Primeiras impressões – Toriko

O novo grande hype da Shonen Jump recebeu um anime mas será que deu tudo certo? Podem me tacar pedras mas dessa vez eu vou ser duro.

Toriko foi criado por Mitsutoshi Shimabukuro e é a promessa da Shonen Jump para ser um dos mangás mais populares da revista e um anime deve dar uma ajuda para atrair novos leitores. Tanto que, para chamar mais atenção foi feito um especial de 40 minutos com o pessoal de One Piece, que eu sei que nem preciso comentar sobre. Mas será que todo esse marketing influenciou na qualidade do anime?

A história

No mundo Gourmet, o que mais se preza é o sabor e a textura dos alimentos, mas não é tão fácil conseguir os mais caros, raros e deliciosos. Para isso são contratados os Bishokuya’s, que são caçadores especializados na caça e coleta de ingredientes.

Toriko é um Bishokuya, um dos Quatro Reis Celestiais que tem como sonho completar o menu perfeito da sua vida, que é separado em: Aperitivos, sopa, peixe, carne, prato principal, salada, sobremesa e bebida. Ele é um dos caçadores mais habilidosos do mundo, encontrou 2% dos 300 mil ingredientes que existem no mundo e por causa disso regularmente é contratado por restaurantes ou pessoas ricas para procurar novos ingredientes e animais raros.

Komatsu é o cozinheiro chefe de um hotel de luxo 5 estrelas que tem como sonho ser um dos melhores cozinheiros do mundo, fazer os melhores pratos com os melhores ingredientes. Ele é fraco e tímido mas passa a acompanhar Toriko depois de vê-lo caçar quando foi contrata-lo para capturar o crocodilo Galala, que possui um nível de captura 5.

Considerações Técnicas

Lembram sobre o que eu comentei no post de Steins;Gate sobre como o hype pode atrapalhar um anime? Bom justamente esse foi um problema de Toriko comigo. Eu fiquei tão empolgado com o anime chegando que resolvi ler o mangá algumas semanas antes e me apaixonei pela história, então o anime tinha de tudo pra ser incrível.

Podemos ver claramente o cuidado que estão tendo com o anime: uma música legal com elementos da história, animação boa da Toei e o dublador do Toriko era a voz que eu realmente imaginava para ele. E é até ai que meus pontos positivos vão. O episódio com One Piece é tão ruim que eu nem vou considerá-lo. Foi um saco aguentar 40 minutos de um filler mal escrito sendo que poderiam ter feito um episódio legal de 20 minutos baseado no capitulo especial One Piece x Toriko Cross Epoch. Então vamos para os dois episódios de verdade e minhas reclamações.

Eu tive um grande problema com a adaptação do mangá para o anime: eles estão correndo com a história para chegar logo aonde o manga começa a pegar fogo, que é na caça a Baleia Baiacu. Isso não quer dizer que você pode cobrir 07 capitulos em 2 episódios, sendo que o primeiro capitulo tem 63 páginas. Eles tiraram o chefe do Komatsu conversando sobre o porque dele querer gastar tanto dinheiro para contratar o Toriko, a parte inteira dos dois embarcando no navio do Tom e os comentários sobre o Komatsu ter que fazer um testamento porque ele certamente vai morrer e mais algumas coisinhas. Um de vocês deve vir e me falar que “Ah, essas coisas não tem tanta importância então podem tirar” e ai vem minha segunda reclamação.

No fim do segundo episódio aparece um noticiário chamado Notícias Gourmet e uma apresentadora chamada Tina que resume que ingredientes que o Toriko pegou no episódio. Até ai tudo bem, coisa de anime. Mas então, qual é a minha surpresa quando essa Tina aparece no terceiro episódio como uma personagem na história? Não tem necessidade dessa cena filler com ela! Faça a cena do Toriko na casa dele (que é feita de comida) saindo para caçar o Shakredonon e iria durar o mesmo tempo. São essas pequenas coisinhas que me irritam. Fora o politicamente correto de não mostrar ele fumando ou bebendo algo alcoólico.

Opinião geral

Eu fui um pouco duro com o anime, mas é porque eu sou fã de Toriko. Isso não quer dizer que o anime é ruim, longe disso, só que ele poderia ser melhor. Eu ando lendo a opinião de muitas pessoas que não leram o mangá e eles estão gostando bastante, então dever cumprido, eles estão conseguindo atrair novos leitores para o mangá aparentemente.

Sim eu recomendo o anime, mas eu já vou dizendo que deveria ler o mangá também. Torço muito para que não entre em filler muito cedo, a história só tem 138 capítulos até o momento (o mangá está em andamento) e pelo o que eu vi o pessoal que cuida da adaptação não sabe muito bem como usar o maravilhoso mundo Gourmet.

por Luk.

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post