Kobato e Hero Tales: Avalanche de lançamentos JBC

Depois de anunciar o relançamento de Evangelion, JBC prepara mais dois títulos para o final do ano.

Logo após ter feito o release oficial do relançamento de Evangelion, a editora JBC pega todo mundo de surpresa e através de sua nova publicação – a revista #HashiTag – divulgou mais dois de lançamentos: Kobato e Hero Tales. O primeiro é o trabalho recentemente finalizado do grupo CLAMP com 6 volumes (e há quem dizia que a JBC não iria publicar mais nada delas por causa da NewPop…) e o segundo é o mangá também finalizado com 5 volumes de Huang Jin Zhou com desenhos da autora de Fullmetal Alchemist. Ambos os títulos devem ser lançados ainda em 2011 (agradecimentos ao leitor Junior pela informação).

Hero Tales conta de uma lenda que fala sobre sete heróis, onde cada um deles carrega o poder de uma estrela. Taitou, protagonista da história, é na verdade a reencarnação de uma dessas estrelas, guardando consigo um imenso poder. Ele acaba por descobrir isso em seu aniversário quando é presenteado com a Kenkaranbu, uma poderosa espada que só pode ser manuseada por um verdadeiro herói. Frustrado por não conseguir utilizar a espada, um misterioso ladrão aparece para roubá-la e fala sobre a lenda dos sete heróis. Taitou então parte para recuperar a espada e descobrir a verdade sobre essa lenda.

Kobato conta a história de uma doce e ingênua garota que está numa missão para realizar o seu desejo. Para isso, ela deve preencher uma misteriosa garrafa mágica com o sofrimento das pessoas que ela ajuda no decorrer de sua caminhada. Para auxiliá-la está Ioryogi-san, um espírito mal educado na forma de um cachorro de pelúcia que está sempre pegando no pé da Kobato. Mas existe uma condição para tudo isso: Kobato não pode se apaixonar por ninguém! Assim, eles caminham para realizar o desejo da menina.

Agora os dois mangás se juntam com Cavaleiros do Zodíaco e Sakura como os lançamentos da editora previstos para os próximos meses, e nem preciso dizer que são dois títulos que certamente terão compradores. Kobato tem o forte apelo por ser do grupo CLAMP. Já Hero Tales mesmo não sendo uma obra tão conhecida por aqui, tem todo o apelo da autora de Fullmetal, também publicado pela editora. Vale lembrar que Hero Tales é pertencente da Square Enix, que reza a lenda que não libera seus títulos ao menos que sejam lançados junto com os mangás. Ao que parece realmente tudo não passa de uma lenda, ou a JBC realmente pretende trabalhar com animes por aqui. Eu não descarto a segunda opção, mas acho a primeira bem válida.

Não há nenhuma informação divulgada ainda sobre preços, formatos ou nada do tipo – embora já sabemos que não deve fugir muito do padrão da editora. O “anúncio” foi feito em um pequeno espaço da revista que pode ser conferida nas imagens abaixo. Por enquanto ficamos na espera de mais informações por parte da editora, o que não deve acontecer nos próximos dias.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Meu deus Square Enix liberou Hero Tales.
    Que surpreça e uma noticia apois a outra lol.

    • Hero Tales não tem nenhuma outra mídia para ser veiculada, por isso não seria empecilho liberarem sua publicação por aqui.

      O problema da Square Enix é com liberação de mangás que tenham animes ou jogos, que também devem ser licenciados oficialmente no país pra concederam a licença dos mangás, vide Soul Eater e Kingdom Hearts, (possivelmente) barrados por não terem anime/jogo lançados ainda no Brasil.

      • Dih

        Hero Tales tem anime, manolo. D:

      • Errr…..ok, esqueçam o que eu disse! hahaha =p

        Juro que não sabia da existência de um anime de Hero Tales. Então sinceramente não entendi essa história da Editora Abril com Kingdom Hearts. ^^

  • Ponto pra eles! (;

  • #Eujásabia

    Agora, falta saber se vão publicar algo da Clamp junto de Kobato, pra fazer a clássica dobradinha.

  • Freddie

    vo comprar os dois, ai meu bolso T-T

  • eu queria saber como eles escolhem os mangás
    Parece que nem pesquisa…
    One Piece ninguém fala nada
    Pq se é o mangá mais vendido no mundo

    Mais gostei do lançamento do Hero Tales

    • O problema de One Piece é que a liberação está bem complicada é um investimento muito alto e talz. Também aguardo ansiosamente.

  • Kobato! Que emoção!
    Essa vai ser uma compra certa. 😀

  • Kayque

    Oba! Kobato *.*
    A jbc nos surpreendendo! Compra na certa os 2.

  • Realmente Hero Tales será um compra certa( sério não é só por causa de FMA, mas adoro a mangaka)
    E esse da CLAMP não sei , mas vale pelo menos uma chance( afinal é a CLAMP , e pode não agradar a todos, mas vale pelo menos uma olhada)

  • gustavo n mendes

    kobato
    vou comprar
    e hero tales parece ser interessante tbm vou comprar o volume 1

  • Hero Tales é cofre!

    Kobato, apenas se for algo bem diferente do que é de costume do CLAMP, o que duvido muito.

  • Hero Tales pegarei depois por ser da Arawaka, mas Kobato é compra certa, adoro a protagonista.

  • Que pena que Kobato vai sair pela JBC, a editora só faz cagar as obras do CLAMP, que dó, que dó, que dó…Bom, mais pelo menos vai sair. Dá medo. Espero que respeitem a publicação e que não façam naquele papel jornal vagabundo, como fizeram com Chobits e todos os outros….

    Fãs do Clamp apreensivos.

  • Tiago Szanto

    Antes pela Jbc, que apesar de fazer cagadas, é bem melhor que a Newpop, que também faz cagada, mas demora mil anos pra lançar um volume

  • Putz meu bolso já era D:

  • PuriHae

    Concerteza vou compra Kobato, eu amei o anime e virei fã da personagem, que é uma fofa, e são poucos volumes. ansiosa.
    ah espero Sakura tmb!!!

  • E quando vai vir Tegami Bachi para cá? Os States já está com a versão inglês é décadas e o Brasil nada -_-
    Preciso ter urgentemente as aventuras de Lag Seeing na minha coleção *-*

    Quanto aos lançamentos: não me interessou nenhum =D

    *Lembrando que Full Metal Alchemist virou uma franquia e é da Square Enix. O problema real da barração de KH é por que a empresa está muito frescurenta ultimamente -_- (ainda em choque com o cancelamento de Chrono Ressurrection)

  • Anami

    Não vi o anime, mas assim, jogando palavras ao vento… a Sakura deixou o cabelo crescer um pouquinho e foi fazer Kobato.
    prontofalei.

    Mas aguardo ansiosamente os mangás da cardcaptor.
    aaaaaaah *-*

  • Q legal, kobato!!!
    Eu comprava nem q fossem 24 volumes, mesmo q vendessem em papel higienico e e enrolassem em pergaminho
    pq eu adoro a kobato

  • WAH, KOBATO. O/
    Algo me dizia que, pelo fato do título ser curtinho, a JBC iria publicar após Tsubasa/Holic. Com certeza vai estar no padrão da editora, só espero que não hajam muito erros de tradução ou impressão.

    Eu costumada a ver trabalhos do CLAMP só pela JBC, chiei um pouco ao ver Gate 7 indo pra NewPop, mas um dia desses, depois de comprar 2 mangás da Panini (Ok, é outra editora nada a ver, mas vocês entenderam o que eu quis dizer) vi a diferença de qualidade e fiquei chocada T_T O papel é mais macio… CHUIF;-; A JBC precisa parar de renovar o contrato com satanás e parar de usar aquele guardanapo nos mangás [Disseram papel higiênico, eu estou indo além ò.ó Heh]

    Um dia desses me peguei re-assistindo os últimos episódios do anime de Kobato. (E chorando de novo feito uma condenada), e fiquei curiosa por conta de algumas questões não muito bem explicadas. Li o mangá até mais ou menos o capítulo 20, quase no final mesmo ._. A ordem dos fatos muda bastante, o traço é bonito e agradável; MAS me segurei pra não ler o final na internet! Queria pegar aquele mangá com as MÃÃOS ò_ó Ainda bem que não demorou muito pra vir pro Brasil, yay ^^” Espero que tenha assinatura, pois Recife é parte da Região 2 da distribuição da JBC e, a menos que eu compre em lojas especializadas em Mangá, demora muito pra chegar aqui, mesmo sendo capital ._.

    E HERO TALES *—*
    Pelo o que me lembro, Hero Tales não fez muito sucesso (Me corrijam se eu estiver errada), especialmente com FMA, da mesma autora, ofuscando e desviando os olhares. Tem muitos clichês, mas como me tornei grande fã da Arawaka-sensei-sama, darei uma chance a esta obra, que é curta e não deve me decepcionar (muito).

    Como sempre, Doumo Arigattou pela ótima notícia, ChuNan ♥ o/

  • To muito contente com o lançamento de “KOBATO”, pois mês passado inclusive eu havia enviado um e-mail sugerindo o título à JBC!

  • Notlieda Satnad

    Alegria, mais um mangá do CLAMP no Brasil! Olha, eu não me importo muito com a qualidade do papel usado pela JBC, eu me incomodo mais com dividar o volume em dois, pelo menos, com a JBC, temos a certeza que veremos a publicação do começo até o fim, isso é o que realmente importa! Bem, depois do mangá de Kobato, quem sabe não seja a hora de nós, brasileiros termos o direito e a oportunidade de ler o magnífico “RG VEDA”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Guilherme

    Saber Marionette J já acabou?
    Seria legal se eles lançassem Houshin Engi / Soul Hunter depois disso, para manter a linha “mangas de animes da Locomotion”.

  • HERO TALES!!!
    Não gosto de como a JBC trata seus mangás, mas fazer o quê né sou fan de Hero Tales! e quero ter o mangá em português SIM!

    Uma Pena que nenhum SUB brasileiro tenha traduzido os ultimos capítulos de hero tales

  • Esse hero tales… os olhos do cara são identicos aos do edward ._.

  • Anderson

    De verdade, o que foi lançado de bom este ano é o Air Gear da Panini e a reedição de Gen Pés Descalços da Conrad – mais fiel à original japonesa. De resto, nada vale a pena. Porque as editoras têm tanta resistência em publicar coisas realmente boas? E olha que o que não falta é opção (Akira, KamuiDen, Blame!, Initial D, Kamen Rider,…).

  • Miguel Carqueija

    Parece que a JBC esqueceu de lançar o volume 2 de Kobato… e eu comprei o volume 1. A história está diferente, não entendi essa da Kobato ficar semanas ao relento (como se alimentava, tomava banho e fazia outras coisas?)

  • Pingback: Square Enix | Biblioteca brasileira de mangas()