Novo trailer do anime No Game No Life

nogamenolifeSérie do brasileiro Yuu Kamiya estreia em abril.

A gente sabe que o brasileiro Yuu Kamiya de brasileiro não tem tanto assim. Embora tenha o sangue nas veias, o cara viveu uma vida inteira no Japão e respira o país. Mas mesmo assim é legal ver um brazuka alcançando um status assim. E é isso que representa No Game No Life, adaptação da light novel de mesmo nome que estreia agora em abril pelo estúdio MadHouse. A série terá direção de Ishizuka Atsuko (Aoi Bungaku, Supernatural) e roteiros de Hanada Jukki (Level E, Kuragehime). Abaixo você confere o mais novo trailer estendido da série que começa agora em 9 de abril.

A história gira em torno do garoto Sora e da garota Shiro, dois irmãos que carregam a reputação de serem NEETs brilhantes (ou seja, dois garotos que não estudam, não trabalham, não fazem nada da vida, só ficam na frente do computador). Os dois hikikomoris são gamers conhecidos por toda a internet pelos seus feitos brilhantes, enquanto encaram a vida real apenas como um jogo chato, defeituoso… Bem, um dia eles são “convidados” por um garoto chamado de Deus para uma espécie de mundo alternativo onde tudo é decidido na base dos jogos: aqueles que vencem recebem a propriedade de tudo e com isso a humanidade estará livre de guerras mas próxima do colapso. Agora resta saber se Sora e Shiro serão capazes de  ”vencer” esse jogo também para evitar que o mundo acabe.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Jão

    Kamiya Yuu desenha pra caramba!!! tomara que faça sucesso!!!

    será que ele lê o Chunan?? comenta aí mano!!! xD

    • Koyuki

      Se não me engano, ele nem mesmo fala portugues.

  • Rafa-kun

    Não custa nada conferir vai que é bom, huehue BR

  • Masur

    Quando eu soube da noticia, estava na expectativa que ele usasse nomes americos

  • Cara… que PV FODA!

  • Amo desesperadamente o Studio Madhouse, mas é impressão minha ou os animes deles tão com cada vez mais fanservice? =o… É triste, achei que isso ficasse pra coisas tipo JCStaff e tal… Mas provavelmente irei assistir esse. A sinopse parece ser bem comum mas o trailer tá muito bom. Pra mim o aspecto visual é tão importante quanto a história ♥

    • Se você já assistiu Mondaiji, lembra um pouco, porém No game No life tem um pouco mais fanservice (a obra original mesmo tem) e tem umas jogadas mais inteligentes.

      Ah e a propósito a sinopse ta errada também;

  • Um dos meus poucos hypes pra temporada de abril :} O trailer ficou legal, a arte ficou bonita, e a história parece divertida (e animes de irmãoxIrmã sempre me atraem :v). Só falta ver se a Madhouse vai desenvolver direito essa bagaça.

    De todas as adaptações que eu assisti desse estúdio, quase todas elas me agradaram. Eu acho que eles conseguem criar e retratar muito bem um cenário obscuro, ou fantasioso, nas adaptações que fazem. Não sei se é só impressão minha, mas achei que todos os animes da Madhouse que eu assisti parecem ter um clima meio sombrio, rs. Até em Kami-Nichi, que é bem de fantasia, senti isso.

    Pois bem, já que o anime parece ser bem fantasioso, com uma pitada de sobrenatural, estou esperando bastante do estúdio. Não me decepcionem XD

  • Daniel Reis

    so é legal em animes de irmãos, quando eles se apaixonam, mais sempre descobrem que não são irmãos de verdade, como: SAO e Kiss X Sis. Tomara que isso aconteça, sou meio tarado com isso hahah.
    Perfil: Psicopata
    by: Gasai Yuno..

    • Então fique feliz, pois eles não são irmãos de sangue.
      Apesar de ambos sentirem uma ligação entre si muito mais forte do que qualquer ligação entre irmãos de sangue, praticamente um não vive sem o outro (literalmente).

  • Um garoto chamado de Deus? Sério? Ah Japão…

  • Só por ter o selo da MadHouse eu já crio um hype gigantesco. E esse pessoal da MH é bem viciado em novel/mangás no estilo survival games, né? :v

    • Sei nao…A madhause nao tem um historico de adaptações vindas de Lightnovels, apesar de ser um bom estudio,tenho medo do que possa vir dessa adaptação,é esperar pra ver…

      • Todo estúdio possui trabalhos bons e ruins, isso é um fato. Mas meu hype é mais pela animação e músicas em si, que (pelo menos eu) sempre gosto. ♥

      • João Gabriel You can say that again! Kamisama no Inai Nichiyoubi foi adaptado de uma light novel e não obteve bons resultados!

    • Carlos, só pq tem o selo da MadHouse não signifique que seja bom.
      Ano passado, ela adaptou uma outra light novel chamada “Kamisama no Inai Nichiyoubi”, e que acabou sendo um fracasso total em vendas.
      Mas acho que dessa vez ela acerta a mão!

      • Sennaffogo

        @Mi Ka DXD, ué? Já estamos assim??
        A qualidade de uma série se representa pelo sucesso em vendas de BD’s/DVD’s??? O_O
        Então é por isto mesmo que o Japão só anda a fazer animes de lolis com calcinhas à mostra……..¬¬

      • Sennaffogo As vendas de Blue-Ray e DVD são o que determina se o anime foi um fracasso ou um sucesso, ou ainda determinar se ele terá uma segunda temporada. É lógico que existem inúmeros fatores para isso e também várias partes envolvidas, como produtoras, audiência, venda de goodies (produtos relacionados a série, como por exemplo, figures, material escolar, jogos, chaveiros, camisas, brinquedos e afins), venda de CDs (música) e até mesmo o governo (Sim, tem vezes que o governo patrocina animações, como é o caso de Log Horizon).

      • Sennaffogo

        @Mi Ka DXD, beleza, você explicitou seu ponto e disse que sim, (vou usar aqui algo que não gosto, mas que representa bem o que quero dizer), #sóquenão. Cara, como algo FEITO para a TV pode passar na TV e ter seu sucesso ou fracasso decretado por vendas de BD’s/DVD’s??
        Mas me responda isto sem ter seus conceitos pré-concebidos do que o Japão diz a respeito, porque se não já saberei a resposta……

        Mas de qualquer maneira, eu tenho um nome atual para lhe dizer sobre isto tudo: Uchuu Kyoudai. Isto resume toda a discussão.

      • Cara, no Japão é totalmente diferente. Pego como exemplo Deadman Wonderland, que teve 12 episódios; quando lançado em BD, não vendeu nem 500 unidades (segundo alguns sites). Você acha mesmo que eles farão uma nova temporada desse anime?

      • Sennaffogo

        E o que isto tem a ver DIRETAMENTE com sucesso? Pokémon não vende BD’s/DVD’s e mesmo assim está aí há duzentos anos…..
        Não venha me dizer que não se pode comparar Pokémon com qualquer outra animação, pois ambos são feitos para TV. É claro que sei que Pokémon está alicerçado pelos jogos da franquia, mas assim como isto ocorre, vários animes estão alicerçados por seus mangás/novels/jogos para terem animes. “Pau que bate em Chico, bate também em Francisco”….

        O sucesso que Deadman obteve, ou não, televisivo, não significa nada perante venda de DVD/BD. Sucesso ele pode ter obtido ou não, só que não vendeu DVD’s, simples assim.
        Pra mim uma coisa é o mercado televisivo, outra coisa são vendas de DVD/BD’s. Fazendo uma comparação meio ‘torta’, seria algo como dizer que as séries/minisséries produzidas aqui no Brasil não obtiveram nenhum sucesso, enquanto que se você pesquisar, vais ver que diferentemente talvez da venda de DVD’s/BD’s, a série ‘A Casa das 7 Mulheres’ (mesmo com seus desvios) foi uma das séries de maior sucesso da TV brasileira.
        Numa matéria que eu vi de uns 2 anos atrás, ‘Kaiji’, ‘Nijuu Mensou no Musume’ e ‘Real Drive’ são 3 animes que tiveram em média algo em torno de 700 discos vendidos por média cada anime, e nem por isto são ruins ou deixaram de fazer sucesso por lá. Só que, não venderam discos…. mas ainda assim, por exemplo, Kaiji teve 2 filmes Live e mais uma temporada. Como você explica isto????? Como eu vi numa resenha de Kaiji, venda de BD/DVD não representa nada no que se refere a SUCESSO. O cara dizia “é claro que apesar de ser um belo fracasso em vendas de DVD, a bela audiência conquistada pelo anime é a maior nas madrugadas da emissora desde os tempos áureos de Death Note e NANA”, logo…..

        Hoje em dia, os caras só fazerem mais de uma temporada de certa obra baseando-se na venda de BD/DVD, representa exatamente o que eu disse sobre algo ser sucesso na TV não ter nada a ver com isto. Tem a ver com a própria venda de BD/DVD, ora bolas.
        E ainda mais hoje em dia, onde no Japão, muita coisa é feita na animação televisiva PARA se vender BD/DVD, forçando a barra e mascarando esta coisa de algo ter obtido sucesso ou não, tal sucesso (de vendas de discos) é completamente relativo, na minha opinião é até totalmente irrelevante. Falando tudo isto, começo a entrar num assunto muita mais vasto do que este que a princípio era o foco. Então fico por aqui porque isto é assunto para outro momento. =)

        Mas respondendo a sua pergunta, não acho que farão 2ª temporada de Deadman, nem espero por isto (assim vários outros animes), mas isto não quer dizer que ele não tenha feito sucesso. Para mim, vendas de discos de anime HOJE EM DIA não tem rigorosamente nada a ver com o sucesso (ou não) dos mesmos na TV.

      • shayky

        Como Mi Ka DXD disse, não tem exatamente só a ver com a vendas de BD/DVD’s, e vc parece saber disso, pelo que explicitou no seu comentário.
        As segundas temporadas dependem de diversos fatores, não só de vendas de BD/DVD’s, depende da venda de produtos relacionados a ele como um todo.
        Partindo deste ponto de vista, obviamente que Pokémon não será cancelado tão cedo, ele vende goodies como se não houvesse amanhã
        Kaiji provavelmente (não fui atrás pra saber) deve ter dado grande Boost nas vendas do original

      • Sennaffogo

        @shayky, o Mi Ka DXD disse justamente o contrário, ele disse que o que determina se um anime foi fracasso ou sucesso são as vendas de DVD/BD.
        Mas sim, realmente a maioria esmagadora dos animes só recebem segunda temporada quando a venda de goodies da 1ª é suficiente para a empresa X, Y ou Z achar que valerá a pena. No caso explicitado por ti, Pokémon, não só vende os tais goodies, como vende jogos, MUITOS jogos pelo mundo todo, então lógico que vale a pena a OLM continuar produzindo…..
        Eu dei uma viajada rápida aqui e poderia me aprofundar muito mais neste assunto e enganchar em outros, mas não tenho tempo para isto agora, então vou apenas reforçar sobre o exemplo citado. Eu observo, hoje em dia menos do que antes, há muito tempo as audiências do Top10 da tv japa, e Pokémon sempre esteve bem colocado. Pegando a 3ª semana de janeiro de 2014, Pokémon só foi superado pelos 6 animes que sempre estiveram em sua frente mesmo, Sazae-san(líder eterno), Maruko-chan, Doraemon, Shin-chan, Conan e OP. Pegando outras semanas desde o começo de 2014, quando Pokémon passa ele sempre figura lá no Top10, raramente ele não está presente, seja em 5º, 6º, ou 10º. Ou seja, também passa pela questão televisiva, afinal, se Pokémon tivesse 0,X% que algumas séries tem, seria impossível mantê-lo por tanto tempo, até porque a audiência é que influencia DIRETAMENTE em outras coisas.

        Sobre Kaiji, ok. #sóquenãodenovo…..=(
        Kaiji é uma obra que por aqui, por exemplo, muito poucas pessoas sequer falavam de ter conhecimento, que dirá terem visto a obra… há ainda hoje muito preconceito com relação a Kaiji por causa de seu traço, pois muita gente tem a premissa de não ver animes que não gostam do traço e sequer darem uma chance à história, mas enfim, o ponto é que Kaiji não obteve ‘Boost’ de nada por causa do anime. O que alicerçou a segunda temporada de Kaiji foram 3 coisas básicas:
        1 – Tinha história em mangá o suficiente para se fazer uma segunda temporada;
        2 – Teve uma ótima audiência, como já citada no post anterior.
        3 – O estúdio!!! Ou você acha que a “maravilhosa” Toei faria uma 2ª temporada de Kaiji sem vender os tais goodies? Ser da Madhouse foi um prêmio para Kaiji. Isto é um fato que ajudou, quase que de maneira absoluta, Kaiji a ganhar uma 2ª temporada. Coincidência ou não, os animes citados anteriormente da resenha que eu li, Death Note e NANA, são da mesma Madhouse, isto explica muita coisa….=)

  • Esse cara tem dupla nacionalidade,parece que a mae e brasileira e pai japones ou vice e versa.Ele passou a infancia la no Japão apesesar de ser jovem ainda,entao concidero ele brasileiro sim.E raro ver um manga por um brasileiro tao bom assim.Ate porque o estilo da maioria dos Brasileiros são muito cartoonesco,mas de qualquer forma temos que valorizar o que supostamente é ”nosso”.^^O enredo me lembrou um pouco SAO,e talz embora tenha nadda haver,nao sei vcs.

  • No Game, No Life com certeza será um dos melhores animes do ano. Isso é, se não cagarem legal. Torço para que dê certo!

  • o melhor anime que vi esse ano… alguem sabe me dizer se vai ter segunda temporada?