Review – Conhecendo o significado de Over Power com Onepunch-man

onepunch-man11-003Saitama, o herói mais poderoso de todos os tempos.

Você já deve ter ouvido aquela velha reclamação que a maioria do pessoal que não gosta de mangás fala: “Ahh é a maior enrolação, lutas demoram semanas pra acabar e por que os protagonistas não lutam com a força máxima para acabar logo com as lutas?” Em muitas casos isso é verdade, já tivemos o caso dos 3 minutos eternos do Freeza ou, Seiya apanhando para um Cavaleiro de Ouro e esse nunca dar o golpe final. Mas e se eu falasse para vocês que existe um mangá onde o protagonista acaba com tudo em um soco?

Onepunch-Man se trata da história de um herói que odeia ter que vencer todas as suas lutas em segundos.

One Punch Man Review (1)A história

Z-City, Japão. Do nada, sem aviso nenhum, um monstro terrível ataca a cidade e causa uma destruição inacreditável. Muitos são mortos e outros acabam ficando perdidos no meio de tanta destruição. Então quando tudo parece perdido, um herói aparece e destrói o vilão com apenas um único soco. Quem é esse misterioso herói? Ele é… apenas um cara normal, que serve como um herói mediano como um hobby.

Saitama é um desempregado que um dia acaba salvando uma criança do ataque de um monstro e se lembrando que o seu sonho de criança era ser um super herói. Depois disso ele decidiu treinar todos os dias, e esse treinamento foi tão duro que depois de 3 anos ele percebeu as mudanças no seu corpo. Saitama ficou forte e perdeu todo o cabelo. Ele ficou tão poderoso que nenhum inimigo chega a ser páreo para feri-lo, isso acaba o desmotivando e o deixando com um sentimento de estar vazio por dentro. Se ao menos ele encontrasse alguem que desse uma luta que o deixasse realmente em perigo…

One Punch Man Review (8)Considerações Técnicas

Onepunch-man é um webmangá, estilo de publicação que já revelou ótimas histórias como Onani Master Kurosawa, Molester Man e até do brasileiro Ledd. Com isso o autor One (é um pseudônimo) e o desenhista Yuusuke Murata (do famoso Eyeshield 21) possuem uma liberdade tremenda para desenvolver os capítulos da maneira que eles querem. Me lembro de um que são 10 páginas apenas de movimentação de uma personagem na velocidade do som, com a diferença mínimas entre as páginas, mas que dão uma sensação de movimento incrível. O mangá é rápido e gostoso de ler, eu li todos os 22 capítulos disponíveis em uma tarde e fiquei com um gosto de quero mais. No começo o autor segue no ritmo de aparecer um vilão novo por capitulo, mas aos poucos arcos mais “longos” aparecem e mesmo assim o ritmo acelerado não cai.

One Punch Man Review (3)A história é claramente uma paródia dos shounens de porrada e seus clichês – paródias que já começam nas aparências entre protagonistas e vilões, com o personagem principal totalmente “feio” enquanto temos todo o trabalho em cima dos auxiliares. Os vilões fazem discursos longos falando o quanto eles são poderosos, mas que no final você sabe que ele vai perder. Também temos heróis que possuem histórias já conhecidas e comuns de muitos protagonistas, só que temos apenas uma página inteira só com palavras ao invés de termos um flashback que demoram capítulos para terminar. Fora coisas comuns como os gritos antes de usar os golpes, movimentos exagerados para fazer um ataque e transformações de vilões para formas mais poderosas.

One Punch Man Review (14)Os personagens em sua maioria não são nada diferentes do que você já viu em mangás ou animes de luta. Os inimigos são malvados porque sim, eles dão suas grandes explicações e você não se importa. Genos, o parceiro do protagonista, é aquele personagem que tem um passado terrível e está atrás de vingança, buscando ter mais poder para enfrentar o seu arqui-inimigo. Não que tudo que eu comentei aqui sobre os clichês faça com que o mangá seja ruim, afinal de contas tudo isso fica extremamente engraçado e divertido quando envolve o protagonista da história.

Saitama é o principal do mangá. Ele é um ser tão poderoso que não consegue mais ter uma reação normal, tudo em sua volta parece chato e sem nenhum sentimento de perigo real. Tanto que o maior sonho dele é enfrentar um inimigo que faça ele realmente correr risco de vida e ter uma batalha emocionante de vida ou morte. Ele acaba ficando muito carismático com toda essa “normalidade” e você acaba gostando do personagem logo de cara.

One Punch Man Review (2)Sobre a arte já podemos ver logo no começo a qualidade do traço nos inimigos, a maioria deles tem uma qualidade de design impressionante, adoro a “Rainha dos Mosquitos” (Ela não diz o nome dela, preferi denominar assim) ou o Speed of Sound Sonic (Ótimo nome, em português colocaram como Velocidade Sonora do Som). Genos poderia muito bem ser também um protagonista em qualquer outro mangá, o visual dele é muito estiloso e cheio de pequenos detalhes. E o único que se diferencia de todos é o Saitama que sempre é desenhado bem simples, para mostrar o quanto ele é normal e como ele em muitos momentos está deslocado daquele mundo.

One Punch Man Review (6)Comentários Gerais

Onepunch-Man é um maravilhoso mangá de comédia que faz uma sátira bem feita dos animes Shounen de pancadaria que nós adoramos. Por ser um webmangá ele possui uma liberdade tanto na história, como na arte e isso é ótimo, podemos testemunhar cenas que provavelmente nunca veríamos em revistas como a Shonen Jump. O protagonista é o herói mais poderoso já feito e isso faz com que seja uma das pessoas mais sem motivação que você já viu. Só que isso não impede que ele seja muito carismático e divertido.

One Punch Man Review (10)Aqui vale abrir um parêntese para Yusuke Murata. O autor de Eyeshield se mostra mais uma vez um artista de potencial incrível. Seu traço além de ter melhorado em níveis absurdos desde Eyeshield (que já era muito bom) adquiriu um senso de enquadramento e de arte “como um todo” incrível. Com Onepunch-Man ele parece ter encontrado uma obra que ele pode despejar todo o seu aprendizado e técnica durante esses anos de trabalho. Sua arte é realmente um show a parte para os aficionados nesse quesito.

São apenas 22 capítulos lançados até agora, sendo que o sucesso da série é tanto que ela já começou a ser lançada na nova revista Shounen Jump americana, que terá publicação simultânea com o Japão. Vale a pena conferir, mesmo se você não gostar de Shounens, porque é certeza que vai se divertir com essa leitura leve e rápida. Então tá esperando o que? (E sim, o Saitama venceria o Goku SSJ20 com um soco só.)

One Punch Man Review (12)

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post