Semanada – Fairy Tail #326: Natsu vs. Rogue

headerE lá vem Fairy Tail com seus babados, confusões e gritarias!

Há duas semanas, fomos surpreendidos com a emocionante morte da Lucy do futuro, que se jogou na frente de sua versão do presente para protegê-la. O Rogue de 7 anos à frente pretendia eliminá-la, pois, segundo ele, a culpa do canhão do Eclipse não ter sido ativado foi porque Lucy impediu a abertura dos portões. E não adiantaria tentar fazê-la mudar de ideia, pois ela estaria predestinada a isso.

1Fairy Tail #326

Natsu vs Rogue

Lamentando não poder ter mais aventuras, mas com um sorriso no rosto, ela desfalece nos braços da Lucy do presente, pedindo que esta protegesse o futuro. Enquanto alguns amigos choram e outros permanecem em estado de choque, Rogue comenta: “Ela não sabia que havia fechado o portão…”, e a Lucy atual grita, aos prantos, que nunca fecharia mesmo. Rogue também se exalta e lança outro ataque. Natsu intervém, dizendo: “Então eu vou torrar esse destino!!!” – ele atinge Rogue com suas chamas, e aparece num quadrinho, furioso, com uma lágrima escorrendo – “Eu prometo que farei isso!!!”

Dito isso, no capítulo da semana passada, Natsu pede para Lucy fugir enquanto prossegue lutando contra Rogue, que afirma poder matar Natsu ali, pois o Salamander morreria de uma forma ou de outra (do futuro em que veio, ele foi morto pelos dragões). Mais adiante, Lucy encontra a princesa de Fiore ordenando a abertura dos portões para disparar o canhão de Eclipse, e questiona porque já iriam dispará-lo se os dragões nem apareceram ainda. A princesa diz que leva tempo para o canhão ser preparado e funcionar, mas nossa maga celestial está em dúvida sobre isso dar certo, apesar de já ter afirmado mais de uma vez que não iria atrapalhar o disparo.

2Essa semana, o capítulo começou mostrando os membros da Fairy Tail, que foram incumbidos de proteger o Parque Central. As demais guildas estão espalhadas por Fiore. Aparece Lucy, observando os portões se abrindo junto com Wendy, os exceeds, a princesa e Arcadios. Seguimos para Natsu VS Rogue.

Rogue, novamente, afirma que Lucy tentará impedir a abertura dos portões, e Natsu a defende. O outro diz que irá matá-la, Natsu se exalta, vai na direção de Rogue e este consegue se defender, impressionando-se com seu poder latente e entrando no modo do Dragão Branco e de Sombra. Ele atinge o Salamander com poderes de luz e escuridão, e revela ter matado Sting para conseguir o poder da luz. Antes de dar o golpe final, porém, Ultear aparece e protege nosso mago do fogo. Rogue foge, e ela pede para Meredy o kit de primeiros-socorros para ajudar Natsu, que está sendo tomado pelas sombras.

3A cena volta para os portões, onde Happy, Charlie, Lilly e Wendy estão felizes por causa da quantidade de magia acumulada, com certeza uma esperança contra os dragões. Porém, quando Wendy menciona que a Lucy do futuro teria ficado feliz, a Lucy atual de repente caminha até o Eclipse, parecendo hipnotizada, murmurando que os portões não devem ser abertos. Tenso.

Estou gostando do ritmo ágil que a “saga dos dragões”, como vou chamar por enquanto, está tendo. E, a julgar pela morte da Lucy, a tendência é que cenas fortes de emoção se tornem mais frequentes. Porque agora, por exemplo, a preocupação não é só evitar um ataque de dragões que culminará numa dominação futura, e sim evitar que Lucy suma a qualquer momento, afinal, ela “já morreu”. Mesmo sendo a de 7 anos à frente, talvez isso interfira de algum modo na Lucy atual.

4Além disso, pelo o que Rogue fala anteriormente, se ela não lembra que fechou o portão, algo acontece para que seja forçada a isso. Pelo visto, ela parece estar sendo manipulada como um fantoche, sem ter opções de escolha, agindo inconscientemente, para levar a culpa depois. Mas fica a questão: como ela passou 7 anos sem saber que foi ela a pessoa a impedir que os portões se abrissem? Não houve testemunhas para culpá-la pelo caos que o mundo se tornou?

Outra possibilidade é que surja uma discussão sobre predestinação, o que nos remete à relação humanos x dragões. Por que dragões treinaram humanos para serem dragonslayers? Que vantagem viram nisso? E eles, ao que parece, realmente amavam seus “filhos”. Então, se havia algum “destino” onde humanos e dragões só poderiam ser inimigos, Natsu, Gajeel, Wendy e (talvez) outros dragonslayers estão aí para provar o contrário. Porém, se Natsu é morto por um dragão, significa que essa não é uma ideia comum a todos…

Rogue realmente voltou-se para o mal, e Sting, acaba sendo vítima da maldade de seu, até então, amigo. Esse tipo de traição é algo incomum em Fairy Tail, onde sempre se preza pela união e fidelidade entre os companheiros.

5Como será que vão lidar com Natsu e Lucy fora de si? Será que eles, inconscientes, irão ferir alguém querido?

Mashima, seu danadinho… Olha lá o que vai aprontar com nossos corações!

 

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post