Ranking Oricon de Vendas de Mangás: de 11 a 17 de Janeiro

oriconchihayaChihaya waifu, amor e tudo.

E depois de duas semanas em que a Shueisha dominou fortemente o top 10 dos mais vendidos da semana, chegamos nessa com uma diversidade bem maior de editoras ocupando as primeiras colocações.

Os mangás grifados em amarelo são os comercializados no Brasil. A fileira “Vendas Total” contabiliza a soma das semanas que o mangá já se encontra no ranking.

tabelanova

Se existe um amor não correspondido pelas editoras brasileiras, esse amor é Chihayafuru. Mas é lógico! Porque se você vê Chihaya pela primeira vez, não há como não se apaixonar. Simples assim. O que importa é que independente do Brasil, a série se sai muito bem no Japão e conquista o primeiro lugar no ranking dessa semana com cerca de 200 mil exemplares vendidos. Um dos josei de maior destaque dentro do mercado nipônico.

Logo em seguida temos o non sense e divertidíssimo Sakamoto Desu Ga? com o seu quarto e último volume vendendo 170 mil na primeira semana. A série da editora Enterbrain fez um sucesso inimaginável no Japão, tanto que ganhará um anime para TV em breve, mesmo após o seu término. E se Sakamoto é uma surpresa, o terceiro colocado e responsável por fechar o top 3 é um queridinho: Fairy Tail, que prova também como perdeu força nas vendas e chegou a cerca de 150 mil unidades nesta semana.

Enquanto isso, One Piece 80 já passa 2 milhões e meio de vendas. Provavelmente mais um volume a bater os 3 milhões e não preciso explicar muito sobre a série, não é? Obrigado.

Agora dois fenômenos interessantes para se observar: tirando os 4 primeiros e Blue Exorcist (o décimo colocado) todos os outros integrantes do Top 10 são mangás teoricamente menos conhecidos e com vendas bem menores do que estamos acostumados a ver ocupando essa posição. Aliás, esse é o segundo fenômeno constatado: apenas 5 mangás da lista ultrapassaram os 100 mil vendidos nesta semana. Isso significa algo? Não. Apenas que a falta da Shueisha ou de títulos de peso de Kodansha ou Shogakukan (mesmo Square) acabam abrindo espaço para mangás diferentes darem as caras.

Mas voltando ao ranking, muitos mangás da Shueisha que apareceram no topo continuam fazendo bonito em seus números totais. Assassination Classroom e Kimi no Todoke ultrapassam os 750 e 600 mil respectivamente, mostrando a força desses títulos. Tokyo Ghoul:re também beira os 800 mil vendidos.

Já pelo lado da Kodansha, Ataque dos Titãs quase em 1 milhão e 700 mil, enquanto Nanatsu no Taizai fica nos 630 mil. Kodansha que conta nessa semana com muitos encadernados de sua principal revista (Shonen Magazine) lançados, como Days, Yamada-kun e Real Account, e nenhum deles conseguindo passar da margem dos 30 mil. Isso só mostra a diferença abismal da Shounen Jump/Square ou mesmo Young Jump para outras revistas e editoras. Acham mesmo que ela se incomoda de não ter desenvolvido Hajime Isayama ou Shinobu Ohtaka? Nem ligam. Três ou quatro mangás medianos deles ultrapassam tudo que essas séries oferecem. É definitivamente um outro nível.

Para finalizar os comentários, vamos aos boosts da semana. Com a temporada nova de animes, sempre ficamos curiosos para os efeitos nas vendas de mangás. Nesse caso temos duas séries que já se destacam. Boku dake ga inai Machi (7 volumes, em andamento) e Dagashi Kashi (3 volumes, em andamento – quarto prestes a sair) contam com todos os seus volumes no ranking. O primeiro ainda terá o filme live action para aumentar suas vendas, enquanto o segundo já teve sua tiragem multiplicada pela editora Shogakukan – a série é publicada na Shounen Sunday. Veremos o nível de boost que se refletirá nos próximos volumes.

Apenas 8 volumes do ranking possuem suas séries lançadas no Brasil, mas nada com o que se preocupar especificamente nessa semana, já que 90℅ do que não consta, com certeza seria um fracasso por aqui.

Ficamos agora ansiosos para os lançamentos da semana que vem e nos vemos aqui novamente.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • MC

    Aaawn, que lindo. Não sabia que Chihayafuru fazia tanto sucesso no Japão <333

    Merecido

  • Midoriya Izuku

    Arata > Taichi

    Shinobu = Chihaya

    Desk-kun x Kana-chan

  • Dagashi Kashi aproveitando bem o anime.

    Já tinha ouvido falar de Kyou wa Kaisha Yasumimasu, mas não sabia que vendia tão bem.

    A diferença da Jump pras outras é a forma mega competitiva dela. Eles exigem muito dos mangás novos. Se não se sair bem no começo, eles cortam. Isso pode matar muita série com potencial futuro, mas em compensação, eles ficam com séries já fortes no começo e que investem no marketing. Posso não gostar muito desse modelo, mas ninguém pode negar que tem um resultado brutal.

  • Homicilion

    Não sabia que Dagashi Kashi era publicado na SS,olhai ai oq as mudanças no departamento da revista estão fazendo,tomara que seja só o começo para grandes na revista!!!!!!!!

    • Homicilion

      grandes sucessos*