Os homúnculos, misteriosos seres que parecem seres humanos, também estão atrás da pedra.

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • J.Cesar

    “O outro protagonista, Alphonse Elric, não terá detalhes revelados sobre como será apresentado, mas o diretor declara que os fãs ficarão satisfeitos com o resultado”.. nossa, que medo que isso traz

    FMA sempre foi uma das series que achei que seria possivel receber uma boa adaptação em live action, mas agora sei não. O que passa na cabeça do diretor ao adaptar uma obra enorme em 2 horas? Se nao vir um DB evolution ja sairemos ganhando.

    Porra, ta na hora de os animes japoneses ganharem filmes de peso, as hqs americanas com seus roteiros bostas o tem e as obra primas japonesas, nao

    • zaregoto

      Acho que não deveriam fazer Live-Action nenhum na real. xP
      Anime te permite colocar premissas mais “viajadas” sem que a tua suspensão de descrença seja destruída. Sem falar nas próprias reações dos personagens que costumam ser Over the top, e se tem cenas de luta então… só piora. Ao passar tudo isso pra Live-Action tu perde coisa o bastante pros fãs desse nicho simplesmente não gostarem do produto final. Não vale a pena. Os caras só acabam lucrando por que o pessoal vai assistir com o pensamento de “Agora vaI!” e esse momento nunca chega.

      • Micael Okamura

        O melhor live action baseado em mangá/anime com certeza é a Trilogia Rurouni Kenshi/Samurai X. Ali sim eu realmente senti que os caras se entregaram no trabalho.
        Vamos ser sinceros: Um dos motivos de Kenshin ter dado certo é por eles terem respeitado (um pouco) a história e por ela se passar no Japão mesmo, ficou mais fácil. FMA é um dos poucos casos que o filme é filmado em outro país senão o Japão, a maioria desses lives é filmada no Japão mesmo, alterando a história do original (ou mesmo, ignorando-a) só para justificarem a maioria dos personagens ser de origem japonesa, e não ocidental como é na obra original. Um exemplo recente é Shingeki no Kyojin, que mudaram a história da Europa/Alemanha/Ocidente, como era no mangá, para o Japão, e tiraram personagens importantes só por serem ocidentais.

    • “Porra, ta na hora de os animes japoneses ganharem filmes de peso, as hqs americanas com seus roteiros bostas o tem e as obra primas japonesas, nao”

      Cara, qualquer HQ assinada por gente como John Byrne ou Frank Miller limpa o chão com a maior parte dos mangás já lançados, ainda mais entre os atuais. Essa birra besta com comics já ta fora de moda.

  • Airton Costa

    Acredito (espero) que seja uma série de live actions, como fizeram com rurouni kenshin, e, pela lista de atores e personagens, só deve cobrir o início do mangá mesmo.

  • Micael Okamura

    Ficam as 3 dúvidas básicas:
    1- O quão fiel vai estar o filme?
    2- Será que ele vai ser bom?
    3- Quais as chances de trazerem ele para o Brasil?

    • Micael Okamura

      Só digo que fico feliz por filmarem na Europa, e fico pensando: O filme de SnK bem que podiam ter filmado na Alemanha, mais especificamente na cidade que inspirou as muralhas do filme. Afinal, mudar a história pro Japão não dá, não?
      E, e um dia fizerem filme live-action de Kekkai Sensen, filmem em NOVA YORK, sem essa de trocarem NY por Tóquio, ok?

  • Eu to esperando pelo pior, já vejo eles cortando Al da trama, o que empobrece muito a história, já que os irmãos são a base de toda a trama, ou pode até ser pior que isso, eles podem fazer um Alphose em computador, o que parece ser mais provável já que na maioria da série ele é uma armadura (o que já me deixa ainda mais desanimada sobre o filme). Com elenco sendo todo japonês já vemos que muitas características dos personagens não será respeitada (duvido muito que façam um Ed loiro).
    Eu quero esperar por um Rurouni Kenshin, mas ta difícil.
    Sobre o elenco eu não conheço muito eles, mas achei que Ryuta Sato pode ficar bem fiel ao personagem de Maes Hughes, as fotos do cara no Google ele ta sempre rindo, em questão de aparência, ele lembra muito o Hughes, dependendo das críticas eu talvez assista só para ver se ele ficou bom no papel.
    Efim, vamos esperar pra ver o que sai disso ae.

  • Pingback: FULLMETAL ALCHEMIST: LIVE-ACTION SERÁ LANÇADO EM 2017 | CuriosityBr()

  • bisc8 achado no lixo

    Olha se fizerem certrinho e não fizerem cagada com o roteiro, ficando fiel.
    Aí sim eu posso ficar satisfeita. Por que se for para fazer a mesma merda que Black Butler(tem na netflix) pelo amor de deus né. Trocaram a cidade vitoriana da Inglaterra por uma futurista, sem contar que trocaram o sexo do nosso querido Ciel e outras que nem falo….

  • Fullmetal Alchemist ainda está na minha lista de animes para serem vistos, então nem posso opinar muito por não conhecer. Mas só o fato de os atores serem japoneses já automaticamente faz desse live-action algo medíocre. Há a chance de ser feito um bom trabalho de atuação, mas para um resultado satisfatório, a ambientação deveria ser bem construída também, e isso não diz respeito apenas ao local onde será filmado, mas também aos atores. E o bom seria um estúdio norte-americano mesmo, que tem mais grana pra fazer algo ao menos mais bonito visualmente.

    Não entendo essa história de colocarem atores orientais pra fazerem personagens europeus como os de FMA e SnK e colocarem atores ocidentais pra fazerem os personagens do novo filme de GitS. Só contribui pro filme virar uma pérola e ser relembrado mais tarde como um fracasso, mas enfim.

  • Tem o dedo da Warner, assim como Kenshin teve, então creio que não saia nada tão absurdo assim…
    É capaz de fazerem um 1º filme para testar o público e a crítica. Se for bem, farão um 2º e 3º com certeza, assim como foi com Kenshin.

    Sobre o elenco, Dean Fujioka e Ryuta Sato, a princípio, foram muito bem escolhidos;
    Ryosuke Yamada como Ed?… sei não, terão que no mínimo pintar o cabelo dele… vamos aguardar;
    Tsubasa Honda… bem, vão ter que adaptar a franja dela, além de fazer um aplique e pintarem o cabelo dela tal com o do Ed. Acho que esta personagem poderia ficar muito melhor com a Kuroki Meisa… Mas tenho pelo menos outras 4 atrizes que, acho, ficariam melhores (em ordem de preferência): Kasumi Arimura, Yua Shinkawa, Mirei Kiritani e Mariya Nishiuchi;
    Misako Renbutsu como Riza Hawkeye acho que erraram também…rsrs. Acho que aqui a Tsubasa Honda se encaixaria muito melhor, pelo menos fisicamente falando.

    Mas, negócio agora é aguardar…

    • Micael Okamura

      “Tem o dedo da Warner, assim como Kenshin teve, então creio que não saia nada tão absurdo assim…” Kuroshitsuji teve o dedo da Warner e você por acaso viu o absurdo que ficou aquilo?

      • Não vi, mas acho que o cuidado que a Warner teve com Kenshin é o mesmo que terá com FMA, que são obras muito mais populares ao redor do globo do que Kuro é… Apesar de (talvez) infelizmente Kuro ter saído uma porcaria, acho que não se esperaria tanto de Kuro, quanto se esperou de Kenshin ou se espera de FMA. Por isto ainda acreditoque FMA não vai ser igual ao que você está dizendo que Kuro saiu.