Semanada – Nanatsu no Taizai #145: Bela Alma

nanatsu no taizai 145Semanada is back!
A coluna Semanada finalmente está de volta com comentários que não acrescentam em nada na sua vida, mas você está aqui! Seja muito bem-vindo, caro leitor que decidiu perder minutos preciosos de seu dia com a Miyuki! Vamos ao que interessa. Nesse capítulo de Nanatsu no Taizai temos porrada (mas é óbvio, o capítulo é do Ban), uma alma que parece chiclete, momentos depressivos e “Meliodas tem sexto sentido?”.

Nanatsu no Taizai #145 – Bela Alma

Se você lembra aonde o capítulo #144 parou, então nem preciso voltar atrás e, se você não lembra, essa é a única coisa que precisa saber: o começo do capítulo é porrada e o fim do capítulo anterior era o início de uma porrada. Resumo da Miyuki. Melhores resumos. Quando finalmente acabam as cenas de “battle shonen”, Ban se vê encurralado em uma conversa com a mulher dos Dez Mandamentos, sem opção a não ser escutar o que ela tem a dizer. É uma cena que conheço bem por sinal, me recordo da minha doce infância quando fazia coisa errada e minha mãe chegava perto e dizia: “Senta aí, mocinha. Vamos ter um papo sério agora.Aquilo era puro sinônimo de perigo, o que o Ban está passando é fichinha.

IMG_0163

Nesse capítulo descobrimos um fato muito sobre o autor, Suzuki Nakaba: ele acredita que almas se assemelham a gomas de mascar. Quando a mulher dos Dez Mandamentos tira a alma de Ban, além de sair pela boca, o formato é redondo e cheio – o mesmo formato de quando estou mascando chiclete e começo a fazer as bolinhas com barulho irritante quando estouram. O autor atiçou minha curiosidade e agora estou me perguntando seriamente com o que as almas se parecem, poderíamos entrar em um papo hipster – ou o que quer que seja isso, talvez só seja conversa de louco – e debater se as almas tem o formato da bunda do Gasparzinho, de chiclete or whatever, mas ainda sigo ordens nesse site, então… Voltamos com nossa programação normal no próximo parágrafo.

IMG_0166

Como se não bastasse ter sua alma arrancada de seu corpo, Ban ainda desenterra lembranças preciosas – a recordação pode ser considerada preciosa quando envolve um porco? – e faz com que os leitores sofram um pouco, entrando no clima de depressão, muito semelhante quando se assiste a filmes em que o cachorro é fofo, mas morre e fim. Acabou. Hora de recolher os destroços do kokoro e se mandar. Ou não.

Uma vez vi que mulheres tem algo chamado de “sexto sentido”. Cole Sear, de “O Sexto Sentido” também tinha e se você não se lembra do filme, jogo aqui um trechinho: “Eu escrevo posts no ChuNan” “Com que frequência?” “O tempo inteiro.”. Realmente um filme de horror psicológico fortíssimo, imagina fazer as coisas desse tal de ChuNan sempre? Eu, hein! Cole Sear não foi citado aqui à toa, porque no capítulo de hoje temos um Meliodas falando “Ban…” do nada quando mesmo perde sua alma para os Dez Mandamentos. Seria o sinal de que o protagonista tem uma queda pelo moço e posso ter esperanças ao shippar? Seria Meliodas uma mulher usando seu sexto sentido? Ou seria ele um aprendiz do Cole Sear? Não perca no próximo episódio de “Não Shippe Meliodas x Ban, Porque é Pura Ilusão!”. Até semana que vem, galerinha!

IMG_0164

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post