Eu Recomendo Especial Parte 2 – Os melhores de 2011: Verão e Outono.

Diferente de certas pessoas, eu termino as minhas retrospectivas que eu prometo!

O primeiro semestre de 2011 foi marcado com ótimas animações que deixaram a maioria dos otakus com um grande hype para esses últimos 6 meses no ano. Para finalizar esse “Eu recomendo Especial”, estamos listando os 10 últimos animes que gostamos, dando um total de 20 animes que valem a pena ser conferidos.

Essas duas postagens deram bastante trabalho e gostei do resultado final, mas preciso continuar pedindo a ajuda dos nossos leitores para completar essa postagem. Eu não assisti todos os animes, assim como meu gosto também não é superior ao de vocês. Então comentem sobre algum anime que vocês acham que mereciam estar na lista. Vamos logo fechar essa bagaça que eu preciso fazer outras Primeiras Impressões. Lembrando que os animes estão por ordem alfabética .

Para aqueles que não viram a primeira parte, CLIQUE AQUI.

Verão

Saímos da melhor temporada de 2011 e embarcamos na pior temporada do ano. O grande problema talvez seja o meu gosto. Apenas um anime novo realmente eu considero acima da média e o resto eu gostei, mas não tanto quanto o pessoal no twitter ou no resto da internet. Foram 4 animes selecionados sendo que, entre eles, eu realmente gostei de apenas 2 e os outros entram porque eu sei que agradou a muitos.

Baka to Test to Shoukanjuu Ni!

Gênero: Comédia Escolar, Romance.

Estúdio: SILVER LINK.

Review: –

Muitos criticaram a qualidade dessa segunda temporada de Baka Test, mas eu me diverti demais com todos os episódios. Um desses ainda conseguiu me tirar o fôlego de tão bom (não por ser engraçado e sim por causa da história). Eu ainda recomendo esse anime: uma comédia diferente, com episódios voltados para as ações com as invocações de seres, e que muda o ritmo do anime enquanto cada batalha dura (depois volta para o anime de harém de sempre). O casal Yuji e Shouko são um dos mais divertidos que eu já vi. Ela é totalmente possessiva e não pensa duas vezes antes de atacar seu futuro marido por causa de ciúmes.

Mawaru Penguindrum

Gênero: Comédia, Mistério, Drama.

Estúdio: Brain’s Base.

Review:  Nahel Argama

Um anime ame ou odeie? Mawaru é um anime que definitivamente não foi feito para todos, com uma trama cheia de reviravoltas, plots em cima de plots e toda a história é cheia de simbolismos. Confesso que o anime não me agradou tanto (só fui terminar por causa da qualidade excelente da animação), mas muitos o consideram dentro do top 3 de melhores do ano e basicamente por isso ele está aqui nessa lista. Eu não sou o público alvo da animação, mas talvez um dos nossos leitores seja e por isso vale a pena conferida.

No. 6

Gênero: Ação, Sci-Fi.

Estúdio: Bones.

Review: Chuva de Nanquim

Esse foi um anime que certamente pegou muitos de surpresa – um ótima surpresa eu diria. Aparentando ser somente mais um anime de ficção científica com um plot interessante, fazendo muitos se lembrarem do controverso Fractale, No.6 se mostrou muito mais do que isso: o crescimento da relação entre dois personagens em meio ao caos dos dois diferentes mundos em que cada um deles vivia. A luta para sobreviver e a descoberta de novos sentimentos. Algo que acho que deve ser citado, é que a maioria das séries que tenham conteúdo gay costumam se vender como tal (a história de um gay que trabalhava em uma biblioteca), ao invés de ser somente um detalhe sobre o personagem (a história de um bibliotecário que por ocasião é gay). E isso é algo que achei bastante digno, No.6 não fez alarde sobre a sexualidade dos protagonistas, sequer entrou nessa questão – a idéia não era levantar bandeiras. Isso foi algo que pegou a todos de surpresa – para a máxima felicidade dos fãs de shounen-ai, risos. Apesar do final um pouco corrido, com certeza um anime que ficará na memória de muita gente por um bom tempo.

Usagi Drop

Gênero: Slice of Life.

Estúdio: Production I.G.

Review: Chuva de Nanquim

O melhor dessa temporada de verão foi um anime que não possui uma história complicada e que não vai explodir sua cabeça. Na verdade ele trata do dia a dia de um homem tentando virar um bom pai para sua “filha”. Usagi Drop emocionou com o crescimento da pequena Rin, fazendo com que o sentimento paterno ou materno dos otakus de plantão fosse lá para cima. Ainda me lembro a tensão que foi o episódio que ela ficou muito doente. Eu realmente me preocupei com a garotinha de uma maneira que nunca pensei que aconteceria. O meu comentário após todo episódio visto era que Usagi Drop sempre fazia o meu fim de noite um pouco mais feliz (é verdade, eu terminava com um sorriso no rosto). Não preciso falar que com certeza ele faz parte dos favoritos aqui da galera do Chuva de Nanquim, não é? E um aviso: Não leiam o mangá.

Outono

Últimos animes do ano. Muitos falaram que essa temporada foi bem fraca, mas eu me diverti bastante com a maioria dos animes dela. Tínhamos uma adaptação de um game que eu adoro, remake de uma série maravilhosa e até uma garota cubo que gerou um post divertido de escrever. Fechando o ano com os 6 animes escolhidos e os 20 animes recomendados de 2011! Vale citar que séries como Persona 4, que também poderia estar aqui, não constam pelo limite de 10 animes. Porém, fica o registro que também é recomendável.

Ben-To

Gênero: Comédia Escolar, Ecchi

Estúdio: David Production

Review: Gyabbo

Quem achou que uma briga pela “marmita” mais barata no mercado seria um anime divertido? Eu que não, mas tá ai, e como disse o Gyabbo: Milagres acontecem. Um anime de porradaria bem divertido, que pegou 99% das pessoas desprevenidas e que mereceu ser citado aqui por ser realmente bom! Tá, a animação nas lutas não é lá essas coisas, mas você realmente nem vai perceber isso. Uma grande prova do que só uma mente (doentia) japonesa pode inventar. Só sei que eu não perderia pra ninguém na porrada, sou faixa branca de Judô, rapaz!

Chihayafuru

Gênero: Esporte.

Estúdio: Madhouse.

Review: –

Eu já tinha visto algo sobre Karuta em algum lugar, era uma coisa meio estranha onde tinha uma mulher recitando um poema e duas pessoas paradas olhando para um monte de cartas. Basicamente era isso que eu conhecia sobre o esporte. Até que chegou Chihayafuru e me ensinou muita coisa sobre esse mundo. É impressionante como um anime pode transformar qualquer esporte em algo extremamente emocionante, como um Hikaru no Go que conseguiu transformar Go em algo divertido de se ver. O anime me capturou rapidamente com uma personagem principal cativante, um “triângulo amoroso” e… karuta! Torço para que a série dure bastante ou que pelo menos tenha uma segunda temporada.

Fate Zero

Gênero: Ação, Fantasia.

Estúdio: Ufotable

Review:

A aposta do ano para o anime que poderia superar Madoka Magica mas que acabou caindo na competição de 2012 (para a minha alegria, pois quero que ele ganhe prêmios de melhor anime do ano em 2012). Contando com uma equipe de peso (Gen Urobuchi, Yuki Kajiura, Ufotable, Ei Aoki e Type-Moon), Fate/Zero provou que não é feito somente de grandes nomes. Gen Urobuchi mostrou que suas tramas são inteligentes e bem amarradas, Yuki Kajiura fez sua parte passando todo o sentimento da série para as músicas, a Ufotable que nos fez achar que estávamos assistindo um filme e não uma série de TV pela excelente qualidade de animação, a direção competente de Ei Aoki e tudo isso sob o nome da famosa e prestigiada Type-Moon. Fate/Zero tem duas temporadas mas não continuou na leva seguinte a de sua estréia, por isso agora encontra-se em pausa mas voltará na próxima temporada de animes. E já na primeira metade fomos apresentados a grandes conspirações, lutas épicas, e tudo mais que não costumamos ver todos os dias num anime. Quem ainda não começou a ver, aproveite que o anime está em pausa e fique em dia! Certamente uma série obrigatória para qualquer fã de anime, indepentende de terem visto ou não o sua sequência, Fate/Stay Night.

Hunter x Hunter

Gênero: Ação, Aventura.

Estúdio: Madhouse.

Review: – 

Eu já disse que ainda não entendo muito o motivo desse novo anime, mas ainda assim admito que ele serviu para apresentar o mundo de HxH para os novos otakus. O anime é divertido, não diria que a adaptação é boa, mas mesmo assim não me faz desistir de assistir como foi com Deadman Wonderland que mudou muita coisa do mangá. O grande problema desse novo anime é que ele passa em um horário que não permite toda a violência que a história original possui, mas ainda espero que aconteça a mesma coisa que ocorreu com FMA Brotherhood, que teve um começo muito criticado e acabou finalizando como um ótimo anime, passando sua primeira versão por muito. No geral, a trilha sonora é ótima, a animação muito coerente e apesar de tudo, é melhor do que o anime anterior. Quem reclama da violência desse, não deve lembrar que o antigo também não tinha lá essas coisas.

Mirai Nikki

Gênero: Ação, Mistério.

Estúdio: asread

Review: – 

Já ouviu falar da expressão “É tão ruim que dá a volta e fica bom” ? Basicamente é isso que eu digo sobre Mirai Nikki. Eu realmente acho a história bem fraca, os personagens são idiotas, a animação não é lá essas coisas, mas eu não consigo deixar de assistir. Deve existir uma magia que te prende. Já li alguns textos da Beta e parece que ela tem esse mesmo sentimento. Eu confesso que coloquei nessa lista mais por conseguir botar 20 animes, mas eu realmente diria pra um amigo meu ver. É um anime com muita violência, alguns picos de boas “estratégias” e que te faz entrar no clima do “jogo” da série. Vale a pena assistir se você curte animes psicopatas e com uma dose de fanservice.

Working!!

Gênero: Comédia

Estúdio: A-1 Pictures

Review: – 

Eu não sou aquele cara que fica muito ligado em coisas bonitinhas e nem retardado o bastante para ficar falando “Ti Bunitinha”, “Kawaii desu” e outras. Mas confesso que Working faz esses pensamentos correrem pela minha mente. É uma comédia que se passa a maior parte do tempo dentro de um restaurante, com uma personagem extremamente moe. Vou te contar que eu realmente gosto desse anime desde a primeira temporada. É bem leve e você nunca vai ver eles apelarem para algo sexual – que parece ser algo obrigatório hoje em dia – fazendo com que eles se baseiem basicamente no carisma de seus personagens.

por Luk e Trunqs (No. 6 e Fate Zero)

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post

  • Destes curto: Working!, Mirai Nikki, Hunter x Hunter, Fate Zero e Ben-To.

  • ViH

    hum…eu pessoalmente acho que Blood-c merecia entrar na lista .Eu sei que muitos droparam o anime antes do quarto ou quinto episodio ,mas o final te deixa limpando os pedaços do seu cérebro do teto .
    Eu também acho que Madoka não é lá essas coisas .A qualidade técnica é impecável ,mas sinceramente o anime não me agradou tanto aponto de entrar por meu top 10.
    E Fate/Zero …Bom desse eu gostei muito ,mas só dos espíritos heróicos .Eu detestei a maioria dos humanos seu uns babacas .Mas o melhor personagem ainda é o Rider,na verdade eu acho que eu gostei tanto só por ele
    Paz

    • Andy

      Blood-C foi para os pacientes aqueles esperançosos porque o final me deixou mother fucker com vontade de ver a continuação. para os pacientes a partir do ep. 9 começa a ficar melhor e a destrinchar o enredo da história.

      • O rider eh d+ cara um dos personagens mais carismaticos de todos os animes nao conheço uma pessoa q tenha visto e nao tenha gostado dele

    • Richard Lemes

      eu nao sei pq nao saiu ainda o episodio 14 do fate zero adorei esse anime muito bom mesmo !!!! alguem tem respostas desse anime !!!!

  • eu to lendo o manga de usagi drop e não vi nada demais até agora, fiquei até com medo

    • gabrinius

      pare enquanto ainda dá tempo.

      • tarde demais minha curiosidade foi maior….
        QUE PORRA FOI AQUELA???? por um momento eu achei que tinha esquecido tudo de inglês e começado a ler errado, tive que ir no Wikipedia pra ver se era verdade

    • nínguem tinha me avisado, ChuNan seu atrasado! xD
      Terminei o mangá em inglês antes do 3o. cap!

  • CloudZ

    Fate/Zero é incrível, muito bom mesmo. Mas Chihayafuru, pra minha surpresa, é excelente. No início eu tinha baixado o primeiro episódio só porque tava entediado e a imagem do anime me chamou a atenção. Mas depois que assisti, não consegui parar mais. É um anime bastante acima da média.

    Agora Mirai Nikki, que adaptação ruim. Não sei se foi porque eu li o mangá antes, mas o anime não consegue passar aquela empolgação incrível do mangá. A dubladora da Yuno é terrível. Nas cenas de descontração, até que vai, mas nas melhores cenas, parece que ela tá engasgada. Mas, surpreendentemente, se muita gente gostou, que bom então. ‘-‘

    • Gustavo

      Fate/Zero é muito bom mesmo!!!

  • Desses ai só vi HxH, que na minha opinião ficou mto bom, gostei do traço que ficou mais parecido com o mangá, os cenários que não ficaram mto infantis, e alem do gon e do killua que ficaram mais parecidos com crianças, o encerramento ta otimo tbm

  • oi -q

    Persona? qq

  • Mawaru me deu a sensação que você teve com Mirai Nikki.
    N° 06 pra mim foi horrível, curti só os episódios 09 e 10.
    Usagi Drop foi agradável, as carinhas da Rin sorrindo, *-* (E ñ leiam mangá mesmo!)
    Ben-to pra mim foi uma grata surpresa no começo, mas achei que a série acabou se perdendo no caminho.
    Chihaya é agradavel e passa uma boa sensação, nada demasiado.
    Fate/Zero Nem tem mais oq flr.
    Mirai Nikki dps q li mangá meio q ñ tenho olhado muito anime, mas antes curtia mesmo, e recomendadissimo.
    Hunter X Hunter é Hunter X Hunter.

    E podia citar Nura 2, uma série que na 1ª foi legal, mas essa segunda foi foda.

    • Yuki=kun

      Pior que Mirai é o melhor daí, o mangá. O anime ficou uma bosta se for comparar, embora o final tenha sido “WHAT?” de péssimo, totalmente sem sentido, até aquela coisa de paralelismo do reborn tem mais sentido.

      • Ana Kawaii

        tambem odiei o final, o final deixou a desejar
        alem de e chorar pakas

  • o pato

    reforço fortemente a recomendação de penguindrum, usagi drop, chihayafuru e hxh. =’)

  • Dessa lista Já ví tudo, menos Mawaru que dropei.
    Os melhores são Fate/ Zero, Bento e Mirai Nikki.

    • ´Perdeu o melhor anime do ano, hahaha

  • Faltou Un-Go ]:

  • manuche

    Fate zero e fantastico!

    cheio de profissionalismo!

    recomendo vivamente.

    e pena tar em pausa..

    tou louco para ver o resto da trama.

    cumps

  • deise

    cara cade a checklist ?? a proposito belo post adorei fate zero

  • gabrinius

    se eu tivesse lido esse aviso pra “não ler o mangá” de usagi drop antes, certamente seria uma das coisas favoritas pra sempre.

    aos que leram o aviso, minha dica é que levem tal aviso a sério. assistam o anime, mas nunca pensem em querer saber o que acontece alem do que o anime contou.

  • gabrinius

    já o ben-tô, ao contrario do que disse, eu discordo, esperava algo melhor do que foi. esperava uma comédia, mas com o passar dos episodios apareceram coisas de lobo do oriente e lobo do sei la onde, lobo, cachorro, cão de caça e os cambau. e o grande lider dos lobos malvaddos que queria dominar todas as marmitarias da cidade, e o protagonista que é um merda vai e ganha dele. ficou parecendo essas séries de quinta categoria da jump.

    só faltava eles terem a luta final num wal mart ou coisa parecida de um territorio neutro da cidade.

  • Lyn

    Eu realmente não gosto de “Chihayafuru”, apesar de achar a arte bonita. Entretanto, estou de acordo com os outros. São todos bons animes em especial “Mawaru Penguindrum” e “Nº6”, que são meus favoritos da lista. *3*

  • eu acompanhei todos os animes, exceto No. 6 e ChihayaFuru( tinha mto anime pra baixar ai to esperando vagar mais pra eu começa a assistir) eu sempre apostei nos animes de 2011 e eles são os melhores ate agora, mto bons e criativos, no caso de Ben-To, eu já sabia q iria ser ótimo pq era algo original e divertido. Os animes de 2012 estão com um ar de cansaço, um pouco melancólicos =.= nao todos, mas eu sei que vão melhorar ^^

  • Davi Kallebe

    Chihaya é muito bom, as partidas de Karuta podem ser realmente emocionantes!

  • Rafa

    “Diferente de certas pessoas, eu termino as minhas retrospectivas que eu prometo!”

    ???

    Falando nisso… e a retrospectiva das outras editoras? Por enquanto só vi o da JBC.

  • Porque não ler o manga de Usagi Drop? Tenho os 2 primeiros volumes impressos e parece igual xD Tirando que já ouvi que quando ela virar adolescente fica meio esquisito xD

    • É daí em diante que vc deve parar, Will Shall NOT Pass. Pense em depois que ela cresce como sendo outro mangá e este outro mangá é pessímo

      • Se é assim acho que vou passar à frente mesmo xD Posso dar uma vista de olhos mas comprar como compro agora não o devo fazer xD

      • gabrinius

        péssimo em conteudo e bizarro em arte

    • Roger

      Deus, por que eu fui curioso e fui ler o mangá de Usagi Drop?! Se vc está lendo e está no começo pare enquanto é tempo e fique só com o anime. Ou então torça para ter uma amnésia…

  • ViH

    Eu esqueci de comentar Usagi Drop .Esse eu não vi ,mas eu tive um motivo muito bom .Um tempo atrás eu li um manga com uma situação mais ou menos parecida.Um parente mais velho cuidando de uma parente mais nova e no final das contas…pelo meu chute quem leu o manga vai saber como completar a lacuna.E eu sabia que isso ia rolar ,por isso eu não vi.É impressionante como hoje em dia ,principalmente na área dos animes , é impossível,ou quase, se ter um relacionamento familiar puro e sincero,quando não são os irmãos de criação(ou não) se pregando é coisa pior. Mas eu acho que contanto que eu fique longe do manga e apague aexistencia dele da minha memoria eu deveria dar uma chance

  • Ivo M Pereira

    É pena mesmo não recomendarem Deadman Wonderland.
    Eu, que não li o manga, adorei o anime, pena ter parado, parece que poucas pessoas realmente gostaram, é pena, eu recomendaria!

    • se vc não leu o mangá: anime legal, uma trama diferente e um ótimo ritmo
      se vc leu o mangá: uma porcaria feita só pra ganhar dinheiro

      • É, infelizmente parece que é isso mesmo, mesmo assim recomendo muito a quem não leu o manga.

  • Dioga

    Da lista, não vi Baka e working, por serem continuações de animes que não vi. Mirai com essa adaptação ruim esta parado até quando eu tomar coragem para continuar, HxH acabei dropando, mesmo sendo fã do manga, talvez quando estiver lá pra frente eu baixe.
    Mawaru acabei deixando pra ver tudo de uma vez e ainda estou parado no 14. No.06 Estou parado no 6 ainda, pretendo continuar como Penguindrum

    Ben-to, Usagi, Fate e Chihaya vi até o final certinho e foram ótimos animes realmente.

  • Alice

    Realmente No.6 foi muito lindo e todo essa onda sobre a sexualidade dos protagonistas bem… sério o anime nem é focado nisso, mas tinha cada coment que vi por aí, enfim é bom saber que tem mais fãns, sério pq não encontrei muito gente que falasse bem desse anime.
    Sim o anime de Persona 4, nossa !!!!!!!!( será que rola um anime de Persona 3?Só em sonho mesmo, mas…………um otaku pode sonhar, lol).
    Sobre Mirai NIkki..bem tenho muitos contras o anime, o mangá pessoalmente é muito bom, mas para mim, pelo menos digo por mim, acho que o anime não captou tão bem quanto poderia, sério, tá OP e o Ed são bons e tem elementos muito intrigantes, mas sei lá, eu sempre acho que falta algo, não não é negócio de fã xiíta exigente( sei bem que o anime não é sempre a mesma coisa que o mangá), mas sei lá parece que falta um sal para deixar o negócio no ponto, e diz que terá 26 episódio mas vi esses dias o episódio 14 e olha…falta muito ainda para esse trem andar, mas muito mesmo.
    Sempre quis ver Ben-To, ouvi muito coisa sobre, talvez merece uma chance.

    • Segundo sei há um anime de Persona 3 xD Nunca vi por isso não dou certezas xD

      • Na verdade não é um anime DE Persona 3 , era pra ser algo que tem a ver com Persona 3 mas no final ficou algo muito diferente.

        Se chama Persona Trinity Soul , anime horrível na minha opinião de merda,me sinto ofendido ao falarem que essa coisa é uma continuação pra Persona 3 , o único personagem de P3 que aparece é o Akihiko , e a história é praticamente original, alguém que jogou o jogo acha mesmo que aquilo é uma continuação???

        Eu nem considero um Persona, deviam tirar Persona do nome e deixar só o Trinity Soul.

  • Na minha opinião essas foram temporadas interessantes, por que o que eu acabei assistindo foram animes como Working 2 e Usagi Drop, e atualmente Chihayafuru (Anime realmente tem o poder de fazer qualquer jogo ficar legal, eu sou uma grande fã de Hikaru no Go, por exemplo, e o jogo deve ser extremamente cansativo! Assim como Mahjong ficou bem legal após o anime Saki – que merece uma continuação). Eu não cheguei a ver as grandes produções e, devo dizer, que elas pouco me inspiraram a assistir.
    Obrigada pelo trabalho duro!~
    – Amo o Chunan eu visito sempre que há reviews ou recomendações –

  • Marcus

    Usagi Drop foi a melhor coisa que eu vi em 2011! Todo mundo termina os capítulos rindo e com vontade de ser pai!

    Menção honrosa pra Fate/Zero e Chihayafuru. São excelentes tb, não perco um episódio.

    Mirai Nikki eu estou na EXATA situação. Eu achava bem legal no início, a abertura me prendeu bastante, mas depois ficou ruim. Ainda assim eu vejo e indico.

    HxH eu assisto pq, bem… é HxH. Mas por enquanto tô achando bem fraco. Mas pode ser pq eu acompanho o mangá a tanto tempo, e sei que o negócio tem potencial pra ficar tão bom, que sempre espero mais do que o anime passa. Daqui a uns 2 meses, se Deus quiser, entra a saga do Genei-Ryodan e tudo melhora!

    Ben-to e No. 6 não me prenderam o suficiente. Abandonei nos primeiros episódios.

    Working! eu achei um saco! Idiota demais aquilo, não consegui gostar mesmo.

    O resto eu nem cheguei a ver.

    Se tiver que indicar um da lista eu indicaria Usagi Drop. E se fosse um que não está na lista, Deadman Wonderland. Eu sei, é bem infiel ao mangá, mas, pra quem assistiu antes de ler, foi muito bom. Comecei a comprar o mangá da Panini depois de ver o anime.

  • Não teria bakuman 2 no outono nao?
    Do verão não vi nada mas to interessado
    em Mawaru Peguindrum e No. 6
    e de outono vi fate/zero e to interessado
    em ver a remake de hunter x hunter (pq nunca vi o anime, nem o antigo)

  • Vantagem do eu recomendo especial: vc percebe o quanto os ultimos anos de animes foram bons ou não. Sinceramente? Me deu uma nostalgia dos velhos animes xD
    De ver os recomendados eu fui ver os não foram recomendados, tirando alguns citados aqui, tá f*¨#$… (Eu fui ver até a lista de uns animes que nem foram traduzidos, assustador).
    Não tô falando mal dos animes não, nem dessa nem da temporada anterior, alias, ótimo trabalho ChuNan! O problema é que vc tem q “garimpar” os bons animes… ai complica.

  • Mirai Nikki nunca é ruim o suficiente para ficar bom.

    • só uma pergunta, qual das interpretações minhas do seu comentário são corretas (sério cara, sem trollagem nenhuma!):
      – é ruim, mas não tão ruim (fundo do poço) que possa se falar que ficou “bom” (“bom”, neste caso, seria algo puxando pro trash, do tipo é tão ruim q ficou “cult” ou “hype”).
      – é tão ruim que pode ser desconsiderado, ignorado, nunca ficaria bom mesmo se vc virasse de ponta cabeça.
      só agora deu uma acalmada nas minhas coisas e vou poder rever e ver uns animes (Mirai Nikki em especial ficou “congelado” no cap 4), é uma opinião que vale muito!

      Até aqui a história ainda é a mesma coisa estranha mas interessante que é Mirai Nikki (estranha é o melhor termo, tem gente que adora falar que é diferente, inovadora… balela), tão a mesma que me deu aquela sensação “desligue a tv e vá ler um livro” (no caso, ler o mangá dnovo pra pegar umas coisas q tinham me passado batido). Um ponto positivo do anime é que a Yuno mais ecchi que moe (como no mangá) consegue ser ainda mais assustadora!

  • Lucas

    Prefiro HxH antigo

    • fernando

      Eu também.

      • André Alves

        Então somos 3 (ou bem mais…)

      • Smolder

        4, eu num sei pq dizem que aquele anime é ruim,porra amava os diálogos ,principalmente na saga Genei-Ryodan,tudo bem que o mangá é muito diferente,mas eu achava aquele anime otimo.

  • Desses ai só gostei de Ben-to e Fate Zero

  • fernando

    Faltou Shinryaku!? Ika Musume.

  • Hajime

    Chunan, esse post foi alguns meses atrasado. Mais exatamente, desde que Usagi Drop acabou, pq eu li o Mangá logo em seguida.QUE MERDA FOI AQUELA?!?! quase me matei com aquele final, sério, NÃO LEIAM!

  • Patético essa obrigação de ter que falar do final do mangá de Usagi Drop todo vez que o mesmo é mencionado. Não tem graça nenhuma, vira uma modinha falar mal sendo que a maioria corre ver o que acontece no final sem nem ter lido, estragando completamente a experiência.

    • Patético é o próprio mangá.
      A primeira metade é excelente, se destaca mesmo, mas então… mudou completamente para a pior.
      Vai contra tudo que tinha construído, não apenas em conteúdo, em estilo também. Se tornou um romance escolar comum.
      E ruim.

      E também é muito ruim.
      Quando tenta ficar bom acaba ficando mais ruim ainda.
      Personagens bons e interessantes se tornam ruins são jogadores no lixo.
      Personagens que já eram ruins ficam péssimos.
      Ruim, ruim, ruim.
      Desperdício.

    • Ah cara… desculpa, mas depois que ela cresce é até necessário correr com a história. O enredo vira um shoujo bem sem açucar e, quando tem alguma reviravolta, ela é previsível e desnecessária (pra extender a história, pura e simplesmente), e de tantas reviravoltas, a autora ficou sem saber o que fazer e o mangá acabou daquele jeito… seria muito mais inteligente ela desfazer umas confusões que ela mesmo fez e dar um final mais comum. O mangá começa mostrando se belo na sua simplicidade de enredo, não tinha porque ela fazer toda aquela confusão de um shoujo típico, Usagui Drop nem era pra ser um shoujo típico!

    • gabrinius

      não se fala pra não ler por ser “modinha falar mal” se fala pra não ler e que a segunda metade é ruim porque realmente é ruim, tão ruim que se vê praticamente um consenso que é ruim. como o amigo disse bem lá encima: “a segunda metade da história é um outro mangá, e esse outro mangá é péssimo”. disse tudo

  • Mawaru Penguindrum é um dos animes mais GENIAIS q eu já vi, sério, vale a pena dar uma chance!
    A história é totalmente imprevisível e os personagens são muito bem desenvolvidos, mas o que me chamou mesmo a atenção foi a ousadia desse anime, q ousou abordar vários temas delicados.
    Se vc gosta de mindfucks, assista. xD

    Working eu comecei a ver, mas achei chatinho e abandonei. Achei bem sem graça e não gostei da personalidade de nenhum personagem 🙁

    Os outros eu ainda não assisti, mas Ben-to e Fate Zero parecem bons.

  • Mawaru Penguindrum é pura GENIALIDADE. Mindfucks, reviravoltas, humor, drama, pinguins e personagens cheios de trauminhas.
    A história é totalmente imprevisível, me deixou obsessivamente curiosa em todos os epsódios xD
    Mas o que mais me chamou a atenção foi a ousadia desse anime, que abordou vários temas delicados.
    Enfim, é muito bom <3 <3 <3 , recomendo fortemente!

  • trocaria mirai nikki por persona 4 facilmente nessa lista, mas é tudo questão de opinião xD
    o meu “é tão ruim que fica bom/ não consigo parar de assistir” é Guilty Crown, aquela madição! >.<

    Comecei Mawaru ontem e tenho que botar Mirai Nikki em dia ( tinha dropado mas me falaram que era bom (?).
    E a maioria dessa lista está na minha lista de espera, falta tempo…

  • Tô na mesma imensa dúvida do Marco, espero que algo aqui me ajude.
    Percebi uma coisa impressionante nessa lista: muitos comentários do próprio ChuNan e das pessoas aqui falando quase sempre “coisas que só os japoneses poderiam inventar”… assustadoramente verdade!

    – Só BakaTesto pode ser tão idiotamente engraçado e ter um jogo totalmente bizarro (luta entre as salas) que te prende, mesmo não fazendo sentido nenhum! xD
    – Mawaru eu não vi, mas pinguins e temas delicados no mesmo desenho? WTF?!
    – Só no Japão um shoune-ai pode “sair do armário” (Nº. 6)
    – Usagui Drop poderia ser feito em qualquer lugar, mas só no Japão o público alvo de uma história com traços tão delicados e plot tão simples são os quase adultos!
    – Ben To? Fala sério, aqui salgado do dia anterior é o mesmo preço e nínguém briga por ele! kkkkkkkkkk
    – Chihayafuru… Um jogo japonês e ANTIGO, tornado interessante e emocionante
    – Fate Zero qualquer lugar do mundo sairia igual, no roteiro, pq só essa equipe fodona consegue fazer um anime tão bem conexo e bonito.
    – HxH é shounen, sem mais, DBZ, YuYu, OP e Naruto só saí de lá, por mais q tentem copiar a fórmula mundo afora.
    – Mirai Nikki é doentio até pro mais doentio terror B americano, ao mesmo tempo tem uma trama mais inteligente que muita série de tv americana. Tem um charme próprio por causa disso
    – Working é tão besta, mas tão besta que vc ri de si mesmo vendo o anime, nada como fazer isso pra vida ficar mais leve

  • haon

    Muito bom o guia! Vou usá-lo para decidir o que assistir (não curto assistir séries ainda em andamento). Obrigado!

  • Eu só assisti a temporada de verão por enquanto e posso dizer que realmente tivemos bons títulos (que espero que sejam continuados futuramente). Tenho grandes expectativas para a temporada que se iniciou nesse semestre mesmo que com ela venham alguns lixos.

  • Rayovac

    Ao contrario das ultimas duas temporadas, aonde eu não vi nenhum dos anumes que você recomendou, esse “Eu recomendo” eu vi praticamente todos os animes citados e posso dizer que pra mim os melhores são:

    1) Usagi Drop, sem dúvida pra mim que curte romance e essas baboseiras Usagi caiu como uma luva, e é claro aflorou um sentimento muito forte dentro de mim xDD

    2) No. 6, a me desculpem, mas esse anime foi muito marcante pra mim, a relação entre os dois é tão legal e a história é boa também, não tem como não incluir nos 3 mais dessas duas temporadas.

    3) Fate/Zero, só tá em terceiro aqui porque ainda não acabou então eu não posso arriscar muito, mas imaginando que as coisas vão manter o ritmo ele vai ser o melhor do ano, é simplesmente perfeito, tem tudo o que eu preciso ver e saber dentro de um anime, sem excesso de informação, e sem muita lenga, lenga, e com lutas de tirar o folego!

    4) Chihayafuru, aff eu realmente não resisto a um triangulo amoroso, eu acho tãããão legal isso! Toda aquela tensão, e zas, e sem contar que Karuta me pareceu algo mais divertido do que eu imaginava antigamente, mas sem duvida é um anime muito fofo, com aquela coisa de superação e tals, mas o triangulo amoroso tá bem armado e deixa a coisa toda mais leve e dinâmica!

    5) Mawaru Penguindrum, OH! My God! um anime horrivel, sem sentido nenhum, com uma trama complexa e mal elaborada, mas sem eu nem ao menos perceber eu fiquei muito apreensivo e emocionado com as reviravoltas da serie, apesar de não entender alguns episódios, e não ter muita coragem pra assistir de novo, foi um anime que me deixou muito perplexo com as reviravoltas e me emocionou muito no final!

    6) HxH, a que bom que saiu um Remake, sem duvida pra mim que não viu a serie original, é muito melhor assim, apesar que o manga me pareceu mais legal ainda sim vou continuar acompanhando, e espero que os novos trechos do manga sejam feitos em animação também!

    7) Mirai Nikki, aff eu não sabia se colocava ele em primeiro, segundo então pus em ultimo só de raiva mesmo, eu não sei o que falar desse anime, ele é ainda pior que Mawaru Penguindrum, só que com ação e tensão, só que inacreditavelmente é o que eu mais to gostando de assistir, e sempre rola uma ansiedade de saber o que vai acontecer no próximo episódio, acho que o tema é o mais interessante, eu curto muito essa coisa de jogos valendo a vida (com excessão do péssimo Jogos Mortai) mas enfim, e a forma como esse “jogo” se desenrola é muito interessante, a idéia de ver o futuro e tudo mais, enfim, eu curti muito! Apesar de saber que é uma bosta.

    Bom deveriam entrar aqui só Persona mesmo, apesar que eu gostei de varios outros, mas que realmente não merecem entrar nessa lista, já que é gosto muito pessoal. Foi um ano que eu particularmente gostei muito os grandes sucessos da Jump deixaram um pouco a desejar com muitos fillers maiss num geral foi um ano bem divertido e com otimos animes!

    Rayovac!

  • Tai_kun

    Mawaru não é um anime ruim… mas é MUITO dificil de entender logo de cara…=/ e o final, não me agradou…Chihaya é uma otima animação, com uma pouco de romance (?) . HxH =X sem comentarios, o de 1999 foi otEmo,o ramake com uma bela animação (menos o encerramento X.X)…
    Fate/Zero, é “É” isso…. algo muito mais inteligente do que “Batalhas,terminadas em kamehameha”. Usagi Drop- Gostei do anime, não gostei da finalização do manga T^T

  • apesar de n ter gostado propiamente dizendo das cenas yaoi de No.6 daquela temporada foi osegundo mehor pra mim,tambem pq foi o primeiro anime q eu acompanhei pela net,e q postei na epoca no q era meu mais recente trabalho,bom mais hxh realmente é muito bom,e aos poucos o sangue está apareçendo axo q isso de sangue é só pra falarem mal.

  • Desse lista só vi NO.6 e adorei, mesmo achando que o anime chega perto de ficar tedioso no meio, mas o começo e o fim são muito bons. Torço feito um louco por uma 2° temporada, pois adorei Shion e Nezumi. Aliás, a Inukashi é legal demais também. Um anime que já começou me surpreendendo com sua abertura que sério, eu acho mágica!
    Nem adianta eu falar que tentaria ver os outros animes dessa lista porque seria caô caô, então pelo menos Fate zero e HxH eu devo conferir… Um dia.

  • Chihayafuru foi o melhor pra mim, muito bom esse anime.

  • Lucky

    Fate Zero humilha

  • André Alves

    Acho que Gundam AGE é mais legal que todos os ainimes citados aí (pronto ,podem jogar as pedras).

    • Smolder

      Cara,sinceramente,eu acho que Gundam AGE foi uma vergonha pra franquia Gundam,sei que eles queriam pegar um publico mais jovem,mas não aguentei assistir 2 episodios de tão ridículo que achei,é a mesma coisa que você pegar Berserk e tranformar em Naruto,ou seja uma puta falta de sacanagem,ainda bem que anunciaram uma versão adulta de Gundam AGE,se não a Sunrise tava laskada.

  • Goku-san

    Dos animes listados acompanhei:

    Baka to Test to Shoukanjuu Ni!
    Mawaru Penguindrum
    Usagi Drop
    Ben-To
    Hunter x Hunter (dropado após 10 episódis por ser infantil demais essa adaptação)
    Mirai Nikki (Povo diz que a animação é ruim, ok, mas é exatamente o que o mangá é. Eu digo que o povo vê e lê uma página, cria toda uma aventura dentro da cabeça, acaba exagerendo o que o mangá realmente é, e no fim das contas, o anime mostra que não passa de um material mediano).
    Working!!

  • Kuro-san

    Bem, 2011 foi um ano mais de animes que surpreenderam do que aqueles que deixaram de desejar (adoro essas surpresas, dps q eu assisto um anime que nao eram bem cotado e descubro que é bom, “Nossa! que coisa foda! Preciso divulgar ele, hoje serei o Sacerdote do Bom Anime!” =D), no entanto muito desses anime ficam “abafados”, seja por um grande lancamento na mesma temporada, seja por sua primeira impressao desetimuladora.
    Por isso agradeço a todos que comentam sobre eles, dando suas opiniões, primeiras impressões, divulgando, etc…
    Dos animes de 2011, poucos dos listados acima nao acompanhei (acho q so Baka e Working, pois nao tive mais tempo =p). Animes bons, mas há aqueles que sempre voce deseja mais, e quando termina voce fica com aquela vontade de ver um segunda temporada ou mais…

    Alguem sabe onde divulgam se o anime vai ter uma nova temp ou Nao?
    Se souberem, me avisem!!!! o/
    Na lista acima, acho que Un-Go tambem poderia estar lá, curti muito o anime, do jeito que eles o mostraram, parece q vc esta lendo um livro!!!

  • Nina

    Bom, vou comentar o que eu cheguei a assistir:

    Mawaru Penguin Drum – Dropado no primeiro ou segundo episódio, não me lembro ao certo. Realmente não gostei do personagem ter interesses amorosos pela irmã T.T

    No.6 – Fiquei PUTA mil vezes quando ia ler os comentários do pessoal sobre o anime. Um preconceito ABSURDO, só porque o anime esboça um shonen-ai (veja bem, podemos contar a quantidade de beijos entre os personagens principais nos dedos de uma mão). A história é fantástica, mesmo se perdendo um pouco no final. Chorei LITROS, achei LINDO, realmente, pra mim foi um dos melhores do ano.

    Fate/Zero – Foda. É um anime foda, muita ação, porradaria e uma história irada. Nunca vi um desenvolvimento tão bom de personagem nesse anime como o do Rider, é um herói fantástico, de longe o melhor personagem até agora. Chorei no episódio 13, onde ele explica pro seu jovem mestre sobre sua motivação e sobre o mundo. É foda demais, não tem nem o que falar.

    Hunter x Hunter – Assisti o outro até uma determinada parte e curti, então resolvi assistir esse remake. To gostando, não é nada extraordinário, mas é bem leve e divertido. É bom, mas nada de espetacular até agora.

    Mirai Nikki – Achei muito bom, adorei o jogo todo de se tornar Deus. Mesmo a Yuno sendo chatinha, ela leva o Yukiteru e o anime nas costas (exceto quando aparece a do tapa-olho, esqueci o nome dela agora, omg T.T, mas ela é a mais foda). Mas mesmo assim, o anime é bom, me deu a mesma sensação que vcs comentaram: existe alguma magia que me prende e eu preciso assistir T.T

    Quanto aos que eu não assisti, só pretendo pegar pra ver Usagi Drop, de resto, não me interessou muito. Talvez Working!, mas tenho outros animes na minha lista que têm prioridade XD

    AH, OUTRA COISA
    CADE DEADMAN WONDERLAND?? Pelamor gente, por mais que em comparação com o mangá seja “lixo” pra vcs, voces não podem negar que foi um sucesso esse ano. Merecia estar nessa lista.

    • rafael

      Não tem como não gostar de Mirai Nikki, a verdade é essa.

  • Sempre rio com o pessoal enlouquecendo com o incesto de Mawaru.
    Imagine a reação se assistisse até o final, coitado do diretor, iria receber ameaça de morte. 😀

  • Luis

    Baka to Test to Shoukanjuu Ni!: não gostei da primeira temporada, logo tinha sentido em assistir a segunda.
    Mawaru Penguindrum: ainda preciso assistir esse anime com o máximo de atenção, para dar uma opinião final sobre ele. De qualquer forma me parece ser aquele típico anime que você precisa assistir, mesmo que seja só para falar mal depois.

    No. 6: não cheguei a ver, pois na época do seu lançamento ele não me despertou o menor interesse em assisti-lo.

    Usagi Drop: Eu vi só um pouco e dropei, mas não pelo anime ser ruim, mas sim por ele abordar um tipo de história que me agrada. Creio que quem pretende ser pai em breve, esse é um anime recomendável.

    Ben-To: quando eu vi falarem desse anime, eu achei a história tão bizarra a ponto de de me despertar interesse em assisti-lo. Digo que fiquei bem surpreso, pois o anime consigo se sair bem. A equipe de produção conseguiu trabalhar bem com um material que tinha em mãos. É claro que anime tem suas falhas e a história se perde um pouco no parte final, mas foi um anime que me agradou, talvez pelo fato de achar que esse seria um dos piores animes de todos os tempos antes de assisti-lo.

    Chihayafuru: a arte desse anime é muito bonita, mas a história dele não me comoveu, talvez tenha sido pelo fato de não ter ido com a cara dos personagens, mas isso sou eu falando.

    Fate/Zero: para mim esse foi o melhor anime do ano. Animação impecável, diálogos ricos, lutas bem elaboradas e uma história bem construída. Algumas pessoas podem não ter gostado desse anime, por considerarem os diálogos entre os personagens muito monótonos, mas eu achava essas conversas tão interessantes quantos as lutas. Ao contrário de algumas pessoas, não me importo se um anime vai receber ou não o prêmio de melhor do ano, o importante para mim é que ele me agrade e Fate/Zero fez isso com louvor.

    Hunter X Hunter/ Mirai Nikki: não sei até que ponto o fato de ter lido os mangás antes de assistir esses animes pesa no meu julgamento, mas digo que fiquei bem decepcionado com essas adaptações. Eu considerava que esses dois seriam os grandes nomes da temporada de outono, mas eles acabaram se mostrando justamente o contrário.

    Working!: não assisti, nem sei algum dia vou assistir esse anime.

    Persona 4 The Animation: essa adaptação ficou muito boa. É lógico que existiram alguns erros, mas é um anime recomendável.

  • pollyanna

    Excelente post, eu assisti e gostei de 9 dos animes listados por você, e tenho que confessar que penso a mesma coisa que foi escrito sobre Mirai Nikki não é um anime tão bom mas não consigo parar de ver. E o anime que me surpreendeu foi Fate Zero pois não esperava que fosse tão legal.

  • wako

    Fate/Zero é daora e Mirai Nikki eu gostei muito do mangá

  • a

    Me nego a assistir Fate/Zero =@

  • Plow

    cara alguem sabe me dizer um mangá que não consigo lembrar o nome em que o protagonista tem um poder maligno na mão ?

    • rafael

      Depende do que você chama de maligno.
      Tem o To Aru Majutsu Index. em que o principal anula poderes
      Mas acho que você está falando do Big Order, da mesma criadora de Mirai Nikki, ele controla qualquer um com esse poder.

  • Working é um dos mangás mais engraçados que eu já li!!!

  • Realmente… eu sempre recomendo Mirai Nikki tbm… mesmo num sendo grandes coisas, mas eles usaram alguma bruxaria q faz a pessoa se prender e sempre kerer ver mais, mais e mais…

  • Pingback: Eu Recomendo Especial Parte 1 – Os melhores de 2012: Inverno e Primavera | ChuNan! – Chuva de Nanquim()

  • Acabei chegando nesse blog a partir de uma matéria mto boa de SAO, mas depois de ler sobre No.6, me senti na obrigação de postar…

    No.6, em especial os primeiros episódios (que foram mais bem adaptados das novels, já que tiveram mais tempo pra isso), foi o melhor anime da minha vida.

    Bem, eu até gosto de shounen ai, mas os 2 únicos shounen ais que estão na minha lista de favoritos são No.6 (principalmente a novel) e Loveless (apenas o mangá). E, pra ser sincera, nunca gostei de outro anime de ficção científica e até odeio filmes do gênero.

    De qualquer forma, No.6 não é “um shounen ai”, é mais como “a evolução de duas personagens que, a princípio, viviam em mundos completamente diferentes e o desenvolvimento de suas personalidades num futuro pós apocalíptico”.

    O desenvolvimento das personalidades deles na novel é o mais bem trabalhado que já vi em qualquer lugar. Cada vez que eles começavam um diálogo, meus olhos se enchiam de lágrimas e eu ficava arrepiada, agonizando com cada frase… É muito perfeito.

    Posso até dizer que não gostei de algumas coisas na novel, como o desenvolvimento da Inukashi e do Rikiga, ou as partes um tanto entediantes nas quais a mãe do Sion aparecia, ou as quebras na tensão intercalando um capítulo entre SionXNezumi e outro entre os outros.

    Também posso dizer que não entendi bulhufas do que realmente ocorreu no final do anime… SPOILERSPOILER: Quero dizer, eles destruiram a facility e o muro, mas porque não construiriam de novo? Muitas pessoas morreram pela Elyurias, mas as que restaram não eram menos submissas que as anteriores… O prefeito ainda estava vivo, talvez Elyurias não tivesse lá para ajudar na submissão dos seres humanos, mas nem mesmo essa relação foi mostrada no anime. E porque a Safu não fugiu? O que era a Safu? Porque estava viva? Simplesmente não consegui entender nada do final.

    Mas, acho que não existe anime perfeito pra mim de qualquer forma. Além disso, pro anime, não é nada que uma leitura rápida do último volume da novel não possa curar. E, pra novel, nada que um pouco de paciência não possa nos permitir ler.

    Enfim, recomendo No.6, anime e novel, a qualquer um que goste de um pouco de crítica social, análise psicológica dos personagens e uma boa história profunda. 🙂

  • jessica

    Nossa, sou muito feliz por ter achado esse site, seu gosto pra anime é muito bom, e graças a vc que assisti usagi drop (estou levando os conselhos a serio e nao lerei o manga) , sakamichi no apollon, e o melhor, fez com q eu desse a chance para um anime no estilo menininha: madoka rsrsrsrs vc precisa fazer mais recomendaçoes rsrsrs
    Continue com o otimo trabalho
    Kisses