JBC divulga novidades de ‘Akira’ com lançamento para Junho

A espera acabou.

Pegando muitos de surpresa, a JBC divulgou hoje todos os últimos detalhes de Akira. O mangá mais aguardado dos últimos 2 anos dentro da editora, finalmente chegará ao país em junho, com pré-venda já confirmada para maio. Ainda não foi divulgado sistema de assinaturas da série, que deverá ter dois volumes lançados por ano (a editora espera lançar o segundo volume ainda na CCXP deste ano).

Diferente da versão lançada pela Globo na década de 90, o formato da edição da JBC será igual ao japonês, com formato de 17,8 x 25,6 cm. Ao todo são seis volumes e 350 páginas em média por edição. Cada volume custará R$69,90 ao seu preço de capa.


No ano de 2019 a história se passa na cidade de Neo-Tóquio, uma cidade de Tóquio reconstruída sobre o que hoje é a Baía de Tóquio depois de ter sido destruída na III Guerra Mundial. Nesta cidade pós-apocalíptica, com forte presença de gangues de ruas, temos o mais jovem membro da gangue de Kaneda, Tetsuo, que colide com uma criança misteriosa que havia escapado do programa de investigação psíquica secreta do governo. Tetsuo acaba sendo levado pelos responsáveis do programa governamental, juntamente com a criança, e é submetido às mais diversas experiências. O incidente com a criança misteriosa e os testes realizados fazem despertar poderes latentes de Tetsuo. Tal projeto científico faz explodir a luta pelo poder entre diversos grupos rivais, envolvendo seitas religiosas, intrigas políticas e revolucionários em um mundo cyberpunk com o objetivo de conseguir o controle de um garoto de gigantesca habilidade psíquica e destrutiva, o controle sobre Akira.

De autoria Katsuhiro Otomo, Akira é uma das histórias em quadrinhos mais idolatradas da cultura mundial. A adaptação para o cinema lançada em 1988 encurta o enredo do mangá, que se passa em um período de tempo muito maior, mas ainda mantém fortemente a estrutura da obra original. Envolvendo uma gama mais ampla de personagens, com maior aprofundamento e subtramas, o mangá aborda com maior profundidade, sobretudo com olhar crítico, a alienação da juventude, a ineficiência e corrupção do governo, o cientificismo, o isolamento social em um sistema autoritário, sem compromisso com a sociedade.

O autorKatsuhiro Otomo (大 友 克 洋 ) é um mangaká, roteirista e diretor de cinema japonês nascido em 14 de abril de 1954. Ele é mundialmente conhecido como o criador do mangá Akira e sua adaptação para o cinema. Foi condecorado um cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras da França em 2005 e promovido a oficial da ordem em 2014. Tornou-se o quarto artista de quadrinhos japoneses a entrar no Hall da fama do Eisner Award, em 2012. Premiado com a Medalha de Honra Púrpura do governo japonês em 2013.  Recebeu o prêmio Winsor McCay no 41º Annie Awards em 2014. E foi nomeado vencedor do Grand Prix do Festival de Quadrinhos de Angoulême na França, tornando-se o primeiro mangaká a vencer a premiação, em 29 de janeiro de 2015.


AKIRA

Autor: Katsuhiro Otomo
Editora: Editora JBC
Demografia: Seinen (Young Magazine)
Total de volumes: 6 volumes
Preço: R$69,90

 

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post