InuYasha será o próximo relançamento da editora JBC

inuyasha relançamentoMangá de Rumiko Takahashi é o próximo a retornar.

Depois de uma enquete realizada pela própria editora, o novo relançamento da JBC foi escolhido sem grandes dificuldades, aparentemente. InuYasha, série de Rumiko Takahashi, será o próximo título a retornar pelas mãos da editora. O formato ainda não foi escolhido segundo o gerente de conteúdo, Cassius Medauar, dependendo de conversas e contrato com os japoneses donos da obra original – no caso, a editora Shogakukan.

Publicado desde 1996 até 2008 nas páginas da revista Shounen Sunday, da revista Shogakukan, InuYasha é uma obra de Rumiko Takahashi, famosa por Urusei Yatsura, Ranma 1/2 e outros. Ao todo tivemos 56 volumes encadernados, publicados pela JBC no passado em 112 edições no formato meio-tanko. No relançamento, é grande a chance de uma edição 2 em 1 ou mesmo 3 em 1, como aconteceu nos EUA, pela VIZ.

Mais informações devem ser reveladas nos próximos meses. Segundo a JBC, InuYasha foi seguido na eleição por Shaman King, Cowboy Bebop, Fruits Basket, A Princesa e o Cavaleiro e Angelic Layer, respectivamente. Resta saber se os outros títulos também terão alguma chance futura.

Curiosamente, o título é o último na nossa lista de indicações de mangás que deveriam ser relançados no Brasil – faltando apenas Shaman King que foi a nossa menção honrosa, uma vez que a nova versão na verdade seria um mangá totalmente novo.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post

Há 44 comentários

  1. Avatar

    Estou triste porque queria muito Shaman King, mas já sabia que o vencedor seria InuYasha devido a ter passado mais tempo na Globo e conquistado uma fanbase maior. Fazer o que né, paciência! Continuar esperando…

    Responder
    1. Avatar

      @Alex, queira me desculpar, mas… “já sabia que o vencedor seria InuYasha devido a ter passado mais tempo na Globo” -> discordo total e veementemente de sua frase. Não creio que tenha sido por isto e nem que os poucos episódios que de maneira ridícula passaram na Rede Bobo tenham contribuído para isto, muito até pelo contrário…
      InuYasha não precisou passar na Rede Bobo para conquistar fanbase alguma, pois já tinha isto em larga escala muito antes de chegar lá…

      Responder
  2. Avatar

    EU ESTOU MUITO FELIZ, HÁ TEMPOS ESPERO… e mais ainda, fizemos até abaixo assinado… obrigada à JBC, por enfim ouvir os fãs da série Inuyasha que já há anos esperam um relançamento <3

    Responder
    1. Avatar

      Diante da política da JBC em relançar seus mangás publicados anteriormente, natural que uma hora ou outra isto fosse acontecer. Assim como aconteceu com FMA e como ocorrerá, mais cedo ou mais tarde, com Shaman King.
      Agora, espero que tenha preparado seu bolso, porque sim, ele vai chorar! xD

      Responder
      1. Avatar

        Quando Inuyasha foi lançado aqui eu era uma jovem desempregada sem futuro, tanto que ainda tenho alguns exemplares antigos, mas jamais consegui completar a coleção… hoje em dia sou estável, meu bolso vai chorar, mas com satisfação kkkkk

        Responder
    1. Avatar

      e para piorar os mangás não ficam mais tanto tempo nas bancas quanto antigamente o que torna ainda mais dificil comprar tudo que queremos

      Responder
      1. Avatar

        @Ana, penso a mesma coisa. Acho que as editoras deveriam segurar um pouco mais seus títulos, pois assim mais pessoas comprariam mais mangás… do jeito que está, muita gente deixa passar muita coisa que poderia comprar eventualmente, em vez de escolher apenas aqueles que quer muito muito muito…

        Responder
  3. Avatar

    Se cada volume tiver o dobro de páginas do formatinho da publicação anterior, ainda assim serão 56 volumes!
    Gosto da Rumiko, mas pense numa mangaka que gosta de estender a história até não mais poder.
    Se ela fosse mais sucinta, eu compraria com certeza mais coisas dela.

    Responder
    1. Avatar

      Concordo plenamente, Marco. Ainda tenho trauma da infinitude desse título. Droparei lindamente. Melhor pro bolso de alguns, suponho. Entrementes, desejo boa sorte a quem se propor comprar.
      Bom fim de semana a todos.

      Responder
    2. Avatar

      A história de InuYasha é tão cíclica que cada meio-tanko era uma história muito igual à anterior. Para os muitos que pediram ótimos já me sobre apenas tentar vender essa coleção que só ocupa espaço.

      Responder
  4. Pingback: InuYasha será o próximo relançamento da editora JBC - FACOANIMES

      1. Avatar

        @sennaffogo
        @seiya
        Kkkkk
        3 em 1 por R$40 estaria razoável, dentro do padrão eu acho.
        Portanto que seja mensal e 2 em 1 ou pelo menos bimestral 3 em 1 estará ótimo “para mim”.
        Mangá é claro, se isso fosse um problema não teria saindo dessa forma nos EUA. Porém lá a capacidade de consumo é maior qnd comparada ao BR.

        Responder
      2. Avatar

        @Caio, mangá 3 em 1 para mim não é mais mangá…
        Fora que o 2 em 1 já acho meio complicado, porque o miolo de um mangá deste tipo tende a ser pior do que um tankohon normal, imagine num 3 em 1?…
        2 em 1 mensal “quebraria as pernas” de muita gente…

        Responder
  5. Avatar

    kkkkkkkkkkkkkk finalmente, esse eu compro com certeza, o foda é que eu estou comprando vagabond, berserk, vinland, vou comprar lobo solitário, vou comprar slam dunk, e se sair jojo eu compro também, caramba, vou ter que virar o július e arrumar 2 empregos?

    Responder
    1. Avatar

      Ah, eu li agora que pode ser 3 em 1, infelizmente se for assim não terá como comprar, o valor será muito caro, ainda mais que a jbc só lança mangá mensal, enfim, é aguardar, e também espero o relançamento de cdz em versão de luxo ( e quando eu falo luxo, é luxo mesmo, e não a versão lixo que eles relançaram).

      Responder
      1. Avatar

        @seiya, você comprar ou não comprar não quer dizer que não exista nada da editora sendo lançado bimestralmente…u_u
        Muito pelo contrário, nos diz apenas que você falou uma besteira e que desconhece alguns lançamentos da JBC.

        Responder
      2. Avatar

        @seiya, você tem a mania de falar besteira e querer depois discutir sobre a merda que você falou, gerando discussões/confusões sem necessidade, quando bastaria no máximo você assumir o seu erro… não estou discutindo sobre os títulos que você acompanha ou não, estou discutindo sobre o que você disse em relação aos títulos da JBC. Releia o que você mesmo disse: “(…) ainda mais que a jbc só lança mangá mensal (…)”. Conseguiu enxergar o seu erro???…

        Responder
  6. Avatar

    Estou muito feliz porque eu imagino que muitas pessoas vão comprar o mangá, mas eu fico preocupado quanto ao preço porque por mais que sejam 2 ou 3 volumes em 1 são muitas edições pra comprar e se for um valor muito alto com qualidade duvidosa é melhor que planejem muito bem antes de lançar e esse mangá eu acho que tem como lançar uma versão legal por um preço justo.

    Responder
  7. Avatar

    Eu estou muito feliz mas ao mesmo tempo preocupado porque são muitos volumes e se for pra relançar por um preço alto e qualidade duvidosa é melhor a Jbc se planejar bem porque eu imagino que muitas pessoas vão querer comprar o mangá mas por quanto tempo vão durar as vendas se não houver respeito ao consumidor? Porque eu acredito que um mangá como esse é possível lançar uma versão legal por um preço justo, posso ser chato falando isso mas é verdade.

    Responder
    1. Avatar

      Fala @Heitor, beleza? Hisashiburi da ne…=)

      Pow, já ouvi algumas opiniões iguais a sua, mas tem muita gente que acha Ranma o melhor mangá dela. Acho que Maison e Ranma devem ser os melhores mesmo, porque Urusei eu não consegui assistir nem 10%, e acerca de Inu, muita gente fala que enrola, então, creio que os mangás do meio entre os 4 maiores dela devam ser os melhores mesmo.

      Responder
      1. Avatar

        @sennafogo Hisashiburi!! Cara, eu li as quatro principais obras dela, o meu problema com Ranma 1/2 é que ele é ótimo no início, tava até pensando nisso no metrô hoje de manhã, porém era pra ser uma história focada no romance de personagens e no amadurecimento destes para assumir seus sentimentos de forma mais adulta, mas tem uma enrolação com as artes marciais, as relações com alguns personagens são mal exploradas e os personagens apresentam o mínimo de desenvolvimento pessoal (isso, é claro, na minha visão). As artes marciais, na minha opinião, deveriam ser usadas apenas como um modo de trabalhar a química entre alguns personagens através de confrontos com consequências reais e pra reafirmar a força da Akane.
        Maison Ikkoku, por outro lado, não é APENAS a história de um garoto tornando-se homem. É a história de superação de luto de uma mulher, da dedicação de um homem e do esforço da juventude quando ocorre um encontro com a vida adulta, tanto o estágio infantil quanto aqueles que acabaram de ter o primeiro emprego. Claro, que no início o ritmo da obra adaptada (o animê) é sofrível. São necessários 10 episódios pra se importar com os cliffhangers e as personagens, mas depois, a sensação de estase e serenidade passa a ser mais naturalizada na obra, nos sons e ruídos urbanos sempre presentes e afinados de forma lírica com a fotografia, dando-nos uma impressão de que podemos “parar pra respirar na cidade grande”, momentos com que facilmente me identifiquei (vivo em SP) e que foram magistralmente intercalados com as situações cômicas e os stresses da vida moderna.

        Responder
    2. Avatar

      Eu tenho Maison Ikkoku original em japonês completinho. A desgraça é quando eu comprei eu tinha planos de aprender japonês, mas eu não consegui dar andamento nisso e agora fico com o manga na prateleira, mas não posso ler. Nem furigana o danado tem pra ajudar o pobre coitado aqui.

      Responder
      1. Avatar

        Disponibilize na internet, pelo amor de Deus!!! Isso que você tem aí é um ACHADO!! Com certeza haverá grupos que traduzirão para todos!! Sendo em inglês, espanhol ou português tá valendo!! É lendário o dia em que o JP parou pra ver o último capítulo dessa obra em anime!

        Eu pessoalmente já procurei esse manga EM QUALQUER LINGUÁ, on-line e não achei!! POR FAVOR, escaneie, por favor, coloque na internet!!!

        Responder
  8. Pingback: INUYASHA SERÁ RELANÇADO PELA EDITORA JBC | CuriosityBr

  9. Avatar

    Se for 2×1 ou 3×1 eles poderiam fazer em versão maior, e colocar pelo menos orelha,capa dura seria lindo tambem, mas ai já acho sonho considerando as próprias versões especiais em manga no mercado hj,mas uma orelha faria bem,pra depois da leitura n ficar com a capa toda estrupiada:) .De toda forma,muuuito feliz,finalmente vou ler a historia na integra,uma vez que o anime possui algumas diferenças significantes :DDD Muito Feliz
    Outra coisa que podiam vender a parte seria uma caixa pra colocar toda a coleção e conservar melhor!

    Responder
  10. Avatar

    Fico feliz com a notícia, que bom que estão resgatando e relançando títulos de clássicos, isso é importante, da chance às novas gerações de conhecerem essas obras, e gera mais dinheiro aos criadores também. Mas sim, eu também espero ansiosamente pelo relançamento de Shaman King (que na verdade seria lançamento do KZB, contendo o final da obra), seria uma atitude de respeito para com os fãs que acompanharam e esperaram por tanto tempo.
    Pensei até em fazer um abaixo assinado para SK, o que vocês acham? Haha

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *