Semanada – Fairy Tail #323: A Returning Shadow

headerE para os interessados, em abril tem novo volume de Fairy Tail no Japão.

Oi oi oi, galera! Nesse capítulo de Fairy Tail os babados estão fortíssimos! 

1Fairy Tail 323

A Returning Shadow

O começo é normal, com a guilda comemorando sua vitória no torneio, os adversários conformados, e Rogue afirmando para Frosch que quer se tornar alguém que se importa com seus amigos. Sting pergunta por Natsu, os demais demonstram preocupação, e a cena corta para onde o Dragonslayer e sua ~turminha do barulho~ estão lutando. De repente, uma sombra misteriosa surge derrubando e prendendo os inimigos da Fairy Tail.

Enquanto os leitores ponderam se é algum crossover com Naruto e alguém do clã Nara invadiu a história, a cena corta para Jellal tendo uma epifania sobre a Lucy do futuro, que na verdade não era exatamente a Lucy. A tensão aumenta quando Arcadius confronta a princesa, pois suspeita que ela esteja o enganando de alguma forma. Para ele, a Lucy do futuro não iria mentir sobre não saber o que fazer para evitar a destruição iminente. Em sua revolta, dizendo “ela”, a princesa se espanta e diz que quem lhe alertou foi um homem. Ou seja… Mais alguém veio do futuro. 

2Voltando para Natsu e cia, descobrimos que os soldados foram sugados pela sombra, como se tivessem caído num buraco negro. Ao mesmo tempo, Jellal questiona: se Lucy veio para salvar o futuro, essa outra pessoa veio pelo que? E eis que tal pessoa se revela para aquele grupo da Fairy Tail, sendo nada mais nada menos que… Rogue! 

4O rapaz surge com uma aparência totalmente diferente do Rogue atual. A maior parte do cabelo é clara e presa num rabo-de-cavalo enorme, há uma tatuagem perto de um dos olhos, além das roupas, claro. Ao que parece, ele vem de um futuro mais distante que o da Lucy, a julgar pelo cabelo enorme e por falar com Natsu com um ar de nostalgia, indicando que nosso mago hiperativo realmente morre. 

5Mashima enganou direitinho quem achava que Sting teria um destaque maior que Rogue. Agora ele é a personificação das perguntas: de que futuro ele veio? E por que “esperou mais tempo que a Lucy” para voltar? Lembrando do que ele afirma nesse capítulo sobre querer se importar com seus amigos, algo ruim deve ter acontecido para alguém que lhe é importante. E, a princípio, ele parece estar do lado da Fairy Tail. Mas vai saber, né?

por Mari

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post