Comentando — Ajin #01: ‘A História Não Nos Interessa’

ComentandoAjin01A temporada começou – pra mim.

Ajin é aquele que chamamos de “maior hype da temporada”, ao menos por parte da galera que não deixa de lado o bom e velho mangá de ação e com seus elementos empolgantes por mais clichês que sejam. Nesse caso, temos um mangá com hype intenso por parte da própria Kodansha, que vê no título a chance de um novo grande hit despontar como foi com Ataque dos Titãs e The Seven Deadly Sins, por exemplo. Com razão. O mangá é realmente empolgante, bom e mantém toda aquela pegada de garoto que adquire super poderes (bizarros) e se torna diferente no meio de todo mundo. Aliás, costumo chamar Ajin carinhosamente de “X-Men” japonês. Mas enfim.

Ajin Anime Episode 01 Screen (4)A série carregou toda essa expectativa até que foi anunciada toda a sua produção: Polygon Studios, o mesmo de Sidonia e estúdio que tem parceria com o Netflix. E com isso já sabíamos que o CG’zão cel shading marcaria presença na série. Na verdade isso não me incomoda, então já aviso de antemão: não esperem ver aqui reclamação por algo que é diferente. Se estiver mal feito, será cobrado. Se estiver bem feito, ótimo. Sidonia foi bem feito, muito melhor do que os filmes de Berserk, por exemplo.

E Ajin mantém o ritmo. Apesar do uso da técnica, a animação é fluída e em muitos momentos você até confunde a mesma com uma animação tradicional – não coloque a culpa em mim ou no anime se você assistiu uma versão de baixa qualidade na internet, aí não existe anime bom mesmo. Claro, a técnica não é unanimidade e em muitos momentos você se pega pensando “por que não um anime normal?”, mas você se acostuma. Até porque a história de Ajin é muito boa e instigante.


Ajin Anime Episode 01 Screen (25)AJIN #1
‘A História Não Nos Interessa’
★★★



E sim, vamos falar da bendita história agora porque animação de episódio é igual papel transparente de mangá: no fim você consome do mesmo jeito.

Vi um comentário na internet com a seguinte frase:

“Ajin é Tokyo Ghoul com qualidade.”

Ajin Anime Episode 01 Screen (13)Não.

Não sejam esse cara. História com pessoas que possuem poderes e são caçadas no meio da sociedade normal existem desde antes de seus pais nascerem.

Ajin trata os “mutantes” (vou usar esse nome por enquanto para evitar spoilers, já que eu li boa parte do mangá) da mesma forma como grande parte da cronologia dos X-Men tratava seus mutantes antes da revelação dos mesmos para o mundo: criaturas não-humanas que matam e que devem ser excluídas, apagadas, eliminadas. Aberrações que não possuem o direito de viver e que só possuem uma utilidade: se tornarem brinquedinhos dos exércitos do mundo.

Ajin Anime Episode 01 Screen (2)E é pensando nesse ponto de vista horrível, temos a história de Kei, um garoto normal que um dia simplesmente descobre que ele é um Ajin. Só porque ele morreu, mas levantou “tô vivão” e todo mundo começou a caçá-lo. E o único que vai ajudá-lo de cara é seu amigo de infância Kai, cujo Kei ignora por algum motivo que ainda não ficou claro por causa de sua mãe.

Pois essa é a premissa do primeiro episódio, conhecendo o protagonista e seu problema. O básico. Aliás, foi um primeiro episódio que cumpriu o que foi proposto. No mais, as dúvidas já surgem.

Ajin Anime Episode 01 Screen (6)

  • Como Kei virou um Ajin?

A tese é de que ele viu um na infância que o transformou nisso, enquanto o mesmo apagou essa passagem da mente de sua irmã, que se encontra no hospital amargurada com a vida.

Ajin Anime Episode 01 Screen (3)

  • Por que Kai é odiado pela mãe de Kei?

Provavelmente pelo jeito rebelde do garoto, por acharem que ele é um Ajin ou por ele ter algum envolvimento na cena em que um Ajin aparece para os irmãos quando crianças. Tanto que Kei sabe que é nele em que ele pode confiar no caso de alguma merda acontecer. Depois de Owari no Seraph, prepare-se para o bromance de Kei e Kai.

Ajin Anime Episode 01 Screen (17)

  • Vão pegar o Kei?

Aí vocês tão pedindo demais. Veremos o próximo episódio.

Ajin começou bem, dentro do que se esperava. Tem potencial para virar um queridinho comentado mesmo com todas as críticazzzzzzz com a animação. Além disso, aqueles que não assistiram por esse preconceito provavelmente ficarão interessados no tema e irão para o mangá. Apesar da semelhança dos poderes desconhecidos que surgem, Ajin não é um Tokyo Ghoul de luxo, não é um Titãs bem desenhado e nada do tipo. Aqui a questão política é abordada de uma forma muito mais forte. A posição do certo e do errado, da descriminalização de uma raça e do quão baixo pode chegar o ser humano também (e aquele moleque querendo entregar o Kei só pelo dinheiro?).

Ajin Anime Episode 01 Screen (22)É só o começo. Fica difícil dizer se ele cumprirá as expectativas e até que ponto teremos a adaptação. Mas mais uma vez: não vá pela opinião alheia. Veja com seus próprios olhos e tire suas próprias conclusões.

Nos vemos no episódio 2.

Ajin Anime Episode 01 Screen (12)


OBS.: Vale lembrar que, em breve, a série deve entrar para o Netflix.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post