Semanada #33 – Naruto #583, Bleach #489, One Piece #664 e Bakuman #176

Bakuman fazendo uma ponta no Semanada em seu último capítulo.

E chegamos ao Semanada. Talvez um pouquinho atrasado, mas dessa vez trouxemos algo para compensar. Muita gente pediu durante esses mais de 1 ano de Chuva de Nanquim, então atendemos: o último capítulo de Bakuman comentado, com a ajuda do nosso redator Lelou. De resto, nada de muito diferente. Naruto, One Piece e Bleach pra manter a tríade. É hora de preparar a leitura do nosso Semanada 33!

Naruto #583

Quem é esse?!

E o passado de Kabuto continua a ser o foco desse capítulo. Apesar de ser meio tedioso, como grande maioria dos flashbacks, esse capítulo trouxe algumas informações interessantes. Logo de cara vemos o jovem garotinho tendo seu primeiro contato com o Orochimaru. Isso já nos dá margem para tecer toda a história que se formou em torno dos dois no decorrer do mangá. Podem falar muita coisa quanto ao Kishimoto (principalmente que ele é um enrolão e que estica as coisas sem muita necessidade) mas um fato é que ele sabe muito bem ligar os acontecimentos quando necessários.

Enfim, vimos que a “mãe” de Kabuto tinha uma relação com Konoha. Ela na verdade era uma espiã para a vila da folha, mas que havia abdicado de seus serviços para continuar ajudando no orfanato. Então Danzou aparece na história, chuta tudo pro alto e diz que a mulher teria que ajudar a vila em uma missão, e com uma forcinha do tio Oro, ela acaba cedendo. Porém, Kabuto também acaba partindo junto com os ninjas da folha, já que segundo o Orochimaru ele teria tudo para se tornar um ninja. Ou seja, Kabuto já era extremamente manipulável desde pivete. E nem adianta falar da infância sofrida dele (que ele dizia pro Naruto desde pequeno, lembram?) que isso não mudam os fatos.

Vemos como ele se tornou um ninja espião para Konoha em uma página simples, mas bem interessante do tio Kishimoto – gosto dessas cenas rápidas mas que ajudam a mostrar de forma eficaz a “mensagem”. E aqui novamente lembramos de tudo que o ninja havia dito lá na época do Exame Chuunin, lembram? Ele falava que recolhia informações de adversários de outras vilas e tudo mais. Achei muito legal esse tipo de “recordação” no mangá, embora seja uma passagem que se não existisse, não faria grandes mudanças no decorrer da série, não é?

Enfim, no final temos o climax do capítulo, com o Kabuto no meio de uma missão de espionagem combatendo uma shinobi, que por acaso é sua… mãe! A adotiva, claro. Como eu disse, ela também era uma ninja espiã, e os dois acabam se confrontando “sem querer”. Porém, aparentemente Nanigashi (o nome dela, não se assustem) não se lembrava do garoto, que tentou socorre-la. Isso deixou o garoto todo chorão e se questionando quem ele havia se tornado. E é aí que o Orochimaru entrou na história surgindo de dentro de uma privada do nada e praticamente dizendo pro garoto que foi tudo como ele planejou.

Enfim, com certeza o fato da madre não ter se lembrado de Kabuto tem alguma explicação. Não duvidaria de apenas ser um plano tramado pelo Orochimaru, que quis que Kabuto fosse seu “escravo” desde o começo. Vamos acompanhar o próximo capítulo, que espero que seja o último do flashback… Não tá ruim, mas… Chega né Kishi?

One Piece #664

Mestre Caesar Crown

Capítulo hilário de One Piece, como sempre. Logo na primeira página você não consegue não rir da troca de corpos de Smoker e Tashigi, e até rolou um mini fanservice do Oda. XD Os dois começam a conversar sobre as crianças desaparecidas e chegaram a conclusão de que alguém de dentro do próprio G5 tem alguma coisa a ver com o sumiço da garotada – pra vocês verem que corrupção não é só no mundo real. Smoker diz que vai até o fim pra conseguir descobrir quem está por trás de tudo isso, mas continua sendo hilário ver ele falando isso como Tashigi.

Enquanto isso, Caesar quer continuar com seus planos de experimentos na ilha, como eram feitos antes de Luffy e companhia terem aparecido por lá. Ele diz pra matar todo mundo que estivesse em seu caminho, enquanto o Law… o Law simplesmente desapareceu. Não sei se eu que me perdi em algo, mas não entendi porque ele simplesmente saiu de cena assim, de verdade. Ficou muito rápido? Foi impressão minha?

Em outro canto, os mugiwara batem um papo “descontraído” com o prisioneiro Barba Marrom, chefe dos centauros e que estava esperando o Law para resgatá-lo. Ele explica que depois da grande guerra pirata que aconteceu (aquela que resultou na morte do Barba Branca e de Ace), vários piratas acabaram invadindo as mais diversas terras do Novo Mundo devastando tudo por onde passavam. Em algumas dessas batalhas, ele e seus homens tiveram suas pernas arrancadas e só as foram recuperar bem mais tarde com a ajuda de Law.

Agora nas últimas páginas do capítulo temos dois pontos de vista interessantes: enquanto um lado vê Law e Caesar (que finalmente mostra sua cara)  como os salvadores, Smoker quer a todo custo acabar com os planos do cientista maluco. Obviamente a história está sendo distorcida por ambas as partes, e como eu disse anteriormente, ainda não dá pra saber “de que lado” está Law. Essa saga deixa muitas possibilidades abertas, e apesar do capítulo morno, dá pra pensar em muitas coisas que poderão acontecer. Vamos ter que aguardar o próximo capítulo.

Bleach #489

Marcha da Cruz Estelar

Olha, foi outro capítulo simples, mas com um final bacana de Bleach. A única coisa que realmente me irrita é a cara de bunda da maioria dos personagens quando recebem alguma notícia importante ou seja lá o que for. Se vocês pegarem todas as expressões desde o primeiro volume, vão ver que elas são repetidas em looping pelo Kubo. Eu não sei se isso é proposital, preguiça, ou seja lá o que for. Só sei que me irrita, principalmente com o Ichigo.

Mas enfim, esse capítulo teve algumas coisas bacanas e outras meio… mal desenvolvidas. Por exemplo, logo de cara o Kira, o ex-subcapitão do Gin, simplesmente percebe que alguém da própria Soul Society estava envolvida nos acontecimentos em Rukongai, onde as pessoas foram mortas, e conta isso para os outros subcapitães que estavam esperando a reunião de seus superiores com Yamamoto terminar. Como o Kira consegue perceber tudo isso e alguém da Soul Society não? E não são “detalhes”, poxa. Quando houve o acontecimento com o Aizen lá no comecinho do mangá, foi exatamente a mesma coisa. É todo mundo lerdo nesse mundo?

Aqui fazemos uma pausa pra irmos até a luta do Ichigo com aquele tenente Quincy (de nome Kirge Opie) – e que o Ichigo faz a mesma cara de bunda ao “descobrir” o que ele já tinha sacado no capítulo anterior. Nada realmente de importante aconteceu nessas páginas, e sim nas seguintes. Enquanto Ichigo estava ocupado lutando, o super boss dos Quincy rebeldes decide ir até a Soul Society para tomar o lugar para ele. O Ichigo pelo visto realmente representa uma grande ameaça para eles. O único problema é que todas as “motivações” e atos deles ainda são vagos demais… tá, vingança, todo mundo já sabe. Tá no começo, então ainda existem os tais créditos, afinal os motivos parecem que serão explicados graças ao que aconteceu no final desse capítulo.

Agora temos o ponto alto, quando Mayuri peita Yamamoto e diz que foi ele o responsável pelos atos em Rukongai. Mayuri já sabe exatamente tudo que está acontecendo e todas as ameaças que os Quincy são – segundo ele, já havia pressentido desde que Ishida entrou na Soul Society com Ichigo no passado. Mas o bacana mesmo foi ele dando um esporro no chefão, falando que nada disso teria acontecido se o velhinho tivesse matado o tal chefe dos Vandeireich. Afinal, o que teremos agora? Uma explicação do passado de Yamamoto e esse sujeito? Pelo menos o Mayuri se demonstrou mais uma vez um dos melhores personagens da série, aquele que manda tudo pro espaço e “joga” sem o menor escrúpulo contra quem for. Torçamos que saia boa coisa daí.

Bakuman #176

Sonhos e Realidade 

Para quem não estava acompanhando Bakuman até então, finalmente chegou a hora de Mashiro pedir Miho em casamento! Porém, ele ja tinha preparado um ‘’cenário’’ próprio, tendo alugado uma Ferrari (agora com a estréia do anime de Reversi, e as boas vendas, provavel que tinha dinheiro suficiente para isso) para impressionar sua amada. Relendo o diário de seu tio (do qual era apaixonado pela mãe de Miho), Mashiro encontra semelhanças entre sua história, e a de seu tio. Então finalmente, acontece a estréia do anime de Reversi! Mashiro prometeu ir ao encontro de Miho assim que a personagem dublada pela moça falasse pela 1° vez. Já Miho estava assistindo junto de sua mãe e irmã, muito apreensiva.

Assim, no momento que a personagem fala (rolando até um tears of joy da Miho), Mashiro liga, e chama Miho para encontrá-lo no lado de fora de sua casa. Então começam a lembrar do passado, de como eram felizes só de sentarem pertos um do outro (e então Mashiro destaca que ela sempre esteve do lado direito dele, do qual é um dos motivos dele ter pego essa Ferrari, pois o passageiro fica do lado direito, além de ser um dos sonhos de seu tio).

Mashiro então a leva para sua antiga casa, onde houveram as 2 promessas de Miho: a deles se casarem quando seus sonhos se tornassem realidade, e a de Miho esperá-lo o tempo que for necessário. Miho então nota o nervosismo de Mashiro, e diz que mesmo depois de 10 anos, ele não mudou. E então, depois de 176 capítulos, finalmente Mashiro pede Miho em casamento, e Miho o beija  e diz que agora em diante, eles vão poder ficar sempre ao lado um do outro.

Foi uma longa jornada até aqui, quase 4 anos acompanhando a série, e creio que Bakuman foi uma série influente na história da Shounen Jump sim, mesmo com seus altos e baixos, e que certamente fará falta nas páginas da revista. Embora tenha sido um fim muito criticado, realmente existia alguém que acreditava que acabaria diferente? Tudo sempre levou até aqui.

Concordo que o capítulo em si tenha sido ruim, mas não o final como um todo. Existe uma diferença nisso e nem todos estão conseguindo separar.  Talvez algumas pontas tenham ficado soltas, mas isso não é necessariamente desculpa pra chutar todo o balde por causa desse capítulo, afinal o objetivo principal foi alcançado, não foi? O anime, o casamento. O que vocês esperavam mais? Se esticassem mais, certeza que também iriam reclamar. Enfim, até mais, Mashiro e Takagi! E até o próximo trabalho de Ohba e Obata.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • synystersieghart

    Eu gosto de capitulos com flashback do Kishimoto ele sabe contar bem o passado de seus personagens. Kabuto era um personagem que eu detestava na primeira fase do manga comecei a gostar mais dele depois que ele absorveu o Orochimaru para si (ui).Então não reclamo desse recurso usado e abusado pelo Kishi isso ja é meio que a marca dele para os leitores se identificarem mais com os viloes da serie. (se bem que as vezes sinto falta de alguem realmente FDP em Naruto)

    Agora fiquei meio confuso tp não foi dito que o Kabuto era um espião do Sasori para vigiar o Orochimaru? Acho que tem que ser explicado isso ae. E Orochimaru era um membro da Raiz? O__o

    Sobre a ninja não ter reconhecido o Kabuto creio que tenha sido devido a perda de sangue assim ela foi perdendo os sentidos. (ou não)

    Pulei para o final para não ler spoilers sobre o final de Bakuman, (mesmo que seja meio obvio o que vai acontecer) so acompanho o manga pela JBC, vi muita gente criticando o final e o desenrolar de Bakuman, isso me deixa um pouco com receio, pois estou na edição 5 e creio que o manga esteja no meu top 3 dos que coleciono atualmente, espero que parte das criticas sejam somente mimimi.

    • bordelanimes

      O final nao tira o “encanto” geral da série. =D

      • synystersieghart

        Pois é, duvido que tire o meu encanto pela serie, gosto muito mesmo de Bakuman, li o primeiro capitulo por scans e me apaixonei pela serie, porem decidi esperar ate ser lançado o manga no Brasil para acompalha-lo. E como falei é um dos meus 3 mangas favoritos atualmente. 🙂

  • bordelanimes

    Bakuman: Final óbvioe único? Sim. Desenvolvido assim? Não. Podia ter até o beijo mais impacto de cena, ficou meio apagado.

    One Piece hilário, Naruto abandonei de esperar algo, e Bleach parece que anda mas tranca. Não está me animando… Mas vamos ver agora com invasão e flashback (?)

  • Dih, que tal uma coluna “mensalão” (adorei esse nome) para comentar mangás mensais?
    Em minha opinião seria ótimo pois com uma periodicidade mensal daria tempo de redigir bons textos, e em cada post daria pra falar de uns 5 mangás. (sugiro D.Gray Man, Claymore, Ao no Exorcist, Soul Eater e Deadman Wonderland)
    Bem, fica a dica.

    • Okumuraa

      … Tá esquecendo Gantz xD

  • VIXE! Foi justamente nesse capítulo que eu realmente reparei a repetição da “cara de bunda” dos personagens em Bleach (principalmente no Ichigo), e eu não sabia como nomeá-la; pensei em “cara whatever”, mas “de bunda” soa muito mais próximo da realidade. (Talvez “cara Kubo tá cansado de criar uma outra cara”?). (Divaguei bastante…)
    Sobre o Uma Peça, acho que foi o capítulo mais engraçado dos últimos tempos. Se duvidar, desde o comecinho da Guerra quando ainda tínhamos o Buggy. (Não achei tanta graça no “Luffy na Terra das Amazonas”.)
    E Kishimoto mostrando em Charuto que sempre é possível tirar um pouco mais de um flashback. Mesmo não gostando dessa luta (Itachi – Sasuke X Kabuto), que pra mim só serve pros haters do emo voltarem a acreditar na sua redenção ao mostrar ele derrotando o vilaozão; gosto de ver o passado dos bad guys, e como mesmo os mais filhas-da-puta podem ter virado o que são por culpa do “sistema” ninja.
    Ah, e tem “Homem-Baku”… bem, não posso dizer nada porque ainda não li o mangá; mas pretendo. Só fico um pouco incomodado pelos spoilers das imagens tanto desse quanto no Table of Contents #14, mas são necessários, né… E pelo que falaram, já era bem óbvio.
    Então é isso, comentário gigante que provavelmente ninguém vai ler.

  • Reborn-caos

    Semanada #33 continua de forma ininterrupta (apesar de um ou outro atraso que é compreensível) pelo menos o Chuva de Nanquim está melhor do que o mangá de HunterXHunter em questão de continuídade!. Mangás …. mangás …. e mais mangás ser otaku é isso (será?). Por onde começar (pelo começo obivamente :p) e lá vamos nós!!!”–“.
    Naruto 583:
    Realmente flash backs são cansativos, ainda mais quando é repetitivo e sem aquele “quero mais” como nós momentos que fala do passado de Tobi (que por sinal estou com uma “questan?”, vide o final do comentário sobre naruto, para saber mais), mais quanto a Kabuto e sua triste história ;(, o que será que irá acontecer após o mesmo ter matado a sua “mãe” (mesmo que não soubesse que era ela ele não precisava ter ficado todo sentimental e parado de curar ela) alguns podem dizer que ele não a salvou pois aqueles dois ninjas estavam chegando poxa (era só levar ela para outro lugar e deixar de ser “moça”), afinal para quem está atualmente no mesmo nivel de maldade que Tobi>Madara>Kabuto. Agora a mais importante questão por que sua mãe não lembrou dele:
    1- A vila de Konoha (mais específicamente a raiz) fez algo com ela para uma infiltração sem “falhas”?
    2- Orochimaru sozinho (ou seguindo ordens da raiz) fez algo com as memórias dela?
    3- A própria vila que ela tinha se infiltrado fez algo com ela ou com o passar do tempo ela simplesmente “esqueceu”? “Impossível”!!
    A mais próvavel é a segunda conhecendo a forma manipuladora que Orochimaru sempre foi, ela não abriria mão de um “escravo”, desculpe ajudante e aprendiz! A única forma de saber é esperar o fim das memórias de Kabuto e o tão aguardado golpe de Itachi (que eu acredito que saja Izanami -talves sim talvez não- só aguardo o seu “poder” clichê:})!
    Especial – Tobi: “Quem es tú”
    A questão é quem é Tobi. Gostaria de saber a teoria de vocês! Minha teoria é a seguinte: Tobi tem que ser uma pessoa (ou não necessariamente) VIVA e que não tenha sido ressucitado por Kabuto slém de ser extremamente por ter sangue (ou origens Uchiha) então é alguém que está ligado diretamente a seu clã, considerando idade, traço de seu personagem quando comparado com outros e as conclusões mais prováveis sobra e :
    1- Kagami Uchiha – Estava no grupo de Sarutobi e Danzo por isso tem a mesma idade atualmente que Danzo atém de ser parecido com ele (no caso Tobi) sendo em minha opnião o mais provável.
    2- Izuna Uchiha – Segundo algumas pesquisas morreu em batalha após “doar” seus olhos ao seu irmão. Sinceramente acho meio difícil ser ele pois estaria extremamente velho (ou pelo menos mais velho que Danzo) e acho difícil (porém não impossível para um Uchiha) mesmo estando cego conseguir arquitetar tantos planos (teoricamente sozinho no início).
    3- “Segundo Madara” – Algumas teorias falam que Madara poderia se dividir seu chakra e formando outro ser para continuar seus planos caso o mesmo morresse. Acho difícil porém não impossível, pois lembra de Orochimaru após ser derrotado por Itachi durante a luta com Sasuke o que teria acontecido com aquela pequena cobra branca se não tivesse sido sela (um pouco de seu chakra mudou o Kabuto de uma forma extrema imagina uma cobra recuperando o seu poder aos poucos…segundo Zetsu e concordo ele é nojento e parece um parasita).
    4- Obito Uchiha – Muito pouco provável afinal na luta contra Minato ele ainda seria muito jovem apesar de não poder datar definitivamente ele ainda seria muito jovem (fisicamente) e como ele poderia aumentar seu poder em pouco tempo para rivalizar com minato. Difícil!!!
    * Madara Uchiha –
    One Piece 664:
    Essa fase de One Piece no mangá está mais para “explicação” do que realmente “ação” que sempre foi viesta, por que vocês me perguntam e é o seguinte, está sendo explorado o passado de Caesar e do próprio VegaPunk (colocando a sua própria posição como cientista e xeque, afinal ele em sua vasta sabedoria e por ter trabalhado com Caesar por tanto tempo não perceberia que a ilha que seu antigo parceiro de experiência arruinou melhoraria supondo que ele sabia e Caesar tinha seus poderes na época em que trabalhavam juntos – apenas especulção é claro – talvez apartir daí Oda acabe esplorando um pouco o passado de Vega Punk um pouco – poxa metade da Grand Line e nada – só esperar para dizer). Quanto ao traídor no QG das Marinha quem será, ele tem que ser um persongem de grande influência (ou seja de Vice-Almirante -no míííínimo- passando pelos almirantes, tenryuubitos até o pessoal mais idoso da Terra Santa de Mariejois (minha aposta vai para…..Akainu pois depois de ter se tornado o todo poderoso o que um líder em seu cargo quer mais do que tudo e sem se importar com o preço, a resposta é…..PODER! Da mesma forma que dinheiro atualmente quanto mais melhor :]!!!).Kizaru é meio “leeeeennnto” estou brincando mais ele não tem cara disso (será?) só esperando. Por fim qual a posição de Law na traga ele pode está fingindo estar ao lado de Caesar para “cortar” ele depois ou conseguir algo a mais (porém se ele tivesse que lutar com Luffy – o que seria bastante interessante por sinal – será que ele conseguiria usar todo o seu poder contra alguém que o salvou tempos atrás?) fica questão no ar.
    Bleach 489:
    Muitos podem odiar essa minha opnião sobre Bleach porém, eu não me importo Ah (estou brincando) mas alguns não vão gostar! Para mim Bleach se resume em Saga da Soul Society (resgate de Rukia) e Aizen (Hueco Mundo e Guerra) mais NADA! Por que você se pergunta e eu responderei. Não sei se era só comigo mais lembram daquela asiedade que era criada quando Aizen demonstrava todo o seu PODER (final da saga da Soul Society e principalmente na última luta contra Ichigo e também nas partes em que Ichigo manifestava sua transformação Hollow (luta contra Byakuya e Ulquiorra) nunca mais senti tal ansiedade assistindo Bleach (aquele papo de amizade em certo ponto “enche o saco”). Mas voltando ao capítulo, as partes mais interessantes são divididas em três:
    1-O líder (ou vossa majestade se prefirir) ter tanto “medo” de Ichigo a ponto de invadir a Soul Society somente quando ele está “ocupado” no Hueco Mundo (poxa para alguém que “aparentemente de Yamamoto pode matar” ser tão medroso por causa de uma Bankai… sinceramente é demais)!
    2- Mayuri Kurotsuchi é o cara! Peitar o General supremo da Soul Society é demais (muita loucura) mas ainda assim DEMAIS! Realmente um personagem e tanto apesar de seu pouco comportamento crazy foi mal quis dizer pouco “ortodoxo” em líder com tudo desde experiências até em suas relação (além do mais está na hora – antes que o mangá acabe, brincadeira ainda vai demorar – de explorar o passo de antigos personagens exemplo: Mayuri Kurotsuchi antes da prisão, Kenpachi Zarakim antes de se tornar capitão, yamamoto genryuusai antes de se tornar General e por que não do próprio Aizen Sousuke).
    3- O significado da ida de sua majestade para Soul Society! Como assim? Oda disse que essa seria uma saga realmente grande quem sabe a maior, e traria personagens de volta como Kaien-dono, O rei espiritual e o próprio Aizen Sousuke! Será que vossa masjestade irá se aliar a Aizen ou será ao contrário e que para derrotar um inimigo anteiormente não derrotado por Yamamoto, Aizen irá se aliar com Ichigo WHAT!!! Só esperando o próximo capítulo para descobrir!
    Bakuman 176:
    Não acompanho Bakuman pelo mangá por isso serei rápido (será?). Realmente um ótimo trabalho da dupla Tsugumi Ohba e Takeshi Obata que será duradoura na memória da Jump, desculpe na memória dos fãs da dupla e de mangá e anime, afinal um editora se importa apenas com “money money, money….MONEY!” (pelo menos a maioria). Apesar de ter sido um ótimo trabalho em questões de TRAÇO (realmente é um trabalho bem feito do começo ao fim se comparados com a saga das Quimeras de HunterxHunter – tudo bem o autor estava doente e a mulher o substituiu, mesmo assim era melhor ….NÃO PUBLICAR poxa com tantos hiatsu, bem que podia ser algo mais “jeitosinho”…mas já foi:{) TEMÁTICA (que garoto ou garota que gosta de mangás e animes não pensaram em pelo menos uma vez na vida de otaku não pensou em criar aquilo que tanto amae ainda ganhar $$:} – poucos não pensaram – por isso seu tema é tão interessante mostra a história por trás da história e é issso pessoal que faz de Bakuman o tão amado Bakuman) apesar de tudo isso a história que marcará memória dos fás quando se lembrarem deles será, Death Note o traço incomparável e história intrigante e aquele desejo de quero mais (para alguns no meu caso…poxa o cara ia virar “DEUS”…será?) e não teve, porém encerrada no momento perfeito algumas coisas que não gostam dessa série são os Live Action acho algumas cenas muito mecânicas do atores (quando Misa Amane abraça Light Yagami) e os efeitos especias (os shinigamis parecem de “macinha de modelar”) poxa dava para fazer algo melhor!!!
    Mais ainda assim achei o fim de Backuman o fim correto, lembrem-se que é impossível agradar a “gregos e troianos”(momento poético;P) e por isso no FINAL de TODAS as séries terão pessoas que irão GOSTAR e NÃO…é a vida contente-se.
    -> O site Chuva de Nanquim é um dos melhores sites em quesito de opniões de animes, acompanho apenas alguns meses mais realmente é um ótimo site. Por isso faço a sugestão de criarem uma parte sobre teoria dos animes e mangás.

    Obrigado a todos por lerem e chaos!=]!

    • Comentário grande PAKAS! Não consegui ler.

      • Reborn-caos

        Da próxima vez eu faço o mesmo que o Dexter! Eu divido em partes….kkkk!

  • Gustavo

    opa! eu achei o capitulo final de bakuman em si muito corrido mesmo, parece que tavam com pressa de acabar a serie ou sei lá,claro que isso não tira o merito do conjunto, a serie como um todo foi muio boa!
    ei fiquei um pouco decepcionado com o jeito que o final foi feito,não a parte deles se casarem, pq isso era obvio, eu digo a sensação de pressa pra acabar, como se o mangá tivesse sido cancelado, acabou frustrando toda aquela expectativa de ultimo capitulo e talz.

    • synystersieghart

      É que caso não acabasse nesse capitulo, os autores teriam que prolongar a serie por mais um volume, talvez deixando a serie arrastada, por isso a decisão de encerrar mais rapidamente

  • GC

    Nada contra Naruto. Na verdade nunca li, e até esse instante nunca tinha nem visto uma única página. Mas agora q eu acabei de ver… por deus, que arte horrorosa. É sempre assim?

    • Depende, até a primeira metade do mangá o traço era excelente, depois do timeskip o traço do Kishimoto virou esse lixo, permanentemente…

      • GC

        Que triste. Seria pq a publicação de Naruto é mto rápida?

        Para mim a arte é um ponto essencial num mangá. Chego a ser preconceituosa com isso; me nego a ler mangá de arte q acho “feia”. Por isso espero feliz da vida os séculos q o Kentaro Miura demora para lançar um episódio de Berserk.

    • Como assim “horrorosa”? Tu faz melhor? Não sou grande fã de Naruto ou do “Kishi”, mas o cara desenha bem sim. Você reconhece o traço dele muito fácil. É um ponto forte

      Aliás, o cara merece ser reconhecido. O trabalho dele é semanal. Duvido qualquer um aqui desenhar no mesmo nível, tendo que manter um prazo absurdo de pequeno, como o “Kishi”.

      Vamos ser justos, pessoal!

      • Michael Kyle

        Reconhecer um traço não significa que ele é bom. Cavaleiros do Zodiaco é um bom exemplo.

        Tudo bem que o prazo de uma semana é corrido, mas existem muitas séries que conseguem manter uma arte boa, Bleach, Air Gear, Bakuman, Reborn, etc. Todos semanais. Pra mim Kishimoto teve uma queda ao invés de evoluir no traço como a grande maioria.

      • GC

        Nossa, que atitude mais infantil. Não preciso fazer igual, melhor ou até mesmo saber desenhar para ter algo chamado opinião. É muito fácil, eu pego trabalhos como Berserk, Shigurui, Vinland Saga e etc. e comparo com Naruto. Resultado? Artes mto superiores, na minha opinião. E ser reconhecível não muda absolutamente nada no fato de eu achar ruim. E o tal de Kishi por acaso não tem assistentes?? Duvido mto.

        Sou justa com a minha opinião, e ela é q ele sacrifica qualidade por quantidade. O que eu acho péssimo. Mas se vc gosta de arte safada assim, bom pra vc.

      • Como falei assim: Não sou fã do cara. Mas chamar a arte do cara de horrorosa?

        Alguém por aí falou que o traço de Bleach é boa. Concordo. Mas não possui qualquer background. Não tem muito detalhes.

        Não me entendam mal. Sou grande fã do Kubo.

        Concordo que o cara decaiu com o tempo, mas a arte dele não é horrorosa.

        Só isso.

      • GC

        E como eu falei: não tenho nada contra ele. Mas eu acho ruim, feia. Qual o problema em achar isso? Tenho que mentir só pra agradar um cara q nunca vai saber minha opinião, e mais, que vive disso (um profissional)?

        Acho que vc pode concordar comigo que ela não é incrível. Pra mim falha nos detalhes, no background, preenchimento, traço e sombreamento.

        Vc acha boa. Eu acho ruim. Só.

      • Kabala

        “Como assim “horrorosa”? Tu faz melhor? Não sou grande fã de Naruto ou do “Kishi”, mas o cara desenha bem sim. Você reconhece o traço dele muito fácil. É um ponto forte”

        E vc já reclamou com algum político? Faz melhor então.

    • Michael Kyle

      Também acho que o traço do Kishimoto decaiu ao longo do mangá.
      Eu também avalio muito a arte de uma série quando vou ler, mas algumas podem surpreender, One Piece, por exemplo, eu demorei à começar a ler devidos aos traços, hoje em dia é uma das minha séries preferidas.
      Hunter X Hunter é outro bom exemplo de que o traço(muitas vezes péssimo) não tira o brilhantismo da obra.
      Claro que é sempre bom ver belas cenas, e pra mim, nesse quesito Oh! Great é um dos melhores.

      • GC

        E eu concordo com vc. Realmente tem mto mangá bom com arte ruim, eu diria Elfen Lied é um deles. Eu só acho q é algo extremamente importante, até pq se eu não ligasse pra arte, eu deveria é ler um livro, e não um mangá.

        Se um dia eu me desse o trabalho de ler Naruto, talvez eu até acabasse gostando (apesar de não fazer mto meu tipo). Mas isso não mudaria o fato de q eu acho a arte horrorosa, ué.

  • thoty

    Naruto

    Esse flashback do Kabuto já poderia ser contado a mt tempo..desnecessário agora..
    Em meio a uma Guerra Mundial..

    One Piece

    Comedia sempre…
    Varias perguntas sem resposta …
    Uma saga bem elaborada está sendo …

    BLeach

    Cap normal como toda a serie…

    Bakuman

    Um final fraco…

    • Sobre Naruto, tu falou o que to cansado de falar.

      O flashback, se fosse pra passar, deveria ter sido mostrado a séculos atrás, e não agora!

      • Agora eu pergunto;por que o FlashBack deveria ter sido mostrado a seculos atrás,se é no plot de agora que o Quincys apareceram?

  • Ahh muito boa a semanada!

    Mesmo sendo flashback, eu gostei desse capítulo de Naruto. Óbvio que estava esperando pelo fim ou pelo menos algum resultado da luta do Kabuto com os Uchiha, mas sinto que não teremos um fim para essa luta tão cedo. Queria que Naruto fosse igual Bakuman nesse sentido, rápido e objetivo!

    One Piece foi épico! E eu sentirei falta de Bakuman, mas depois que a Miho conseguiu o papel, eu não conseguia ver uma continuação para ele. Melhor acabar bem, do que acabar cancelado.

  • De uns tempos pra cá o semanada parece um pouco largado, como exemplo One Piece no último, em que parece que nem leram o mangá direito antes de comentar, por que havia partes que não se sabia o que estava acontecendo na trama, na parte das personalidades trocadas.
    Sobre Naruto acho que sua frase “Não tá ruim, mas… Chega né Kishi?” mostra que você não curte muito desenvolvimento dos personagens, por que seria muito mais legal os irmãos passarem fogo no Kabuto e ver ele morrer como um qualquer do que ter uma trama bem construída por trás do vilão…. Melhor ainda seria voltar e mostrar o Naruto ganhando a guerra quase sozinho, como uns 20 capítulos ficaram fazendo sem desenvolver praticamente nada que importasse.
    E no Bleach boiei na frase “Como o Kira consegue perceber tudo isso e alguém da Soul Society não?”, tipo, ele não é da Soul Society??? Devo ter deixado passar alguma coisa aqui….
    A parte mais legal do cap de Bleach foi com certeza o Mayuri afirmando que matou milhões de almas nos distritos mais pobres só pra equilibrar a balança, sem piedade nenhuma e ainda jogar na cara que a culpa foi do
    Yamamoto.

    • Dih

      A frase sobre o Kira, realmente pode ter ficado um pouco confusa, mas o que eu quis dizer é: por que só um subcapitão sacou tudo e ninguém mais desconfiou? Digo, é algo que realmente nenhum capitão saberia, ou sabiam e ficaram quietos?

      E sobre as personalidades em One Piece, me desculpe, mas não dá pra falar que não ficou muito estranha essa passagem. Eu amo One Piece, mas algumas coisas me fizeram ficar “boiando” nesse arco, e como o Semanada eu escrevo sob o meu ponto de vista, não posso simplesmente tacar algo lá só por falar. Pra isso servem os comentários, pra vocês discutirem as teorias de vocês. 😀

      E sobre Naruto: se o Kishimoto enrola demais, reclamam. Quando reclamam que estão enrolando demais, também reclamam. Não consigo entender muito bem, mas ok.

      • Tá apoiado, Dih!

        Não dá pra entender essa galera (entenda esse cara aí.) pra reclamar tanto e sem saber o que fala. A coluna continua muito boa.

        Nem sempre se pode agradar a todos, infelizmente.

      • Sobre o Kira ele sempre foi o mais observador, não é querer desprezar, mas a maioria lá ou é burra ou se faz de burra, e muitos já deviam ter percebido mas ficaram quietos, e ele foi o primeiro a expressar isso em voz alta apenas.
        Sobre o One Piece ficou bem fácil de entender acho, foi mais pelo fato de ter acontecido no cap 661 a troca, lembrar de uma coisa quase 1 mês depois é chato mesmo, mas podia ter dado uma lida nos anteriores antes de escrever, só isso.
        Nunca reclamei de Naruto, o estilo dele não mudou nada desdo começo, foca em batalhas e depois nos personagens, muitas vezes não acrescentando nada na trama, mas esses detalhes que fazem dele o que é, o 2 maior da Jump.

  • Naruto
    Com respeito a Naruto,bem,mesmo por estar nesse paradão,estou gostando muito dos Flash Backs do Kabuto,é bom ver que ele tem um passado(triste por sinal)já que um personagem importante como ele é,não podiamos ficar sem ver suas origens.Vou esperar terminar os FBacks para poder comentar melhor sobre seu passado.

    One Piece
    Olha por mais que eu esteja gostando do Arco,não tem como eu dizer que ta Foda,até por que o que mais vi nesse Arco foi,Comedia,Comedia,Comedia……pagação de pau pro Law….e mais comedia.Quer dizer,onde fica o plot?…..o que mais foi criado nesse arco além das expectativas sobre ele,foram perguntas e mais perguntas.Tipo e o sumiço do Law?..bem se fosse em Bleach vc diria “Nossa que ridículo”,mais como é One Piece vc não fala absolutamente nada.Acho que falta um pouco de imparcialidade na hora de escrever a Semanada.

    • Dih

      Mas em nenhum momento eu disse que estava foda, disse? 😛
      Pelo contrário, se ler de novo vai ver que me questiono onde está o Law nessa budega toda. Simplesmente sumiu. A única coisa que elogiei foi a comédia do capítulo, e disse que existem muitas pontas que podem acontecer. 😉
      E se parar para perceber, eu elogiei Bleach nesse capítulo. Basta ler de novo, ok? 😀

      Abraços.

  • Discordo plenamente do que foi dito de Bakuman. Esse é meu mangá preferido, foi o mangá que eu mais gostei de ler. Pra mim, o último capítulo, isolado, foi muito agradável e até divertido. O problema foi exatamente o final como um todo. Pontas soltas, personagens que deveriam ter mais desenvolvimento, ou pelo menos um fechamento melhor. Além disso, o final foi pouco impactante e deveria ser muito mais ‘épico’. Para uma série que já falou do lado financeiro da vida dos personagens, doenças e assuntos bem maduros, o final foi extremamente “adolescente”, com dois jovens se beijando no portão de casa. Depois de todo aquele papo de Reversi precisar de uma última página incrível, acabar assim é triste. Mesmo assim, Bakuman ainda é o mangá que eu mais gostei, mesmo não sendo o melhor.

  • Jean Kazama

    Naruto é sempre mais do mesmo. todo personagem tem uma história bem sofredora, igual a da grande maioria dos Brasileiros. parece até que o kishilouco se inspirou no país que tem a seleção com a camisa amarelinha, pra fazer o mangá.

    • Podes crer! Parece que ninguém naquela bagaça teve vida fácil.

  • Rayovac

    kk Naruto foi tosquinho, mas é porque eu não gosto do Kabuto, ja Bleach foi meio nóia, mas eu comecei a gostar do novo arco. One Piece foi fantastico e engraçado, ainda acho que algumas coisas poderiam mudar mas…

    Agora vamos falar um pouquinho do chodó da galera que é o Bakuman, eu sou um dos mais críticos da série, falo isso sério eu quase levei uns murros dos meus amigos por causa disso hehe… Bem, ainda assim é triste que a série acabe, eu sou meio contra o fim agora, tá eu sei que tudo deu certo no final, foi bem legal, um trabalho bem elaborado, mas poxa, agora que a brincadeira tava ficando boa… shuashusa

    É pra ser honesto nesse finalzinho foi um dos trechos que eu mais gostei de Bakuman, mas ainda assim não engrenou de vez, acho que se tivesse mais um ou dois arcos meu discurso seria diferente aqui, bom ele não agradou a gregos e troianos, mas sem duvida vai deichar sua marca e mostra um trabalho diferenciado que espero que outros mangakas tenham essa influencia, pois é importante ver que mais de um a coisa ainda pode dar certo, acho que as coisas podem mudar de rumo com o fim de bakuman e espero que seja para melhor!!

    Rayovac!

  • ravelllino

    One piece teve um bom capitulo nada de mais mais muito engraçado,Bleach esta andando e realmente a parte q o Mayuri encara o Yamamoto foi a melhor (bem q o Mayuri podia ter mais destaque nessa saga)
    Bakuman eu não acompanho mais sempre é triste ver um mangá acabando

  • Cristian

    Pra mim, o grande mérito de Bakuman foi abrir as portas do mundo editorial dos mangás, como funciona o bagulho e tudo mais. Tem muitas partes bem fantasiosas, mas mesmo assim, dá pra entender muito bem a coisa.
    Eu não conhecia quase nada sobre essa parte por trás das cortinas, e Bakuman me mostrou isso.
    O que eu achei MUITO TOSCO foi esse romancezinho do começo ao fim, EXTREMAMENTE FANTASIOSO. Já que a temática da série é realista, deveria ser um pouco mais realista nessa parte também.

    Quem aguentaria ficar DEZ ANOS longe da pessoa amada?
    Difícil hein…

    Ah, e outra coisa, se a vida dos mangakás publicados semanalmente é do jeito que vemos na série, deve ser DOCAPETA essa vida! Os caras praticamente não tem VIDA SOCIAL. São todos uns nerds atrofiados…

  • Haon

    Olha o Danzou aí de novo! Será que o Kishimoto conhece o Sarney?

  • O melhor de tudo, e que ninguém fala – nem no mangá nem aqui – é que houve um GENOCÍDIO EM BLEACH. Sério, pessoal da Soul Society, por mais que a imagética diga o contrário, é muito mais nazista que os quincy do VandeREICH. Sério, Mayuri – a versão do Josef Mengele da Soul Society – chega pro velho e diz que simplesmente dizimou um distrito da budega para “manter o equilíbrio” e o velho diz que só ficou chateadinho porque ele fez isso em segredo. CARA! MAS QUE DIABOS É ISSO?! Alguém mata não sei quantas pessoas em nome de tal ideal e ninguém nem pisca o olho, só diz que tá tudo beleza. E essa saga começa porque os shinigamis já fizeram outro genocídio… Sei lá, espero que alguém fale pro Kubo Tite que genocídios não são coisas legais… mas, bem, os japoneses nunca se desculparam pelos genocídios na Coreia e China, não é? Acho que o autor deve achar uma coisa corriqueira, se feita por japoneses, já que eles são “a raça mais próxima dos deuses”.

    • O que você tá dizendo tem sentido para nós humanos. Mas para eles, que são outro tipo de ser, a coisa é tratada totalmente diferente.

      Acredito que pra eles, a existência daquelas almas não significa mais que o equilíbrio da Soul Society. Eles preferem sacrificar quantas vidas forem do que perder o equilíbrio da “Soul”. Que aliás, ela é quem mantém todas aquelas existências… sem ela (“a Soul”), aquelas almas, sim, estariam ferradas. (ao menos é isso que o Kubo passou até agora. Considerando, claro, que ele não esteja nos trollando.)

      • Kabala

        Mas eles choram, não?

  • Esdras

    Comentarei apenas sobre os dois que acompanho…

    >’Naruto’
    Serei sincero em comentar uma coisa sobre Naruto: a única saga da qual realmente gostei foi aquela em que os genins perseguiam o grupo do som que levava Sasuke à Orochimaru. Foi o ápice do brilhantismo do autor, tanto em traço quanto em desenvolvimento dos personagens. Kishimoto deu chance a todos para se destacarem. Pô, eu comecei a ver que Kiba, Shikamaru e Chouji realmente existiam por causa desse arco!

    Mas estava bom demais para ser verdade e o que o autor me faz em seguida, hum? Simplesmente finge que ninguém mais existe além de Sasuke e, muito POSTERIORMENTE, Naruto. Cadê, por exemplo, a ação da kunoichi que treinou com a ninja médica mais poderosa do mundo e se tornou uma excelente chunin dotada até de talentos voltados para genjutsu (que, por ventura, nunca foram desenvolvidos)? Isso mesmo, a Sakura (pra quem não se tocou, hehe). Trocou umas (ótimas, faço o justo ao dizê-lo) piabas com um Akatsuki, confessou tolamente seu ‘amor’ para o companheiro de equipe que se mata por causa dela e depois caiu no limbo. Mesma coisa com o Rock Lee (que foi marcante na primeira fase do mangá) e com o Neji, que sequer puderam mostrar direito seus potenciais alcançados durante os três anos que se foram desde que Naruto saiu da vila e retornou. Ten Ten, Ino, Temari, Kankurou… Quem são mesmo? Existe ainda a possibilidade de vermos, por exemplo, alguma luta do Shino (quem?), com ele mostrando algumas capacidades do misterioso clã Aburame? IMPOSSÍVEL a essa altura. E o que mais me irrita é o fato de que OPORTUNIDADES NÃO FALTARAM para esse tipo de coisa acontecer! A única que ainda mostrou

    Kishimoto teve TODAS as chances do mundo de se redimir para comigo (cof cof, que importância que eu me auto-atribuo, não? lol) com essa guerra bobalhona, entretanto preferiu colocar um monte de olhos demoníacos do capeta do estrupício da meia-noite fodendo com meio mundo, Genki Damas pretas pra tudo quanto é lado explodindo tudo, e no fim transformou até mesmo as mortais bijuus em criaturas que tinham sentimentos, ui ui ui… Desperdício do que foi dito até agora sobre as mesmas e o que elas demonstravam ser… BAITA contradição!

    E que venha o que eu espero que seja essa última parte do flashback do Kabuto que, apesar de tudo, está sendo levemente satisfatório.

    De coração, só estou acompanhando ‘Naruto’ pra ver o final e saber como é que o jinchuuriki da Kyuubi vai mudar o mundo ninja. Cara, analisando bem, o loiro daria um bom pastor daqueles da Igreja Universal heueheuehue… Lábia da porra… PS: nada contra quem frequenta os cultos o/

    >’Bleach’

    Kubo vem querendo seduzir again ultimamente. Ele tem me surpreendido de forma positiva com esses acontecimentos, apesar de que poderia sintetizar mais os capítulos pro meu orgasmo ser mais rápido (tipo, sei que é querer demais dele). Agora é que eu fui me tocar das expressões repetitivas dos personagens (ri demais com ‘cara de whataver’ que o colega falou lá em cima kkkk).

    Será que Bleach revelará ter um enredo escondido por detrás de tudo o que foi mostrado até agora? Saberemos se o velhinho Yama abrir a boca =)

    • Realmente, o Kubo tá conseguindo trazer uma alegria aos corações.

      Não sei se é a saudade da série que já tá começando de agora, mas estou gostando do que está acontecendo nos últimos capítulos.

  • Ótima Semanada!