Impressões dos animes da Temporada de Outubro de 2015

impressõesÉ hora de acompanhar a opinião dos redatores do ChuNan.

Para quem é da galera oldschool, sabe que todos os anos o Chuva de Nanquim costumava postar por aqui as primeiras impressões dos animes da temporada. O tempo foi passando e essa história de postar primeira impressão ficou defasado. Você gasta um post inteiro pra falar em forma de quase review de um anime que não acabou, que tem grandes chances de melhor ou maiores ainda de ficar extremamente ruim no final. Paramos. Ficamos com o Comentando pra falar especificamente de alguns episódios, e é uma ótima alternativa. O de One Punch-Man é um exemplo disso. O problema é que gostaríamos de falar mais para vocês, expor nossa opinião mas de uma forma mais rápida, mais direta. E aí surgiu a ideia desse coletivo de impressões unindo os redatores do Chuva de Nanquim.

A ideia é bem simples. Falar em poucas linhas o que achamos de determinado anime, se nos convenceu, se foi decepcionante, se é regular. Tudo. O legal é que vocês também podem conhecer um pouquinho mais do gosto dos redatores. Não pelo que ele assistiu, mas pela sua opinião de fato. E pra dar um toque a mais no post, um adendo: adicionamos as suas opiniões. Lembram lá no Guia da Temporada quando havíamos colocado enquetes com a opinião se assistiriam ou não? Pois bem, agora ela está sendo utilizada. Colocamos os resultados nos animes relacionados e esperamos que curtam esse modelo de postagem. No mais, não esqueçam de deixar suas opiniões sobre os animes da temporada nos comentários. Utilizem esse espaço pra debater (civilizadamente, porque os comentários são moderados sim, senhor).

No mais, uma palavrinha do editor pra encerrar: A ideia do post foi toda da Miyuki. Ela organizou a equipe, dividiu os animes. Estou realmente grato por tudo que ela tem feito para o ChuNan seguir adiante e esse post foi mais um passo disso. Um trabalho excelente. Além de agradecer todos que escreveram aqui (que também foram incríveis em se comprometer com o post), não esqueçam de dar os parabéns pelo empenho que ela teve nessa temporada em agitar essa ideia para vocês.


one punch manONE PUNCH-MAN

Votação do público

Sim 83.58%
Talvez 9.73%
Não 6.69%

Comentários por Miyuki: Quem diria que um anime onde o protagonista é careca ia me conquistar? Uma história que chegou para ser diferenciado em comparação a tantos títulos shounens genéricos nesse mercado que está sufocado de tantos usos de clichês, de ninjas, de adolescentes com poderes sobrenaturais, de apelações para os peitos e calcinhas, entre outros. One Punch-Man tem uma sátira gostosíssima que consegue agradar tanto aos que são fãs da demografia quanto aqueles que estão vendo por pura diversão. E que diversão! Os três primeiros episódios só mostram como o anime é rico em referências e como seria um verdadeiro herói, sem todos aqueles estereótipos que estamos acostumados a ver. Quanto a animação, sei que muitos estão ousando a menosprezá-la por causa do mangá já que, aparentemente, a obra original seria mais detalhista, mas o que realmente tenho a dizer é: baixem a bola. A arte sequencial que vem sendo divulgada como “o mangá é melhor que o anime” não é a arte do mangá publicado em si. Dúvida? Basta pegar o tankobon e ir conferir. Enfim, tenho comentado sobre cada episódio no Comentando de forma mais descontraída, – vulgo 100% besteira – passem lá para dar uma olhada!


Dance with DevilsDANCE WITH DEVILS

Votação do público

Não 68.44%
Sim 19.23%
Talvez 12.33%

Comentários por Yuckie: Confesso que não tenho muita experiência com esses animes do gênero, por dois motivos: primeiro, nunca me interessaram; segundo, quando resolvia assistir algum, eu parava nos primeiros episódios – a não ser Ouran High School Host Club, que é um dos meus animes favoritos. Mas isso já é outra história. O problema é que a Yuckie aqui nunca pensa nesses dois critérios antes de resolver assistir um harém inverso e sempre tenta dar uma chance pra eles. Enfim. O que dizer sobre esse anime com caras 2D bonitos (os famosos bishounens) que são demônios e ainda por cima cantam? Nesses primeiros episódios de Dance With Devils, o “plot” tem girado em torno da busca da protagonista pela mãe – que foi raptada por uns caras maus –, na busca dos demônios por certo Grimório, além do fanservice, obviamente, e do musical Disney feelings (sim, todo episódio tem alguém cantando). Muito provavelmente será assim até o final, e eu muito provavelmente não ficarei para assisti-lo.


owari no seraphOWARI NO SERAPH: NAGOYA KESSEN-HEN

Votação do público

Sim 56.85%
Não 28.57%
Talvez 14.58%

Comentários por Yuckie: A segunda temporada da série, cuja a primeira foi ao ar entre abril e junho. O primeiro episódio já dá continuidade aos eventos da temporada anterior – a batalha em Shinjuku, mas antes da sua estreia foi lançado um episódio de número 0 com um resumão da história. Estava ansiosa pela continuação, já que esse foi mais um dos casos em que eu tive que ler o mangá, porque não aguentava de curiosidade/ansiedade. Mas também fiquei um pouco receosa pelo fato da animação ter deixado a desejar nos últimos episódios. A arte dos cenários, porém, é um dos pontos super bacanas. Apesar disso, continuarei aqui com boas expectativas, mas com saudades da música X.U.


haikyuu 2HAIKYUU 2

Votação do público

Claro que vou assistir 45.65%
Cadê o manga sendo publicado aqui no Brasil, Panini? 37.83%
Eu também falava “Oooooooooooh~” quando o Tooru sacava 16.52%

Comentários por Yuckie: O que falar dessa segunda temporada, que mal começou, mas já considero pacas? De longe o meu xodó de toda essa leva de outubro. A Miyuki disse que o surto tá liberado, então… Brincadeira! É… Sou suspeitíssima para fazer qualquer análise de Haikyuu, mas tenho a certeza de que, assim como eu, muitos estavam esperando ansiosamente por essa segunda temporada – batia aquele frio na barriga só de ver o trailer – e já conhecem a magia desse anime. Os primeiros episódios são hilários e, assim como no mangá, as expressões são impagáveis, sem contar o carisma de todos os personagens que estão fazendo meus sábados mais divertidos. Fomos apresentados a novos e importantes personagens, entre eles, a fofíssima Yachi e o ace do colégio Shiratorizawa, Wakatoshi Ushijima. Sem contar que tanto a música de abertura e encerramento, por conta de Spyair e Galileo Galilei, respectivamente, estão demais. A Production I.G, que fez um ótimo trabalho na produção da primeira temporada, promete bastante para essa também. E eu, claro, estarei ávida pelos próximos episódios.


the perfect insiderTHE PERFECT INSIDER

Votação do público

Sim 49.91%
Talvez 27.93%
Não 22.16%

Comentários por Yuckie: Antes de mais nada, ressalto que eu não conhecia essa obra antes e o que me chamou a atenção foi o visual do trailer – que tinha uns 15 segundos mais ou menos, mas que me parecia bem promissor. Pois bem… Começando pela abertura, com uma animação estilizada e ao som de Kana-Boon, já ouso dizer que é uma das melhores da temporada, e tem tudo a ver com esse conceito futurístico e tecnológico que a história passa. O primeiro episódio foi aquele de introdução mesmo: meio parado, meio filosófico. Achei até que a trama iria se desenvolver a passos lentos, mas os episódios seguintes já começaram a entrar naquele clima de suspense e mistério por trás do crime. Por último, e não menos importante, um encerramento igualmente incrível, cheia de pixels e cores – lembrando bastante o estilo Vaporwave – e a música tema fica por conta do trio Scenarioart. Eu, como fã desse gênero, estou curtindo bastante e espero que eles não se percam no decorrer do anime. Na expectativa!


young black jackYOUNG BLACK JACK

Votação do público

Sim 40.68%
Não 30.8%
Talvez 28.52%

Comentários por Yuckie: Esse também foi um dos que comecei a assistir sem ter conhecimento algum sobre a obra (sabia do que se tratava, mas nunca li ou procurei saber), então me limitarei apenas a comentar sobre o anime. Sempre fugi histórias que envolviam medicina, porque nunca tive um bom estômago pra isso. Em Young Black Jack não é diferente. Os procedimentos e todos os termos médicos que eles citam são bem interessantes (apesar de não estar entendendo nada), mas fico me remoendo de agonia só de ouvir eles falando que vão ter que abrir a cabeça do cara. Aparentemente, em cada episódio somos apresentados a um problema diferente para o Black Jack resolver – na prévia do próximo episódio tem sangue e… Não sei se conseguirei lidar com isso. Por fim, uma das coisas mais bacanas que achei desse anime foi o encerramento, com cartas de baralho mostrando o visual original dos personagens – criado por Osamu Tezuka – e o atual.


kowabonKOWABON

Votação do público

N/A

Comentários por Luk: Um anime de terror com rotoscopia é uma ótima ideia para gerar um clima que incomoda quem está assistindo a animação, mas ter apenas 3 minutos para contar histórias de terror não ajuda em nada com Kowabon. Os três primeiros episódios se preocupam em colocar você na cena, o som ambiente incomoda, mas tudo precisa ser tão rápido para se encaixar no pouco espaço disponível que ele tem e, no final das contas, tudo acaba ficando meio vazio. Sem sustos e só uma grande decepção.


lupin iiiLUPIN III (2015)

Votação do público

Não 46.6%
Talvez 29.4%
Sim 23.99%

Comentários por Luk: Bom talvez muita gente não esteja vendo Lupin III, porque acha que vai acabar não entendendo nada por pegar a história no meio do caminho, mas os primeiros episódios da série estão muito bem feitos e com certeza ajudam a localizar o mais perdido dos espectadores sobre o que é aquela história, a personalidade, motivação e relacionamento de cada personagem. Eu adoro Lupin, é uma série engraçada demais e interessante, com um protagonista excelente e o seu “rival” da polícia sempre tendo que correr atrás dele. Caso você tenha gostado, eu recomendo darem uma olhada nos filmes, são arcos fechados e divertidos demais.


Shingeki! Kyojin ChuugakkouSHINGEKI! KYOJIN CHUUGAKKOU

Votação do público

Não 57.72%
Sim 27.5%
Talvez 14.77%

Comentários por Luk: Shingeki no Kyojin explodiu barreiras quando chegou no ano de 2013, com uma história que conquistou rapidamente um grande público e estabeleceu um hype imenso em relação a tudo aquilo que era relacionado a ele. Percebendo isso, muita coisa saiu aproveitando essa grande onda – visual novel spin off e até dois filmes live action – mas a ideia mais absurda foi criar um universo alternativo com eles no colegial. O anime todo é para fazer uma paródia, cheio de piadinhas e referências a série principal, um visual mais chibi e de titãs fazendo bullying nos garotos e comendo suas marmitas. Eu sinceramente não consigo entender a existência dessa coisa, eu sinto os executivos por trás da produção tentando tirar a último moeda da franquia e trazendo uma comédia totalmente sem graça sobre uma série totalmente sombria e tensa. O tom é ruim, as piadas são péssimas, as referências me deixaram envergonhado e a única coisa boa é a abertura, muito mais por lembrar a excelente Guren no Yumiya.


comet luciferCOMET LUCIFER

Votação do público

Não 43.48%
Talvez 34.78%
Sim 21.74%

Comentários por Adra: Aqui temos um bom exemplo de um fenômeno costumeiro no Japão de um anime bem produzido, mas que tem pouco a oferecer no que realmente importa: a história. Comet Lucifer simplesmente é mais do mesmo, sem nada a acrescentar. Uma trama com uma garota com poderes (e com apelo moe) que veio de um lugar misterioso, um protagonista que não tem no início nada de especial e com uma personalidade totalmente plana. Mas a animação… Ah, essa animação. Ela está muito bonita, boas cenas de corte e um ótimo uso de CG – contrataram a melhor empresa desse ramo para animes, a Orange. Mas infelizmente, não é o suficiente para me manter assistindo. Droppado.


Concrete RevolutioCONCRETE REVOLUTIO

Votação do público

Talvez 34.86% 
Sim 34.58%
Não 30.56% 

Comentários por Adra: Mais um bom exemplo de outra vertente, mas que dessa vez vejo aqui no Brasil: animes com uma narrativa mais ramificada que dão a impressão de serem confusos para quem assiste. Sim, já vi várias vezes otakus BRs reclamando de animes que seguem esse tipo de narrativa, e isso é simplesmente falta de atenção de quem está assistindo. Concrete Revolutio é um dos melhores animes da temporada, o melhor se formos levantar os animes originais. A história se passa em duas épocas diferentes: o passado e o presente dos personagens que o anime se foca a cada episódio; todos eles estão conectados e é presumível que ao final do anime vão explicar qual seu maior mistério. Sobre os personagens, simplesmente todos tem seu carisma, seus dramas, problemas e notamos seus desenvolvimentos (que devem ficar acentuados mais para o final). A animação é outro ponto muito positivo, nível Bones. Ótima sacada colocarem a arte dos backgrounds referentes a de HQs. Recomendo de verdade que assistam.


asteriskGAKUSEN ASTERISK E RAKUDAI KISHI

Votação do público

Não 39.4%  // 42.86%
Sim 32.69%  // 37.85%
Talvez 27.91%  // 19.29%

Comentários por Adra: É bem mais efetivo comparar ambos os animes para acentuarem suas qualidades e falhas, pois ambos tem um plot extremamente parecido – um mal de LNs que virou tendência depois de SAO/Mahouka. Asterisk tem uma produção mais caprichada o que é previsivel vendo que a produtora é a Aniplex e o estúdio a A1-Pictures. Em compensação a abertura de Rakudai é bem estilosa. Os protagonistas de Rakudai são curiosamente mais “realistas” como um casal (não necessariamente namorados) que os de Asterisk, que são mais voltados aquele velho plot de protagonista com vergonha das garotas. Rakudai também é muito mais voltado para o ecchi, tanto que dedicou boa parte do episódio 2 e 3 para esse fim. Já Asterisk segue mais com o plot estabelecido desde o início. E quanto a história? Como falei, são extremamente parecidas. Ambos protagonistas são poderosos, ambas protagonistas são as melhores da sua escola, aliás, tem uma escola de poderes e ambos tem ranks dos mais fortes e também há campeonatos de lutas com outras instituições de ensino. Agora vejam as características que apontei de cada um e decidam qual ver. Pretendo continuar Asterisk, mas talvez droppar Rakudai.


heavy objectHEAVY OBJECT

Votação do público

Não 44.58%
Sim 28.23% 
Talvez 27.19%

Comentários por Adra: Um dos animes mais esperados da temporada, se tratando de uma adaptação de LN. Heavy Object, para que não leu nosso guia da temporada, é do mesmo autor de Toaru Manjutsu no Index, o Kamachi. Aliás, nesse anime você vê como esse autor é diferenciado de todos os outros que se tem no mercado. Ali não se tem um personagem extremamente estereotipado. Os protagonistas não tem nada de especial, tirando sua inteligência. As situações pelas quais passam se resumem a pura estratégia e desenvoltura do Kamachi em contar a história, na qual o anime soube emular perfeitamente. E sobre a parte técnica, muitos podem se incomodar no início com a quantidade grande do uso de CG, mas logo se acostumam e no segundo episódio já esquecem que boa parte daquilo não é animação 2D. O terceiro episódio é de uma tensão incrível, bem característica dos anos de experiência que tanto o Kamachi tem com Index, quanto a JC Staff em adaptar light novels. Recomendo altamente.


lance masqueLANCE N’ MASQUE

Votação do público

Não 69.88%
Talvez 16.34%
Sim 13.78%

Comentários por Adra: Eu sinceramente esperava algo desse anime do mesmo diretor de Shigatsu, mas são muitos os fatores que fazem sentido para ele ser tão ruim. Primeiro, a light novel no qual é baseado vende extremamente pouco e eu já imaginava o porquê; segundo, o estúdio é muito pequeno e isso fez as habilidades desse diretor serem muito restringidas, o que resultou em uma animação simplista; terceiro, a historia não ajuda. Dois episódios focados em personagens que não agradam em nada, com apenas um final um pouco mais interessante apenas confirmando que vai ser um anime só sobre o protagonista salvando a loli. Droppado.


Gundam Iron-Blooded OrphansGUNDAM IRON-BLOODED ORPHANS

Votação do público

Não 53.55%
Sim 26.41%
Talvez 20.04%

Comentários por Adra: Raiseeeeee Youuuuurrr Flaggggg, Koeru Kagiri, Koeru Kagiri. Gundam tem de longe a melhor abertura da temporada. Eu, como fã da franquia estava com medo do que poderia sair de mecha plus Mari Okada, mas pelo visto ela recebeu uma cartilha das regras que deveria seguir para poder escrever esse Gundam. Ótimos personagens, bem variados também (característica da franquia), cenas de combate nos mechas bem dirigidas – e o melhor, feitas em 2D, thanks Sunrise. O plot é bem padrão da série, muitas organizações e vários núcleos agindo ao mesmo tempo e até pode parecer complicado a primeira vista, principalmente para quem decidiu mergulhar na franquia agora – sim, pode-se começar Gundam por esse tranquilamente –, mas acreditem, ele é bem simples de entender se comparado a uma boa quantidade de animes que saíram anteriormente. Então, reforçando o que comentei acima, se querem assistir Gundam e não sabem por qual começar, vejam esse que é um dos melhores para iniciantes.


noragamiNORAGAMI ARAGOTO

Votação do público

Sim 78.7%
Não 11.53%
Talvez 9.77%

Comentários por Adra: Que saudades que eu estava de Noragami. Se você assim como eu gostou da primeira temporada e não leu o mangá logo em seguida, saiba que essa segunda temporada será bem mais sombria que a primeira, algo que já se nota nos primeiro episódios. De resto, são as mesmas qualidades que fizeram várias pessoas adorarem o anime na primeira temporada. Ótimos personagens, que além de divertidos tem um bom background e que serão explorados ainda mais nessa segunda, boas cenas de lutas e uma abertura memorável. Mais que recomendável.


OwarimonogatariOWARIMONOGATARI

Votação do público

Sim 43.46%
Não 40.11% 
Talvez 16.43%

Comentários por Adra:Ela me odiava como uma grande intensidade, quase como se eu tivesse matados seus pais“. Owari assim como Monogatari em si é uma aula de como contar uma história por meio da mais pura interpretação. O Shinbo simplesmente lhe das as ferramentes (animação) para que você possa entender o que o Nisin (história) quer contar. É simplesmente fantástico. Nunca verão dois homens combinando seus estilos de uma maneira tão harmoniosa quanto eles. Mas sobre Owarimonogatari, o anime pode ser resumido na seguinte pergunta: “Quem realmente é Araragi Koyomi?“. Sim, ele dará uma parte dessas repostas. Pela primeira vez saberemos o que se passa na cabeça de nosso carismático narrador e, o melhor, com a introdução de uma das melhores personagens já mostradas no anime, a Sodachi. Para quem é fã como eu, essa temporada já é ótima só por ter esse anime.


sakurako sanSAKURAKO-SAN

Votação do público

Sim 51.08%
Talvez 30.12%
Não 18.8%

Comentários por Adra: Com um primeiro episódio bem aquém do que eu esperava pelos comentários que eu havia lido da novel, Sakurako-san me convenceu a continuar vendo o anime em seu segundo episódio, pois tudo que reclamei no primeiro ele compensou no segundo. Começamos a história com um caso ridiculamente simples e sem impacto no primeiro episódio que vai para um bastante emotivo e com senso de urgência no segundo. Iniciamos com uma protagonista, Sakurako, divertida, mas que não chamava muito a atenção comparado a um protagonista bastante sem graça por ser do tipo que quer segurar o plot ao invés de fazê-lo andar; mas também há o fato de Sakurako esconder algo bem interessante do seu passado, além de ser bem humana para a aura que emana, e um protagonista que tem sua importância e relevância maior que ser o chato da história. Espero que mantenha esse ritmo nos seguintes.


TaimadouTAIMADOU

Votação do público

Não 47.86%
Sim 28.89%
Talvez 23.25%

Comentários por Adra: Aqui mais um exemplo de algo que costuma acontecer bastante no Japão: animes extremamente condensados que desfiguram a obra original completamente. Taimadou é uma boa light novel, com uma protagonista em sérios problemas por causa do seu passado (um dos melhores da história), mas que foi reduzido a um simples drama forçado no anime por causa da direção e dos cortes. Aliás, a direção do anime é maluca. A trama se propõe a ser séria ao lermos e quando vamos assistir parece uma comédia com personagens atrapalhados. O erro da franco atiradora no primeiro episódio parecia mais uma piada, mas na light novel ela estava desesperada pelo risco que causou ao errar aonde deveria estar flanqueando. Eu simplesmente não esperava isso do diretor mais famosos e importante da Silver Link, mas ele decepcionou não só a mim, mas todos os fãs da obra original. Droppado.


garoGARO: GUREN NO TSUKI

Votação do público

Não 60.87%
Talvez 20.17%
Sim 18.96%

Comentários por Dih: Garo é uma franquia importante no Japão e agora estão revitalizando a mesma através de animes. Tivemos uma outra animação na temporada de outubro do ano passado, e neste somos apresentados a Guren no Tsuki. Você precisa assistir a anterior? Não. Confesso que minhas expectativas eram baixíssimas, mesmo o character design sendo do mestre Masakazu Katsura. Mas me surpreendi. O anime não se apega ao conteúdo original da franquia tokusatsu (embora estar cheio de referências, óbvio) e consegue entregar uma série bem divertida, cheia de ação e um mistério bem legal de acompanhar. O visual não compromete, mas percebemos que faltou um pouquinho de verba pro pessoal em algumas cenas – apesar da ação não estar prejudicada. Um CGzão enorme é usado na armadura de Garo, e talvez isso possa fazer com que muitos estranhem a animação. Mesmo assim, se você curte um shounen básico, com uma história fantasiosa e algo que não exija demais você “pensar“, tá aí uma oportunidade bem descontraída com essa série. Surpresinha para mim.


valkyrie driveVALKYRIE DRIVE: MERMAID

Votação do público

Não 75.8%
Sim 13.83%
Talvez 10.37%

Comentários por Dih: Eu tentei. Eu juro. Mas não deu. Não consegui gostar de absolutamente nada dessa coisa. E eu nem tenho muito o que falar também. É bem animadinho? Até é. Mas eu não aguentei ver 20 minutos de um anime onde garotas precisam excitar outras garotas ao ponto delas se excitarem e se tornarem armas. Não dá, meus amigos. Não tenho muito o que falar do plot, só falo: passem longe. Isso faz Queen’s Blade parecer a melhor coisa do mundo! Ikkitousen uma obra sensacional! E por aí vai. Só não dá. Fica o aviso de amigo.


shomin sampleSHOMIN SAMPLE

Votação do público

Não 72.24%
Sim 15.51%
Talvez 12.24%

Comentários por Dih: Eu acho que estou virando muito reclamão ou as comédias estão realmente perdendo a graça. Shomin Sample tem um plot bem simples: uma escola de regime fechado só para garotas que vivem altamente restritas de qualquer contato com o mundo de fora. Ok. Nada demais. Quando elas chegam lá fora, encontram dificuldades em se adaptar por esse motivo. Ok. Até que pode rolar algo interessante. E para isso eles acabam “contratando” um garoto comum para ser o instrutor delas sobre o mundo exterior. Olha, o anime vai virar mais um harém e todo mundo já sabe disso, nem precisa pensar muito. O problema são as piadas. São totalmente ruins, fracas ou fora de contexto. Foi meio absurdo ver uma piada em que as garotas não sabiam o que era um celular. Tipo… errr… Não. Todas as cenas parecem forçadas demais, sem nexo e o protagonista não é nem um pouco cativante. As garotas também não se esforçam. Enfim, sei que tem gente que gosta do gênero. Não é pra mim. Não consegui passar nem para o segundo episódio. E bateu uma saudades de Nozaki-kun, Barakamon, Silver Spoon

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post