Mangá de ‘Toriko’ pode acabar nas próximas semanas

toriko-finalFim pode ser já na próxima semana.

É realmente a época das finalizações da Shounen Jump. Depois dos finais de Assassination Classroom, Bleach, Nisekoi e Kochikame, aparentemente mais um título da revista se vai. Trata-se de Toriko, obra de Mitsutoshi Shimabukuro, que na próxima semana – na edição 50 da Jump – terá um capítulo com 10 páginas a mais indicando o final do clímax da série. Tudo leva a crer que este será o último capítulo da série – ainda mais com a pré-venda já disponível de dois volumes de Toriko ao mesmo tempo, indicando que todos teriam espaço na encadernação final. O mangá deverá ter 43 volumes ao fim.

Toriko começou em 2008 nas páginas da Shounen Jump, com autoria do polêmico Mitsutoshi Shimabukuro. A série chegou a ser considerada uma das grandes apostas da revista, constantemente sendo comparada, inclusive, com One Piece. No fim, se manteve como um grande sucesso, mas foi perdendo o brilho aos poucos, principalmente após o término do anime para TV. O mangá atualmente se encontra no volume 41, enquanto no Brasil terá em breve a publicação do volume 22 pela Panini – sem também nunca ter se tornado um grande destaque por aqui.

Em 2009, o mangá foi nomeado para o 2º Manga Taisho. Seu anime foi produzido pelo estúdio Toei e rendeu 147 episódios de 2008 a 2014, além de 2 filmes para o cinema e 2 especiais para TV.

No mundo onde o sabor e a textura dos alimentos são muito importantes, conhecemos Toriko, um caçador de alimentos preciosos regularmente desejados por restaurantes e ricos. Ele é um homem com as habilidades ‘desumanas’ necessárias para capturar os animais ferozes, evasivos e raros para completar seu “menu perfeito”! Seu parceiro, Komatsu, é uma pessoa fraca e tímida que foi inspirada pela grandeza de Toriko e acompanha-o em todas as suas jornadas em sua busca da refeição ideal!

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Leo

    Dih, qual a fonte que fala em 10 páginas extras?

    • Dih

      Fóruns japoneses e também o Manga Helpers – o que geralmente noticia esse tipo de coisa primeiro.

  • Bruno

    No Brasil vai ser pubicado o volume 22, e nao 27

  • E mas um q se vai. Cada vez fica mais estranho esses mangas q acompanho a tempos vão acabando.

    Curto bastante Toriko, mas admito q teve seus pontos baixos, mas no fim foi uma ótima experiencia, um manga divertido e pq n dizer delicioso né.
    Agora é completar a coleção e ver outro manga pra ler.

  • Isso me parece mais cancelamento. Toriko há tempos perdeu seu espaço, e isso porque teve uma época que ele era candidato há substituto de Bleach na “Trindade Jump”. Mas eu vejo mais a queda de Toriko não só pelo fim do anime, como também pelo sucesso de Shokugeki no Souma. Ambos são de culinária, MAS Toriko puxou mais pro battle shounen tradicional, com poderes à lá DBZ e One Piece, enquanto Souma é “um pouco mais pé-no-chão” e trata DE FATO DA CULINÁRIA, pois em Toriko, o que era o tema principal virou um pano de fundo para tentar justificar as batalhas megalo maniacas.
    Enfim, Toriko já teve seu tempo, e agora ele está nos seus momentos mais difíceis. Mesmo não gostando e acompanhando mais, lamento pelos fãs, se eles existirem.

    • Blugard

      Existem, amigo, eis um aqui! Eu sempre assistia Toriko aos sábados de manhã enquanto tomava café, atualmente lia o mangá. Acho bem divertido e curioso os animais-comida e seus rankings. O fim do anime prejudicou demais o mangá mas, honestamente, não sei por qual motivo ele decaiu tanto.
      Enfim, agradeço pela consideração. Shokugeki é meu preferido(OP não vale) da Jump atualmente e espero que ainda dure anos.
      Adeus, Torikão!

  • Zé Bedeu

    Manga chatinho, com uma arte horrorosa. Compro trocentos mangás por mês, mas faz um bom tempo que Toriko não é um deles.

  • Kurosaki

    Na verdade o anime começou em 2011, para assim terminar em 2014.
    Em 2009 que teve um único OVA pelo estúdio Unfotable.