Mangá de Billy Bat entrará em seu arco final no Japão

Billy BatMas antes disso, vem aquele hiatus do Urasawa.

Foi anunciado na edição de número 45 da revista Morning, da editora Kodansha, à venda a partir de amanhã, que Billy Bat, de Naoki Urasawa, entrará em hiatus novamente. O retorno da obra está prevista para o início de 2016 e, com ela, o arco final do mangá começará.

Urasawa voltou a publicar o mangá em abril deste ano, no qual estava em hiatus desde dezembro de 2014. Antes disso, a obra havia estado em hiatus de fevereiro à maio e depois de julho à outubro do ano passado.

O mangá foi lançado na revista Morning em outubro de 2008. Urasawa desenha a série e Nagazaki Takashi trabalha com a história. Urasawa trocou de uma revista quinzenal para uma mensal em 2012.

Billy Bat é um quadrinho dentro de um quadrinho, e o verdadeiro protagonista é um artista japonês-americano chamado Kevin Yamagata que desenha Billy Bat para a “Marble Comics”. Pouco tempo depois de sua transferirem o artista de seu estúdio com o seu assistente, dois detetives, que se parecem com Laurel e Hardy em Dick Tracy, batem na porta da sala de Kevin para efeitos de vigilância sendo realizada em um quarto num edifício adjacente. Um dos detetives, o magro “Laurel”, vê o trabalho de Kevin e verifica que ele é um fã de Billy Bat. O outro detetive mais gordinho, “Hardy”, pega uma página e diz que os personagens parecem familiares e acusa Kevin de plagiar um antigo mangá. É então que podemos fazer outro salto temporal a 1949, em Tokyo, quando muitos mistérios começam a ser revelados…

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Esse “Marble Comics” já de cara faz qualquer um, mesmo quem não lê o mangá, saber qual a referência.
    Só faltou o Capitão América aparecer e dizer que entendeu a referência.

  • Arthy

    Laurel e Hardy? Feito Steven Laurel e Oliver Hardy? Quem curte o humor pastelão do “Gordo e o Magro” associou bem

    • Arthy

      Stan*