Mangás de Evangelion e Vagabond voltando no Japão

Vagabond volta de hiato e Evangelion terá o 13º volume lançado ainda esse ano.

Dois mangás bem conhecidos do público brasileiro estão voltando no Japão de pausas. Casos diferentes, vale citar.

O primeiro é Vagabond, obra de Takehiko Inoue (autor de Slam Dunk e um dos meus mangakas favoritos e mais admirados no mundo), e que esteve parado no Japão desde 2010 quando o autor se ausentou do título – e de REAL também – para tratar alguns problemas de saúde. Porém Inoue em sua conta do twitter já disse que está bem e que o mangá deve retomar em Março na Morning Magazine, revista que publica a obra de Miyamoto Musashi desde 1998. Para fazer um agrado aos fãs, o próximo capítulo será recheado de páginas coloridas – e nem preciso dizer que isso é algo de fazer qualquer admirador do autor chorar, não é?

Vagabond atualmente se encontra no volume 33 no Japão, e no Brasil ele chegou a ser publicado em dois formatos pela Conrad. O primeiro foi o temível meio tanko (que mesmo assim conseguia ser melhor que muitos tankos atuais, com direito a páginas coloridas e folha offset), o qual foi interrompido no volume 44 – equivalente a edição 22 no Japão. A editora também lançou por aqui uma edição de luxo, considerada por muitos a mais bonita do mundo do mangá, mas também a cancelou no volume 14. Com a “moda” das editoras estarem retomando obras paradas da Conrad, quem sabe Vagabond não ganhe um novo lar? Vamos torcer. Para quem não tem paciência, a VIZ está acompanhando os japoneses no lançamento e também está no volume 33.

Já Evangelion é um caso a parte, já que diferente de Vagabond, o hiato se resume a praticamente a preguiça do autor Yoshiyuki Sadamoto. Embora tenha-se corrido um boato de que o mangá fosse terminar no próximo volume, a editora e o autor desmentiram a notícia. O grande anúncio de fato é o lançamento do volume 13 do mangá, que não vê as livrarias japonesas desde Março de 2010. Mesmo assim, isso não impede e nem nega o fato que Evangelion deve realmente acabar em breve – se dependermos da velocidade do autor, acho difícil ser ainda esse ano.

O título é publicado desde 1995 na Young Ace e sofre muito com a inconstância do autor. No Brasil o título também foi publicado pela Conrad até o volume 20 (correspondente ao volume 10 japonês) e depois foi retomado pela JBC, que lançou os volumes seguintes (21 a 24) no mesmo formato da Conrad e posteriormente a dispensável “Edição Especial”, que na verdade se trata do tanko da série republicado em uma qualidade inferior a da Conrad 10 anos atrás. De qualquer modo, dependendo de quando sair o volume 13 por lá, poderemos ter ele por aqui também de maneira bem rápida. Nos Estados Unidos, a VIZ também publica o mangá e está no volume 12, seguindo o original.

Se Evangelion conseguir acabar antes de dezembro, aí sim podem se preocupar com esse papo de fim do ano. Esses autores de mangás não tão fáceis. Daqui a pouco Bastard volta a ser publicado também – se isso acontecer, ficarei com medo.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post