Eu Recomendo #16 – Web Comics (Mangá e Manhwa)

Eu Recomendo Web ComicsSucessos da internet.

Antigamente  um autor precisaria de uma editora para ter seu trabalho reconhecido por uma grande quantidade de pessoa, e isso vem com uma grande quantidades de obrigações; seja na rotina, no modo de escrever e,muitas vezes, nas mudanças de roteiro para se enquadrar mais no gosto do editor. A internet mudou isso, hoje novos artistas ou, até mesmo, aqueles consagrados resolveram se livrar dessas amarras e disponibilizar suas histórias em sites, criando uma nova forma de se ler quadrinhos: As web comics! Confesso que eu ainda sou um novato nesse assunto, mas tenho lido bastante por indicações de amigos e resolvi passar essa experiência para frente.  (Claro tem muita coisa ruim por aí, mas também há as ressalvas.)

One Punch ManONE PUNCH-MAN
de ONE e Yuusuke Murata
Lançamento: 2012
Capítulos: 60 capítulos / 7 volumes encadernados (Em andamento)

Z-City, Japão. Do nada, sem aviso nenhum, um monstro terrível ataca a cidade e causa uma destruição inacreditável. Muitos são mortos e outros acabam ficando perdidos no meio de tanto caos. Então, quando tudo parece perdido, um herói aparece e acaba com o vilão com apenas um único soco. Quem é esse misterioso herói? Ele é… Apenas um cara normal que executa a função de herói mediano como um hobby. Saitama é um desempregado que, quando criança, sonhava em ser um super herói. Após muito treinamento ele ficou tão poderoso que nenhum inimigo poderia ser páreo para ferí-lo, isso acaba o desmotivando e o deixando com um sentimento de estar vazio por dentro. Se ao menos ele encontrasse alguém que desse uma luta que o deixasse realmente em perigo…

Eu já fiz um review sobre essa história, mas é sempre bom reforçar como One Punch Man é excelente. Um enredo divertido, com cenas de ação incríveis criadas pelo o autor One e um traço maravilhoso do Yuusuke Murata (do famoso Eyeshield 21) . É interessante ver como os dois experimentam novos estilos em alguns capítulos, com páginas sequenciais que passam perfeitamente uma sensação de movimento se você virá-las rapidamente. Um dos meus mangás favoritos atualmente, leiam!


Tower of GodTOWER OF GOD
de SIU
Lançamento: 2010
Capítulos: 1ª temporada – 79 / 2ª temporada – 133 (Em andamento)

A história é centrada em torno de um garoto chamado Baam que passou toda a sua vida presa debaixo de uma misteriosa torre. Correndo atrás de sua única amiga, Rachel, ele consegue enfim sair de sua prisão, entrar nessa torre e lá o garoto descobre que aqueles que alcançam o topo podem ter seus desejos realizados, mas ele teria que passar por vários testes a cada piso e lutar andar por andar para se reencontrar com sua amiga.

Um manhwa que começa muito devagar, mas que vai engrenando e ficando cada vez melhor com os capítulos que passam. Tower of God fica excelente na última missão antes da segunda parte da história e que hoje eu fico maluco com cada capítulo que é lançado. Aguentem o começo e esperem por provas épicas, plot twists e uma personagem que vai te dar vontade de matar.


The GamerTHE GAMER
de Sung San-Young e Sang-Ah
Lançamento: 2013
Capítulos: 71 (Em andamento)

Han Je-Han é um jovem estudante que, de repente, desenvolveu uma habilidade um tanto inusitada: a sua vida se tornou uma espécie de videogame. Ele pode ver os nomes e níveis das pessoas pairando em cima de suas cabeças, recebe pontos de experiência por atividades do dia a dia, até mesmo de “quests” como ir comprar pão na padaria para sua mãe e pode aumentar seu status ao subir de nível. O problema é que ele não é o único que possuí uma habilidade especial e toda sua vida muda de uma hora para outra.

Uma história muito divertida de ler, onde o poder curioso do protagonista faz você devorar cada capítulo querendo saber qual é a próxima ideia diferente que o autor vai desenvolver com o tema de videogame. Eu jogo videogame desde criança e dá pra ver que ele também tem uma grande bagagem sobre o assunto. É divertido perceber as pequenas referências e ver que o protagonista age da mesma maneira que um jogador nos momentos chave. Talvez minha única critica é que a história não avança com rapidez e é muito focada no personal principal treinando (grindando para os jogadores) seus poderes e níveis. Ainda assim li todos capítulos em 2 semanas e leio na hora quando saí um capítulo novo.


Onani Master KurosawaONANI MASTER KUROSAWA
de Yoko e Ise Katsura
Lançamento: 2006
Capítulos: 22 capítulos / 4 volumes encadernados (Completo)

“Onani” significa masturbação e é disso que o nosso protagonista é especialista. Secretamente Kurosawa vai todos os dias para um dos banheiros femininos menos usados e se masturba para uma garota diferente. Até que um dia ele acaba sendo descoberto por uma garota e é chantageado por ela, tendo que cometer crimes para não ter o seu segredo espalhado.

Uma recomendação excelente que eu recebi do @ojudeuateu e que possuí um review lá no site dele, com uma frase que resume bem a história: “a obra é uma paródia de Death Note, tanto que alguns o chamam de Fap Note.” Não pensem que a história se limita ao enredo bizarro sobre um garoto que se masturba,  ela vai se aprofundando e indo para um plot twist inacreditável.  Se está cansado de ler as mesmas coisas, entãoaqui está algo bem diferente.


The God of HighschoolTHE GOD OF HIGH SCHOOL
de Park Yong-Je
Lançamento: 2011
Capítulos: 194 (Em andamento)

Enquanto uma ilha está semi-desaparecendo da face da terra, uma misteriosa organização está enviando convites para um torneio para cada lutador hábil no mundo. Se você ganhar, você pode ter o que quiser. Eles estão recrutando apenas os melhores para lutar com os melhores e reivindicar o título de The God of a High School!

Vou ser bem sincero com essa história: ela definitivamente é tudo que você pode imaginar de clichês de shounen juntas em um manhwa só. Ele é descaradamente um fanservice de porrada em que o objetivo é fazer você se divertir até não querer mais com a quantidade de cenas de ação que existe nessa webcomic. Além de personagens realmente cativantes e que acabam de prendendo mesmo sem conseguir entender porque. Com o passar do tempo as coisas vão se tornando ainda mais “absurdas” e mesmo assim é divertidaço acompanhar os capítulos. Longe da pretensão de Onani Master Kurosawa e nem de perto com a boa execução de Tower of God, The God of High School é um manhwa para você que quer apenas se distrair e deixar a necessidade de “pensar” pra outra hora.

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post