Semanada – Fairy Tail #320: Trovão Violento

headerE chegamos no (mais um) clímax do arco.

Olá seus lindos e suas lindas!

1Fairy Tail #320

Trovão Violento

Essa semana tivemos o capítulo “Trovão Violento”, do qual já se pode deduzir que houve algum destaque para o Thor do mangá, Laxus. Antes, porém, vemos fragmentos de acontecimentos paralelos. A “capa” mostra o resultado atual do último dia dos Grandes Jogos Mágicos, com a Sabertooth na frente da Fairy Tail. Embaixo, o aviso de que o torneio está chegando ao seu clímax. A segunda página mostra Arcadios, a princesa misteriosa, Jellal, Mavis e Lucy do futuro, cada qual com seus pensamentos e planos. Na outra, Rogue com Frosch, Yukino, Mirajane e Sting. Sobre este último, a esperança de rever Lector é o que o move, mas tenho minhas dúvidas quanto à promessa de Minerva.

Se ela realmente for a vilã sem escrúpulos que tem se mostrado, não hesitaria em mentir para induzir Sting a agir como ela quer. Por outro lado, Fairy Tail é um shounen mais “leve” se comparado aos demais, então as chances de Lector voltar são grandes. Particularmente, acho que seria mais interessante se ele não voltasse, pois daria um tom mais realista à trama, ainda mais nessa fase que, a meu ver, será mais séria que as demais.

2Dito isso, após quadros isolados mostrando Natsu, Loki, Wendy e Lucy lutando, passamos para a luta Minerva VS Erza. Num dos capítulos anteriores, Kagura havia pedido para Erza salvar Milliana, e a tigresa revelou que a espancou a gatinha para “passar o tempo”, o que obviamente deixou nossa fada ruiva mais furiosa do que já estava. Mas a perna de Erza está ferida. Será mesmo que ela conseguirá derrotar a mulher que acabou com duas magas e não demonstra um pingo de cansaço? Aposto em alguma interferência externa para ajudar a Titânia. A não ser que a idéia do Mashima seja a Minerva acabar com ela também.

3Chegamos à batalha em duplas, com Gray & Juvia VS Lyon & Chelia, que, para mim, está sendo uma das melhores partes do torneio. Não apenas por ser meu lindo ship trabalhando em equipe (risos risinhos risões), mas porque esse tipo de batalha costuma ser bem legal, principalmente quando há união dos poderes. E foi exatamente o que aconteceu: o Unison Raid do mago de gelo e da maga da água deixou de ser exclusividade do anime e fez sua estréia no mangá. Gray ainda comenta que essa é a vantagem deles sobre Lyon e Chelia, que estão usando ataques separados. E ainda há o fato de Lyon, em nome da paixão, ser incapaz de atacar Juvia, o que pode atrasar o andamento da luta.

Vale lembrar, também, da aposta dos rapazes: se Gray perder para o outro mago de gelo, Juvia irá para a Lamia Scale. Provavelmente isso voltará a ser comentado, o que trará mais emoção babado confusão gritaria para tal embate. Eis que chegamos à parte principal do capítulo, a batalha tripla Laxus VS Orga VS Jura, um dos Dez Magos Santos. Orga desafia Jura com um ataque frontal, o Kamehameha Canhão de Raio Atômico do Deus do Raio. Na página seguinte, o vemos estatelado no chão, e o público abismado.

4Makarov se preocupa sobre Laxus ser capaz de derrotá-lo, e o fã-clube do nosso loirinho marombado protesta. Uma das juízas (cujo nome me falha a memória) comenta que, nos últimos sete anos, Jura passou para o 5º lugar dentre os Dez Magos Santos. Porém, os quatro primeiros mais se assemelham a divindades, o que faz de Jura o mais poderoso humano entre eles (que isso Jurinha que isso~).

5Voltando para Laxus e Jura, este diz que estava ansioso para lutar contra o ~neto de Makarov~, e recebe uma resposta de certo teor épico: “Pode parar aí mesmo. Agora… Você não é nenhum velho com um status elevado e eu não sou o neto de ninguém…” – neste momento, Jura lança um olhar penetrante somado a um sorriso maroto, digo, encara Laxus, esperando a continuação – “Somos apenas dois gladiadores.” Então, Jura responde: “Seus olhos… Falam por si mesmos.” (neste momento começa a tocar I Will Always Love You e… tá, parei)

O loiro bolado vira um meteoro da paix-, digo, de trovão (agora parei mesmo), e parte pra cima do careca sangue bom, que o derruba com um só golpe. E, quando todos acharam que a luta havia acabado, Laxus se ergue, respondendo à provocação de Jura, falando que o caçador pode se tornar a presa.

Para finalizar, um textinho do Mashima que deveria ser épico mas foi algo, hum, “semi-épico”. Porque já virou rotina em Fairy Tail os adversários com grande status de força/poder serem derrotados por alguém esgotado de lutar. Uma vez ou outra até vai, mas aqui acaba se tornando um fator desanimador dos embates. Espero que, se o Laxus vencer, que seja algo bem-trabalhado. E, a julgar pelo título do próximo capítulo, “Laxus VS Jura”, talvez haja algum desenvolvimento que justifique uma vitória do mago mais emburradinho da Fairy Tail rs.

por Mari

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post