Anime de To LOVE-Ru Darkness é confirmado!

Adoradores de garotas alienígenas bonitinhas com cabelos coloridos comemoram pelo mundo todo.

A cerca de dois meses atrás, havia surgido um boato de que To LOVE-Ru Darkness ganharia uma animação. Os indícios  surgiram devido a grande atenção que a série vinha sofrendo comercialmente (não que ela tenha deixado em algum momento de ser comercial) principalmente pela capa da revista SQ.19. Mas agora, a edição de Maio da revista Jump Square, na qual a série sai mensalmente, confirmou que está em produção uma adaptação para anime do mangá de Saki Hasemi e Kentaro Yabuki.

No dia 1º de abril surgiram boatos que seria uma série de TV, mas o diretor chefe do site AnimeAnime.jp se retratou e disse que tudo não passou de um engano. Não existe nada confirmado mas a probabilidade de ser apenas uma série em OAD é bem mais válida. Isso também pode-se aliar ao fato de que por ser um mangá mensal, uma série de TV poderia acabar terminando pela metade ou com muitos cortes.

De qualquer maneira, a equipe da nova adaptação foi revelada, e teremos comandando o projeto praticamente as mesmas pessoas da série de TV antiga, com Otsuki Atsuhi coordenando a direção (ele foi o responsável por Motto To LOVE-Ru) e Oka Yuichi, character design da primeira temporada, de volta. O estúdio continuará sendo o XEBEC, o que gerou uma certa surpresa por eles terem sido os “escolhidos” novamente.

To Love-Ru Darkness e já conta com 3 volumes encadernados e é uma continuação direta de To Love-Ru, publicada na Shonen Jump entre 2006 e 2009, e que rendeu 18 volumes encadernados. A história conta a vida de Yuuki e seu dia-a-dia com garotas terrestres e alienígenas de cabelo rosa. Tudo com pouca roupa, claro. Em Darkness, a mesma fórmula continuou sendo mantida, mas muitos dizem que a qualidade da série subiu, sendo semelhante ao efeito que teve Rosario to Vampire.

Agora é a hora das editoras brasileiras correrem e lançarem logo o mangá, não acham? Duvido que isso não venda aqui… Realmente duvido. Enquanto isso, só nos resta esperar.

por Dih

Dih

Dih

Criador do Chuva de Nanquim. Paulista, 30 anos, editor de mangás da Panini Planet/Manga, designer gráfico e apaixonado por futebol e NBA.

Related Post