Promoção – Concorra a duas edições do mangá Tools Challenge!

toolsheaderLeve para casa o primeiro volume de Tools Challenge!

No ano passado, divulgamos aqui no Chuva de Nanquim o projeto do mangá Tools Challenge do autor Max Andrade. A ideia era simples: através do Catarse conseguir a verba necessária para a realização do primeiro volume impresso de um mangá totalmente feito no Brasil e financiado pelos próprios fãs.

“A história se passa em um mundo como o nosso só que com uma grande peculiaridade: cada pessoa nasce com uma ferramenta. Algumas pessoas nascem com ferramentas especiais, chamadas “série ouro” e não podem viver mais de 15 anos longe delas. Raion é um garoto que nasceu com este tipo de ferramenta especial, mas teve ela roubada quando nasceu, prestes a completar 15 anos terá que lutar para recuperar sua ferramenta se quiser viver.”

No dia 17 de Janeiro desse ano a meta foi alcançada e Max trouxe a vida o mangá de sua criação em um formato de deixar muita editora “profissional” por aí pra trás. O mangá então foi distribuído entre aqueles que colaboraram com o projeto e começou a ser vendido na loja própria de seu site oficial com o preço de R$14,90 (e também na loja física da Comix, em breve no site). Um sucesso. Hoje, restam somente 80 unidades restantes para venda e Max já participou de eventos pelo Brasil para divulgar sua obra e foi muito bem recebido onde passou. Uma gratificação para um autor que correu atrás e realizou seu sonho. Um prêmio pelo reconhecimento.

Quer comprar Tools Challenge no site oficial?

toolscomprar

Mesmo assim queremos mais. Agora o Chuva de Nanquim em conjunto com o Tools Challenge sorteará dois volumes do mangá para vocês! E claro, em breve uma análise da primeira edição para todos conferirem o acabamento da obra e sua história. Esse é o pontapé inicial para a continuação da história chegar e Max nos conceder daqui alguns anos os volumes 2, 3, 4 ou quantos ele achar necessário para desenvolver seu mangá.

Capa Tools Challenge 1Hoje, duas pessoas terão a chance de ganhar o primeiro volume de Tools Challenge! Prepare seu Facebook, confira as regras e boa sorte!

1 – Curta as páginas Tools Challenge (AQUI) e Chuva de Nanquim (AQUI) no Facebook.

2 – Compartilhe a promoção no seu mural através DESSE LINK.

3 – Inscreva-se nesse outro link AQUI.

4 – Cruze os dedos e torça. O resultado sai no dia 1 de Julho e teremos DOIS ganhadores!

Obs: Não será aceita a vitória de fakes criados somente para o concurso.

Obs²: Os vencedores terão no máximo 3 dias para entrarem em contato ou será realizado um novo sorteio.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • mihawklee

    É muito bom!!

    Eu tive o prazer de conhecer os caras no AnimABC e eles são muito gente boa.

    Fiquei de comprar, ams esqueci de deixar o dinheiro com minha namorada comprar no outro dia…kkkkk

    Preciso ganhar agora!
    Estamos longe de ter um mercado grande, mas esse com certeza é um ótimo referencial pós Holy Avenger.

    Confiram!

    Longa vida ao MANGÁBRASILEIRO!

    • Mugi-chin

      Além de Holy Avenger temos outros muito bons também.
      Dragons Bridge; Ethora; Mercenários; Victory (premiada internacionalmente); Dungeon Crawlers, infelizmente nem todos vingaram e acabam despertando interesse apenas de jogadores de RPG, uma vez que todas estão neste universo.
      Aí temos os mais recentes Ledd (que é muuuuuuuito bom) e a Ação Magazine, além de Tools Challenge é claro!

      • Guilherme Euripedes

        Pois é, Pois é!
        Esqueci dos outros títulos RPGísticos, que pode se dizer que é da Família Holy Avenger, mas não conheço Dragons Bridge nem Dungeon Crawlers.

        Vou procurá-los.

      • nino.D leandro

        a diferença de tools challenge e q esses outros manga tiveram ajuda de editoras americanas e continuaram e tool challenge o proprio autor q pediu doaçoes para q o seu manga forçe totalmente brasileiro.

  • thiago

    Porra compro sempre mangá, sempre tive a esperança de serializarem um mangá nacional. É uma pena que hoje em dia não dá para investir em nada sem ter um minimo de lucro, gostaria muito que algum mangaka vingasse.

  • Mugi-chin

    queroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroqueroquero!
    O mercado brasileiro tem que engatar de vez! Tá certo que já temos alguma coisa em relação à anos anteriores, mas acho que falta mais apoio por parte de alguma editora e até do próprio público, no geral.
    Quem sabe a iniciativa da JBC não resulte em algo realmente promissor, ou quem sabe a Ação Magazine não passe a ser algo grande também. Veremos! Só sei que eu quero!

  • nino.D leandro

    esse manga e muito foda ja tive o prazer de ler, e um grande manga mais aki no brasil nao ha empresas q invistam em mangas vi todo o sofreimento do autor pra cria seu proprio manga pendindo doaçoes,
    vale muito a pena vcs compra.

  • lan

    vou participar mais o pouco que li de um amigo vi que e uma porcaria

  • Separa logo esse mangá que eu vou ganhar! *-*

  • opa já estou participando xDD

  • E lá vou eu participar de mais um sorteio. Acho que um dia vou ganhar algo por pura pena de quem ta sorteando.

  • Raion

    Nuss, vou comprar e participar do torneio.

    Nunca imaginei que veria o protagonista de um mangá com o nickname que uso. xD

  • -_-

    O unico elogio q eu posso dar a tools chalenge eh o trabalho q o mangaka teve pra conseguir publicar. Tools chalenge tem uma historia q n da pra engolir, n da explicacoes pra nada, e os personagens sao mtttt superficiais, o q ainda se salva um pouco eh o desenho, mesmo n gostando mt do character design. Alguns podem ate falar q eu estou falando isso pq ele eh um mangaka brasileiro, mas eu n tenho esse preconceito, eu leio ledd, q o mangaka tem um traco perfeito, e a historia eh mt bem feita, mesmo q ele tenha se baseado em tormenta, ledd consegue ser melhor q muuuuuuuuuuitos mangas japoneses, e se ele tivesse a sorte de nascer la no japao acho q ele ser um mangaka de renome, e talvez mesmo publicando os seus mangas aqui ele ainda fique conhecido. Mesmo eu criticando eu ainda acho q o mangaka de tools chalenge tem talento, e acho q ele consegue criar uma coisa melhor, e dou td apoio para q ele consiga

    • Kamal

      Confesso que também não vejo nada demais, não vou exaltar algo só por ser nacional se tem trabalhos também nacionais muito melhores. A história é bem fraca e não tem um diferencial bom o bastante para se destacar, também acho o traço bastante sofrível. Mas apesar disso desejo sorte e sucesso ao autor.

  • felipe vencato

    A história é muito ruim; não cativa o leitor; sinceramente como existe histórias bestas no Japão, aqui não é diferente. Dentre os milhares e milhares de temas que podia escolher, logo escolheu aquele mais sem noção, porque não queria fazer uma história clichê? Será que foi isso? Entretanto, é muito clichê! Poderia ter escolhido temas mais abertos, amplos, diversificados. Vejo nessa obra, o reflexo de Naruto, com outra temática; vejo o personagem, uma mistura de Luffy e Goku; e vejo os traços bem fracos.
    Com todo respeito, é minha crítica. Não pense que estou a desmerecer você, autor. Todas a obras tem seus pntos fracos. One Piece que é o mangá mais lido, mais vendido e etc, tem muitos pontos fracos; muitos mesmos. “Uma bala de canhão ou um raio de milhares de volts não mata ninguém; um tiro de pistola mata….” ” O Sanji tem fogo na perna – WTF???” “Será que as pessoas são humanas no mundo de One Piece?, ninguém morre…

    Enfim, não desista. Espero ler um dia, uma obra sua, muito melhor que esta.

  • Esse é aquele tipo de história que você tem de ler despretensiosamente. Sem procurar plot onde não tem. As vezes isso é ruim, mas se não existe esse tipo de história a cabeça dos menos inteligentes iam explodir. xD E eu gosto de de vez em quando ler uma história desse tipo pelas porradas e pela badasszice do protagonista e consortes. Se você for de mente aberta e sabendo dos defeitos de uma obra você vai encontrar qualidades que pode te fazer gostar de alguma forma da história. Eu disse PODE, porque lógico, não é uma regra.

    Eu acompanho Tools Challenge desde o segundo capitulo e sei que o Max evoluiu até como contador de histórias. No começo eu estranhei saporra, mas com o tempo vai melhorando. E nem é aquele lance de no capitulo 20 mil. O capitulo dois já melhora consideravelmente e é uma crescente desde ai. Parabéns ao Max pelo esforço e que continue melhorando.

    PS: Quando ver a fantasmagórica Ação 3 por ai vou ver se consigo ler Pré. xD

    • -_-

      Tipo claro q vc tem a sua opniao, mas tipo eu infelizmente li ate o 4, e quando eu lia eu sempre achava q ia melhorar, pq tipo eu sonho em ser mangaka, mas por ser quase impossivel viver disso aqui no brasil eu n tenho coragem, por isso dou todo apoio aqueles q vao e lutam por isso. Porem tools challenge simplesmente eu n engulo, tipo, tu falasse q tu gosta de ler mangas de porrada, em q o principal eh idiota e tals, eu tb amo manga shounen, e tenho ctz q o mangaka de tools challenge tentou fazer um battle shounen como naruto ou one piece, e n um manga pra criança em q nada tem logica. Mas ele falhou miseravelmente na tentativa de um battle shounen, as lutas sao mt ruins, e nem eh mt culpa do desenho, e sim do sistema de luta q o mangaka criou, po ferramentas gigantes q nao dao nenhum diferencial, q sao como um taco de baseball foi uma puta de uma ideia ruim. e o personagem principal idiota eh so isso, ele n eh nada a mais nada a menos, e por ultimo por mais sem nocao q mangas battle shounen, todos eles trazem explicacoes. Veja eu vou dar o exemplo de busola de ouro(fui longe nessa kkk) em q as pessoas nascem com um animal, mas a autora da uma explicacao breve e q faz o leitor engolir a historia, no mundo deles a alma se manifesta fora do corpo, eu so pedia algo assim po.
      Obs: Plant, eu n fiz esse texto pra fazer tu parar de ler e sim pra mostrar um pouco mais da minha opniao sobre tools challenge, e q se ele ler ele pfv leve o q eu estou falando em consideracao para a proxima obra dele 😛

      • Leio sim todos os comentários e levo em conta independente da argumentação.
        Obrigado pela atenção.

      • Saquei cara. Desculpae se pareceu que eu entendi que você tava tentando impor sua vontade sobre a minha. Estamos em uma discussão e eu sou bem racional quanto a isso. Relaxa velhinho! xD Então, a questão do protagonista idiotão eu nem gosto nem desgosto, depende do roteiro, nem ponho isso em questão. A questão das lutas eu concordo, cara. São muito rápidas e não teve ainda aquele lance característico de shounen de dar nome às técnicas. Isso cria uma identificação, meio que superficial concordo, com a obra. Eu acho que já tá na hora da luta evoluir no mango mesmo. Eu sou um dos caras que bota fé mesmo em material nacional. O cara tem capacidade de fazer o barato ficar foda. Tem muita coisa foda por ai. Astronauta – Magnetar, Bando de Dois, Cachalote, o novo Laços. O pessoal daqui tem qualidade de fazer muita coisa boa e eu vou esperar pra ver qualé que é de Tools Challenge. Não to fechando os meus olhos pros defeitos, veja bem. É mais um lance de me divertir despretensiosamente e esperar as melhoras do quadrinho, véi. Mas respeito sua opinião também, todos tem o direito de quase tudo. ‘-‘b