Vídeo promocional do novo anime de ‘Gintama’ revelado

gintamaAguenta kokoração!

Começou a ser transmitido nesta terça-feira um vídeo promocional do novo anime de Gintama. O último anime terminou em março no Japão.

Em setembro deste ano a editora Shueisha anunciou que a obra estaria ganhando uma nova série em anime para televisão na emissora TV Tokyo.

O anime estreia em 9 de janeiro de 2017 e de acordo com uma pesquisa feita pela Charapedia, a quinta temporada do anime é a mais aguardada pelos fãs japoneses na temporada de janeiro.

No próximo ano está prevista a estreia do filme live-action baseado no mangá, que é produzido pela Warner Bros. e tem direção e roteiro de Yuichi Fukuda (Hentai Kamen, Aoi Honoo), contando com Shun Oguri (Uchuu Kyodai, Lupin III, Terra Formars) como o protagonista Gintoki Sakata.

A serialização do mangá começou em 2004 na Shounen Jump, e continua sua publicação até hoje. Infelizmente, a série não é lá muito popular fora do Japão, tendo histórico de cancelamentos em mercados fortes como Estados Unidos e Espanha (neste último foi dito que uma edição da série vendeu apenas 300 exemplares no país inteiro). Mesmo assim, é uma das séries mais rentáveis da Shueisha, e tem como seu grande forte o anime.

O primeiro anime para televisão estreou em 2006 e durou até o ano de 2010, com retomadas em 2011, 2012 e 2015 respectivamente. As temporadas tiveram 201, 51, 13 e 51 episódios. Além de OVAs e especiais, a série ainda conta com 3 filmes em formato anime.

Gintoki Sakata é um samurai vivendo em uma era em que samurais não são mais necessários. Para aumentar os seus problemas, aliens se aproximam para invadir. Gintoki vive com Kagura e Shinpachi, fazendo pequenos trabalhos para tornar o mundo um lugar melhor… e pagar o aluguel

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Guilherme Tsuneo Hatimine

    Acho compreensível Gintama vender tão pouco fora do Japão, afinal a maioria de suas piadas são trocadilhos, referencias sobre artistas japoneses, cultura pop japonesa e perdem o sentido quando traduzidos ou a piada perde a graça ao ser explicada.