Confira o trailer do filme live-action de Fatal Frame

Header_FFrameUm dos melhores games da geração anterior, de longe.

A MaiDiGiTV exibiu o trailer promocional do live-action de Fatal Frame, que estreará no dia 26 de setembro, no Japão. Dirigido por Mari Asato (Bilocation Ura e Ju-on: Kuroi Shoujo), o filme será estrelado por Ayami Nakajou e Aoi Morikawa, modelos da revista Seventeen japonesa; elas serão Aya Tsukimori e Michi Kazato, respectivamente. Na história, ambientada em um antigo colégio, Aya torna-se parte uma antiga maldição que cai sobre o dormitório feminino. Cabe a Michi, sua colega de classe, tentar desvendar o mistério dos desaparecimentos que ocorrem no dormitório.

“Love Ain’t Easy”, de JAMOSA, compõe a trilha do filme. O filme na realidade será baseado numa adaptação do jogo criada por Eiji Ohtsuka (autor do mangá de MPD-Psycho [RIP Panini]). Assim que o projeto atual estiver finalizado, começará os planos para uma possível adaptação Hollywoodiana.

Também conhecido como “Zero” ou “Project Zero”, Fatal Frame é um survival game desenvolvido pela Tecmo e lançado em 2001, no Playstation 2. O sucesso foi, e ainda é tão grande que várias sequências e remakes foram criadas e expandidas para outros consoles e plataformas. Possui também três spin-offs: “Real: Another Edition”, em 2004, para celulares; “Spirit Camera: The Cursed Memoir”, em 2012, para Nintendo 3DS e o mangá “Fatal Frame: Shadow Priestess”, em 2014, escrito por Seimaru Amagi (pseudônimo usado por Shin Kibayashi) e ilustrado por hakus.

O jogo original segue a história de uma heroína cuja arma é somente uma câmera (Camera Obscura) que pode fotografar espíritos. As missões são, entre outras: explorar lugares, completar missões e… “lutar” contra fantasmas. Tudo isso com aquele jeitinho japonês de deixar as coisas mais assustadoras.

Related Post

  • Mi Ka DXD

    Os japas poderiam aproveitar e fazer um live-action decente para Resident Evil. Chega daquelas bostas de “adaptações” norte-americanas, aquilo ali é só um filme de zumbi trash, cujos produtores pediram autorização da Capcom para usar o nome!

    • Cara, o pior é tu pensar o seguinte: se RE teve tantas sequências cinematográficas é por que a bilheteria foi boa. =x

  • HGM

    Pelo jeito a adaptação não terá nada de “adaptação”, será que nem Resident Evil, só pega o nome da franquia e monta outra história com outro protagonista… e só.

    Dá para ver apenas pelas imagens que será totalmente diferente do game, triste.