Divulgados os vencedores do 40º Prêmio Anual Kodansha

Notícias-Prêmio Anual KodanshaVencedores-Header

Editora divulga os vencedores do tradicional prêmio.

A editora Kodansha anunciou os títulos vencedores da 40ª edição do seu Prêmio Anual. Os indicados foram divulgados no começo de abril.

Os prêmios para cada um dos autores vencedores incluem um certificado, estatueta de bronze e 1.000.000 de Ienes (aproximadamente R$ 32.000,00).

Participaram da comissão de seleção os autores Ken Akamatsu, Tochi Ueyama, Oh! great, Atsushi Kase, Miyuki Kobayashi, Yuuji Moritaka e Kazumi Yamashita.

No ano passado, os vencedores foram Nanatsu no Taizai, de Nakaba Suzuki, e Yowamushi Pedal, de Wataru Watanabe, na categoria de Melhor Mangá Shounen. O vencedor do Melhor Mangá Shoujo foi Nigeru wa Haji da ga Yaku ni Tatsu, de Tsunami Umino. O Melhor Mangá Geral foi de Knights of Sidonia, de Tsutomu Nihei.

Os vencedores foram:

MELHOR MANGÁ SHOUNEN

DAYS 01

DAYS
Autor: Tsuyoshi Yasuda
Revista: Shuukan Shounen Magazine
Editora: Kodansha

Dois garotos se encontraram em uma noite de tempestade: Tsukushi, um menino sem características especiais, e Jin, um gênio do futebol. Naquela noite, Jin arrasta Tsukushi para o mundo do futebol do ensino médio.

Concorreram na categoria: Boku no Hero Academia, DAYS, Noragami e Owari no Seraph.


MELHOR MANGÁ SHOUJO

Watashi ga Motete Dousunda 01

WATASHI GA MOTETE DOUSUNDA
Autora: Junko
Revista: Bessatsu Friend
Editora: Kodansha

Kae Serinuma é o que pode se chamar de fujoshi. Quando ela vê meninos convivendo uns com os outros ela gosta de entrar em fantasias selvagens! Um dia, seu personagem favorito de anime morre e o choque faz com que ela perca muito peso. Em seguida, quatro garotos da escola a convidam para sair, mas isso não é excitante para ela – ela preferiria vê-los uns com os outros!

Concorreram na categoria: Hatsukoi Monster, Kurosaki-kun no Iinari ni Nante Naranai, Nijiro Days, Sukittee Ii na Yo. e Watashi Ga Motete Dousunda.


MELHOR MANGÁ GERAL

Kounodori 01

KOUNODORI
Autor: Yuu Suzunoki
Revista: Morning
Editora: Kodansha

O obstetra Sakura Kounodori também é um músico de jazz. No Japão, o parto não é considerado uma doença, e assim o seguro não cobre o parto normal. Cuidados obstétricos não significam uma lesão ou doença para ser curado. Um obstetra não é necessário para um parto normal, mas se algo acontecer ele se torna necessário.

Concorreram na categoria: Ajin, Boku Dake Ga Inai Machi, Golden Kamui, Kounoudori e Tokyo Tarareba Musume.

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post