Anunciada adaptação em live-action do mangá Heroine Shikkaku

liveheroineJapão sambando na cara dos fãs.

Fode sim! Um filme live-action adaptado do mangá de Kouda Momoko, Heroine Shikkaku, está por vir! A história de comédia romântica gira em torno de Hatori Matsuzaki, uma estudante do ensino médio que acredita firmemente que um dia irá se casar com seu amigo de infância. O mangá foi publicado na Shueisha na revista Bessatsu Margaret de 2010 até 2013, com dez volumes compilatórios no total.

A atriz Mirei Kiritani (live-action Arakawa Under the Bridge, Jigoku Sensei Nube) irá interpretar a Hatori. Ela é fã do mangá original e, pessoalmente, queria uma adaptação para filme. Kouda disse que quando estava serializando o mangá, secretamente usou Kiritani como um modelo para Hatori, então ficou realmente feliz ao saber que Kiritani iria interpretá-la. Kouda também acrescentou que recebeu o script a pouco tempo e ficou imaginando como Kiritani irá fazer as expressões engraçadas de Hatori.

O ator Kenko Yamazaki (live-action Another, Kyou, Koi o Hajimemasu) irá interpretar o amigo de infância, Rita Terasaka.

Kentarou Sakaguchi (live-action Otoko bo Isshou, Umimachi Diary) irá interpretar Kousuke Hirumitsu, o garoto popular da escola.

Tsutomu Hanabusa (High School Debut, Sadako 3D) irá dirigir o filme que estreará nesse verão.

O Chuva de Nanquim publicou uma resenha do ótimo mangá de Heroine Shikkaku que pode ser conferida clicando na imagem abaixo.

Heroine Shikkaku Review

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Que delícia de notícia, hohoho <3

  • Micael Okamura

    Não entendi o subtítulo da notícia. E daí se terá um filme live action? Bom para os fãs, mas por que sambaria na cara dos fãs? Por acaso os próprios fãs duvidassem que algo assim ocorresse?

    • Dih

      Porque é um título finalizado há um certo tempo que os fãs nem suspeitariam de uma possível adaptação.

      • Não sei o porquê “nem os fãs suspeitariam de uma possível adaptação”…
        Pow, não estamos falando de um mangá que terminou “há um certo tempo” né, Dih? ‘Pelamordejosh’, o mangá acabou MUITO recentemente, ano retrasado apenas… achei nada a ver também esta parada de “sambando na cara dos fãs”. Aliás, sinceramente, nunca entendi esta expressão… acho-a tão… tão nada a ver… mas enfim…

        Quanto a adaptação em si, show de bola. Muito interessante esta história da autora com a atriz que fará a protagonista. Incrível isto. Coincidência ou destino? =)

        • Dih

          O mangá terminou faz mais de um ano. Você realmente acha que séries assim tem chance de ganharem uma adaptação? Não. Tirando os Jumps da vida, não funciona assim. Mesmo entre os shoujos, da Betsuma, eles dão preferência para mangás que estão em andamento. Não é a toa que 3 recentes estão aí se encaixando nisso (Aoharaido, Ookami Shoujo e Ore Monogatari). Para os fãs, foi uma surpresa sim.

      • @Dih, “Você realmente acha que séries assim tem chance de ganharem uma adaptação?” -> a (minha) resposta para sua pergunta é SIM. Acho sim, totalmente. Não sou imediatista como a maioria das pessoas. E no caso dos fãs não esperarem, se eles não esperam, que dirá os outros né?… Em tese, eu também não esperaria, mas eu não sou fã desta obra e esperaria que virasse live, pois é um mangá recém-acabado. Que eles preferem fazer lives de coisas em andamento, isto é um fato, mas isto é outra história…
        Você falar que Level E e o próprio Kiseijuu por exemplo eram inesperados de virar anime, eu concordaria plenamente, mas um mangá que acabou há pouco mais de um ano, é meio tenso para mim ouvir/ler isto. Parece imediatismo em demasia até para mim.

        • Sennaffogo, um ano é o suficiente para um shoujo ser substituído por outro, ainda mais quando em sua época de lançamento não teve nenhuma adaptação e seu número de vendas não teve tanto destaque. Eu sou fã e conheço várias outras pessoas que também são. Isso foi uma surpresa para mim e para essas que viram o mango acabar sem ele ter ganho NADA. Level E é do autor de Yu Yu Hakusho, o cara já tinha nome quando estava fazendo a obra, sem contar que ele foi um “preview” para HxH que, inclusive, é um sucesso. Já a Kouda Momoko não teve tanta sorte assim, acredito que Heroine tenha sido o primeiro trabalho a ter “sucesso”, então não adianta vir me comparar dois títulos que não são semelhantes e ainda são de demografias diferentes.

      • Micael Okamura

        Ah, obrigado pela resposta. Mas uma coisa: O Mangá de Kiseijuu também não acabou anos atrás? Não seria esse um verdadeiro “sambando na cara dos fãs”?
        P.S: Neste caso, bem que podia rolar uma adaptação em anime de Rockin’ Heaven, um dos melhores shoujos que já li.

      • @Miyuki, e o que tem a ver o fato de Level E ter virado anime depois de anos do seu mangá ter sido lançado, com Heroine ter uma adaptação de seu mangá recém-finalizado? Você que colocou seu ponto de vista olhando meu comentário deste modo. Eu não comparei os títulos, comparei apenas as situações. Não quis de forma alguma comparar títulos ou demografias…
        A mim não surpreendeu em nada Heroine estar sendo adaptado em live-action. E se for levar em conta pelo que você falou, Level E não teve ajuda alguma por ser do Togashi à época em que foi lançado.
        Foi como eu disse, surpreende-me sim o fato de Level E ter um anime lançado depois de mais de 15 anos do lançamento do mangá; e Kiseijuu mais ainda, pois foram quase 25 anos de “delay”… only this, nothing more.

        @Micael, sim, foi como eu disse no outro post e volto a repetir neste, Kiseijuu sim é surpresa estar sendo adaptado, Heroine não.

  • Roxoooo

    Meu comentário foi apagado, mas eu só queria dizer que eu acho que a primeira palavra embaixo do subtítulo está erroneamente colocada. Ademais, boa notícia!

    • Juh

      Ótima notícia! E a propósito, também estranhei o início da matéria. Troquei por “pode” daí tudo fez sentido rsrs

      • Dih

        Gente, “fode sim” é uma expressão dos primórdios da internet e uma tradução “literal de brincadeira” de “Fuck Yeah”.
        Não achamos que fossem precisar de glossário pra isso. Perdão se não entenderam.

  • Sunshine

    Aiai, certo que ninguém é obrigado a entender tudo, mas todos esses mal entendidos com o “sambando na cara dos fãs” e o “fode sim” foram meio cansativos -.-
    De resto a notícia é mesmo maravilhosa, não esperava um live-action a essa altura do campeonato.

  • essa noticia alegrou o meu dia <3 espero que esse live action seja bom ^^

    • Samantha

      E é sim!! Moro no Japão e o live action já foi lançado aqui! No dia de estr i eu já corri pra assisti.. Ri muito e chorei muuuito! Êh muito bom!! 😉