Expresso Doramas – Pinocchio (2014)

pinocchio dorama newVingança. Mentiras. Mídia.

O Expresso Doramas será uma coluna em que apresentaremos pequenos posts sugestivos sobre séries para assistir, sejam elas em andamento ou já concluídas. Não encare-as como um review, e sim como posts de recomendações (ou de “fique longe dessa bomba”). Para aqueles que desejam conhecer novas séries ou simplesmente “começar de novo”, eis a chance para isso.


Acreditava que Pinocchio seria um dorama voltado para a comédia, para o clichê e o romance, é claro. Não, não li a sinopse antes de começar, e só fui assistir por causa de (ótimas) recomendações. A questão é: conseguiu me cativar logo no primeiro episódio e não perdeu a qualidade no decorrer dos mesmos. Pode parecer precipitado, mas creio que até o final da série ele vai me encantar ainda mais.

Pinocchio 1

A história segue In Ha (Park Shin Hye de Flower Boy Next Door, Heartstrings e Heirs) e Choi Dal Po (Lee Jong Suk de Doctor Stranger, High School 2013 e I Hear Your Voice), uma garota que sonha em ser repórter apesar de ter a síndrome de Pinóquio, que faz com que ela soluce a cada mentira contada, e um garoto que, por conta do passado, odeia as emissoras de televisão por terem acabado com a sua família. Depois de muitos acontecimentos, ambos se tornam repórteres e rivais, mas com objetivos diferentes.

Pinocchio (피노키오) é um dorama da SBS (rede de televisão sul-coreana) que começou sua exibição em 12 de novembro e terá 20 episódios, com término previsto para o dia 15 de janeiro. O dorama tem direção de Jo Soo-Won e roteiros de Park Hye-Ryun (do aclamado Dream High).

Pinocchio 2A temática de Pinocchio é interessante e bem trabalhada. Depois de ver alguns (vários) doramas diferentes, mas com temas tão parecidos, finalmente encontrei algo mais “original”. Apesar de apresentar um certo romance, o foco todo não é voltado somente para esse ponto. Até quando há um destaque maior, não chega a ser “meloso” (não chega a dar nojinho para aqueles que não suportam séries românticas demais).

A questão da “vingança” do protagonista Choi Dal Po é um dos aspectos que mais me agrada na trama. Ainda que ele tenha “traumas” de emissoras, repórteres, entre outros, ele começa a trabalhar na área jornalística ansiando mostrar a verdade para todos. Tenho grandes expectativas quanto ao desfecho e se ele realmente vai conseguir chegar até o fim com essa loucura.

Pinocchio 4Ao contrário de Choi Dal Po, Ki Jae Myeong, seu irmão mais velho, por conta dos mesmo traumas do passado, acaba optando por fazer justiça com as próprias mãos. Apesar de terem sofrido com a mesma experiência, eles buscam vingança de maneiras opostas.

Pinocchio 5E ainda há a “pinocchio”. A jovem In Ha se torna repórter mesmo não podendo mentir. O argumento dela para querer seguir a carreira? Repórteres devem sempre falar a verdade. A personagem acaba desenvolvendo uma questão bastante importante: o que a mídia mostra para ganhar lucros e as informações passadas ao público que podem ser consideradas reais.

Não acompanho os trabalhos da atriz Park Shin Hy e depois que assisti Flower Boy Next Door, meu conceito sobre ela abaixou muito. Mas admito que a atuação dela em Pinocchio me fez repensar sobre a mesma. Ela como atriz, não como personagem.

Pinocchio 6E mesmo havendo uma carga dramática grande, ainda é possível se divertir com os personagens mais descontraídos, como o avó de In Ha (Byun Hee Bong, de My Girl e God of Study) ou, a colega de Choi Dal Po, Yoon Yoo Rae (Lee Yoo Bi, de Gu Family Book e Nice Guy).

Agora falando nos pontos negativos, vamos para o que mais me incomodou. O plot. Não ele em si, mas a falta dele. Sinto falta DAQUELA surpresa. Provavelmente por falta de tal, ainda não me prendi totalmente ao dorama. E espero que isso melhore com o tempo, já que a história tem muita coisa que pode ser desenterrada, muitas peças que podem ser encaixadas com os movimentos certos. Algo que até mesmo poderia surpreender aquele que sempre “prevê” o que vai acontecer no próximo episódio.

Pinocchio 3Mesmo com esse detalhe, tenho expectativas em relação ao resto do desenvolvimento. O drama em si teve um desempenho muito bom até aqui e acredito que o clímax ainda vai gerar algum plot (twist) que mude essa impressão negativa. Ou não. Enfim, recomendo para quem não quer ficar apenas naquele romance água com açúcar, que apesar do melodrama, ainda consegue ter suas doses certas de comédia e ação.

Nota 35

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Eduardo

    Vai ser meu primeiro k-dorama 🙂

  • Gabriel Castro

    Vi o primeiro episódio aqui e parece ser bem legal! Vou continuar acompanhando…

  • Micael Okamura

    Essa história de vingança me parece mais um clichê.
    Me interessei pelo fato da garota não conseguir mentir e acreditar que repórteres nunca devem menti, o que eu acho que deveria ser uma verdade, mas infelizmente não é 🙁

  • Tem um dorama muito bom (também da SBS) chamado That’s Ok, It’s Love, que é sobre um escritor que tem problemas psicológicos sérios e uma psiquiatra que não consegue ter relações íntimas, e que acabam morando na mesma casa, e assim começando, lentamente a entender os problemas um do outro. (E ainda tem um boy magia do Exo como o pupilo esquisito do escritor).

    Pra mim o melhor dorama do ano (não que eu tenha assistido muitos para julgar, mas vale a conferida).

    • Vanessa

      “That’s Okay, It’s Love” é realmente muito bom, esse foi o melhor da segunda parte do ano, na minha opinião. Mas outro que foi muito bom também, que terminou no início de 2014, foi “You Who Came From The Stars”, tem um enredo diferente e bem curioso 🙂

  • Miyu, obrigada pela indicação! Eu já assisti quatro doramas da Park Shin Hye e minha vontade de assistir Pinocchio caiu drasticamente quando soube que era que ia assumir o papel principal. No entanto, eu vi que todo mundo estava falando que este era o melhor papel dela e que a história estava incrível. Quando li seus comentários, decidi começar a ver e olha só: viciei! xD

  • Jeissy

    Park Shyn Hye tem mtos altos e baixos dependendo da personagem. Em You’re beautiful e Heartstrings ela mostra bastante potencial, mas em Flower Boy Next Door e Heirs os personagens monótonos que ela ganhou não se sobressaem. Acredito que o seu trabalho vale a pena sim ser acompanhado, apesar dos altos e baixos. E sem dúvida a personagem dela em Pinocchio mostra mto do seu potencial como atriz.

  • Vi tudo e posso dizer que é muito bom. De início só o que prende é o flashback e a tal vingança, mas depois o dorama melhora demais e vai melhorando a cada epi. Tem muitas revelações e reviravoltas.

  • biazacha

    Já vi todos os dramas com a Shin Hye e Flower Boy deve ser um dos meus papéis favoritos dela… questão de gosto provavelmente.