Eu Recomendo #1 – Animes de Porrada

Recomendo AçãoEu recomendo especial dos animes em que o principal é a pancadaria que rola solta.

Hoje começamos com o clássico gênero shounen, que possui os animes mais queridos da minha infância (e acredito que de muitos outros leitores) como Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball e Yu Yu Hakusho. Convencionou-se no ocidente a chamar de shounen aqueles animes direcionados a jovens do sexo masculino (apesar que interessa em muito as outras faixas etárias e gêneros). No Japão a nomenclatura muda um pouco, e diferente da maioria ocidental, shounen não é tratado como “gênero”. Mas isso fica para outra ocasião.

Serão citados 5 animes: um mais antigo, 3 finalizados e um em andamento. Então relaxe na sua cadeira e leia um pouco sobre alguns dos animes de ação e porrada que eu adoro. Futuramente novos animes Shounens serão recomendados, então não precisam ficar listando que eu esqueci um certo anime ou outro. No entando, citem os que vocês mais gostam nos comentários, queremos saber como são os gostos dos nossos leitores.

yu yu hakushoYu Yu Hakusho

Adaptado do mangá criado por Yoshihiro Togashi
Ano de produção: 1992
Studio Pierrot
112 episódios + 1 filme + 1 OVA único

Yusuke Urameshi é um deliquente de 14 anos. Um jovem mal educado, agressivo e adora arrumar uma briga. A vida dele muda de uma hora pra outra quando ele salva uma criança de ser atropelada só que com o grande problema é que no processo é ele quem acaba sendo atropelado. No entanto a sua morte não estava prevista, ninguém no mundo espiritual pensava que Yusuke iria se sacrificar para ajudar os outros. Botan, uma guia espiritual, aparece na frente de Yusuke e avisa que ele perdeu a vida a toa, já que o garoto iria sobreviver e que lhe daria uma chance para ressuscitar, só que para isso Yusuke precisaria cumprir algumas tarefas

A extinta Manchete nos presenteou com vários animes que se tornaram clássicos, como Cavaleiros do Zodíaco, Super Campeões, Sailor Moon e Yu Yu Hakusho. Yu Yu se tornou um anime marcante no Brasil principalmente por causa da ótima dublagem, que possuía pérolas como o grito da torcida no torneio das trevas “Ah eu sou toguro!“ ou as frases do Yusuke “Para o bonde que a Isabel caiu…“ que deixou o anime muito mais engraçado que o original, tanto que é meio complicado ver o anime em japonês hoje em dia, ou no mínimo bate uma saudade dos velhos tempos pra quem curtiu aquela época (alguns mais jovens de hoje podem achar isso ridículo). Fora isso Yu Yu possui uma ótima historia, o torneio das trevas é um dos melhores arcos de porradaria que temos por ai até hoje. Ainda ganhou um filme em 1994 e um OVA de 1993. Mais que obrigatório.

soul eaterSoul Eater

Adaptado do mangá criado por Atsushi Okubo
Ano de produção: 2008
Bones
51 episódios

O anime conta a história de uma escola fictícia chamada Shibusen, criada para eliminar os Ovos de Kishins, que são seres que usam as almas de humanos (geralmente as devoram) para ficarem cada vez mais poderosos e as bruxas que vivem aterrorizando o mundo. Os estudantes dessas escolas são os encarregados de eliminar esses seres, mas engana-se se pensam que são crianças comuns.

As armas são humanos que podem mudar de forma para lutar contra os inimigos, por exemplo, o Soul Eater pode se transformar em uma foice. Eles precisam devorar 99 ovos de Kishin e uma alma de Bruxa para se tornar uma Death Scyth, para que o Shinigami-sama (Diretor e criador da Shibusen) possa usar como sua própria arma. Os artesãos são os encarregados para que as armas consigam se tornar Death Scythes, já que a maioria não pode lutar sozinha.

Eu considero Soul Eater único porque ele me faz gostar de todos os personagens da historia (menos a Chrona) e olha que são muitos, vale a pena citar que são 7 personagens principais (3 artesãos e 4 armas). O destaque também vai para a excelente animação nas lutas, a primeira cena do anime é a luta da Maka & Soul vs Jack o Estripador e é incrível (Pode ser vista AQUI ). Infelizmente o anime sofre o problema de mudar a historia do mangá lá para o final, mas mesmo assim Soul Eater merece ser visto.

claymoreClaymore

Adaptado do mangá criado por Norihiro Yagi
Ano de produção: 2007
Madhouse
26 episódios

A história se passa em um mundo onde a humanidade é constantemente atacada por seres chamados Youma, uma espécie de demônio metamorfo que se alimenta de vísceras humanas. Uma organização criou uma ordem de guerreiras híbridas, humanas com sangue e carne de Youmas implantadas no corpo, para lutar contra esses demônios terríveis. Essas guerreiras são chamadas de Claymore, devido as imensas Claymores (espadas) que elas utilizam para lutar. Nós conhecemos esse mundo através de Clare, a Claymore mais fraca da Organização e de Raki, um garoto orfão que perdeu toda a família com o ataque de um Youma.

Claymore impressiona pela historia, começa muito morna, mas depois de uma cena ela passa a melhorar a cada arco. A comparação com Berserk acaba acontecendo pelas cenas brutais e as lutas contra monstros usando uma espada, só que Claymore não é tão pesado (Eu acho que o criador de Berserk tem problemas). Infelizmente o anime também sofre de não seguir o mangá até o fim, tendo um final fraco, mas ainda vale a pena acompanhar, prato cheio pra quem gosta de aventura e ação.

hajime no ippoHajime no Ippo / Hajime no Ippo ~New Challenger~

Adaptado do mangá criado por George Morikawa
Ano de produção: 2000
Madhouse
76 episódios + 26 episódios + 1 filme + 1 OVA

Ippo Makunouchi é um garoto humilde, que na maior parte do seu tempo livre ajuda sua mãe no trabalho, uma loja que aluga barcos de pesca. Ele não possui muita vida social por causa disso e acaba sofrendo por não ter amigos e por ser alvo um alvo fácil para os valentões do colégio. Takamura Mamoru, o campeão nacional de pesos médios do japão, em um de seus treinamentos vê Ippo sendo maltrado por um desses valentões e resolve salvá-lo. Ippo fica impressionado com a força de Takamura e pede para começar a treinar boxe no ginásio do campeão, o ginásio Kamogawa.

Eu estou confiando que tem alguma alma ai fora que nunca assistiu Hajime no Ippo. Pra mim considerado o melhor anime de esporte de todos os tempos! É impossível você não gostar do Ippo e do Takamura logo de cara e também é impossível você não se empolgar e começar a desferir socos no ar depois de cada luta! Hajime é FANTÁSTICO! A série ganhou uma continuação em 2008 e ainda contou com um filme e um OVA em 2003.

lost canvasSaint Seiya: The Lost Canvas

Adaptado do mangá criado por Shiori Teshirogi
Ano de produção: 2009
TMS Entertainment
26 OVA’s

Uma nova guerra santa entre os cavaleiros de Athena e os espectros de Hades está prestes a começar. Hades o imperador do mundo dos mortos deseja acabar com a humanidade usando as habilidades de seu hospedeiro para criar o Lost Canvas, uma tela que acabará com toda a vida na Terra quando cobrir o mundo todo. Lost Canvas mostra a história da Guerra Santa que antecede os acontecimentos da série clássica. Com o foco em Tenma, o cavaleiro de Pégaso dessa época, um órfão que tem como amigos de infância que moravam no mesmo orfanato, Sasha, a reencarnação de Athena e Alone, o hospedeiro de Hades.

Eu sei que muitos adoram Cavaleiros do Zodíaco, eu também mas é bem visível que o anime era cheio de buracos, cenas forçadas e a qualidade dos desenhos era bem questionável. Lost Canvas é tudo o que a saga original deveria ter sido: os cavaleiros de bronze não são mais os protagonistas (graças a Deus) e nem mesmo Tenma possui um destaque fora do comum, mantendo agora a história nos 12 cavaleiros de ouro que são extremamente poderosos, diferente da série clássica que alguns possuíam uma força meio duvidosa. O único problema é que são só dois ovas por mês, só que isso é recompensado pela qualidade da animação, que não seria tão perfeita se fosse mensal. Claro que isso se trata de uma opinião, e alguns preferem a saga clássica do que essa

Por Luk

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post