Editora JBC publicará o mangá Love In The Hell

Love In The Hell Manga JBCEcchi é mais um para o catálogo de 2015 da editora.

A editora JBC anunciou mais um título para o próximo ano. Trata-se de Jigokuren: Love in the Hell, mangá de Reiji Suzumaru publicado em 2011 na revista seinen Comic High. O título possui 3 volumes encadernados. É uma mistura de ecchi, gore e… umas coisas bem diferentes. A editora ainda não se pronunciou quanto a preço, formato ou nada do tipo. Deveremos saber de mais novidades somente em 2015.

Love In The Hell Cover

Rintaro Senkawa é um cara na famosa idade do “trintão” que fica um pouco bêbado uma noite e acaba morrendo em um acidente. Mas isso é apenas o começo dessa história. Rintaro acaba acordando e quando se dá conta, encontra-se inesperadamente no inferno, onde conhece seu guia, a diaba Koyori. Pode Rintaro tomar sua situação a sério o suficiente para se arrepender pelos pecados de sua vida anterior, ou ele vai enfrentar a arma predileta do inferno- o clube dos espinhos de ferro?

Assim que tivermos mais informações, elas marcarão presença no ChuNan.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Gore 3 volumes.. hm, talvez quem sabe.

  • Percebi pelos comentários na postagem da Henshin que uma parte das pessoas tem preconceito simplesmente pela obra conter ecchi, aí já acha que é ruim, é tenso.
    Já li esse mangá por uma scan, mas pretendo comprá-lo. A história é bem legalzinha e acho que vale a pena o investimento, até porque são só 3x volumes.
    De certa forma ele é um mangá diferenciado mesmo, quem já leu algum capítulo sabe. kk

    • Eu não acho ruim a obra conter ecchi, na verdade fico receoso que tenha muito fan service e acabe comprometendo o mangá se resumindo em apenas isso, não só com ecchi, moe, shounen. . . sabendo encaixar as coisas no momento certo tudo funciona bem.

  • Marcos Correia

    É. Dessa vez não vai rolar. Li um pouco no MangaFox e foi o suficiente. Com tanto manga bom pra trazerem, fica dificil engolir esses “fillers” que devem vir junto num pacote com outras obras.

    • No anuncio a Henshin falou: “Mais um mangá diferente e inusitado que a JBC traz pra você, que não quer ler só o de sempre.”.
      Ano passado eles já tinham soltado uma pérola ao falarem que “mangás longos não vendem.”.
      A impressão que tenho de uns tempos pra cá é que a JBC se conformou (e por que não dizer, acovardou) em não enfrentar a Panini. Parece que a editora resolveu usar a “bóia do comodismo” e ficar nos re-lançamentos e séries curtas, duas vezes por ano trazem um título maior ou de anime (Mirai Nikki e Ao No Exorcist 2013, Sailor Moon e Magi (??) 2014, Zetsuen No Tempest 2015). Não acho ruim, gostei de Prophecy e agora vem All You Need Is Kill. Mas as vezes a gente quer sim ler o de sempre. A Panini com certeza não tem prejuizo com nenhum Jump.
      Não precisa ser nenhum gênio para descobrir títulos que agradariam o público mais do que “Jogo do Rei” e “Love in The Hell”. É só entrar em qualquer blog de animes/mangás e ver as maiores demandas.

  • Shinigami-Sama

    haag
    A JBC lançou tbm BTOOOM, e tm dos longos “Fairy Tail”, “Magi”, se aproximando do Japão no “Blue Exorcist”, começou a lançar “Soul Eater: NOT” e concluiu recentemente “Soul Eater”, “Nura”.

    É preciso estuda o mercado kra, já estamos com uma porrada de títulos nas bancas, precisa entender q a JBC está seguindo uma linha, esse título deve entrar no lugar de Doubt ou Freezing. Pode ter certeza q na hora q estiver para encerrar ou interromper “Blue Exorcist” ou ” BTOOOM!” virá algo mais no estilo Jump

    • Na minha opinião as bancas já estão saturadas de battle shounen, deixa a Jump descansar um pouco e tragam mais seinens com temas diversos, shoujos porque não tá tendo nada praticamente. . . .

    • Eu entendo teu ponto de vista, mas eu to vendo no geral. A JBC só anuncia 2 títulos grandes por ano como eu comentei antes. Soul Eater e Nura são de 2012, Mirai Nikki e Blue Exorcist de 2013, Sailor Moon e Magi em 2014.
      Fairy Tail e Freezing são mais antigos, BTOOOM e Soul Eater Not estão longe de serem grandes anúncios.
      Deixo bem claro que não estou reclamando de trazer coisa diferente. Adorei Prophecy, Doubt, All You Need Is Kill, Só Você Pode Ouvir. Também não estou pedindo por Battle Shounen, só disse que existem coisas melhores e a JBC parece não querer. Alguns exemplos: Natsume Yuujichou, Aoharaido, Kimi No Iru Machi, Silver Spoon, Nisekoi (embora esse meio que é Panini já).
      Eu quis dizer que existem coisas muito melhores que Jogo do Rei e Love In The Hell, mas parece que a JBC está preferindo essas séries menores e sem concorrência na compra. Ai depois soltam frases como as que citei.

      • Entendio o que vc quis dizer. Mas eu axo que o que acontece é o seguinte. Battle Shounen’s têm seu público alvo; esse público deve comprar atualmente “One Piece”, “Naruto”, “Blue Exorcist”, “Magi”, “Fairy Tail”, “Bleach”, temos também “Reborn”, “Air Gear”, “Assassination Classroom”, “aquele que tem haver com comida”, “Pokémon”, “Highschool DxD… e devo ter esquecido alguns.

        Agora tirando esses Battle Shounen, concordo que devia vir algo do tipo que você falou. Por exemplo: Pluto, mas torço pra vir só depois de encerrar Monster e 20th Century Boys. Tem também Devilman (que axo que é a cara da JBC), linha mais adulta no estilo de Berserk.

        Dos que você citou gostaria de ver Silver Spoon, os outros não me agradam. Quanto ao gênero ecchi, eu curto, poderia vir To Love-RU no lugar de Sora no Otoshimono ou Love Hina.

        O que eu axo é que lançar muitos títulos ao mesmo tempo é meio querer inflar dimais esse mercado…

      • Concordo com você em tudo o que disse.
        Comecei minhas coleções quando saiu o One Piece e o Dragon Ball, dali em diante peguei quase todos os lançamentos e mesmo assim não tenho nenhum shoujo. Qual foi a última série shoujo a dar as caras aqui? Kimi ni Todoke? Ou mesmo uma série mais “light” sem uma grande “tensão” (não vamos contar volumes únicos). Apenas a New Pop vem tentando algo diferente.
        Ai numa palestra a JBC pega e diz: “Ah, tal coisa não vende”. Como eles sabem se nem tentaram?
        Não é dificil, entra no Manga Host e vê a lista dos mais lidos, entra em qualquer blog como o Chuva de Nanquim e procura mangás que estejam sendo comentados ou em alta.
        Só pra finalizar, quando eu disse que “parece que a JBC está preferindo essas séries menores e sem concorrência na compra.”, eu quis falar em concorrência na compra pelos direitos e não na banca.
        Eles parecem buscar algo em que não terão que enfrentar outra editora na busca pelos direitos.

    • Micael Okamura

      Eu acho que as editoras brasileiras deveriam começar a investir mais em Light Novels.
      A NewPop tá dando um bom exemplo e gostei da iniciativa da Panini ao trazer o mangá de SAO para que, talvez futuramente, tenhamos a novel.

      • Sim, sim sim, compraria tudo que você citou menos Nisekoi… existem muitos bons mangás concluídos com poucos volumes que eles podem trazer para “tapar buraco” enquanto negociam um outro titulo mais caro de maior peso… quem não fica indignado com esses anunciamentos meia boca genéricos.

    • @Shinigami-Sama …, “aquele que tem haver com comida” Toriko tskkkk Eu compro Pokémon e Assassination Classroom, AC entra mais num publico geral, não tão especificadamente shounen e Pokémon é um ótimo mangá de aventura, para quem é fan dos jogos então ^^

  • Carlos

    Quando trarão o Great Teacher Onizuka?

  • Micael Okamura

    Ainda na espera de Kiseijuu.
    Isso s ejá tiver mangá aqui. Alguém me informa?

  • Flávio

    Passo… Melhor pro meu bolso, que economiza por algo maduro. Green Blood parece bom. Compro assim que sair.

  • Achei bem interessante essa sinopse. Vou comprar, com certeza XD