Music Monday – JoJo’s Bizarre Adventure: Roundabout

jojo houndabout headerQuando um encerramento se torna um meme.

Quem me acompanha há algum tempo já sabe, mas eu não entendo toda essa fascinação por JoJo. As pessoas vibram com novas temporadas, clamam para as editoras trazerem logo mangá para o Brasil e eu realmente ainda tento achar o que faz desse anime tão especial.  Me forcei a assistir a primeira saga completa e parte da Battle Tendency até um ponto que eu não aguentava mais. A única coisa que eu realmente considero acima da média é o excelente gosto da direção para a trilha sonora, hoje sendo lembrada pela excelente Roundabout, do grupo YES, música de encerramento da saga Phantom Blood.

A família Joestar, uma das mais tradicionais e ricas famílias do mundo, acaba adotando o jovem Dio Brando, um garoto que possui um passado no mínimo misterioso. Porém os anos vão passando e Jonathan Joestar, o filho do patriarca da família, percebe que Dio não é quem todos pensavam que era. A partir daí começam incríveis batalhas envolvendo todos os Joestar e as “bizarras” criaturas que começam a aparecer em seus caminhos.

As primeiras músicas de jojo já chegaram arrebentando, com JoJo ~Sono Chi no Sadame de Tominaga ‘TOMMY’ Hiroaki em uma abertura fantástica que conta a história do primeiro arco inteiro em menos  de 2 minutos e com Roundabout da banda inglesa YES. Com o passar dos episódios e temporadas tiveram mais músicas excelentes, as minhas preferidas ainda são as das duas excelentes aberturas seguintes Bloody Stream por CodaStand Proud de Jin Hashimoto e o encerramento com a já famosa Walk Like an Egyptian do The Bengals.  (Não vou queimar todas aqui porque, afinal de contas, Jojo deve voltar para esse quadro.)

Engraçado foi o fato que o primeiro encerramento foi revisitado nesse inicio de ano por causa de um novo meme, onde eles emulam o fim de um episódio com a música entrando e no canto aparecendo o To Be Continued. É simples, besta, mas me diverte.

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post

Há 11 comentários

  1. Avatar

    Quando escutei Roundabout como encerramento, fiquei mais animado com a música do que com o anime kkk Apesar de só ter visto o primeiro arco, ter “Walk Like An Egyptian” como encerramento me dá ânimo pra dar uma chance e ver mais um arco kkk

    Responder
  2. Avatar

    “As pessoas vibram com novas temporadas, clamam para as editoras trazerem logo mangá para o Brasil e eu realmente ainda tento achar o que faz desse anime tão especial.”

    Digo o mesmo de Bleach, Naruto, e até mesmo Saint Seiya e Dragon Ball!!!

    Gosto é gosto, fazer o quê?!

    JoJo é foda mesmo assim.

    Responder
  3. Avatar

    Cara, me perguntava a mesma coisa, como as pessoas podiam curtir tanto jojo?
    Mas quando termina o primeiro arco e troca de protagonista ai eu virei fan, acho que o grande problema é esse primeiro arco, se a pessoa não perseverar, ficará sem entender o quão legal é a obra.

    Responder
  4. Avatar

    Eu acho que nem todo mundo precisa gostar de Jojo, até porque acho que o próprio mangá te diz: “Olha, é assim, simples, e não espere muito.”, mas a música é ótima (Pô, Rock Psicodélico dos anos 70)!! Uma ótima dica de música não é só a abertura e o encerramento, mas o nome dos personagens!

    Responder
      1. Avatar

        Huahuahuahua, @Luk, achei estranho você responder tamanha idiotice…

        Mas pow, a música é excelente mesmo. Assim como a Sono Chi no Sadame também. Eu fiquei muito, e positivamente, surpreso ao ouvir que o encerramento do primeiro anime era uma música do YES!. E que música boa, apesar de seus 8 e lá vai minutos…xD. Neste quesito, ter uma música de banda estrangeira na OP ou ED do anime, me lembrou Higashi no Eden, que não vi ainda, mas sei que tem abertura do Oasis.
        Parabéns @Luk, foi uma ótima escolha para trazer ao ‘Music Monday’.

        Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *