Checklist – Super Onze é o lançamento de Setembro da JBC

inazumaelevenO primeiro mangá de futebol no Brasil é o destaque do mês.

E com vocês, o tão aguardado checklist de setembro da JBC! Sim, aconteceram atrasos mas não reclamem porque eu quis. (Brincadeira gente, não me matem.) Mas deixando os atrasos de lado, mês com mais um lançamento “diferente” da JBC em Super Onze (ou Inazuma Eleven, para os hardcores). Temos também os mangás rotineiros da editora e nenhum título que se encerra por enquanto. Em compensação comemoramos um ano de Nura no Brasil e a entrada de um novo arco de Saint Seiya, com a Saga de Hades.

Agora chega de papo porque já enrolei vocês demais nesse mês. Com vocês, o aguardado checklist de setembro!

Super Onze 01 Capa.inddSuper Onze 1

Autor: Yabuno Tenya
Demografia: Shounen (Corocoro Comic)
Periodicidade: Quinzenal – 34 volumes no Brasil. Concluído com 10 volumes no Japão.
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 78 páginas
Preço: R$ 4,90
LANÇAMENTO

Super Onze é provavelmente o lançamento mais diferente do ano pela JBC. Talvez não pelo título em si, afinal um anime na TV aberta é sempre uma pedida para investimento, mas sim pela forma como o mangá será trabalhado por aqui. No mínimo é uma tentativa ousada da editora em querer “empurrar” (em sentido não-pejorativo da palavra) o título para o público infantil em um formato diferente, algo semelhante com o gibi. O título não é um “meio tanko por completo”, mas teremos 10 volumes japoneses transformados em 34 brasileiros, com capa mole e um material mais barato. Será que vinga? Tenho minhas dúvidas e apostas. O lado positivo é o preço menor do que 5 reais. Aguardemos e veremos o resultado final.

Thermae_02_Capa.inddThermae Romae 2

Autor: Yamazaki Mari
Demografia: Seinen (Comic Beam)
Periodicidade: Mensal – Concluído com 6 volumes (Distribuição em Livrarias)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 19,90

O segundo volume de Thermae Romae chegará as livrarias agora em setembro. Isso mesmo, livrarias. Muitas pessoas estavam com essa dúvida e agora posso confirmar que a obra será distribuída especialmente em livrarias e lojas especializadas. Isso justifica o preço e a opção por um material luxuoso do produto (até o fechamento desse checklis eu ainda não tinha o mangá em mãos). O grande destaque para a nossa edição de Thermae Romae é um prefácio escrito especialmente pela autora Mari Yamazaki para o Brasil. Acredito que esse mangá não é daqueles que “seja para todos” mas que visa um público mais amadurecido. Vejamos se as expectativas serão correspondidas.

BlueExorcist_03_Capa.inddBlue Exorcist 3

Autor: Kazue Katou
Demografia: Shounen (Jump Square)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 11 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

Terceiro volume de Blue Exorcist chegando nas bancas e a dúvida é: será que o material lançado será o mesmo do volume 1 ou do volume 2? Lembram-se que eu havia dito que fiquei um pouco chateado com o cuidado gráfico do mangá? Pois bem. Apesar de não conter a página colorida ainda como no original, o segundo volume acabou sendo impresso com o mesmo papel que as edições de Genshiken e Senhor dos Espinhos – que vocês devem ter percebido serem superiores. Aparentemente a editora não tem controle sobre a gráfica sobre esse tipo de saída e o papel utilizado, mas é uma pena que os consumidores sejam “reféns” disso e não possam ter certeza de qual material terão em mãos.

capa_death_note_be_04_gDeath Note Black Edition 4

Autor: Tsugumi Ohba e Takeshi Obata
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído com 6 volumes (Distribuição em Livrarias)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 400 páginas
Preço: R$ 39,00

E chegamos na segunda metade de Death Note, aquela em que as opiniões começam a divergir e os fandoms entram em guerras homéricas para se decidirem se os novos personagens introduzidos na história são bons ou não. O fato é que realmente essa segunda fase do mangá dá uma abaixada no ânimo da primeira, mas não necessariamente quer dizer que seja ruim em minha humilde opinião. Alguns acreditam que o acontecimento principal do mangá não foi favorável para o desenvolvimento dos personagens e os novos acabam perdendo um pouco do carisma que encanta na série. Bem, veremos o que vocês acharão após a leitura do arco em questão. (E sem spoilers nos comentários, por favor.)

FairyTail33Capa.inddFairy Tail 33

Autor: Hiro Mashima
Demografia: Shounen (Shounen Magazine)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 39 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

Com o volume 40 se aproximando no Japão, a JBC conseguiu uma pequena distância até o título encostar de vez com os olhinhos rasgados. No chutômetro (e realmente no chutômetro) Fairy Tail deve ser um dos títulos mais rentáveis da editora e um substituto a altura deve estar sendo preparado na manga. Acho difícil que seja um relançamento para substituir um material “novo”, portanto as teorias de Rave Master, Magi, Sket Dance e tudo mais o que acham de pop por aí já nos ronda. É pagar pra ver, literalmente, o que nos espera em 2014.

Kenshin 11 Capa.inddRurouni Kenshin 11

Autor: Nobuhiro Watsuki
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 28 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 13,90

Mais uma bela capa de Kenshin nessa edição. E já estamos quase completando um ano da série no Brasil novamente. Tá passando muito rápido ou eu estou perdendo a noção do tempo. Acho que as duas coisas. De qualquer modo ainda temos um longo caminho até a série ser finalizada por aqui. Enquanto isso vale dizer que nessa qualidade de relançamento podemos finalmente aproveitar o “máximo” da obra no que diz respeito ao traço e a caracterização de Watsuki. Isso me lembra que sempre fico “bolado” quando o próprio autor diz em suas entrevistas que depois de Kenshin ele não conseguiu mais sentir “prazer” ao desenhar uma série…

Mirai_8_Capa.inddDiário do Futuro 8

Autor: Sakae Esuno
Demografia: Shounen (Shounen Ace)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 12 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 204 páginas
Preço: R$ 13,90

Vocês conseguem ter noção de como essa capa de Diário do Futuro é assustadora? Essas cores vivas. Esse sorriso. Essa aparência “fofinha”. Uma senhorinha que teria tudo para ser a bruxa de João e Maria. Eu acho que poucos personagens desse mangá tem uma dinâmica tão perturbadora quanto essa e a autora consegue passar tudo isso na capa desse volume. Enfim, apenas mais quatro edições para o fim de Mirai Nikki por aqui. Esse é um mangá que fiquei realmente contente em ver publicado aqui por vários motivos. Aproveitou o sucesso do anime, tem uma boa fanbase, e a história não é nada de extraordinária ou original mas consegue prender a leitura. Espero que tenhamos um bom substituto.

King of Thorn 04 Capa.inddO Senhor dos Espinhos 4

Autor: Iwahara Yuji
Demografia: Seinen (Comic Beam)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 6 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 12,90

Eu diria que se existe uma grande surpresa positiva da JBC nesse ano com certeza foi esse mangá. O Senhor dos Espinhos é o tipo de título que, de fato, tem um apelo muito grande com o público graças ao seu roteiro bem amarrado e com receitas de sucesso nas doses de suspense, ação e a carga emocional de drama bem aplicada no momento certo. Sabe a impressão que tenho ao ler esse mangá? Que ele é cercado por uma trilha sonora de um grande filme de suspense ou mistério. A leitura flui fácil e os personagens realmente ajudam a digerir muito bem todo o roteiro. Espero que se mantenha igualmente bom nessa segunda metade da série.

Nura12_Capa.inddNura 12

Autor: Hiroshi Shiibashi
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 25 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

Agora é oficial: Um ano de Nurarihyon no Mago no Brasil. E com mais uma capa maravilhosa pra não perder o costume. Tem alguém aqui que realmente ache o contrário? O traço do Shiibashi nos tempos de Shounen Jump eram os mais bonitos da revista. E então? O que estão achando do mangá nesse primeiro ano de publicação aqui? Empolgados? Esse tipo de história com youkais, ação e coisas do gênero parecem fazer o estilo dos leitores brasileiros, por isso Nura deve ter entrado rápido no “paladar” dos leitores. Bem, estamos chegando praticamente na metade da publicação.

Love_Hina_05_Capa.inddLove Hina 5

Autor: Ken Akamatsu
Demografia: Shounen (Shounen Magazine)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 14 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 14,50

E o quinto volume de Love Hina chega nesse mês nas bancas. Nessa semana estava parando pra pensar um pouco na comparação de Love Hina com o trabalho atual de Akamatsu, UQ Holder. É engraçado como ele mudou totalmente os ares de suas histórias. Se Love Hina era focado no romance, no ecchi e tudo mais, UQ Holder parece estar tomando outros caminhos. O autor parece cada vez mais envolvido com projetos de ação, porrada e coisas do tipo. E isso é engraçado porque de certo modo ele ajudou a moldar o “ecchi” que temos hoje. Enfim, aproveitem os “tempos” de Love Hina, porque dificilmente eles voltam.

SoulEater14_Capa.inddSoul Eater 14

Autor: Atsuhi Ohkubo
Demografia: Shounen (Shounen GanGan)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 24 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 12 x 18 cm, 192 páginas
Preço: R$ 10,90

Essa é a melhor capa de todos os tempos! E o melhor personagem de todos os tempos! Reparem na graça, na beleza, na uniformidade, na alegria, na espontaneidade da figura que ilustra a capa do volume 14 de Soul Eater. É mágico. Excalibur é realmente o maior personagem que já surgiu na história dos animes e mangás e se você não concorda está errado. (cof cof) Agora que passamos da segunda metade da publicação e que o título foi concluído no Japão, muitos já se perguntam se a JBC publicará também o spin off de Soul Eater NOT!. Se a recepção da série principal estiver sendo positiva, por que não? 

Genshiken_03_Capa.inddGenshiken 3

Autor: Kio Shimoku
Demografia: Seinen (Afternoon)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 9 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

O volume 3 estava previsto para agosto mas foi remanejado para setembro. Eu não sei se é impressão minha (e isso trata-se apenas de uma suposição) mas aparentemente a recepção por Genshiken por aqui deu uma certa esfriada comparada com o impacto do primeiro volume. Claro, isso me baseando pelo que vejo em páginas, blogs e sites voltados para o público consumidor. Sempre achei que Genshiken seria um substituto “perfeito” para Bakuman aqui mas que tem como seu contra não ser um mangá da Shounen Jump (no quesito popularidade). De qualquer os compradores e fãs torcem para que seja apenas uma impressão. E você? Já conferiu o mangá?

CDZ 19 Capa.inddSaint Seiya 19

Autor: Masami Kurumada
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 28 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

O volume 19 estava previsto para agosto mas foi remanejado para setembro. Começamos a reta final do mangá que agora tem 9 volumes até a conclusão. Cavaleiros pode não ter mais a mesma magia de outros tempos agora, mas ao menos o fator nostalgia provavelmente ainda é essencial nas vendas do título. Veremos se a saga Ômega ainda dá algum gás na série por essas bandas com o público mais jovem, mas mesmo assim tudo não passa de uma aposta. Fico pensando se Lost Canvas fosse exibido na televisão aberta se não existiria um retorno positivo por parte do público… Foi uma série tão bem aceita pelos fãs ocidentais…

Freezing15Capa.inddFreezing 15

Autor: Lim Dall-Young e Kim Kwang-Hyun
Demografia: Seinen (Comic Valkyrie)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 20 volumes (Distribuição setorizada)
Formato: 13,5 x 20,5 cm, 192 páginas
Preço: R$ 12,90

E nesse volume 15 de Freezing temos o início de um novo “arco” da série. Para os interessados, a segunda temporada do anime deve cobrir exatamente até o ponto em que a primeira fase foi encerrada, no volume 14 que foi lançado pela JBC em agosto. Com isso, a partir daqui você terá um material inédito que não deverá ter uma adaptação nem tão cedo (pra falar a verdade poucos esperavam sequer uma segunda temporada já que as vendagens de Freezing por lá não foram das mais expressivas na época da primeira temporada).

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Super Onze! *-*
    Muito bom esse checklist, vou levar 80% dele.

  • Kevin Hirata

    Estou ficando cada dia mais pobre, porém feliz, para melhora minha vida somente um Sket Dance, ou (o impossível) Gintama sendo lançado por aqui e tal

    • Se for pra substituir fairy tail (nem curto) acho melhor o Rave Master mesmo. Mas gostaria de ver o Sket Dance por aqui.

      • Tugg

        Nossa, Sket Dance sendo publicado aqui seria um sonho! Mas não acho que ele se encaixe no perfil pra substituir Fairy Tail… Aposto mais em algo tipo Magi.

      • Substitutos até tem mas o “geral’ já está sendo publicado por aqui, mas no japão só tem mangás com poucos volumes que estão se destacando agora, vamos ver.

      • Mefisto

        Rave tem boas chances de sair por aqui.

  • Amorim

    Sinceramente , O Anime de Frezzing e uma Merda , Ja o Manga e um dos Melhores , Se nao o Melhor , Manga que Ja Li em Minha Vida , Se a Historia Fosse Seguida a Risca , teria tudo para ser um Sucesso onde que que fosse Exibido

    • Sem contar que a edição da jbc está muito boa.Agora a mesma questão de Soul Eater se aplica, sera que a editora ira trazer os spin-offs da serie ?

  • Tudo que eu não queria era Genshiken sofrendo reajuste…

    De qualquer forma, levo Genshiken, Blue Exorcist e talvez Soul Eater

  • Superrrr … checklist de novembroooooooooooo …. já basta (sem delongas)!

    Super Onze 1: Não vou comprar, porém, Cassius disse no “Diário de Sailor Moon” que o formato do mangá não seria MEIO TANKO! Aguardar para saber se a qualidade vai ser inferior a meio tanque (meu Deus é possível?) ou realmente um mangá/gibi (“finin” e com uma qualidade “mais ou menos”).

    Thermae Romae 2: Quero comprar logo, infelizmente a quantidade de títulos está grande, mas, como o título é destinado para livrarias e lojas especializadas provavelmente ficará mais tempo no mercado e nos sites. Quem sabe uma resenha pelo Chunan! me anima para comprar esse mangá, em Dih?

    Blue Exorcist 3: Fiz a assinatura e tenho somente uma palavra para definir a aquisição “tristeza”. O título é bom, a temática é boa (demônios), entretanto, o tratamento que o mangá está recebendo pela JBC é decepcionante (um dos poucos títulos que abrir exceção por não ter uma qualidade superior) e fiquei realmente entristecido com a compra!

    Fairy Tail 33: Não compro o título, por duas razões: Não encontro as edições iniciais e a JBC poderia fazer um relançamento mais tarde em uma qualidade superior!

    Rurouni Kenshin 11: Logo, logo, tenho que fazer a renovação (tristeza para a carteira) contudo um ótimo título em uma qualidade acima do normal.

    Diário do Futuro 8: Gostei do final peculiar de Mirai Nikki, espero ansiosamente a próxima temporada do anime (realmente vai ter ou não?).

    Nura 12: Acabou … não o mangá (está um pouco longe) e sim minha assinatura ou seja renovação (ai, ai, ai, minhas finanças choram).

    Love Hina 5: Ótimo mangá, qualidade, comédia, ecchi o que mais um jovem rapaz (cof, cof) poderia querer.

    Soul Eater 14: Excalibur, Exacalibur, Excalibur … uma frase marcante poderia ser “poucos estão no meu nível, pois poucos me aguentam … hahahhahahahha”. Quero logo o título todo na minha estante.

    Freezing 15: Opai, opai … novas cenas, das tradicionais pandoras!

    Sing!

    • * setembro (emoção … pelo trabalho da JBC com alguns títulos).

      • Mi Ka DXD

        Pois é, Blue Exorcist tá sendo tratado como merda pura nas terras brasileiras. Malidta JBC! E vem cá: Os capítulos do mangá de Blue Exorcist no Japão são mensais, por isso demora mais para sair volume lá. Não acha que colocar o título mensal vai fazer com que em menos de um ano (ou um pouquinho mais) o título acabe alcançando os japas e ficando paralisado?

    • Mefisto

      Blue Exorcist tem um tratamento gráfico igual ao de qualquer outro tanko padrão. Não sei do que está reclamando. Seria do papel semi-transparente? Pois se for, o problema acontece com vários títulos, e infelizmente, parece que a JBC está pouco se lixando pra isso.

      Ah sim, Super Onze não é mesmo meio-tanko, mas sim um tanko dividido em quatro. E ainda vem o Cassius com conversa mole falando que é mais barato, quando na verdade, se somar os volumes, um único tanko de Super Onze seria o mangá mais caro sendo vendido nas bancas.

      Nessas horas dá até saudades da época do MDG. Cassius está se mostrando um verdadeiro fiasco como editor. Apesar que isso não é novidade. Trabalhou na Conrad e a Conrad afundou. Trabalhou na linha de HQs de Star Wars na Pixel, e a linha afundou. E agora, está prestes a afundar com a JBC, com suas decisões editoriais equivocadas.

      • Acho que o Cassius tem acertado em uns pontos e errado em outros. Mas convenhamos, vender mangá no Brasil, um país onde as pessoas detestam ler é uma missão realmente difícil. Super Onze é certamente uma tentativa de arrecadar uma grana pra editora, que não sei se vai funcionar.
        Também acredito que a JBC é grande o suficiente para perceber que se o editor estiver indo mal, tomar providências.

  • Só estou no aguardo de sair Freezing e Nura em bancas, a assinatura de Blue Exorcist, Senhor dos Espinhos, Genshiken, Love Hina e Soul Eater garantiram uma boa economia. Diário do Futuro ficará para uma compra da coleção toda quando acabar, vai render um bom descanso e uma boa maratona.
    O restante dos títulos não me interessa mesmo, e pelo andar dos anúncios da editora a lista não deve mudar, isso depende dos anúncios de Outubro, Novembro e Dezembro.

  • Sogeking

    Voltei a trampar *-* emoçao demais. O q eu comprava da JBC acabou este ano (Bakuman, RG Veda e Sakura) e nao cheguei a iniciar o q eu tava interessado mas agora vai o/ correr atras de Love Hina e Genshiken, pegar o primeiro Thermae Romae q parece bao e esperar convençao pra pegar Black Edition com desconto

  • De novo está atrasado no site deles, porque até agora está sem Super 11 lá, vou ajustar lá no formulário.

    Obg!

  • vou levar Blue Exorcist 3, Diário do Futuro 8 e O Senhor dos Espinhos 4…talvez Super Onze 1 vamos ver..

  • Desses aí levo Diário do Futuro #8, Love Hina #5, Death Note B.E #4 e só, pelo menos por enquanto.
    Mês que vem espero encontrar Blue Exorcist #1 nas bancas (Fase 2) em um bom estado, já que geralmente os mangás que vem pra fase 2, vem sempre um pouco danificados.
    O que espero ansiosamente mais do que qualquer coisa com certeza é a conclusão de lançamento dos volumes de Death Note Black Edition, não por outros fatores, mas simplesmente por pesar bastante no orçamento, e dessa forma não dá pra comprar outros títulos desejados.
    Que venham os próximos lançamentos e, principalmente, mais dinheiro pra mim poder continuar deixando minhas coleções em dia. xD

  • Daniel

    Infelizmente no volume 11 de Rurouni Kenshin a qualidade da impressão está bem ruim em várias páginas.

    • Mefisto

      Troque o teu exemplar na banca.

  • Kiranaru

    Desses eu levo somente Excalibur… ops, Soul Eater XD talvez eu compre Super Onze, Blue Exorcist e trô com vontade de comprar CDZ (pra completar na minha coleção da saga de Hades *-*). Thermae Romae parece interessante, mas eh mui caro pra mim, o mesmo pra DN (tlvz um dia eu compre….). Esperando a JBC publicar Gin no Saji *-*

  • Deveriam relançar Lost Canvas e lançar Magi.

  • Vou ficar pobre desse jeito. E sobre esse “formato diferenciado” de Super Onze… to até com medo que tragam de volta o “espelhado” para ficar na forma dos quadrinhos ocidentais.

  • Leandro-Sama

    A grafiaca da jbc é muito descuidada. Meu another veio com UM FURO NA PAGINA COLORIDA (PQP!), sem falar em umas 5 paginas que não foram devidamente cortadas…

    • Philip

      Não sie se você sabe, mas a gráfica da JBC é a mesma da Panini hahahahaha…

      Esse negócio de defeito de impressão tem em todas as editoras. É só você falar com os caras e trocar.

    • Mefisto

      Vai na banca e troca. Essas coisas acontecem, e com mangás de qualquer editora.

  • Franco_Kurosaki

    Agora que RG acabou finalmente pude atualizar “Sou Íter” e a nova edição começa especial: A LENDA está na capa!Muitos comprarão esse volume só por causa da magnitude desse personagem.
    O volume novo de FT me mostrou que é mais legal acompanhar os tankos que os capítulos semanais esse volume foi bem legal
    E um personagem da FT saiu do ármario XD!
    Freezing tem um enredo interessante mas o anime não cobriu um dos arcos mais polêmicos da série e já revelou antecipadamente um segredo importante deste arco na primeira temporada (que só teve luta contra Pandoras e por isso não fez sucesso)

    • Bem até agora pelo que eu li em freezing (11 vol.) teve pandora batendo em pandora e só um combate contra os Novas, realmente ,quero saber mais sobres esses alienígenas que querem acabar com os humanos, e nesse ponto é bem parecido com shingeki, um inimigo da humanidade, militarização de jovens, o desespero no campo de batalha, parece que esse gênero tá em alta.

  • lucas

    Finalmenteeeee!! Daí eu levo fairy tail, saint seiya e diário do futuro. E eu quero magi e rave master pra cá !!

  • Niizuma Eiji

    Bom desses eu levo Inazuma Eleven (Super Onze) Death Note Black Edition e Genshiken 😀

  • Vamos lá, mas outro mês pra ficar pobre =D

  • Desses só levo Soul Eater.
    Death Note acho que compro o ano que vem pelo site assim quem sabe se tiver um box com os “livros” ficaria melhor..
    Tomara que no ano que FMA seja relançado queria muito a obra,quem sabe com Soul Eater acabando nao vem FMA…já que é um relançamento…ou após Death Note…

  • Nossa o que mais espero da JBC é um relançamento de Fullmetal Alchemist em Tankohon, com a mesma qualidade de Love Hina e Rurouni Kenshin. Além de alguns títulos que pra mim mereciam ser publicados ao menos como aposta como Kuroko no Basket e Magi.

    • Mefisto

      FMA é recente. Se for pra relançar, ainda vai demorar muito.

  • Mi Ka DXD

    Pelo jeito não sou o único que gosta do Excalibur. Mas quando no Japão sai o volume 25 de Soul Eater? Faz tempo que vejo “Em andamento no Japão com 24 volumes (Distribuição setorizada)”. Enfim, sobre o novo trabalho do Akamatsu, ele parece estar tentando outros caminhos, como fez a Yuu Watase. E no próprio Negima! ele começou a afzer isso, quando a série, que no início era ecchi depois virou shounen. Vale lembrar que outro mangá que, assim como Negima!, começou com um g~enero (no caso deste mangá, comédia), e se encerrou como shonen. Um certo Hitman REBORN! me refiro… Sora no Otoshimono, pelo que sei (e repito, pelo que sei, pois estou desatualizado) também está seguindo o mesmo caminho…
    Já comprei o volume 33 de FT. E não levo Inazuma Eleven, pois não gosto.

  • Acabei de ler o volume 3 de Genshiken, não aguentava mais a espera! ^^
    Este mês levo: Inazuma Eleven #1, Ao no Exorcist #3, DN #4, Kenshin #11, Mirai Nikki #8, Genshiken #3 (já comprado) e CDZ #19.

    Tenho que retomar Ibara no Oh, não dá nem para acreditar que já tem 4 meses que o mangá foi lançado aqui… Títulos de 6 volumes passam mesmo muito rápido! De resto, fico na torcida para que Rave venha substituir FT quando este paralisar! o/

  • Franco_Kurosaki

    Aliás cadê a JBC pra lançar UQ Holder? XD

  • Marilia

    Super Onze me lembrou Ranma 1/2 a lá Animangá haeuihea

  • rsrs eu amei qnd soube que inazuma seria publicado mas na boa eu nao vou comprar a ediçao brasileira investir nada eles querem ganhar nada mais por medo do titulo nao dar certo pk mensalmente sera torno dos 10 e os mangas da JBC estao em 10,90 a 11,,90 ridiculo na boa eu amo inazuma mas nesse formato eu nao irei comprar preciso pagar um frete e pegar a ediçao japonesa é inclusive menos espaço dez mangas em 34 meu respeito pela editora caiu um pouco, mas ainda ta em cima da panini

  • Mefisto

    Reclamavam tanto do meio-tanko, e agora a JBC publica um tanko dividido em quatro! E vem o editor dizendo que Super Onze tem um preço mais em conta, mas se somar os quatro volumes que formam um único tanko, o valor fica extremamente alto.

    É impressão minha ou as capas da versão antiga de Love Hina eram muito melhores?

    • Philip

      Lembrando que todas as capas da edição especial de Love Hina, são AS MESMAS da publicação antiga hahahaha

      • Mefisto

        Não são, as novas capas tem partes das artes cortadas. Só comparar, as capas antigas tem ilustrações mais completas. As novas, tem parte da arte cortada nas bordas.

        E a fonte usada no título antigo também era ANOS LUZ melhor.

    • Daniel

      As capas originais japonesas de Love Hina também tem as laterais cortadas. Na versão antiga em algumas a JBC apenas optou por usar a ilustração inteira.
      E eu prefiro a fonte atual. A fonte antiga era muito grande e em várias capas chegava a tapar a cara das personagens.

  • lucas

    Quanto a super 11 essa merda é um meio tanko sim. 78×2=156, mas ou menos o mesmo número de páginas que um tankko tem. E ainda vai sair numa qualidade ruim velho? Tipo, eles só descontaram 2 reais da conta nada que impeça que o produto seja da mesma qualidade dos atuais mangás da jbc e tipo se eles iam fazer um negócio mais barato deviam deixar esse preço de 10 reais sem tirar a qualidade dos títulos atuais. Além do mais essa merda vai sair quinzenalmente ou seja compraremos dois por mês o que reforça mais uma vez esse título ser tanko. Ou seja não inovou nada esse lixo, é um mangá meio tanko e pronto! Tirando o hate da coisa, eu vou comprar mas se vir com uma qualidade inferior talvez eu deixe de comprar. Tem muitos outros mangás com melhor qualidade e história por aí então não tem por que eu gastar cash numa historinha lesa e de qualidade inferior.

    • Mefisto

      A média de páginas de Super Onze será em torno de 50 páginas por edição. O número não é constante, mas na maior parte dos volumes vai ser nesses moldes. Alguns com um pouco a mais ou a menos. Ou seja, é 1/4 de tanko.

      • Philip

        Caras, é um simples gibi. Qual a dificuldade de aceitar isso ? haha

      • lucas

        Eu acho que não até porque vai ser quinzenal ou seja vão ser 17 meses de publicação + ou – 10 meses do original, então eu acho que ele se aproxima mais de meio tanko do que 1/4 de tanko (só minha opinião)

    • lucas

      Respondendo ao Philip: o que eu to dizendo cara é que tipo; a jbc fez uma propaganda falsa dizendo que ia trazer um mangá barato e menor num formato parecido com um gibi, como você disse. Mas ela apenas lançou um tanko em duas edições (o mal dito meio tanko) sendo que numa qualidade baixa e com um preço inferior sendo que era preferível lançar um mangá comum igual ao que a gente vê nas bancas, tá entendendo? Aí ela vai demorar 7 meses a mais para conclui-lo (sendo que 10 já é muito), além de ter uma qualidade mais baixa só por 2 reais. Isso só me faz concluir que a jbc fez uma propaganda enganosa pois eu tava esperando um mangá meio tanko a um preço de 3, 4 reais que não irá acontecer como você já sabe, por isso essa minha indignação, certo???? Eu esperava um mangá mais barato, um tanko de 6 reais, mas do jeito que eles abaixaram o preço, eles abaixaram a qualidade lançando um tanko sem nenhuma novidade (o que a jbc insiste em dizer que é um gibi só que não é!!!)

      • Mefisto

        Bem por aí, o leitor vai pagar mais, e ter um produto de qualidade inferior.

        Vai pagar R$4,90 por uma revistinha com capa mole (igual gibi da Disney), com média de 50 a 80 páginas por volume, e no final, o equivalente a 200 páginas em média, vai sair por quase R$20.

        Pra quem acha que dá tudo na mesma, melhor pensar direito. Pois o custo pra se publicar esse gibizinho com papel vagabundo, vai ser bem menor do que o custo de um tanko, que tecnicamente, custaria mais barato para o consumidor final.

  • Levo: Rurouni Kenshin, Diário do Futuro e Love Hina e espero que com o hiatus de Fairy Tail a JBC traga Rave Master

  • lucas

    Outra coisa: como lançam no checklist só um mangá quinzenal? Tinha que ser 2 até porque não vão lançar um checklist daqui a 15 dias só com SO 2

  • Love hina e soul eater desses

  • Não sei o motivo de tanta reclamção com a JBC, esse titulo tem suas vantagens e desvantagens.

    1° – O preço de 1 Tanko não vai ficar um valor tão exorbitante assim.
    1 Volume deve ser aproximadamente 1/3,4 De um Tanko, se somar tudo o tanko ficará na base de uns R$16,66 (não é barato, mas também não é tão caro assim).

    2° – O mangá não é para nós, são para as crianças que vão as bancas apenas para pegar algum titulo aleatório ou que já conhece de algum lugar, e ele podem até gostar mais já que podem usar como livro de pintura (kkk).

    – pontos ruins.

    1° – Não é como queríamos, e sairá mais caro do que o normal (mas, como disse logo acima, nada de absurdo, já que não se tem certeza se irá vender e dar retorno à editora).

    2° – provavelmente a gramatura e a impressão não serão das melhores.

    • Mefisto

      1 – R$4,90 x 4 (volumes que variam de 48 a 62 páginas) = R$19,60 com papel mole e sem verniz. Igual das mensais da Disney, tipo Mickey ou Pato Donald. E enquanto isso, quanto que custa mesmo um tanko tradicional pela JBC?

      2 – O mangá é para qualquer um que quiser comprar. E a molecadinha vai comprar essa coisa que para eles é desconhecida e preto e branca, ou vai preferir comprar um Pato Donald ou uma turma da Mônica totalmente colorido? (E com mais páginas, e muito mais barato!)

    • Exato!! Também não estou entendendo o porquê de tanta polêmica, nós nem somos o público-alvo do lançamento de Super Onze… D:

      Não vou dizer que estou satisfeita com as escolhas da JBC, mas não é como se eu estivesse super na expectativa por esse mangá… Só vou comprar mesmo porque é sobre futebol, quero que tenha bastante sucesso… Quem sabe um dia eles publicam Tsubasa..! <3

  • Ao ver o Inazuma Eleven no checklist, fiquei com vontade de pulá-lo, porém… quis ver os comentários colocados para este. Há muitos títulos interessantes para se adquirir, realmente, devo levar oito deles, se comprar Termae Romae.

  • Nekomimi

    As fujoshis, fudanshis, shotacons e demais fãs de personagens “novinhos” já estão com o dinheiro separado para comprar o mangá do Super Onze, assim que ele sair nas bancas.
    A gurizada (para quem o mangá é destinado originalmente), vai ter de se acostumar a visão de garotas mais velhas, mulheres e até rapazes e jovens adultos comprando o referido mangá.
    Sem dúvida, graças a essa fatia inusitada fãs a que já me referi acima, a JBC não vai ficar no prejuízo, mesmo que o número de consumidores infanto-juvenis seja menor do que o esperado, disso podem ter certeza.

  • Kiranaru

    Desses eu levo Soul Eater… Talvez eu compre o Senho dos Espinhos depois e Geshiken tbm me interessou… mas acho q vou ver o anime… por questões financeiras….

    Vou completar minha coleção da Saga de Hades de CDZ *-*

  • Luan

    As chances de ver Hokuto no Ken no Brasil são muito baixas?? Digo, menos de uns 20% ?