Checklist – Panini: Fevereiro de 2014

vinlandsagaheaderDeadman Wonderland e Resident Evil se despedem das bancas.

E cá estamos para conseguir publicar, depois de muito tempo, os dois checklists das duas editoras dentro do mês. Demorou, mas chegou. Nesse mês de fevereiro temos o segundo lançamento do ano da editora italiana. Trata-se de Vinland Saga, uma série sensacional e que vem para agregar ainda mais os fãs de seinen. Pelo lado da tristeza temos duas despedidas: Deadman Wonderland e Resident Evil. Os dois títulos chegam ao fim nesse mês. Também temos duas paralisações com Tiger & Bunny e Maid-Sama – o segundo faltando somente o seu volume final para ser concluído. Pra compensar, Hitman Reborn finalmente ganha a periodicidade mensal e se junta a One Piece, Dragon Ball e Naruto Pocket. Monster também começa a sua parte inédita no Brasil, de onde a Conrad havia parado sua coleção. De resto, todos os lançamentos que já estão acostumados chegam normalmente.

Vale reforçar que os checklists da Panini funcionam diferente da JBC e todos os seus lançamentos valem até o dia 10 do mês seguinte (março, no caso), por conta da distribuidora.

Enfim, chega de papo e vamos para o checklist de fevereiro! Que os vikings venham até nós!

Vinland Saga 1VINLAND SAGA 1

Autor: Yukimura Makoto
Demografia: Seinen (Afternoon)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento com 14 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 224 páginas
Preço: R$ 11,90
LANÇAMENTO

Os vikings se preparam para invadir a Panini. Em seu segundo lançamento do ano a editora aposta mais uma vez no mercado seinen, estratégia que aparentemente deu muito certo com Monster e 20th Century Boys. Chega ao Brasil o mangá Vinland Saga, uma das mais elogiadas obras do último ano, ganhadora de prêmios no Japão e publicado em diversos países. A série é ambientada com personagens vikings e ganha ares épicos com o desenrolar da mesma. O primeiro volume terá páginas coloridas, assim como o original. A intenção da Panini é colocar as páginas coloridas nos volumes que existirem também na versão japonesa, mas claro que isso dependerá da recepção do título no país. A editora aposta bastante na obra. Se você quer experimentar algo diferente de tudo que já saiu por aqui, eis a sua oportunidade.

Deadman Wonderland 13DEADMAN WONDERLAND 13

Autor: Jinsei Kataoka e Kazuma Kondou
Demografia: Shounen (Shounen Ace)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 13 volumes
Formato: 13 x 18 cm, 176 páginas
Preço: R$ 10,90
EDIÇÃO FINAL

E chegamos na edição final de Deadman Wonderland, um mangá que para mim em especial deixará muitas saudades, mas que foi muito bom enquanto durou e no que se propôs. A obra foi concluída no Japão no ano passado com seus 13 volumes. A série começou a ser publicada no Brasil em agosto de 2011 com periodicidade bimestral, sendo alterado somente na reta final quando os lançamentos haviam alcançado o mangá no Japão – que teve uma grande pausa após a gravidez da autora. Apesar de difícil, ainda é possível encontrar as primeiras edições com preços “honestos”.

Resident Evil Marhawa Desire 5RESIDENT EVIL: MARHAWA DESIRE 5

Autor: Naoki Serizawa / CAPCOM
Demografia: Shounen (Shounen Champion)
Periodicidade: Indefinida – Concluído no Japão com 5 volumes
Formato: 13 x 18 cm, 176 páginas
Preço: R$ 10,90
EDIÇÃO FINAL

O segundo título da Panini que se encerra nesse mês é Resident Evil. O mangá que chegou “de repente” ao país em 2012 teve praticamente um lançamento “simultâneo” com o Japão. Com uma bela arte de Naoki Serizawa (que já se prepara para começar uma nova série no Japão, sem relação com os zumbis) o mangá é curto mas apresenta uma história interessante para os aficionados no universo de Resident Evil. Assim como Deadman Wonderland, também é possível encontrar toda a coleção em preços justos.

Dragon Ball 22DRAGON BALL 22

Autor: Akira Toriyama
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído com 42 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 10,90

E Dragon Ball chega ao seu volume 22, e percebemos que Akira Toriyama tem alguma paixão interior com automóveis, basta ver o número de capas que envolvem um carrinho na série. Destaque também para o Goku bronzeado e em clima de férias. Será que ele estaria se preparando para o Carnaval? Enfim. Enquanto Dragon Ball segue por aqui com sua primeira publicação em tanko, nos Estados Unidos tivemos o lançamento de uma versão totalmente colorida do mangá. Sabendo do tamanho da importância de Dragon Ball por aqui, será que é sonhar demais que um dia esse material chegue em nossas mãos?

One Piece 25ONE PIECE 25

Autor: Eiichiro Oda
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 72 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 10,90

Entramos oficialmente no terceiro ano de One Piece no Brasil pela editora Panini a partir desse volume 25. Também estamos cada vez mais perto de alcançar os volumes em que a Conrad paralisou sua coleção, consequentemente, chegando até a “coleção bimestral”. E nesses dois anos de publicação que se passaram percebemos como One Piece realmente se tornou um sucesso no Brasil e como adquiriu cada vez mais um público maior. É confortante saber que ele voltou e voltou para ficar. Seria um eterno pecado o nosso país não contar com a obra de maior sucesso do Japão em publicação. Ah, como eu adoro One Piece…

One Piece 48ONE PIECE 48

Autor: Eiichiro Oda
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 72 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 10,90

One Piece 48 chega nas bancas nesse mês e estamos nos aproximando da conclusão da “primeira fase” da série antes da entrada no Novo Mundo. Olhando dessa maneira, nem parece que faltam tantos volumes assim pra alcançarmos os japoneses, não é mesmo? Ok, ok, parece da mesma forma, mas me deixem ser positivo! De qualquer maneira as capas de One Piece da sequência, incluindo essa, são sensacionais. Inclusive a capa de número 50 é uma das minhas favoritas do mangá inteiro! Não vejo a hora de aparecer por aqui. Lembrando mais uma vez que em breve teremos o primeiro Guidebook da série sendo publicado aqui pela Panini também. Os fãs piram.

Reborn 7TUTOR HITMAN REBORN! 7

Autor: Akira Amano
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 42 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 10,90

Vocês pediram, e a Panini realmente ouviu. Hitman Reborn é agora mais um mangá parte integrante dos títulos mensais da editora ao lado de One Piece, Dragon Ball e Naruto Pocket. Em seu aniversário de 1 ano, a série passa a ser lançada em um menor espaço de tempo devido ao enorme número de pedidos dos leitores que não estariam dispostos a esperar uma década para ler por completo um mangá que já foi encerrado a um bom tempo no seu país de origem. Curioso que agora em 2014 o mangá de Reborn completa 10 anos de idade. Um belo presente, indiretamente, para a série. Vale lembrar que a Panini também disponibilizou uma assinatura para o título.

Toriko 6TORIKO 6

Autor: Mitsutoshi Shimabukuro
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 28 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 208 páginas
Preço: R$ 10,90

Toriko é outro que muitas pessoas pedem para uma transformação em título mensal, mas não creio (achismo) que a série se sustentaria como acontece com Reborn. De qualquer modo ela segue tranquila em sua periodicidade e chega ao seu sexto volume. Sempre insisto em todos os checklists que as pessoas deveriam dar uma chance para o mangá e realmente entenderei todo o potencial da obra. Principalmente quando chegarmos no arco de “Ice Hell”, um dos melhores arcos da série até agora. Tá certo que proporcionalidade nos desenhos não é o forte do tio Shimabu nessas capas, mas não se deixe levar pela aparência. Toriko merece uma ponta da sua atenção.

Monster 11MONSTER 11

Autor: Naoki Urasawa
Demografia: Seinen (Big Comic Original)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 18 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 10,90

O volume 11 é o que definitivamente chamamos de “marco”. Isso porque é nele que começa a parte inédita no Brasil, de onde a editora Conrad não havia publicado. Ou seja: existem muitas pessoas que só vão continuar a acompanhar a história depois de tantos anos passados! Entramos também mais forte na segunda metade da história, que se desenvolve cada vez mais e que começa instigar ainda mais o leitor para o mistério do mangá.  Com esse, apenas mais 7 volumes para o final da obra (ou seja, só em 2015 de qualquer maneira). Quem sabe chega a vez de Pluto se apresentar ao mercado brasileiro depois disso?

20th 920TH CENTURY BOYS 9

Autor: Naoki Urasawa
Demografia: Seinen (Big Comic Spirits)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 22 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 10,90

E aos 45 do segundo tempo, o volume 9 de 20th Century Boys ganhou sua carta de liberação e estará também nos lançamentos de fevereiro da Panini. O mangá de Naoki Urasawa cada vez mais conquista fãs pelo Brasil e não é pra menos. Tudo que Urasawa faz é mágico e merece ser lido. Para os adoradores de seinen agora os meses estarão repletos de opção com 20th Century Boys, Monster e Vinland Saga. Bom para nosso mercado. Terrível para os nossos bolsos. Mas a gente dá um jeitinho e não deixa de comprar esses mangás que merecem lugar cativo em nossas coleções, não é mesmo?

Air Gear 21AIR GEAR 21

Autor: Oh! Great
Demografia: Shounen (Shounen Magazine)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 37 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 208 páginas
Preço: R$ 12,90

Pra mim a capa mais bonita desse checklist de fevereiro, indiscutivelmente. Air Gear é mais um caso de mangá que “já poderia ter terminado se fosse mensal”, mas pra quem quer economizar um pouco no mês talvez a melhor opção seja o estado atual. Além disso, se pararmos para pensar muitos títulos mensais ocasionariam em um fluxo de trabalho tão grande na editora que possivelmente teríamos muitos atrasos nessa brincadeira – isso falando em uma editora que hoje coloca mais de 30 títulos nas bancas, fazendo uma média bruta. Então até que eu não me incomodo, sabe? Aprendi a conviver feliz com os bimestrais, mesmo que longos.

Bleach 57BLEACH 57

Autor: Tite Kubo
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 61 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 10,90

O terceiro volume da saga final de Bleach chega as bancas agora em fevereiro, e com nosso amiguinho Byakuya (Byby, para os íntimos) na capa, apanhando mais do que cachorro em festa. Bleach é um dos títulos que nesse ano deve encostar (ou quase) com os japoneses, embora sua periodicidade ajude a distanciar um pouco. A obra de Tite Kubo nesse ano comemora sete anos de publicação no Brasil, assim como Naruto, Vampire Knight (que acaba no próximo mês) e Gantz (finalizado no mês passado). As séries só perdem para Berserk no quesito “mais antigas em publicação” na editora Panini.

Tiger & Bunny 5TIGER & BUNNY 5

Autor: Sakakibara Mizuki e SUNRISE
Demografia: Shounen (Newtype Ace)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento com 5 volumes
Formato: 13 x 18 cm, 192 páginas
Preço: R$ 11,90

Tiger & Bunny chega ao seu “limite” e encosta na edição japonesa com seu volume 5 (mas se serve de consolo, o volume 6 está prestes a sair). Com isso o título entra em pausa indefinida por aqui. A série nessa edição conta com a capa da nossa deusa, musa e rainha do universo, Blue Rose. Alguns perguntaram a diferença do mangá para o anime, e a verdade é que são poucas, mas existentes. No mangá o autor acaba desenvolvendo um pouco mais os personagens e a história toma alguns rumos diferentes. Não deixa de ser uma adaptação, mas com aquele toque “pessoal”. Rezemos para um dia o mangá voltar a aparecer.

Maid-Sama 17MAID-SAMA 17

Autor: Hiro Fujiwara
Demografia: Shoujo (LaLa)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 18 volumes
Formato:11,4 x 17,7 cm, 192 páginas
Preço: R$ 10,90

Maid-Sama é mais um dos shoujos que vai chegando ao fim e deixando nosso fandom órfão no Brasil, infelizmente. O volume 17 é o penúltimo da série, que deverá ter uma pausa por aqui tendo em vista que o volume final saiu no Japão somente nesse mês de fevereiro. Sentemos e esperemos alguns meses. O interessante é que Maid-Sama foi lançado no Brasil em maio de 2011, exatamente ao lado de Kimi ni Todoke. Dois shoujos de pesos praticamente juntos? Tô quase achando que isso nunca mais vai acontecer por aqui. Mas como a fé é a última que acaba (sim, chutamos a esperança de lado) ainda aguardamos Ao Haru Ride ou o eterno injustiçado Lovely Complex.

Black Butler 10BLACK BUTLER 10

Autor: Yana Taboso
Demografia: Shounen (GFantasy)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 18 volumes
Formato:13,7 x 20 cm, 176 páginas
Preço: R$ 10,90

Chegamos na marca de dez volumes de Black Butler, passando da metade da obra que já está disponível no Japão (18). A franquia de Black Butler continua a todo vapor em seu país de origem. Prova disso é a recente divulgação de um novo anime em produção. Já foi divulgado que se trata de uma série, mas o formato ainda é um mistério (TV ou OVA?). Correm fortes boatos de que se trata de um remake, cobrindo o mangá de forma integral dessa vez – afinal aquela segunda temporada é lastimável, por favor. Enfim, no Brasil a série parece ter de fato seus fãs fieis, e o mangá melhorando a cada edição parece ajudar nessa brincadeira.

Naruto Pocket 45NARUTO POCKET 45

Autor: Masashi Kishimoto
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 67 volumes
Formato:11,4 x 17,7 cm, 192 páginas
Preço: R$ 9,50

Naruto Pocket chega nesse mês com um dos grandes momentos do arco de Pain e companhia. Um ótimo volume para quem gosta de ação e de alguns desenrolares da trama da série. Inclusive olhando pra trás em comparação com a saga atual, dá até uma baita saudade do tempo dessa luta contra a Akatsuki e do foco nessas batalhas. Provavelmente foi uma das épocas em que o Naruto cresceu mais como personagem em si, e também adquiriu um “espírito de protagonista”, de fato. Mas enfim, sou suspeito pra falar. Apesar de tudo não largo Naruto nem nos baixos. Tem que ser muito fã pra resistir ao Kishimoto de vez em quando.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Cara, não sei se este post já era planejado ou foi por causa do meu comentário no Checklist da JBC:

    “Engraçado. Quer dizer que em um mês teremos checklist da JBC e em outro da Panini. Em dezembro, foi JBC. Em Janeiro, deu Panini. E agora, foi JBC. Então em março só teremos Panini? Ficou engraçado isso.”

    Dih, vou retirar o que falei anteriormente.
    Mas tem bastantes mangás de que estou de olho mesmo. Essa edição final de Deadman Wonderland parece atrativa.

  • Maid-Sama vai deixar saudades, mas o bom mesmo é ONE PIECE, que sempre acalenta nossos corações, com capas que nunca deixam a desejar.

    • Rafa-kun

      Deadman também vai deixar saudades,meu primeiro mangá que eu comprei,quando eu tinha acabado de entrar no mundo dos animes. ;-;

  • Não queria q “Reborn” virasse um mangá em periodicidade mensal pq consiguia administrar melhor as minhas compras de mangás com ele sendo bimestral, mas sei q esperar anos pra concluir uma história de 42 volumes é “osso”! Vou conferir Vinland Saga pra ver se vale a pena gastar R$11,90 . Bleach já nem ligo pq parei de comprar os mangás após o fim da saga “Xcution”.

  • “Apesar de difícil, ainda é possível encontrar as primeiras edições com preços “honestos”. Se alguém souber onde me avisa por favor pq olha :v
    Só não comecei a ler ainda pois queria comprar, e não ler em scan.

    “afinal aquela segunda temporada é lastimável, por favor.” Gente, só eu gosto da 2º temporada de Kuroshitsuji? Tá, realmente, o mangá é muito melhor, mais achei aquele desfecho incrivel suhfusdjf até queria que o Alois chegasse a aparecer no mangá :c

    Adoro essa capa de Naruto, linda! *-* E realmente, esse arco foi muito bom, Naruto era tão mais legal quando era só galerinha vs. akatsuki :l

    • A única coisa legal na segunda temporada é a opening, “Shiver” do the GazettE. De resto ficou meio esquisito.
      Infelizmente (ou felizmente) o Alois é um personagem exclusivo do anime.

      • Patricia

        concordo; gosto de yaoi,porém para a trama em si a segunda fase só afasta possíveis novos fãs…pretendo comprar além de Black butler o Vinland, parece bem interessante.

    • Urgh,vc está falando do final final ou do final q o Alois teve? Prq se foi o do Alois, eu tbm gostei bastante, mas (SPOILER) aqele final cm o Ciel virando demônio, eu ñ gostei nem um pouco >.< (SPOILER).
      Eu fico meio dividida na segunda temporada, prq gosto dela só como se fosse tipo aqeles OVAs de Kuroshitsuji q tem até o Ciel d Alice no país das maravilhas. Mas sendo apresentado como 2ª temp. eu ñ gostei nem um pouco ;-;
      Mas eu gosto do Alois, ele é diva.(mas acho q ele aparecendo no mangá seria beeem estranho)

      • biazacha

        Também acho o mangá muito superior… aquela segunda temporada nem tentou ter uma trama decente, foi só fanservice: sangue, insinuações yaoi ou shotacon… saiu do clima elegante e sombrio com toques de comédia do original. Fora que muitos demônios ia perder o sentido também.

        Acho que o Alois tem personalidade demais pro mangá, ia ficar uma divisão no foco… mas ele podia ser outro sobrinho do Visconde Druitt, seria engraçado uma pontinha dessas como a do arco no colégio. XD

  • Rafael Coimbra

    esse é aquele mês que ferra meu bolso, mas eu gosto…. da Panini eu pego One Piece #25, One Piece #48, Dragon Ball #22, Monster #11, 20Th Century Boys #9, Reborn #7, Toriko #6 e Vinland Saga #1

  • Com certeza esse mês comprarei One piece pq a edição mensal está no início de umas de minhas sagas favoritas e a bimestral, que é a única saga que não li nem assisti
    Vou comprar Vinland saga tbm, seinens sempre merecem espaço no meu armário rsrsrs ainda sou um dos guerreiros que compram bleach, compro só se sobrar uns trocados
    vendo naruto pocket hoje em dia, dá vontade de pegar os mesmos volumes e reler , a gente só deu uma piscada é já tá na saga do pain XD

  • Tô chorando desde que foi anunciado o fim de maid sama no japão… o mangá acabou, aqui já tá pertinho do fim também…q tristee….
    black butler fica cada vez melhor…fico mais ansiosa a cada volume…
    ainda tô no dilema se devo ou não pegar Vinland Saga…. o orçamento vai pesar mtu qndo juntar com os 2 do mestre Urasawa.

    • Ianne

      O mesmo comigo. Maid-sama é um dos meus shoujos preferidos.Espero que coloque um novo titulo shoujo a altura, afinal vários titulos de peso desse genero acabaram recentemente ou estão acabando e até agora nada de anunciarem um novo lançamento=/.

      • A Panini deveria aproveitar e trazer Ao Haru Ride ou Lovely Complex pro Brasil. Estamos em uma carência de shoujos agora

      • Sennaffogo

        Ao Haru Ride não apoio ainda a vinda para o Brasil, mas Lovely Complex sim. Os mesmos 17 volumes de Maid-sama, obra finalizada, e não é gigante. Poderiam até trazer de quebra o LoveCom 2, que tem apenas 1 volume.

        Bem, falando do checklist em si, Maid-sama vai ficar difícil, mas agora dá pra se pensar mais seriamente em comprar Deadman….

  • Serperior

    Dessa Checklist, levo Maid Sama (já tá acabando D:) e Black Butler. Gostaria de ler os outros mangás, mas não tenho muito tempo, e esses dois eu já alcancei o Japão há muito tempo (costumo ler as scanlations pra depois ver se vale a pena comprar). Queria ter mais dinheiro pra mangás D:

  • Qlqr

    Linda capa de Vinland Saga,que é um puta mangá.Levarei Vinland,20th Century Boys,One piece e Dragon ball.

    Até hoje me arrependo de não ter comprado os primeiros volumes de Monster na época.

  • Vinland é muitíssimo recomendado!

  • Ewerton

    TORIKOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO o/ , vei toriko é muito foda e tem que se tornar mensal mesmo , comprar 6 mangás por ano é peso .

  • milenart

    Daí eu levo Maid-sama(vou ficar cm saudades ;_;), Vinland Saga, os dois d OP, Monster, 20th Century Boys, Tiger and Bunny e Black Butler.
    Ai meu bolso! É sempre nessa “fornada” d mangás da Panini q pesa mais.

  • Kiranaru

    Desses eu só levo 20th Century boys por razões financeiras T.T Queria acompanhar Vinland Saga… Talvez compre Maid sama…

  • maguscaio

    enquanto isso fico esperando o retorno de kekkaishi,(quase desistindo) ainda acho q a panini deveria relançar alguns de seus mangas como fez com naruto e hotd, sei que nao é facil mais bem que poderia relançar ouran,berserk,claymore e outros mais se liga panini!

  • Dih, só para avisar no texto de DEADMAN WONDERLAND 13 o “no Brasil” se repetiu” oh só: “No Brasil a série começou a ser publicada no Brasil em agosto de 2011 com periodicidade bimestral…” Com certeza levo Vinland, lia online e como Blood Lad não esperava que chegasse ao Brasil… Torço para que um dia alguma editora traga Suki-tte Ii na yo

  • Sennaffogo

    E Homunculus nada……… E as “negociações” continuam…….¬¬
    Pelo menos Air Gear parece ter se estabilizado. Vamos ver até quando? >_>

  • Anata

    Panini me conquistando com seus lançamentos… Este mês vou levar quatro mangás: Vinland Saga #1, Monster #11, 20th Century Boys #9 e Reborn #7. c:
    Fiquei muito feliz quando vi o Dino na capa de Reborn, mas pra mim a mais linda do mês foi de longe a de Kuroshitsuji! Nada compete com esse oyaji lindo… <3

    Que bom que Deadman Wonderland acabou, agora é só encontrar alguém que queira vender do volume 2 em diante pra mim… rs Mas bom mesmo seria ver notícias sobre Kekkaishi, claro… /:

    • Sennaffogo

      @Anata, você ainda acredita que a Panini não tenha cancelado Kekkaishi??
      Eu gostaria de saber é realmente quantas pessoas ainda acreditam que a Panini não tenha cancelado tal título…..

      • Anata

        Desde que a Panini anunciou que ia lançar o último volume de Homunculus, tenho esperança até mesmo de um dia voltar a ver MPD-Psycho nas bancas~ ;-;
        Claro que se eles falarem que está oficialmente cancelado não vai ser nenhuma surpresa, mas prefiro esperar a palavra final da editora… A Beth diz que defende a bandeira Kekkaishi lá dentro, pelo menos… D:

      • Sennaffogo

        Difícil é saber o que ela NÃO defende lá dentro……rsrs
        É claro que ela diz que defende. Na verdade, como uma espécie de “mediadora” entre os leitores e a editora, ela não faz mais do que o trabalho dela estando lá dentro.
        Agora…… cuma??? O_O A Panini anunciou que vai lançar o últime volume de Homunculus????? Desde quando? E aonde está tal notícia???

      • Anata

        Pode até ser que ela goste/diga que gosta da maioria dos títulos, mas até onde sei ela não gosta de Berserk pela situação problemática lá no Japão, que publicá-lo é uma dor de cabeça pra editora e para os fãs, por exemplo… Então quando ela falou que apóia Kekkaishi, fiquei toda feliz. xD
        Saiu aqui no Chuva de Nanquim mesmo, olha: http://chuvadenanquim.com.br/2013/11/30/mercado-de-pulgas-lancamentos-e-novidades-da-panini-para-2014/

      • Sennaffogo

        Eu conheço este post da própria época. Se olhares bem, vais ver que o segundo post do tópico é meu mesmo…..
        Nem disse que ela GOSTA, disse de fato que ela DEFENDE. Mas, de fato acho que isto é pra se fazer média com os leitores. É a minha opinião.
        E sobre Berserk, não é preciso que ela diga que o lançamento é problemático para todos. Acho, sinceramente, que a maioria dos fãs de Berserk não são idiotas a ponto de precisarem que ela informe sobre tal situação. TODO MUNDO sabe da problemática com Berserk em vários níveis, isto aí é chover no molhado. u_u
        Não sei aonde você conseguiu ler na notícia, que o vol.15 de Homunculus SERÁ, DE FATO, lançado. Será que estava nas entrelinhas? Não, acho que realmente não estava…….

  • Angélica

    Finalmente começarei a segunda metade da minha coleção de Monster!o/ Hora de pegar os volumes antigos e fazer uma releitura, hehe. No mais, levo 20th CB e Vinland. Agora basta saber se a Panini voltará a trazer shoujos algum dia. Não sou muito fã do gênero, mas acho triste como as editoras resolveram fechar as portas para esse nicho. Um mercado saudável é um mercado diversificado, IMHO. Todos os gêneros/temáticas podem ter o seu espaço, basta saber lidar com eles(as), =).

    • Sennaffogo

      “Todos os gêneros/temáticas podem ter o seu espaço, basta saber lidar com eles(as), =).” -> isto é uma coisa que não se pode esperar muito das nossas atuais editoras, né? Especialmente da Panini……..¬¬

      • Sad but true, =/. Mas quem sabe um dia as coisas não começam a mudar, né? Nosso mercado já melhorou bastante desde que começou. Pena que essas mudanças sempre aconteçam a passos de tartaruga paralítica, rss… *rindo para não chorar*

      • Sennaffogo

        Huahuahuahuahua, “passos de tartaruga paralítica” foi ótimo @mint11…..xD
        É, acontece mais ou menos como todas as outras coisas no Brasil.

  • leo

    Vou levar bleach e reborn, dragonbal eu ja comprei, talfea dom sorte eu compre vinland saga

  • Katon

    Desta vez estou de olho em 3 mangás, Vinland Saga, Reborn e Dragon Ball. Vou comprar os 3…

  • Kamuiih

    Alguem me diz se Vinland Saga vai ter o mesmo papel higienico de sempre ou vai melhorar.

    • Ninguém mencionou nada sobre papel diferente, então tudo indica que vai ser o mesmo de sempre. Mas hey, teremos páginas coloridas! Já é….”menos pior”, pelo menos, rss.

      • Kamuiih

        Pois é, n foi dessa vez… Só fazendo manifestação pra panini melhorar o papel, mas n eh impossivel, a JBC melhorou. Vamos continuar rezando…

      • Sennaffogo

        @Kamuiih, pô, só o preço do mangá já te dá toda a premissa que você precisa para saber que o papel será o papel de bunda de sempre.

        O da JBC melhorou?? Onde?? Em quais mangás?? Edições “especiais”, como Sakura, não contam……

        • Teve “O Senhor dos Espinhos”, em que eles usaram um papel melhor, mas não tão bom quanto o das “edições especiais”, e colocaram o volume por R$12,90. Se eu não me engano teve mais um título em que eles usaram esse formato… Não lembro qual. Enfim, mesmo sem ter uma diagramação tão boa, esse papel de OSDE era branquinho, o que já deixou a leitura bem mais agradável.

      • Sennaffogo

        @mint11, foi mesmo?? Estou querendo comprar o Ibara no Ou já faz um tempinho, só quero ver então se o papel valerá estes 12,90 mesmo.

        • A qualidade física do volume ficou bem legal. Um papel melhorzinho, páginas coloridas… O único contra é que as páginas ficaram um pouco finas; em alguns pontos é possível ver a página seguinte através do papel (mas não com tanta frequência como o que andou acontecendo com outros mangás impressos no papel comum há um tempo atrás). Mesmo assim, eu não me importaria em pagar esse R$ 1,00 a mais em todos os mangás se fosse para ter sempre esse papel “simples mas melhor”. Mas isso sou eu, que coleciono poucos títulos e já trabalho para bancá-los falando. Para quem coleciona quase tudo e depende dos pais talvez pesasse no bolso (Off: paradoxos da vida: quando eu era mais nova queria colecionar tudo, mas não tinha dinheiro; agora que trabalho e posso bancar meu hobby meus gostos mudaram, e poucas coisas me interessam, rss).
          Agora, sobre OSDE, não sei se recomendaria a compra não. A história começa bem, mas acaba do jeito mais choco possível. Não é A pior coisa que eu já li na vida, mas é um baita potencial desperdiçado. Mas se você gostar de desenho, a arte é bem legal. Se eu quisesse ser mangaká ou algo que o valha, seria um traço que eu usaria como referência, eu acho.

  • Ju chan ^^

    De fato,o mercado de shoujos é tão escasso… não sei pra que isso,se há tantos titulos legais que podem ser lançados…
    Levo daí Maid sama #17 e Reborn #7 🙂

  • Renovato

    DEADMAN COMPLETINHO E BLEACH TBM!!!CONFERE!!!^^

  • Renovato

    Podiam lançar uma versão Pocket do Bleach tbm né, eu acho tão charmoso os pequeninos!!!!^^

  • Pingback: Checklist – Panini: Março de 2014 | ChuNan! - Chuva de Nanquim()

  • PESSOAL vinland saga vai ser distribuição nacional ou setorizada ?

  • Deska

    Se lançassem Lovely complex eu daria um mortal e depois sairia gritando na rua
    Não sie como não pôde ser publicado por aqui!! Q_Q

    • Sennaffogo

      @Deska, calma lá, kkkkkk, o mundo ainda não acabou, então ainda temos chance. Vamos torcer para que as editoras estejam de olho no ChuNan! xD